segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Alvalade XIXI

Ir a alvalade é sempre uma aventura, que acaba em comédia. Não só pelo estádio em si, mas, sobretudo, pelas pessoas que lá costumam estar.

Este ano, no entanto e dado o futebol de pirilau murcho da equipa do sportém, a comédia foi do melhor que vi na vida. A tal ponto que a minha mulher, que já está habituada a estas andanças, teve um ataque de riso de tal forma violento, que pensei não ver a segunda parte a bem da sua saúde. Coisas de família...

Quanto ao jogo, pouco há a dizer: os nossos jogadores geriram o resultado e as forças, perante a violência do adversário, bem visível na entrada assassina de Adrien a Saviola. Passámos também a saber que o braço é parte integrante do tronco de Polga - como o homem é mesmo um tronco, não fico muito admirado - e que os adeptos do sportém podem utilizar a instalação sonora do estádio a seu bel prazer.

O resultado, apesar da nossa patente superioridade, aceita-se.

3 comentários:

Kaiser disse...

Eu, ao nível pessoal, não gosto de dar borlas aos pequenos, muito menos quando esses pequenos não fazem nada por merecer a borla. No entanto, temos que ver que, para um moribundo, este pontinho dá sempre aquele segundo extra.

E a tua menina, já está recomposta? ;)

inespugnabile disse...

duvido. aquilo foi rir com fartura. não imaginas o que é aquela merda, a forma como os gajos se vestem e como gritam na aparelhagem sonora. não imaginas.

Jobar disse...

Ver um jogo num WC gigante dá nessas coisas...
basta ver a capa do RecoReco de hoje para ver a pequenez daquele clube, ficaram todos contentes com o pontinho ganho,só demonstram mesmo não passarem do maior clube dos pequeninos.
O alivio deles foi não terem levado um saco cheio de batatas...daí a alegria enorme com o ponto conquistado, assim já podem continuar a sua serie impressionante de 6 jogos sem ganhar!

Jobar
http://oalguidar.blogspot.com/