segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

domingo, 28 de janeiro de 2007

Investiguem

Porque é que o Paulo Bento, o famoso treinador em rotação de plantéis, insiste em colocar no campo um nº10 com o nº30, que mais parece um 31 de encher a cabeça...

O Benfica

Com seis milhões de pessoas e 14 milhões de adeptos, o Benfica não conseguiu ainda arranjar um gestor para o seu futebol que goste mesmo do clube. Tem de ser ou um Dragão de Ouro, ou um ex-dirigente do Boavista. Que seja do Benfica e que goste do clube, é que parece que não…

Entretanto, e ainda sem confirmação oficial, Derlei está em Lisboa e deverá ser apresentado como novo reforço do Benfica. Com tantos jogadores disponíveis nesse mercado europeu, logo tivemos de ir buscar um ex-jogador do FC Porto. Depois de Drulovic, Zahovic, João Manuel Pinto, Argel e Marco Ferreira, não havia mais jogador para ir buscar que não fosse Derlei?

Entretanto, Cunha e Vaz vê a sua brilhante prestação como Director de Comunicação do clube da águia reconhecida e assim sendo, é-lhe renovado o contrato por mais três anos. Curiosamente, ou talvez não, Cunha e Vaz é um reconhecido adepto sportinguista, que muito tem feito pelo clube da águia. Mais uma vez, irem buscar alguém que goste realmente do clube e que tenha uma agência de comunicação a sério é que não sabem ir buscar…

A esquizofrenia colectiva que abunda no clube da águia, já o piazza nuova o comentou, referenciando o célebre “acordo” com o Cruzeiro. Evidentemente, quem está no Benfica actualmente, não está de boa fé ou então não gosta mesmo do clube….

FC Porto B - FC Porto A

Depois de Domingos ter feito o discurso do menino que lhe roubam o rebuçado no passado Domingo, o “FC Porto B” teve a ousadia de ganhar à equipa A e assim estalar um escândalo à boa maneira do Freixo.

Acontece que Jesualdo Ferreira pode-se queixar dos seus jogadores não marcarem golos, de Quaresma ter sido expulso por uma infantilidade e de Elmano Santos não ter marcado um penalty. Agora, justificar o erro por um erro do árbitro é demasiado redutor e mostra uma mesquinhez própria do clube que representa. Aliás, a referência ao jogo onde intervém o Benfica é uma boa prova disso.

Ver a reacção de Domingos no final do jogo a fazer um autêntico “broche” ao clube que ainda representa, alegando que não viu a agressão de Quaresma e enaltecendo o trabalho do árbitro, é mais uma mostra de quem deve e muito a um clube que representou e ainda representa o sistema.

Cálculos

É de bom tom, e honestidade encarar o facto de que o Benfica não necessita de um defesa central, mas de dois.

Um deve ser experiente ( comentadores vários me fizeram ver isso, obrigado.), o outro deve aprender na boa escola de defesas que o Benfica ainda tem...

Calcular? Até calculas, não calculas é muito bem...

Lá que se fale do sonecas, até admito. Eu até fui, segundo sei, quem mais o defendeu. Agora chamá-lo à demanda, para criticar a ida de um central que nem sei o nome, para o Leiria, via Porto, chega a ser demais...
Quando a vontade de criticar é tanta, nem um ninja à maneira chega...

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Então em que ficamos???

Aquando da "venda" da Geovanni não era suposto haver um acordo de preferência de jogadores com o Cruzeiro?

Por acaso não é necessário contratar um central?

Afinal, que é que se passa? Eu calculo...

O que se previa

Quando o ponta-de-lança do sistema instalado no Sporting saíu logo começou a algazarra no balneário leonino. Quase meio plantel debandou e o coitado do Pesudo levou com as favas. Como o Dias da Cunha era homem integro seguiu-lhe os passos e deixou a porta aberta ao regresso do tal ponta-de-lança do sistema. O homem regressou em apoteose e a casa leonina acalmou.
Por esse motivo, quando vi sair do Benfica o ponta-de-lança que o sistema lá tinha, previ logo que se aproximaria tempestade por forma a pressionar ao regresso do homem.
Comigo não contam.
Armem a bagunça que quiserem. Façam 1000 primeiras páginas com jogadores a chorarem por sair. Veiga nunca mais.
E espero que o Presidente demonstre de uma vez por todas que está no Benfica para o defender e ponha ordem na casa. E principalmente deixe de alimentar quem só quer mal ao Benfica.

P.S: Não resisto a reproduzir um comentário que li no Record online a propósito das lesões que varrem o Benfica e a aparente dificuldade em se fazerem diagnósticos correctos no nosso departamento médico: "Contratem o Dr. House!"

quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

Não é a presunto, é mesmo esturro!

Nem eu sou a pessoa mais correcta para falar do presunto de Fabrizio Miccoli, nem o italiano é pessoa para convocar uma conferência de imprensa só para dizer que tem 1,5 Kg a mais do que tinha na Juventus, que teve uma conversa de meia-hora com o treinador e que existem fugas de informação no Benfica.

Tudo junto, mostra uma total inoperância de um departamento de comunicação que não funciona e é pago a peso de ouro, para além do facto de, intrisecamente, se apelar ao "regresso" de Veiga.

Além disso, não deixa de ser estranho também que o próprio Miccoli diga que tem mercado, mas que o Benfica o considera peça importante para o resto da temporada, mostando assim que o tempo é efémero até Junho.

Noutra situação, Ricardo Rocha foi negociado com o Tottenham através de José Veiga e que o seu actual empresário ficou a "ver navios". Acreditam mesmo que Jorge Mendes não tratava do seu quinhão? Achavam mesmo que Ricardo Rocha queria Veiga ao barulho depois do que se passou? Ou os jornais continuam, como sempre, a serem cordeiros mansos?

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

O Fim de Semana

- O U.Leiria foi jogar à Luz com o intuito de sempre: não sofrer golos e marcar um em contra-ataque. Não marcou em contra-ataque, mas num livre onde não existe falta. Curiosa a reacção de Domingos sempre que vem a Lisboa, ou seja, é prejudicado. Para a semana há um U.Leiria - FC Porto. Espero que seja prejudicado e que tenha a mesma prestação no flash-interview como a que teve ontem...

- Ricardo Rocha vai para Londres. É um valor mais do que justo para o valor do defesa central. Não é todos os dias que 5 Milhões de Euros servem para justificar o valor de Ricardo Rocha. O Benfica fica sem mais um central, mas encaixa dinheiro (pelo menos, parece) e vamos ver o que nos sai na cartola...

- O Sporting ganhou ao Rio Ave e Alecsandro logo é apelidado de melhor companheiro para Liedson. Com a falta de capacidade e habilidade de Bueno e a total inoperância de Djaló, o cunhado de Deco é o eleito, segundo a imprensa desportiva. Ainda bem...

- O FC Porto empatou com o Tourizense e o grande destaque é para o golo de Sokota. Sobre o empate com uma equipa da 2ª Divisão, nem uma palavra. Apenas serviu para treinar e testar alternativas. Se fosse com um certo clube da 2ª Circular, não faltariam primeiras capas de jornais...

- Entretanto, uma publicação diária refere Onyewu como intransponível no jogo aéreo e forte na marcação. Por isso é que joga no Standard de Liége...

Centrais?

Fui e sou apoiante da presença de Deco na selecção nacional. Como, aliás, qualquer português por direito próprio.
Mas não percebo que se tente atribuir a dupla nacionalidade a Pepe, convencendo-o, só para que jogue por Portugal. Até porque nem temos falta de centrais...
Repare-se:
Na liga inglesa temos Ricardo Carvalho e, em breve, Ricardo Rocha;
Na liga alemã temos Fernando Meira e Zé António;
Na liga espanhola temos Jorge Andrade, Beto, Nunes e José Castro;
Na liga holandes temos Manuel da Costa.
Embora tenha a sensação que me falta algum, só estes servem de prova para o que digo...

domingo, 21 de janeiro de 2007

Correu-lhes mal

Quando vi o comentador que a RTP tinha designado para aterrar hoje em Lisboa fiquei com a pulga atrás da orelha.
Depois apercebi-me que o árbitro era uma das figuras de cartaz do processo "Apito Dourado" e tive a certeza. A coisa estava feita.
Ao longo do jogo ouvi as maiores barbaridades da dupla de serviço do canal público de televisão. A coisa chegou a níveis inimagináveis aquando de um lance de perigo do Sport Lisboa e Benfica. Pela primeira vez vi um comentador gritar "CUIDADO!!!!".
Dentro de campo o árbitro fazia as habilidades que o tornaram célebre. Um critério que vai variando consoante as necessidades. Mas gostei particularmente do momento em que o homem de Setúbal, a acabar a primeira parte, farto de esperar pelo intervalo, corre que nem um louco para o banco do Leiria, refila com o delegado ao jogo, mas não o expulsa. E assim se passou mais um minuto. Um remake de um filme já tantas vezes visto. Da falta que origina o golo do Leiria nem vale a pena falar.
Juntando a isto um treinador que continua a revelar uma total inépcia na escolha do 11, a coisa esteve mesmo à beira de acontecer.
Valeu-nos o facto e o Leiria não jogar rigorosamente nada à bola e... Mantorras(!!!).

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Alguém explica?

Geovanni sai a custo zero.
Manuel Fernanddes é emprestado.
Beto só pode sair a título definitivo.
É para rir?

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Contratar?

Fui a Coimbra ver o jogo. Não fiquei, contudo, surpreendido com o futebol da Académica, que já sabia ser de grande qualidade. Falta-lh o Marcel da primeira volta do ano passado...
Quanto ao Benfica, tudo na mesma: Petit em péssima forma, Karagounis e Katsouranis a jogarem ao contrário da lógica e Simão a aguentar a equipa na frente. Cá atrás, Ricardo Rocha a mostrar o que vale e a calar muitas bocas (inclusive a minha...).
E o que dizer da extraordinária exibição de Quim?
PS - contratações, até agora, nada. Constou-me que o Benfica estava a dar tudo por tudo por um jovem de grande futuro. Será?

terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Até espumam da boca...

O Benfica alcançou ontem uma vitória difícil num terreno complicado, como é o do velho Calhabé, em Coimbra.

Estranhamente, o comportamento da equipa encarnada fora de casa em nada é igual ao do Estádio da Luz, mas mesmo assim, a vitória é sempre importante, seja justa ou não.

Mas o impensável aconteceu: Rodrigo Magalhães foi comentar o jogo e logo pôs em prática o seu anti-benfiquismo primário, adicionado com a sua costela (ou direi todas...) azul e branca.

Se no primeiro golo do Benfica é indiscutível que Ricardo Rocha está em posição ilegal e o golo é validado, também é verdade que a velocidade a que decorre a jogada não permite ver logo a olho nú a legalidade do lance. Daí os próprios VT's (pessoal que recolhe os replay's) ter demorado mais do que o habitual para detectar tamanha ilegalidade.

Acontece que após o golo do Benfica, a Académica veio para cima dos encarnados e apesar de Filipe Teixeira ir tendo uns rasgos, era Lino, o defesa esquerdo quem desiquilibrava, porque não havia ninguém a marcar no lado direito do meio-campo encarnado. Contudo, os contra-ataques venenosos conduzidos por um Simão endiabrado faziam também a sua mossa e foi assim que se criaram mais dois golos, ambos anulados. Se no primeiro é claro que Katsouranis está adiantado, no segundo, o grego está atrás da linha da bola e marcaria um golo limpo. Rodrigo Magalhães achava que não e teve de ser Vitor Paneira a corrigir o narrador do jogo e a explicar-lhe como é que são as regras do jogo.

Após o intervalo, parte que não vi, o Benfica acabou por alcançar o segundo tento, pelo menos legal.

Serve o post para dizer o seguinte: o Benfica pode estar a oito pontos do líder, pode estar a um ponto dos leõezinhos, mas continua a incomodar e o discurso que adoptam é sempre o da "roubalheira" ou do "favorecido", sem olharem a quem têm em casa.

Tanto Rodrigo Magalhães como os adeptos exacerbados que existem da lagartagem espumam da boca sempre que o Benfica marca um golo, porque se acham nesse direito.

Acho que nem vale a pena comentar...

segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Carta aberta a Luisão

Caro Luís,

Escrevo-te esta carta para te manifestar todo o meu apoio em relação a este caso criado pelos infiéis.
Tenho ouvido dizer por aí que se fosse um anónimo qualquer ficaria sem carta e pagaria uma multa avultadíssima e tal e coiso.
Pois sim. Seria exactamente assim. E qual é o problema?
É a ordem natural das coisas.
Eu não me importo nada de ficar sem carta se for apanhado com uma taxa de alcoolemia e tu, nas mesmissimas condições, mantiveres a dita.
Mais. Mandasse eu neste país e tu já não pagavas impostos desde o dia em que saltaste mais alto que o Ricardo naquela memorável noite na nova catedral.
Sejamos claros. Tu desempenhas um papel muito mais importante que o meu na sociedade.
Tu és jogador do Sport Lisboa e Benfica. E dos bons ainda por cima.
Haverá coisa mais importante?
Not in my book.
Logo mereces também uns quantos privilégios que nós comuns mortais não podemos exigir.
É claro que os infiéis não querem admitir esta simples coisa: Um jogador do Benfica é um ser um degrau acima do espécime humano.
Vai daí levantam toda esta poeira à qual se juntam uns quantos falsos moralistas, como tão bem definiu o nosso engenheiro.
Eu queria ver esses mesmos moralistas defenderem que as Igrejas pagassem impostos.
Ora aí está uma coisa que me chateia.
Não achas que é injusto eu pagar impostos e uns tipos que pregam umas coisas em que eu não acredito ficarem isentos?
Claro que é. Mas também é a ordem natural das coisas.
A maioria precisa de fé e cria uns privilégios.
Ora estando o Benfica muito acima de qualquer religião não merecerás tu, pastor da fé encarnada, também uns quantos beneficios?
A meu ver concerteza.
A única injustiça que consigo ver em todo este caso é o facto de o polícia de serviço (infiel certamente) não te ter deixado seguir viagem assim que te reconheceu.
Enfim amigo, agora me despeço pedindo-te que daqui a umas horas ajudes o Glorioso a trazer 3 pontinhos de Coimbra e, assim, continues a espalhar a nossa fé pelo mundo tão galhardamente como o tens feito desde o primeiro dia que pisaste solo luso.

Abraço,

Cosimo.

P.S: Se ganharmos bebe um copo por mim.

O discurso de sempre

O Desp. Aves perdeu hoje com o FC Porto e para variar, no final do jogo, a equipa do Freixo é considerada uma "justa vencedora" e uma "melhor equipa".

Disso não há dúvida. Sempre que se joga contra o FC Porto, o que se quer é sempre a vitória do FC Porto, porque o jogo que o Desp. Aves hoje fez contra o campeão nacional é de uma equipa que merece ocupar o lugar que ocupa.

O resto é o discurso de sempre...

sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

À espera

Vivo com ansiosa expectativa a corja de pseudo arautos da moralidade que se vão atirar ao Luisão como gato a bofe.

Algumas perguntinhas:
1-Quem com 25 anos e carta nunca conduziu com xiripiti?
2-Quem no mundo do futebol nunca conduziu com graus de alcolemia ilegais?
3-Quem neste Mundo cão nunca trabalhou de ressaca?
4-Ouvir o Marinho na sic notícias a zurzir forte e feio no Luisão com exigências de agravamento de pena, é de rir à gargalhada!!!

Obviamente que conduzir com 1,33g de álcool por litro de sangue é irresponsável, além disso crime, é certo que o impacto das condenações nuns é menor que noutros, o que não aceito é estar em vias de constatar que a maioria das críticas que vão chover sobre Luisão serão feitas por quem deveria ter vergonha na cara e ficar caladinho, bem caladinho...

Força Luisão!

Vai um copo?

Alinhamentos

No início de época disse a alguns que o maior desafio de Mourinho seria conjugar os seus "jovens lobos" com estrelas contratadas. Foi aqui que "Mou" mudou de estilo, é aqui que Mourinho se está a tramar.
Nunca como agora vimos Mourinho a pedinchar por reforços de Dezembro, ele que sempre advogou que quem contrata em Janeiro não sabe planear a época. A falta de resultados está à vista: Sheva um dos melhores jogadores do Mundo não rende, mas não deixa de ganhar mais que todos, Ballack não joga metade do que fazia em Munique, mas não deixa de ganhar tanto como Sheva.
No meio de tudo isto, Drogba faz a temporada da sua vida, Essien é o que é, Lampard e Terry tentam proteger o líder.
O russo não se descose a mais milhões e de repente temos um Mourinho um pouco isolado, como a imprensa quer...
Que lhe moam o juízo, que não lhe façam as vontades, já se sabe que a ruptura se apressa célere.
Cá por mim...Se o Chelsea precisa de um treinador que faça as vontades da Direcção, que remedeie as coisas só para não deixar os dirigentes fazerem má figura: TROCO JÁ!

quinta-feira, 11 de janeiro de 2007

Crime e Castigo...

Figo não vai para a Arábia por causa dos milhões. Diz, antes, que pretende chegar ao fim da carreira com alguma tranquilidade.
Logo, esclolheu a zona da Arábia... que, como sabemos, é deveras tranquila... e onde um homem cosmopolita, com uma mulher cosmopolita, pode viver com alguma tranquilidade... e educar as filhas segundo os ditames de uma sociedade ocidental...
Não, não é pelo dinheiro. Se fosse, ia para a zona norte da segunda circular...

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Carvalhal?

A derrocada de Carvalhal é pitoresca. Nunca me hei-de esquecer do seu último momento de glória, em que antevi o ponto de viragem da sua carreira....

Saudades

Fabio Rochemback quer regressar muito a Portugal e ao Sporting.

Serão as saudades das noites de Alcochete e do Montijo ou é mesmo vontade de jogar futebol?

"Graças a Deus!"

«Caso tivesse de recorrer a uma operação, como chegou a ser ponderada, seria o fecho da minha carreira. O departamento médico acreditou que não era necessário, acabou por ter razão e graças a Deus vou estar em campo», destacou Rui Costa. in A Bola

terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Após Inglaterra, Espanha!

E não estamos a falar de José Mourinho, que também lá há-de parar! E no Barcelona, para alimentar ainda mais ódios e sair com o ego fortalecido.

Falamos sim do Beira-Mar, que caminha a passos largos para a Liga de Honra, acabou de dar mais uns quantos para acabar provavelmente.

Se há dois anos, o investimento era inglês, com imposição de treinador e tudo, o caso espanhol em nada é diferente e parece que os aveirenses não aprenderam com os erros.

Não está em causa o valor de Carlos Carvalhal, nem o valor da própria direcção, mas receber apoios de dinheiro vindos de ilhas de paraíso fiscal, com suspeitas adjacentes, parece mais um caso digno de Ndrangheta do que outra coisa qualquer.

Depois admirem-se...

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

Três Certezas

- A equipa finalmente está completa outra vez, depois do problema "Blogger"

- Nunca o Atlético teve tantos adeptos como os que tem hoje

- Jesualdo Ferreira não aprendeu a lição com o Gondomar, e intitula-se ele professor...

domingo, 7 de janeiro de 2007

Bom ano

O Rui está de volta.
O ano começa bem.
Tentei ontem ir ver o regresso do Principe mas quem esteve na Luz à procura de bilhete certamente compreenderá que rapidamente tenha desistido da minha intenção. O Rui entenderá a minha ausência.
Lá aviamos mais uma goleada na Luz e como hoje estou bem disposto nem vou falar da disparatada viagem até ao médio Oriente.
Nota interna (está na moda): Onde raio para o Inespugnabile? Será que sou só eu que tenho saudades do homem?

sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

2007

Fintas para aqui, fífias para ali. Belo se apresenta o ano, ainda não recuperado da violência do seu nascimento. Uns mentem afinal. Outros passaram por inocentes durante 24 horas, depois de já terem sido vilões, arqui vilões e tudo mais. Gostava mesmo era de ter notícias sobre futebol, sim porque vale bem a pena reduzir o Campeonato a 16 equipas para passar o Natal e o Ano novo a ver se é desta que o Chelsea apanha o Manchester...Rídiculo!
Nota interna: Cosimo, o Paulo Sousa deixou de existir para mim no Verão de 1993.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

A vergonha

Um país que não se orienta, que as organizações não se ligam e que mostram uma total falta de respeito, só podia dar no que o castigo a Nuno Assis ia dar.

Mais uma suspensão de seis meses, mais uma metade de uma época perdida para um dos melhores da primeira fase da Liga.

No entanto, quem toma as decisões continua a tomá-las, erradamente!

quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Os clãs

O futebol anda cheio de clãs. É deles que vive e são eles que o sustentam. Em Portugal, os exemplos são claros:


- No Seixal, foi noticiado que no início dos treinos do Benfica, Rodolfo Moura tinha ficado sem trabalhar porque não havia jogadores lesionados. Logo no dia seguinte, Miccoli fez o favor de lhe dar trabalho e assim ficou pelo ginásio. Ao invés, e depois do brilhante trabalho realizado na primeira metade da época, com mais de 10 lesões musculares, é com alguma expectativa que se espera pela continuação do trabalho de Bruno Moura. Uma coisa é certa: os médicos do Benfica nem ousam questionar tamanho profissionalismo...

- No Olival, enquanto Ricardo Costa está há mais de duas semanas a negociar com o Marselha, Adriano está há quase uma semana a negociar com o Panathinaikos e Lucas Mareque está uma semana atrasado. A corrente de notícias que vem de Gaia tem de ser alimentada também à custa de Penafiel e de um Presidente que faz parecer que quer complicar as contas de uma SAD, a qual detém cerca de 11%...

- Enquanto em Alcochete se vai preparando o assalto à liderança, em Telheiras já se prepara o terceiro (???) relvado em três anos. Da primeira vez, o estrago foi o suficiente para atingir também o Dragão, da segunda vez já o nome do Real Madrid tinha sido evocado para justificar a escolha. Desta terceira vez, o Real Madrid vem outra vez à baila e alguém já encheu os bolsos outra vez à custa de relva. O que vale é que só se enchem nos outros clubes...