sexta-feira, 30 de maio de 2008

duas questões diferentes:

Uma coisa é a impossibilidade do Porto participar nas provas europeias por ser um clube corrupto e condenado pela jurisdição depostiva.
Outra, completamente diferente, é a participação do Benfica na Liga dos Campeões. Ora se o Benfica participar, apenas o faz porque ficou classificado e não foi condenado pela jurisdição desportiva. Ou seja, porque é um clube que se rege pelo Direito e pela ética!
Como é que, meu caro amigo, entendes que era melhor rejeitarmos uma coisa que é nossa por direito?

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Liga dos Campeões? Não, obrigado.

Muitos amigos rejubilaram com a notícia da abertura de um determinado inquérito da UEFA. Eu não. Agrada-me a possibilidade de ver o Porto novamente tramado na secretaria mas conservo a posição que assumi à data do anúncio do Apito: que se punam os prevaricadores e que o Benfica resista à tentação de passar de Clube da Águia a Clube dos Abutres. Não faz parte da nossa História e essa não pode ser traída por nenhum cheque chorudo. Se a agremiação regional for, como desejo, afastada da UEFA, espero que Vieira opte por ceder a nossa vaga na pre-eliminatória ao outro Vitória. Devemos apenas preocupar-nos em ocupar aquilo que é nosso por direito e continuar a preparar a nova época com calma e ponderação. Ou seja, tudo ao contrário do que aconteceu no ano passado. E esse contexto, não há dinheiro que compense uma prematura entrada em competição.

ps- O convite para escrever neste espaço surgiu num contexto de alteração de rotinas profissionais, o que à partida me retirava alguma disponibilidade. Explicado isso aos mentores deste espaço, o interesse manteve-se. Esperava e desejava um rápido entrosamento, mas o próprio Benfica se encarregou de me ir desmotivando para a escrita e a reflexão (factor que também afectou o blog onde me iniciei nestas lides). Um ídolo abandonou os relvados e isso quase me passou ao lado. Um novo treinador chegou (e devo dizer que aprovo a escolha) mas o entusiasmo é bem menor do que esperava. O Euro, felizmente, está à porta. E o Sopcast (outro felizmente) aí está para satisfazer as necessidades dos não alinhados com o Império Oliveira. Posto isto, resta-me agradecer a paciência dos benfiquistas deste tasco e prometer mais letras daqui para a frente.

MIlho para os pardais

Fernando Couto e Luis Figo foram hoje "empossados" como os novos embaixadores da Selecção Nacional.
Deste lado do blogue, percebe-se a azia. Rui Costa foi empossado Director-Desportivo do Benfica e logo teria de haver uma contra-informação que agradasse a gregos e troianos (neste caso, lagartos e tripeiros).
Obviamente, que o BESporting nunca terá um jogador com a categoria e gosto de um Rui Costa. Aliás, imagino a azia que Luis Figo criou a época passada em Milão, festejando um golo do Inter sobre o clube visconde. Assim como a agremiação da cidade da Torre dos Clérigos teve de encontrar em Fernando Couto o expoente máximo de representatividade "azul e branca".
Critério da Federação presidida pelo Sr.Madaíl: mais de 100 internacionalizações. Claro está! Esse é oc ritério que diferencia quem é e quem não é elegível para embaixador. Eusébio teve pouco mais de 60 internacionalizações e portanto não se compreende o critério definido em 2008. Ou melhor, até se percebe...
Mas descansem as mentes mais incautas, sempre têm algo para argumentar contra os "lampiões", quanto mais não seja pelo título honroso de "embaixador da Selecção".
Não faz mal, nós temos um dos nossos a liderar aquilo que melhor sabe fazer...

Temos pena!!

Agora que lhe façam uma espera ao Paulo Assunção a porta de casa como fizeram recentemente à porta do centro de estágio.

O último a rir será o melhor, pois cá estaremos no dia 4 Junho para verificar a decisão da UEFA!

Pode ser que haja novidades...

Hóquei

E já estamos nas finais!

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Dia de decisões

Se hoje o Benfica realizasse uma assembleia geral que pudesse decidir o futuro, os jornais tinham 20 páginas sobre o assunto, ouvindo milhares de "notáveis", que aproveitariam o tema para a mais reles das promoções...
Como só é, entre muitas outras questões, a transmissão da propriedade de um centro de estágio que está em discussão, os jornais decidiram não pressionar o dito clube...
Será que é por influência de uma outra instituição esverdeada?

Estatística...

Se em 1996 chegámos aos quartos de final, em 2000 chegámos às meias-finais e em 2004 fomos finalistas vencidos, será que em 2008 seremos vencedores???

terça-feira, 27 de maio de 2008

UEFA

A UEFA já estuda o processo "apito final"... Deve ter sido por isso que Jesulado se mostrou tão irritado nos Estados Unidos...

Curiosidade...

Nesta fase onde os clubes se encontram em fase de compras tenho a curiosidade sobre quem é que o Benfica não irá comprar ao contrário de muitos...

Explicando melhor e tal como tem sido referido recentemente aqui no Blog, as camadas jovens do Benfica tem tido algum destaque seja nos campeonatos seja nos jogadores que se encontram nos trabalhos da seleção e devido a isso a curiosidade será a forma como será feita a gestão desportiva e se serão incluídos os miúdos no inicio da época de forma a serem analisados e avaliados ou nem que seja para eles próprios sintam o que estar no seio da equipa principal do Benfica, e compreender de uma forma mais realista o peso dessa camisola.

Vamos esperar as cenas dos próximos capítulos...

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Renovação...

Li no fim-de-semana passado a entrevista do novo responsável da comunicação do Benfica que apreciei de forma positiva o tipo de discurso tal como já tinha apreciado a de Rui Costa.

Muita coisa acontece ao mesmo tempo neste momento e o único receio nesta fase não será de certeza a escolha do treinador do qual considero uma escolha com visão, mas sim a capacidade de construir tudo do zero em tão pouco tempo.Refiro-me a capacidade de reconstrução de forma meramente temporal e não da real capacidade de quem o faz, pois ai depositarei sempre a minha confiança, mas o facto do tempo ser tão pouco para mudar tanta coisa será uma prova de fogo na visibilidade exterior desse mesmo trabalho.

Neste momento mais importante que a renovação das equipas (técnica, jogadores e até directiva) será como se irá comunicar todo o trabalho e sua consistência para o exterior de forma a não invocar ondas de críticas negativas ( que irão surgir até mesmo da familia benfiquista, pois as eleições de 2009 a isso obrigam) para não prejudicar a tranquilidade e confiança que envolve todo o trabalho durante a pausa do campeonato sem falar do prejuízo que poderá trazer para a realização do mesmo.

Gosto do Flores embora não sendo o preferido do Blog será sem dúvida um treinador com capacidade para uma margem larga de progressão (pois espero que eleve o seu currículo no Benfica) com pormenores que poderemos descrever mais tarde, mas tal como todos nunca irá fazer omoletes sem ovos e portanto teremos de aguardar pela ansiosa renovação de um plantel debilitado e desiquilibrado.

Vendo que finalmente se começam a escolher pessoas competentes para alguns lugares fundamentais na estrutura do Benfica, as que já se encontram em funções e as que poderão vir a estar como será a do preparador-físico Pako Ayestarán que foi campeão europeu pelo Liverpool, espero que a correspondência em qualidade exposta seja idêntica à que se prevê e tem sido tentada nas últimas semanas para que os troféus aparecem de forma pouco efémore...

Primeiro

Quando Quique Flores anunciou que foi contactado pelo Benfica no dia a seguir a Camacho se ter demitido, tendo recusado pegar na equipa a meio da época, sem a certeza de continuar no dia seguinte, logo se apressaram os jornalistas e comentadores a anunciarem um facto notório: a primeira escolha do Benfica tinha recusado o convite!
Quando no sábado Rui Costa anunciou Quique Flores como o novo treinador do Benfica, logo se apressaram os mesmos jornalistas e comentadores a anunciarem que o homem era uma terceira escolha...
Importam-se de me explicar?
NB - embora tenha, em provado e junto dos meus amigos, apontado Peseiro como o meu favorito, sempre me inclinei para Puel e Flores como as boas alternativas estrangeiras. Por várias razões, mas por uma que, pela forma como vejo o futebol moderno, é decisiva: são adeptos da periodização táctica. E isso costuma marcar a diferença...

domingo, 25 de maio de 2008

Está escolhido!

Quique Flores será o homem que estará com mais escudos à frente do seu corpo nos próximos quatro meses.
E digo quatro meses, porque a paciência dos adeptos benfiquistas começa a esgotar-se à medida em que não começam a ver títulos.
Setembro poderá ser um mês chave para Quique colocar o Benfica a vencer, sendo esse o primeiro passo para a mostra da organização que rodeia o futebol encarnado agora.
Depois da rábula do treinador, virá agora a rábula dos jogadores, com os camiões prometidos que todos os anos alimentam a corja de interesseiros que minam o futebol e o utilizam em proveito próprio.
Confesso que não era a minha escolha prioritária, mas para já, estou satisfeito. Não é que tenha ganho algo, porque não ganhou, mas Camacho quando chegou da primeira vez, também só tinha ganho uma Taça de Espanha...
Antes de mais, desejar-lhe as felicidades e muita sorte, porque bem vai precisar dela...

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Assim não!

Segundo nos diz o jornal Record, Vieira disse a José Eduardo dos Santos quem é o novo treinador do Benfica!
A José Eduardo dos Santos, antes dos demais associados do Sport Lisboa e Benfica!
Se já é de um mau gosto extraordinário permitir que um órfão de guerra, como Pedro Mantorras é, conviva com um regime bafiento, servindo, muitas vezes, de moço de recados e de animador de festas de bajulação, informar o presidente angolano do nome do novo timoneiro, sem que o faça a todos os benfiquistas, é um episódio surrealista.
Nas últimas duas semanas morreram cerca de 200.000 pessoas em catástrofes naturais, na África do Sul andam negros a matar negros, que por sua vez tinham ajudado os primeiros negros a lutarem contra o apartheid, o preço de petróleo entrou em bolha especulativa máxima, atingindo preços que, a continuarem, levarão três quintos da população mundial ao colapso, o que, por sua vez, varrerá a democracia do mapa da ciência política, Alberto João Jardim transformou-se na figura tutelar do mais português dos partidos portugueses, os democratas preparam-se para perpetuar os republicanos no poder e eu, perante tanta estupidez, SÓ PENSO NO NOME DO NOVO TREINADOR DO BENFICA!
Do que é que se lembra Vieira? Vai a Angola e apresenta, com tons de primazia, o dito ao patrão de metade das empresas portuguesas que vivem à conta do estado e da chularia em que esta merda toda se transformou, negando-se a informar os jornalistas portugueses, que, amanhã, informariam os comuns que, como eu, não pensam noutra coisa!
Como preciso de voltar a pensar, a viver, a respirar e a deixar de enviar sms a amigos benfiquistas, exijo que o Sr. Vieira me trate como tratou o grande amigo do Sr. Pinto da Costa !
Em suma, preciso de me livrar, com rapidez, do desastre que foi a época desportiva do Benfica...
É verdade que apoio o Vieira (Mister D, escusas de me atirar isso à cara!), mas isto é demais!

Mais um dia em cheio

No dia em que os nossos iniciados derrotaram, no Seixal, o Porto, soubemos que a selecção de sub - 19 ganhou à Estónia por 3 a 1, com três golos de jogadores do Glorioso ( Miguel Vítor, Ruben Lima e Nélson Oliveira!)

No sábado à tarde, no Seixal, os nossos juvenis enfrentam o Sporting, naquele que pode ser o jogo decisivo. Lamentavelmente (para os nossos interesses imediatos...), o nosso melhor jogador, que recentemente completou 17 anos, está ao serviço da selecção de sub - 19 (!!)! Sabem como se chama? Nélson Oliveira.... e parece que é fera!

Mais um português

"É mais um jovem talento assegurado pelo emblema da Luz: Vinicius assinou na última semana um contrato válido para as próximas cinco temporadas - três, mais duas de opção. O central esteve em Portugal com a sua mãe e deixou desde já acertada a sua saída do Corinthians.

Internacional sub-15 e sub-16 pelo Brasil
, Vinicius - completou 16 anos no último mês de Fevereiro - tem ainda idade para se integrar no plantel dos juvenis, mas voltará a Lisboa em Julho para trabalhar às ordens de João Alves nos juniores e cumprir a pré-temporada.

O jogador virá acompanhado da sua mãe, sendo que ela, nessa altura, já terá o obrigatório visto de trabalho.

Apesar da tenra idade do defesa-central, os dirigentes benfiquistas têm grande expectativa em relação à evolução do jogador, pois este chega com as melhores referências do departamento de prospecção .", in O Jogo
Nota: Os sublinhados são meus.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

À atenção de Rui Costa

Estas declarações de Joaquín sobre Koeman podiam ter sido proferidas por qualquer elemento do plantel do Benfica há dois anos. Nao o fizeram por respeito a Veiga.
Quando escolher o novo treinador, Rui Costa deve optar pela firmeza de carácter e não pela aparência de vitórias. Que não se repita a passagem de um qualquer Tintin pelo Benfica!
PS - um dia conto como Koeman conseguiu destruir toda a herança da "velha raposa" e como considero que essa passagem ainda hoje afecta o Glorioso!

Arte mágica e ilusão

Rui Costa enfrenta um desafio de enorme responsabilidade: a arte mágica e ilusão.

Crónica do dia (continuação)

- Rui Águas contacta Zico;
- Laudrup por horas;
- Flores é a prioridade;
- Bétis propõe contrato de dois anos a Flores;

terça-feira, 20 de maio de 2008

Crónica do dia

Como a contratação do novo treinador do Sport Lisboa e Benfica ameaça ser uma novela, estreio a crónica do dia (segundo, como é evidente, a comunicação social portuguesa):
- Rui Costa apresenta projecto a Laudrup;
- Rui Costa mantém conversações com Peseiro;
- Laudrup fora da órbitra do Sevilha;
- Bétis oferece contrato a Laudrup;
- Rui Costa tenta convencer Laudrup com equipa vencedora;
- Laudrup agradado com contratações apresentadas por Rui Costa;
- Laudrup pretende salário elevado;

(continua dentro de poucas horas)

E se não for nem Peseiro nem Laudrup?

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Semana de decisões! (com adenda... os nossos meninos não marcaram três, marcaram quatro! O Nélson Oliveira, com 17 anos, foi o homem do jogo!)

1 - Grande entrevista de Rui Costa ao Expresso. Não só em extensão, mas, sobretudo, no conteúdo. Sem tirar mérito ao Maestro, nota-se, já, um dedo de João Gabriel.
2 - De todos os treinadores referenciados, Flores incluído, o que tem melhor palmarés é Peseiro... Pode não ser querido na massa associativa. Mas é, de facto, o que apresenta melhores resultados!
3 - Pareceu-me, ontem, que Paulo Bento fez um discurso estranho, quase de despedida... Fechou-se um ciclo?

4 - O Porto, no Jamor, foi uma caricatura do Porto que vimos jogar ao longo da época. Sem alma, sem força, sem paixão! O que se passou ao longo da semana na Torre das Antas? Será que a saída de Carlos Azenha vai provocar um vazio na equipa técnica? Quem é que vai entrar para o substituir?

5 - Jorge Jesus e Carlos Freitas em Braga! Grande dupla! Pago para saber quem vai entrar para o departamento médico. Para já, uma certeza: o Braga do próximo ano vai andar lá por cima!

6 - Carlos Pereira não conseguiu segurar o "judeu errante". Carlos Brito é o nome que mais se fala na Madeira...

7 - Para onde vai Lucho Gonzaléz?

PS - no ano em que Vieira afastou Carraça, a formação do GLORIOSO dá cartas. Além de discutirmos o título nos iniciados, juvenis e juniores, os nossos jogadores continuam a jogar nas selecções, marcando golos decisivos... ontem foram três! Saliento, ainda, que a equipa de juniores foi sendo amputada, ao longo da época, de jogadores decisivos, que reforçaram o Desportivo das Aves! O que, saliento, concordo: a maturidade competitiva deve ser avaliada em competição e não com vitórias. O Maestro deve muito, mesmo muito, ao Fafe... ao menos aprendeu a levar porrada em barda, que muito jeito lhe deve ter dado em Itália!

Resta Laudrup?

Parece que é uma evidência... a seguir será Peseiro. Parece-me, no entanto, que há seis meses que os senhores do futebol do Benfica sabem que estamos sem treinador...

sexta-feira, 16 de maio de 2008

A ser verdade...

...que Rui Costa esteve hoje em Madrid e sabendo-se que Laudrup anunciou hoje a sua saída do Getafe, ou se trata de uma grande coincidência ou o Mister D. poderá ver o seu desejo realizado.

Lata

Como é possível, depois de tudo o que se passou, ainda vermos Lourenço Pinto propor o que quer que seja em relação ao futebol português?

A ser aprovada a alteração das regras da Taça de Portugal, leia-se a não participação das equipas dos distritais na prova e a alteração do local da final, escreve-se mais uma página negra do nosso futebol pelas mãos dos escribas do costume.

Haja quem se oponha.

Puel e Laudrup

São duas boas opções. Eu dormiria descansado caso qualquer um desses dois nomes fosse escolhido.
No caso do dinamarquês seria uma espécie de redenção da parte dele por nunca me ter dado a alegria de o ter visto jogar com a nossa camisola.
Eriksson seria outra excelente escolha.
A escolha do treinador é importante, mas será sempre mais importante perceber como funcionará toda a estrutura do futebol.
Por isso penso que o primeiro grande passo foi a "aquisição" do Rui.
A partir daqui acredito que escolhendo qualquer treinador (minimamente competente entenda-se), desde que o edifício esteja bem montado, os resultados serão positivos.
Ainda assim todos temos preferências. Achamos que mesmo estando tudo montadinho a rigor haverá sempre uns que conseguirão mais que outros. E nesse contexto eu preferia Eriksson. Sim, ainda não perdi a esperança.
Se tal for mesmo já somente um sonho. Pois que venha o Laudrup. Ou o Puel.
O maestro escolherá o melhor, certamente.

Bolsa de apostas

No mercado estão três nomes: Laudrup, Flores e Peseiro. Ndrangheta propôs Claude Puel, tendo feito chegar essa dica ao Presidente da Direcção do Sport Lisboa e Benfica (por incrível que pareça, parece que essa dica foi recebida com agrado...).
Assim, lancemos a sondagem!
PS - Mister D aponta Laudrup, eu quero Puel. Os outros escribas, por favor, que cheguem a barriga ao balcão! O Piazza Nuova, que está fora da internet, mas não foi expulso do blog, ainda não recuperou da decepção Eriksson...

À atenção do blog

Ontem meio do blog reuniu-se no andebol e ficámos de marcar uma jantarada!
PS - Deco abandona o Barça... segundo especulam os jornais catalães, Moutinho pode ser o seu sucessor! Sr. Scolari, porquê esperar?

Já está!

O Benfica sagrou-se Campeão Nacional de Andebol, ao fim de 18 anos. O meu muito obrigado ao Mestre Donner, que ao fim de três anos cumpriu o que propôs: Ser Campeão!
Obrigado!

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Escolhas!!

A escolhas para o próximo treinador são várias sendo que o problema não se encontra meramente na sua escolha, embora quem veja a situação por esse prisma tenha a legitima preocupação visando o raciocínio mental do que aconteceu no passado, verifica-se que o problema se encontra na própria estrutura do clube e não numa simples escolha de treinador.

Desconfiaremos de vários treinadores (tal como desconfiei de Eriksson) e na maioria das vezes não será por questões de capacidade técnica pois de que vale ser o melhor do mundo se não forem criadas as condições necessárias para trabalhar??... devido a isso considero lógica a pergunta sobre Mourinho do Mister D...Será que seria mesmo campeão?..e não será ele o melhor do mundo?

Não poderemos fazer uma análise localizada, mas sim uma análise genérica onde englobe toda a estrutura benfiquista desde a comunicação, gestão (desportiva e financeira) e parte desportiva ( desde a directiva ao plantel passando pela equipa técnica e médica) , devido a umas não se poderem separar das outras e não poderem trabalhar de forma independente mesmo contendo autonomias próprias.

Não será um pouco isso que nos esqueçemos???...

Ter a pessoa certa no lugar certo será sempre o ideal mas haver uma estrutura competente e organizada mesmo faltando uma ou outra peça com maior qualidade será fundamental para verificar uma coisa que neste momento não existe...CONFIANÇA!!!

Os adeptos desconfiam porque não confiam em quem manda e em que dirige (e não me estou a referir a Rui Costa) , sendo que a confiança que havia só poderá ser restaurada com acções comprovadas e não simples ou meras palavras ditas ou encomendadas por alguém com responsabilidades Directivas.

E como se provoca essa confiança???..Terá sempre de vir de dentro para fora e nunca de fora para dentro, pois se os adeptos exigem mais e melhor não fazem mais que a sua obrigação pois são eles que permitam que a história fique marcada, pois será na memória deles que tudo o que acontece ficará escrito e guardado, seja uma boa ou péssima história...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

o homem não disfarça:

Em suma, o Porto arriscou - e se querem a minha opinião, arriscou muito - ao assumir que não recorria, conformando-se com a decisão. Um jurista, de mérito, saliento, interveio e colocou uma questão que deve ser colocada.
O que é que o sr. 4-4-2 vê: uma conspiração vermelha... O que querem que vos diga?
Mais, hoje fui consultado sobre a matéria umas 30 vezes. Dei a minha opinião, que é parecida com a do Meirim, mas com uma nuance: a norma não é de direito substantivo. Bem pelo contrário, estipula um requisito que deve ser verificado à data da admissão de um clube a determinada competição.
Evidentemente que o Porto está, neste preciso momento, condenado por um facto que, ao subsumir-se à citada norma, impede a sua inscrição em qualquer prova organizada pela UEFA. Essa condenação é posterior à entrada em vigor dessa norma, mas os factos subjacentes ocorreram em data anterior.
No entanto não se está, caso a UEFA impeça o Porto de participar nas competições europeias, a condenar o Porto por normas retroactivas...
Essa condenação ocorreu em Portugal e transitou em julgado! A UEFA, caso pretenda aplicar essa norma, limitar-se-á a verificar um requisito processual, impedindo a inscrição.
Nem se argumente que estamos perante uma dupla condenação. Estamos, isso sim, perante uma condenação com múltiplos efeitos, que deveriam ter sido sopesados pelo Sr. Pinto da Costa antes de decidir não recorrer.
A vida é assim: ontem andavam eufóricos porque a condenação era uma vitória de pirro!
Mas, na verdade, caso se verifique a não inscrição - para mim basta a mera susceptibilidade... - estaremos perante uma grosseira incompetência!
É, no entanto, evidente que para o Sr. 4-4-2, caso se verifique o noticiado no jornal A Bola, a UEFA deve estar minada de benfiquistas...

Coisas boas e coisas más

Coisas boas:

- Rui Costa é aquilo que sempre se suspeitou, ou seja, foi oficialmente chamado de Director Desportivo do Benfica. É uma coisa boa, porque é dos nossos! E quando digo nossos, é daqueles que sabem o real valor e o real sentimento que se tem por um clube e não por três, ao contrário do Presidente...

- Gostei de algumas respostas de Rui Costa. Ao contrário do que a Bola diz (porque quer atingir os adeptos doentes), Rui Costa disse que o "Benfica quer o Cristián Rodriguez, se o Cristian Rodriguez quiser o Benfica!". E não, "Rui Costa quer segurar Cristián Rodriguez".

- Léo renovou contrato. É uma boa notícia, ainda para mais porque Jorge Ribeiro não foi confirmado.

Coisas más:

- Não gostei da cadência de perguntas e da vontade de Rui Costa responder a todas ao mesmo tempo. Inclusivé na questão do treinador, em que se repetiu várias vezes. Também foi a primeira vez e com o novo Director de Comunicação, ao menos que se aprenda de vez a responder aos jornalistas.

- Foi no fundo o "colete à prova de bala" do Presidente. LFV chegou e disse: "Está aqui o Comandante do navio!", como que a descartar-se de tudo o que de mal fez esta época. Mais uma vez, não pediu desculpa, mais uma vez fugiu às responsabilidades...

A minha escolha!

Aqui...

Pergunta simples...

Se José Mourinho fosse treinador do Benfica, o Benfica era campeão?

A minha escolha

terça-feira, 13 de maio de 2008

A vida é assim!

No dia em que decidi escrever sobre a vinda de Eriksson, o homem decide dar meia volta... não sei para onde vai, mas parece que para cá não vem...
Outros ficarão contentes - parece-me, então, que aqui no blog já se abrem garrafas de champagne... -, eu fico chateado... Por tudo aquilo que escrevi aqui em baixo, mas, sobretudo, por outro motivo: o Benfica já nem um treinador que quer relançar a carreira consegue contratar!
Foda-se, que isto está negro!

pérolas a porcos e burros a pão-de-ló


A mais que provável contratação de Eriksson traz 10 vantagens. A saber:

- tem vasta experiência e currículo;
- é disciplinador e com métodos de treino exemplares;
- aposta em jovens atletas, reconhecendo aptidões e corrigindo posicionamentos (aquela de apostar em Paulo Sousa como trinco merecia um prémio Nobel…).
- costuma criar empatia com os adeptos (embora no Benfica nem seja preciso).
- tem boa imprensa (dentro de portas e fora…) e poderá utilizar o prestígio internacional para colocar o sistema na ordem…
- é frio, não se deixando influenciar por adeptos que buscam, apenas, o bom futebol…
- as equipas que treina não costumam protelar a decisão dos desafios para lá dos 70 minutos (assentei, há muito tempo, que os jogos se resolvem entre os minutos 40 e 65…).
- é benfiquista e, sendo inteligente, sabe que se se criar uma onda de vitória, nada nos segura…
- escolhe, como ninguém, os chefes de balneário, com quem costuma criar afinidades suficientes…
- tem um sonho e vai apostar na sua concretização… ser Campeão Europeu!

Depois há uma questão que me deviam responder: sabem qual é a percentagem de títulos ganhos pelo Benfica nos últimos 30 anos com assinatura de Eriksson? Como é que alguém com menos de 35 anos pode criticar a contratação do melhor treinador dos últimos 30?

Há desvantagens. É claro. Três resultam da natureza das coisas (possível falta de argumentos financeiros para os requintados gostos do sueco, aturar os fetiches do homem, tal como os ingleses aturaram o Vassel e afins, e o excessivo número de amigos que gosta de ter na equipa técnica – como em breve veremos!). Mas criticar a contratação de um dos nomes mais respeitados do mundo do futebol?

Desde a madrugada de sábado que digo a mesma coisa: atirar o Eriksson a alguns benfiquistas é a mesma coisa que atirar pérolas a porcos, gajas boas a tripeiros ou James a coimbrinhas…

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Day After

Após as emoções da Luz, que são sempre incomparáveis noutro lugar qualquer em Portugal, fico com a sensação de que o Benfica (instituição) não respeitou o seu próximo administrador.

Por tudo aquilo que fez, pelos amigos que deixou, pelo legado que conseguiu, Rui Costa merecia um verdadeiro jogo de despedida.

Não uma partida de campeonato, ainda por cima com uns badamecos de Setúbal, que andam agora a viver à custa do inimigo e num jogo que não servia para nada. Nem o facto de arranjarem 54.222 espectadores serve de desculpa.

Rui Costa merecia uma despedida à séria, com Batistuta, Maldini, Shevchenko, Káká, Seedorf, Cafú, Torricelli, João Pinto, Futre, Rui Águas e outros com que privou e granjeou amizades por toda a Europa, como um embaixador do futebol que foi a estarem presentes num jogo de homenagem ao nº10.

Não deixou de ser emocionante a despedida, mas acham que foi mesmo a melhor?

Há 10 boas razões para contratar Eriksson e três más...

sendo que há uma que, desde já, anuncio: não pode haver um benfiquista que não simpatize com o sueco... E isso é mau!

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Eu esperei por este dia!

O Sr. Jorge Nuno Pinto da Costa falou: o Porto, SAD, não vai recorrer da sanção do Conselho de Disciplina da Liga.

Sempre esperei por este dia: o Porto condenado, não recorrendo e a utilizar o pior dos argumentos... (os pontos de avanço...)
Não tenho nada contra recursos. Nem por acção, nem por omissão. Nem considero que quem não reccore assume a conduta, mesmo que assuma a condenação. Não o faço apenas por acreditar no estado de direito, mas, sobretudo, por acreditar que as opções processuais derivam de direitos processuais. E estes, como é evidente, resultam dos direitos fundamentais.
Mas numa sociedade mediatizada, as opções contam mais do que as ideias subjacentes. Neste caso a opção está tomada: não se recorre porque o campeonato está ganho!
O pior é que a ideia subjacente está assumida: livrámo-nos de boa...

Dia marcante

No dia em que este blog merece lugar de destaque no P2 do Público (apesar de discordar do texto referenciado, como provarei na segunda-feira...), a justiça desportiva actuou, nos limites da Lei, aplicando sanções exemplares.

É certo que cabe recurso. Mas, por ora, a justiça actuou... Por ora...

Despedida...

Rui Costa afirma hoje no Record que não tinha condições físicas para continuar a jogar a bola.

Fico triste ao ler estas declarações por 2 razões, primeiro porque o perfume futebolístico que ele faz imperar num jogo irá desaparecer para sempre e segundo porque me custa ler algo que a minha consciência duvidará.

Se Rui Costa não tem condições para continuar a jogar muitos jogadores daquele plantel deveriam também considerar o abandono da carreira, pois o que vi o Rui fazer este ano (e refiro que exigiram demasiado dele) mostra que as condições físicas (ou provavelmente mentais) de alguns jogadores são realmente baixas.

Só espero que tenham a humildade de lhe fazer a devida homenagem digna da honra que ele merece ao vestir de vermelho...

Convocatória...

Na segunda o nosso selecionador irá anunciar os 23 eleitos para o Euro2008.
Viveremos na dúvida desconhecendo se quem ele escolherá serão aqueles que entrarão nas nossas preferências.

Decidi dar a minha opnião e verificar segunda-feira quantos falharei pois já sei que as soluções divergem bastante.

Pois bem assim seria para a Baliza o Quim, Ricardo e Eduardo
para a direita da defesa escolheria o Bosingwa e Paulo Ferreira
para a esquerda da defesa convocava o Antunes, Jorge Ribeiro e Caneira
e no centro Ricardo Carvalho, Pepe, Fernando Meira e Bruno Alves
no miolo recuado escolheria o Petit e Pelé
e na zona avançada o Deco, João Moutinho e Maniche
chamando para as alas Nani, Quarema, Simão e Cristiano Ronaldo
escolhendo para a frente o Nuno Gomes e o Hugo Almeida

Com estes jogadores fazia o seguinte onze:

-Quim na baliza
-Bosingwa, Pepe, R. Carvalho e Antunes na defesa
-Pelé como médio recuado
-João Moutinho e Maniche como médios interiores
-Ronaldo e Quaresma nas alas
-Nuno Gomes na frente

Já sei que muitos discordarão mas é por isso que serei apenas mais um treinador de bancada durante o Euro2008 ... e já agora quem escolheriam vocês?

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Extraordinário

- Luis Filipe Vieira, Rui Costa e Paulo Gonçalves foram a Manchester, sendo apanhados por uma câmara de televisão, à saída de um hotel onde esteve também Sven-Goran Eriksson. Rapidamente, foi feito o juízo: Será o novo treinador do Benfica! Assim, sem mais nem menos, a explosão social que se previa e se espera é que Eriksson seja mais uma reencarnação sebastianista que tanto grassa por Luis Filipe Vieira sempre que se vê "debilitado". Rui Costa é um bom exemplo!

- Hoje, lestos como sempre na Comunicação do clube, a SAD enviou para a CMVM uma nota a dizer que havia conversações preliminares com o sr.Eriksson. É extraordinário que tal aconteça por variadíssimas razões. Primeiro, porque se tal for o caso, é na última semana da Liga que o Benfica procura efectivamente por um treinador para a próxima época, quando se sabe há algum tempo que Chalana não é para ficar como treinador principal. Segundo, porque para quem dizia que já estava a trabalhar há algum tempo com o futuro treinador, estava a mentir, uma vez que ainda não tem nada assinado. Terceiro, se para o caso de Eriksson foi efectuado um comunicado, porque é que para os outros nomes que surgiram nos órgãos de comunicação social também não foi feito? Quarto, se Eriksson é o treinador escolhido, porque é que se contratou já Ruben Amorim e Jorge Ribeiro?

- É de facto extraordinário que havendo um Director de Comunicação já indigitado para tal, ainda não tenha assumido essa responsabilidade. E além disso, é extraordinário também que tenham havido imagens captadas do encontro. Das duas, uma: ou não houve cuidado da parte de quem acompanha o Presidente, ou então alguém deu com a "língua nos dentes".

- Será de facto mais extraordinário ainda que Luis Filipe Vieira venha insinuar que a presença dos meios de comunicação social fez com que o acordo que havia com Eriksson não foi para a frente... Era só o que mais faltava...

NB - Apenas uma referência a este texto! Tirem as conclusões que quiserem...

Bonito, bonito...

Era o Rui Costa, nas próximas eleições do Benfica, com o cargo de Director Desportivo, dizer:
"Apoio quem ganhar!"

Casamentos...

Alguém conhece segundos casamentos que resultaram melhor que os primeiros?..raros..muito raros, e é por isso e por achar que o último treinador saiu por ter sido um segundo casamento mal sucedido (não aprendemos nada com os erros do passado???) que claramente não concordo com a opcção Eriksson.

De todos os treinadores que passaram pelo Benfica uma segunda vez, o sucesso desportivo não foi uma vais valia desportiva a nível de consagração ou apenas títulos que justificasse o seu regresso, portanto receio sempre quando se fala de namoros antigos.

Quando escrevi há dias em 4 milhões de euros por ano para um treinador não estava claramente a falar de Eriksson pois considero que neste momento é um treinador que se encontra em fase descendente e final da carreira, não servindo os objectivos que "Eu" considero para uma boa gestão desportiva no clube.

Só espero que a primeira página dos 3 jornais desportivos seja uma contra-informação...

quarta-feira, 7 de maio de 2008

(porque a vida não é só futebol...)

Ainda ninguém se apercebeu disto, mas na Birmãnia morreram 22.500 pessoas... 22.500 pessoas...
A natureza consegue superar qualquer expectativa de maldade humana!

Angola

Interessa ao Benfica ou a Vieira?

O colo e outras teorias

Que se diria e escreveria se o Estrela tivesse cancelado um treino há uma semana? Que se diria e escreveria se o Vitória de Setúbal considerasse a hipótese de se apresentar na Luz com os júniores? Seria importante? Mais que agora? Ou interessam apenas os penalties falhados? Falhados ou defendidos pelo melhor guarda-redes português da actualidade? Ou serão mais importante os 5 minutos de atraso no início da partida da Amadora? E os do Restelo? Não contam? Já se preparava outro pseudo-caso Calabote para apresentar nos geniais dias seguintes e trios atacantes? Valem mais os 5 minutos ou uma expulsão perdoada? Alvim foi amnistiado pelo Benfica? E Polga? Bruno Paixão já não é um filho da puta? Mesmo que a falta tenha sido assinalada no mesmo local?

Rápidos a desmentir...

“Rui Costa é jogador do plantel do Sport Lisboa e Benfica, encontrando-se, apenas, concentrado no jogo do próximo domingo frente ao Vitória de Setúbal que marcará a sua despedida enquanto jogador de futebol profissional. Carecem, por isso, de fundamento algumas notícias veiculadas pela comunicação social dando conta de um alegado gabinete, nas instalações da SAD, que estaria a ser usado para funções diferentes daquelas que na realidade o jogador actualmente desempenha”.

E no caso de Jorge Ribeiro?

Vontades...

Como os meninos querem sempre mais e não lhes podemos cortar as perninhas lá veremos novamente os nossos queridos e amados dirigentes que como gostam de pregar não pretendem ter jogadores contrariados, e teremos de vender novamente metade da equipa, pois se o ano passado saiu o super simão que tanta falta fez este ano, preve-se que Luisão ( que não dá ponto sem nó) onde se seguirá Nélson e Katsouranis na lista de jogadores que a Direcção não precisa de vender mas vai vender para poder gastar 10 milhões de euros em jogadores como Maxi Pereira e Rodriguez (os 2 dá 10...sim 10 fora ordenados) ou 2,5 milhões em Luis Filipe ou ainda para se pregar o fantástico lucro anual, não esquecendo o abandono de Rui Costa e a não renovação de Leo, retirando da equipa titular 5 jogadores dos 11.

Resumindo ficamos novamente sem equipa mas fosga-se tivemos lucros.

Ficamos novamente sem ganhar nada mas fosga-se vamos ter um fundo de 60 milhões para fazer a décima equipa em 5 anos.

Estas opções faz-me recordar as Direcções de anos atrás onde o negócio de jogadores era a única finalidade de quem dirigia e as vitórias ou títulos apenas algo secundário...

E já agora que falei em fundo porque acham que se pretende criar este filantrópico ( de filantrópicos os seus proprietários não têm nada) fundo ?..para ajudar(até temos ex-jogadores com doenças terminais que agradeciam bastante uns trocos desses fundos) ? Se querem tanto ajudar porque não usam esses fundos filantópicos para a Fundação do Benfica e ajudam que precisa?..

Ahh!!! mas depois não terá retorno...(mas esse não será o objectivo da caridade social?)

Pois nesse caso será preciso esperar que alguém morra e deixe uns 500 milhões para ajudar o próximo ...

ahh! mas como é tudo muito novo devem estar a criar riqueza para quando partirem poderem doar parte e iremos ver é a quem irão doar, se a estranhos ou familiares...

Contra-Informação...

Em altura como estas surgem aquilo que é o ponto forte de qualquer guerra, a nossa adorada contra-informação, umas vezes por necessidade de compreender se a opinião do povo será favorável a certo tipo de medidas outras para ludribiar esse mesmo povo em relação a essas mesmas medidas.

O uso da comunicação social em proveito próprio quando se viaja ao sabor do vento pode tornar-se perigoso pois tomará proporções exageradas e muitas vezes em retorno como foi o erro de anunciar o fim da carreira de Rui Costa pelo sr. Presidente onde considero que depois da época que o Rui Costa fez e com algum apoio como se faz nos países evoluídos ( não como em portugal que pretendiam que um jogador como ele jogasse 90 minutos 2 vezes por semana) a jogar 3/4 de alguns jogos poderia continuar a ser uma peça demasiado importante para ser levianamente se colocasse um ponto final na sua carreira, ainda por cima com a tristeza dos resultados alcançados que tem glória nada teve.

Testa-se as reações a treinadores e/ou jogadores que venham ou continuem parecendo uma dependência viciada sobre a qual serenamente se consegue cumungar e com a qual terei muitas dúvidas que Rui Costa consiga conviver assim que subir (se subir já este ano) a um cargo de administrador, o que lhe provocará dissabores e inimigos naqueles que hoje são capazes de escrever maravilhas sobre ele.

Com a clareza que tento ver as coisas, terei vergonha se por quem o Benfica é dirigido usar essa poderosa arma da contra-informação (há que lhe chame outras coisas e até existam empresas do clube para o fazerem as claras de todos) para limpar e sacudir as culpas de erros consecutivamente cometidos de forma a continuar sair impune e manchar a honra e dignidade de um atleta que vive com a alma vermelha e veremos que aqueles que o aplaudem hoje serão os mesmo que o vaiarão daqui a 2 anos.

Tal como nas modalidades onde hoje é dito que são questões internas seja no andebol e no futsal ou volei também no futebol existem demasiadas questões internas onde a vaidade e prepotência de quem pretenda o poder choque com a competência de quem simplesmente queira vencer e trabalhar, mas é um problema não compatível com os objectivos e negócios pessoais dos políticos do futebol (pois essa gentalha não passa disso) provocando a honestidade de quem viveu décadas de dedicação e profissionalismo ...

terça-feira, 6 de maio de 2008

Será verdade, ou inventei tudo?

Já repararam que Rui Costa anda acabrunhado e que Queirós propôs que o seu ex-pupilo jogasse mais um ano? Parece que o presente do professor é, no entanto, envenenado... segundo se diz, Queirós quer ser o todo poderoso do futebol, tendo Peseiro a fazer de Queirós de Ferguson... O que me dizem?

3 anos depois

Fui jogador federado de andebol durante a minha juventude e o "bichinho" ficou cá. Por isso, quando Vale e Azevedo, depois de enganar a melhor equipa que o Benfica teria nos últimos dez anos, foi com amargura que vi o Benfica ir parar à Distrital. No entanto, levantou-se e chegou à Primeira Divisão com uma simplicidade incrível de quem merece representar um clube com a dimensão do Glorioso.

Quando foi comunicado que Aleksander Donner iria ser o treinador do Benfica, há três anos atrás, e olhando para a equipa, não se podia exigir mais do que o merecido lugar no Top 5 da competição.

A entrada na Liga Profissional foi um risco e uma aposta que Donner, ainda no primeiro ano, dizia numa reportagem à Sport TV que o objectivo principal seria ser campeão ao final da terceira época, que era a última do seu contrato.

Estamos na terceira época, e mercê do reforço da equipa aliado a uma juventude que ainda pode dar mais frutos, o Benfica está à frente na final do Play-Off, com a vitória no passado fim-de-semana, em Braga, frente ao ABC, bi-campeão em título.

Durante as meias-finais, Donner fez questão de dizer que não ficava no Benfica, independentemente dos resultados. Hoje, Fernando Tavares, vem dizer que são "questões internas" que fazem com que Donner não fique no Benfica.

E que questões internas serão essas? Eu posso dar uma opinião, conhecendo os intervenientes.
Alguém directivo lembrou-se de se intrometer com o andebol do Benfica. Donner (defendendo como sempre os atletas) não o permitiu e no calor da discussão terá ofendido alguém... O dirigente não gostou e passou a ser uma "questão interna".

O problema retratado no andebol do Benfica é o espelho da gestão desportiva corrente do clube encarnado nas várias modalidades. O voleibol ficou em 4º, o hóquei ainda se mantém na corrida, mas sem visibilidade nenhuma, sendo o menancial para outras equipas não desistirem da modalidade, o basquetebol está na Proliga e o andebol está na final, mas com estes problemas à volta.

"Questões internas" que os directores ou alguém competente não sabe resolver. Se Donner for campeão (como espero...), qual será o motivo "interno" que levou à sua dispensa? A qualidade como treinador? A competência? É que se assim for, só se pode mostrar que os ciúmes ainda pairam sobre quem não tem a competência necessária.

Quinta-feira, às 21 horas, vou estar no Pavilhão EDP para levar o Benfica à vitória no jogo e a um passo de gigante para a conquista do Campeonato. Quanto mais não seja, para Donner o merecer...

E os premiados são:

"Paulo Costa (AF Porto), Bruno Paixão (AF Setúbal), João Santos (AF Porto) e Tiago Trigo (AF Lisboa) integram o lote de árbitros da Kirin Cup Soccer2008, prova de selecções que decorre entre 22 e 28 deste mês, no Japão."

Depois de Lucílio ter sido brindado com uma viagem à Rússia, depois do brilhantismo alcançado no Boavista x Benfica, eis os felizes contemplados com uma deslocação ao país do sol nascente. Parabéns. Lindos meninos.

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Tristeza...

É a única palavra não violenta que consigo encontrar para as quedas semana após semana dos resultados do Benfica. A resignação de uma péssima posição classificativa é demasiado forte para declarações irrefletidas. A verdade de que foi esta direção que conseguiu ser campeã ao fim de tantos anos cumunga com a realidade de alguns records negativos a nível dessas mesmas posições classificativas.

domingo, 4 de maio de 2008

Vícios?

Começa a correr um curioso boato acerca de um ex-jogador do Benfica, uma jovem promessa que chegou à Luz com expectativas de conquistar um lugar na selecção e que luta agora por um lugar no 11 de uma equipa uefeira. Miguelito de seu nome, diz-se agora que a pouca utilização no Benfica, e consequente dispensa, terá sido motivada pelo seu apego a uns pozinhos de côr branca. A veracidade do rumor não me parece relevante. Preocupa-me mais perceber que a alegada fonte de tal informação seja um tal de Fernando. Um Fernando que é primo de um tal José. Um Fernando que se deslocou ao areoporto da Portela para dar um chapo num tal de Dinis em frente de câmaras de televisão. É que este Fernando representa outro vício mais perigoso: o vício do Benfica dar tiros nos pés. Quando é que este Fernando é corrido do Clube?

Michel nunca!

É um nome que tem surgido entre conversas e que também vai encontrando os seus defensores na Internet: Michel Preud'Homme. Uns alvitram o seu nome para o cargo de treinador, outros chegam ao ponto de considerá-lo para a função de director desportivo. Eu digo não a qualquer regresso do belga ao Benfica. E estou à vontade para falar. Foi o melhor guarda-redes que vi actuar no Benfica (que me perdoe o Manuel Galrinho), faz parte da minha galeria de intocáveis na posição e, enquanto atleta, é talvez o maior exemplo de profissionalismo que conheço. Mas, como em tudo na vida, há sempre um outro lado e Preud'Homme exemplifica também o oportunismo e a falta de carácter. Porque não esqueço o seu comportamento nas eleições de 1997 e porque me lembro bem dos dividendos retirados, serei sempre contra o seu regresso. Preud'Homme na Luz, só estando disponível para fazer uns voos ao serviço do Sport Lisboa e Saudade.