terça-feira, 31 de março de 2009

As brincadeiras do Sr. Vitor Pereira

Eis que as brincadeiras do Sr. Vitor Pereira voltaram!

O que se passa no burgo?

Ou Nuno Gomes está sintonizado com Rui Costa, ou está qualquer coisa estranha no ar.

Notícia de Última Hora

Já foi decidido pelo Tribunal, a polémica questão sobre a Taça da Liga.

À semelhança do caso "Esmeralda", o Tribunal decidiu que o Sporting pode visitar a Taça:

Às Segunda quartas e Sextas, tendo ainda um Fim-de-semana de 15 em 15 dias.

Começou o desfile

Ainda não acabou o mês de Março e já foram anunciados 20 jogadores como reforços do Benfica. Imaginem quando estivermos em Maio e formos campeões...

segunda-feira, 30 de março de 2009

Valente

Queirós veio dizer uma coisa que lembra o melhor do melhor de Artur Jorge: não é vitíma nem culpado.

Em suma, não é nada. É uma res nullius!

Pensar que depois de Scolari - que, com todos os seus defeitos, era um vencedor -, tenho de levar com esta azémula, faz-me eriçar os pelos do peito.

Queirós, minha grande merda, volta para Inglaterra!

O Portugal queirosiano

Ou Carlos Queirós não sabe o que está a fazer, ou, sabendo-o, não percebe nada disto.

Muito mais quando, por absurdo, o homem decidiu deixar Ruben Amorim fora da convocatória. Há alguma explicação?

domingo, 29 de março de 2009

quinta-feira, 26 de março de 2009

Nervosismo...

Após algum tempo de silêncio no qual me impediu da assiduidade desejada, regresso a minha presença como capo e sinto no ar um nervosismo estranho…

Estranho porque pretendia estar em primeiro e não estou, mas estranho porque me lembro que no inicio se escreveu até mesmo aqui que tínhamos equipa para dar luta, e que não seria fundamental ganhar o titulo já este ano, fundamental seria mostrarmos quem somos e começar um novo ciclo.

A questão baseia-se ai mesmo, pois será ou não fundamental ser campeão???...
Não foram os sócios que aumentaram a fasquia, mas esses mesmo sócios deveriam não criar tantas expectativas depois de termos sido expulsos da UEFA como fomos.

Quique sempre disse que o objectivo passava pela “Champions” sem nunca assumir, e aqui erradamente, o desejo de ser campeão.

Toda a estrutura foi falando (e principalmente o nosso querido presidente) que o investimento este ano era para ser campeão.

Investiu-se cerca de 30 milhões este ano, é verdade, ficamos com alguns presentes envenenados também será verdade, mas alguém dúvida que subimos a fasquia???
Mas então subimos para quê???...ser segundos???...não passar da primeira fase da UEFA?..não chegar sequer às meias da Taça? subimos para sermos campeões, seja de que forma for, tal como da última vez, e não quero ouvir dizer que a culpa de não ganharmos foi dos “lucilios” deste país.

Quero o titulo e quero este ano..e se jogarmos um pouco mais,talvez ,meu caro Rui cheguemos lá, pois também sei que embora demonstres alguma tranquilidade, andas um pouco ansioso, para não dizer nervoso.

Daqui até ao fim não quero ver novelas, nem de jogadores que estão a renovar e nunca mais renovam, de emprestados que nunca mais se compram ou de parvos de Palermo que vivem de nostalgia.

Daqui para frente queria que o Sr. Gabriel usasse as suas influências para eu ler nos jornais porque há contratações no porto que não jogam, quero ver noticias do balneário do porto nas primeiras páginas, quero incomoda-los tal como quero ver a ferver o Sporting que parece um bêbado continuo que desde os 12 alemães anda sempre com azar, pois temos pena, menos eu.

como apoiante de Luís Filipe Vieira informo:

Ou arranjam alguém decente, ou isto vai tornar-se um marasmo.

Veiga? Bruno Carvalho? Foda-se! E que tal o Donald?

quarta-feira, 25 de março de 2009

Qual é a relação?

No mesmo dia, Veiga e Miccoli falam, com um denominador comum: o Benfica. O que será que os move?

os moralistas

Todos os que se interessam pelo estudo da Moral sabem uma coisa importante: o pior que há para a moral são os moralistas.
Hoje vivemos num mundo perigoso. Da comunicação social, à cultura, passando pelos blogues, há uma cultura moralista crescente, que tende a tornar-se mioritária - calha e já é!
Se assim estamos na política, na cultura, na religião, como podia esta nova vaga afastar-se do futebol?
Este texto, como é evidente, não nasceu para um blog. Muito menos teorizarei sobre o tema aqui. O tema, como alguns dos que aqui passam sabem, faz parte de outro tipo de estudos que, com maior ou menor saber, continuarei em breve, começando o último capítulo de um romance académico iniciado há alguns anos.
Não podia, no entanto, deixar de vos manifestar a minha preocupação. Quando assisimos a gente como esta, esta, esta e esta (especificamente Bruno Carvalho), que, deturpando todos os factos, utilizam argumentos demagógicos e populistas, tentando ultrapassar a realidade, manifestando um único propósito (atacar a casa da democracia, o Sport Lisboa e Benfica, a grande referência da ética republicana no século XX), não nos podemos calar e deixar que se omitem factos essenciais à discussão.
Sugiro, assim, aos meus amigos de outros blogues e colegas deste burgo que, nos próximos tempos, se lembrem quais os grandes roubos do futebol português (do "apito dourado", ao campeonato do Jardel, por exemplo) e divulguem.
Divulguem até que eles se calem!

Cromos...

Só podia envolver um lagarto...

http://www.record.pt/noticia.aspx?id=bbb9deec-0efc-43d0-8de9-0345b30fb4a6&idCanal=00000488-0000-0000-0000-000000000488

Peitada é agressão?

Será que uma agressão a um árbitro, numa final, vai passar impune?

terça-feira, 24 de março de 2009

Exigimos um pedido de desculpas!

Agora que, como se prova na página 2 do jornal "Record", todos passámos a saber que a jogada de Vukcevic, que originou o golo de Pereirinha, é irregular, uma vez que o montenegrino, ostensivamente, saliente-se, puxou os calções de Maxi Pereira, impedindo-o, assim, de cortar a jogada, exigimos um pedido de desculpas de todos aqueles que colocaram a nossa vitória em causa!
Por outro lado e a provar-se que há um canal de televisão que tem as imagens, exigimos que as mesmas sejam exibidas.
Conto, ainda hoje, actualiza este post.
Para quem tiver dúvidas, fica aqui o link.

Não só compreendo, como apoio!

Embora pareça que este post é uma resposta ao anterior, do meu amigo Mister D, não é. Parece, mas não é...
Não só compreendo o que João Gabriel quis dizer, como apoio todas as suas palavras. De facto e analisando o passado, não reagirmos iria, apenas, permitir que o Sporting continuasse a campanha nojenta e inflamatória que começou no sábado.
Essa campanha - e nós até já vimos dias de luto... - permitiria que, com muita tranquilidade, os lagartos dessem por adquirido o 2.º lugar, condicionando todas as arbitragens até ao fim da época. Não seria nem mais, nem menos, do que o que aconteceu nos últimos anos!

Resta saber se a Comissão de Disciplina tem vergonha na cara: como abriu o precedente quando castigou Katsouranis por declarações no fim do jogo com o Nacional, terá de castigar todos aqueles que se pronunciaram no fim do jogo de sábado. Se bem me lembro, há, pelo menos, 10 jogadores por castigar por palavras e 1 por agredir o árbitro.

Se não formos campeões, de quem é a culpa?

"O Benfica joga para o título, enquanto o Sporting o parece fazer para o segundo lugar.", disse ontem, João Gabriel, Director de Comunicação do SL Benfica.

Quique Flores tem optado por outro tipo de discurso, optando pelo fim da época para fazer o balanço.

Existirá coerência nesta comunicação? É impressionante como continuamos a dar tiros nos pés constantemente.

E nem vou fazer comentários relativamente à presunção evidenciada na Conferência de Imprensa realizada ontem.

Fico a aguardar novidades, porque sei que no Benfica ainda se dão ao trabalho de vir ler o Ndrangheta...

Estou pasmado com o que se está a passar. Imaginem o que dirão se formos campeões...

Entretanto gostava de reafirmar que a Taça é nossa e é nossa por direito. Digam o que disserem.

Há, no entanto, coisas boas no meio disto tudo: alguns perderam a vergonha e o decoro.

Só podia dar nisto...

Uma competição que nasceu torta jamais se endireita. Depois do desprezo a que foi votada pelos grandes na última época (Paulo Bento acordou quando percebeu que podia ser o único a beneficiar da prova), fez-se uma operação cosmética que em nada a beneficiou. Calendário absurdo, regulamento mal elaborado e, pior, esquecido quando violado, esta taça, assim mesmo, com letra minúscula, tinha tudo para dar para o torto. E deu! Parecia ter ganho algum alento com o derby, apesar de desvalorizada pelos capitães das equipas envolvidas, mas Vitor Pereira, coerente na sua incoerência, tudo estragou com a nomeação daquele que é porventura o mais sobrevalorizado dos árbitros nacionais. Lucílio Batista para os tugas, Cardoso para aqueles que bem recentemente desceram de divisão à custa de falcatruas (só nacionais porque a UEFA não teve os tomates para ir mais longe). A taça era, na minha opinião, secundária, mas um derby é sempre para ganhar! O que vimos não foi vergonhoso por uma razão simples: é o que temos! O jogo foi mal disputado, os jogadores demasiado agressivos e a arbitragem uma miséria. Uma mão cheia de expulsões perdoadas e um penalty incompreensível. Não retiro nada de positivo deste jogo, exceptuando a prestação de Quim nas grandes penalidade, que bem merecia este confidence boost. A polémica está instalada e irá perdurar. Espero que sirva para debater o essencial (Vitor Pereira) e não o acessório (o penalty). E aguardo desenvolvimentos com alguma ansiedade. Há um segundo lugar em disputa (e temo o que o circo mediático possa causar) e não me esqueço de Katsouranis. Aos lagartos deixo um voto de solidariedade. Por um único motivo! Eu sei o que eles sofreram porque há 15 anos que Lucílio me faz sofrer o mesmo.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Mas esta merda é para rir?

Os lagartos ainda não pararam de reclamar.
Se o tivessem feito durante o "apito dourado", ainda aceitava que os homens tivessem ao lado da verdade desportiva...
Se o tivessem feito depois do Boavista - Benfica do ano passado, quando fomos impedidos de ir à Liga dos Campeões...
Se o tivessem feito quando, com Jardel e João Pinto em campo, beneficiaram de vinte e tal penalties numa época...
Mas agora? Agora? Depois do Derlei ter agredido um jogador do Benica e nada ter sido feito e de ter sido poupada a expulsão a Polga?
Foda-se, é mesmo um clube de merda!

Bela vitória!

Apesar de ensombrada pela decisão de Luscílio Baptista de não expulsar Polga aos 60 minutos de jogo, o nosso clube ganhou mais uma final.
Sem entrar em grandes questões filosóficas, direi, como sempre, que festejei esta vitória, no Algarve, bebendo quase todas as minis Carlsberg disponíveis no mercado.

Para a história fica o quarto troféu nacional ganho pela direcção de Luís Filipe Vieira.

Viva o Sport Lisboa e Benfica!

PS - os nossos adeptos algarvios estavam inconsoláveis com a falta de bilhetes. Mas que festejaram a vitória, lá isso festejaram!

A Taça da Cerveja

O Benfica lá levantou o caneco. "Ajudado" ou não, o que é certo é que o levantou e é isso que conta. Quanto aos calimeros do costume, a palavra "insignificância" é a mais apropriada para quem anda acostumado a andar de braço dado com corruptos e afins.

Não me vou alongar sobre o jogo, porque o que se viu mais uma vez foi um Aimar distante de todos os outros quando toca a jogar à bola e viu-se também um Ruben Amorim bem ciente do espaço que ocupa e da importância que tem neste Benfica.

Gostei de ouvir várias coisas no pós-match. Que Filipe Soares Franco gosta de andar de cara lavada na actividade "futebol". É curioso que se sente ao lado de um arguido num processo de corrupção relacionado com futebol. É curioso também que antes do jogo, tenha conversado cavaqueiramente com Joaquim de Oliveira, Gilberto Madaíl e Hermínio Loureiro. Para quem gosta de andar com a cara lavada, creio que anda para ali alguma sujidade.

Depois foi a vez do Noddy referir-se como uma vergonha o que se passava. Gostaria de ver agora a Comissão Disciplinar da Liga punir o mais jovem não sei o quê do Sporting ser castigado e assim não bater mais nenhum record estúpido que a Comunicação Social tanto gosta de preencher com primeiras páginas.

Finalmente, Paulo Bento. Deu já o aviso que deixem o Sporting ir à pré-eliminatória da Champions. Já é o aviso para o que nos espera para o resto do campeonato.

P.S. Nenhum jogador do Benfica foi convocado para a Selecção Nacional. É curioso como o assunto é tratado: o maior clube português não tem nenhum jogador na selecção do seu país. Ainda bem que não tem. E ainda bem que não tem, porque assim não se cansam a jogar por uma equipa que vive cada vez mais dos caprichos de um rapaz madeirense e de quem quer dar "hossanas" ao Seleccionador Nacional. Ainda bem...

domingo, 22 de março de 2009

Incrível

Lucílio acaba de confirmar que não mencionou no relatório de jogo o gesto de Paulo Bento nem a peitada de Pedro Silva.
Ora vê a mais ora vê a menos. Palavras para quê?
É um artista português.

sexta-feira, 20 de março de 2009

A previsibilidade do costume???

Quim;

Maxi, Luisão, Miguel Vítor e David Luiz;

Katsouranis, Yebda, Ruben Amorim e Reyes;

Aimar e Suazo

Será este o 11 de amanhã???

quarta-feira, 18 de março de 2009

Parece-me que no sábado, no Algarve, vamos disputar uma final!

Devo andar com a cabeça na lua, mas no sábado, parece-me, vamos defrontar a lagartagem, em mais uma final que se quer ganha...
Calha e ando distraído, mas ouvi dizer que estamos a 5 pontos do primeiro classificado e a 1 do segundo, quando ainda estão 24 em disputa...
Devo estar enganado, mas o presidente do clube do freixo, papa da gentalha, está a ser julgado em Gaia, acusado de corrupção e no seu julgamento houve de tudo: putas a baterem em testemunhas, Conselheiros a dizerem que conheciam a corrupção que gravitava no futebol português e testemunhas que deixaram de o ser, a assumirem que tinham sido compradas...
No meio disto o que é que é importante para os meus caros amigos?
Baterem no Quique, baterem no Rui Costa, baterem no Vieira...
Desculpem, mas não estou a perceber o que está a acontecer! Vá lá que sexta, logo pela manhã, vou para o Algarve, encontrar-me com grandes amigos benfiquistas, que só já pensam no mesmo que eu!

E para que fique claro

Acho Quique o melhor treinador que o Benfica teve desde Eriksson (exceptuando Mourinho) e seria mais um erro monstruoso não ficar mais um ano.

Pá, esqueci-me de dizer uma coisa...

... enquanto os meus amigos discutem os méritos do Gastar Vamos, eu entretenho-me a coçar os tomates.

Sobre a polémica Gaspar Ramos

Faço minhas as palavras do Pelicano, apesar de um ou outro erro circunstancial que não desvirtua o essencial do texto.

Estamos a caminhar para o unanimismo

E isso não é bom sinal...

Era o que me faltava...

Se Gaspar Ramos for uma das alternativas, vou ali e já volto.
Como é evidente, foi a sua péssima gestão que resultou no descalabro financeiro do início da década de 90, apenas atenuado pelo título de 94.
Isto é tão evidente, tão evidente, que nem vou discutir a questão.

Não se pretenda reescrever a história.

O senhor Gaspar Ramos deu muitíssimo ao Benfica. Muito mais do que qualquer um que o crítica. E de certeza que não ganhou um décimo do que muitas outras pessoas que agora o atacam.

O senhor Gaspar Ramos ganhou 5 campeonatos e esteve presente em duas finais da Taça dos Campeões Europeus.
O senhor Gaspar Ramos foi o primeiro e único dirigente a atacar o Papa e enfrenta-lo no campo de batalha.

O senhor Gaspar Ramos deveria ser uma figura consensual no Benfica.
Não o é porque o sistema o atacou a ele como a mais ninguém e porque os benfiquistas "compraram" o peixe que se lhes vendeu.

O senhor Gaspar Ramos não fez parte da segunda equipa de Damásio e foi o único a enfrentar Artur Jorge na destruição do plantel campeão.

Mais, quando o gatuno se quis apropriar do Benfica, como muito bem ele mesmo referiu, não me lembro de ter visto o senhor Vieira (estaria certamente ocupado a tratar de roubar jogadores ao Benfica para os entregar a Norte) ou senhor João Gabriel fazerem qualquer tipo de diligência. Mais uma vez, em nome do Benfica, o senhor Gaspar Ramos disse presente.

Já que a ingratidão tem sido nos últimos anos imagem de marca do Benfica, por mim aqui fica o meu muito obrigado ao senhor Gaspar Ramos. Concordando ou discordando da sua opinião é sempre uma voz que respeito.
Este baixo nível no ataque, este ou os feitos anteriormente pelo presidente, em relação ao homem que nos últimos 25 anos mais títulos deu ao futebol do Benfica soam-me sempre a uma demonstração de anti-benfiquismo.
Se não pelo muito que este senhor deu ao Benfica então pelo desrespeito à liberdade de expressão que é, não tenham dúvida, o principal pilar da nossa grandiosidade.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Nova sondagem

Em resposta a várias solicitações de amigos, fica aqui uma nova sondagem.
O que é mais grave:
- receber um envelope com notas;
- pedir ao papa que convença o papá a deixar a amante.
É que, meus caros amigos, a segunda hipótese é maquiavélica: não demonstra, apenas, que há corrupção; demonstra, se dúvida houvesse, a estrutura tentacular do futebol português.
Admitir que um árbitro se desloque a casa de um dirigente para lhe pedir que convença o pai a deixar a amante, é admtir que esse dirigente controle o sistema de tal forma que, por absurdo, a sua voz impeça que os problemas familiares de um alto dirigente do sector da arbitragem - e ex-árbitro - se avolumem.
Este é o futebol que temos?

Quique Flores

O que se passa, afinal, com Quique Flores?

Apoio!

Neste momento decisivo da temporada, a nossa equipa precisa, mais do que nunca, do nosso apoio.

Nada está decidido e no sábado disputamos uma final contra os nossos rivais de sempre.

Solicito, assim, que os meus caros amigos compareçam no Algarve, no próximo sábado.

Não admito desistências!

domingo, 15 de março de 2009

No fim fazemos as contas

Não perdemos, certamente, o campeonato ontem. Nem o vamos perder na próxima jornada. O grande problema, meus caros, é que já o tivémos na mão e não aproveitámos. Agora, é estarmos alerta e ganharmos os 9 jogos que faltam - 8 para o campeonato e a final de Loulé -.
Depois, logo depois, fazemos as contas.

Quique, ouve bem...

O futebol não é ganho por palavras, mas sim por golos. E de preferência, com mais golos do que o adversário e não o contrário. Aliás, é normal tu saberes isso, já que jogaste num clube como o Real Madrid, que está habituado a ganhar, porque marca mais golos do que os adversários.

É bonito quando vens para as conferências de imprensa e dás o veredicto sobre o que se passa no outro lado da segunda circular, mas nós estamo-nos bem cagando para o que se faz do outro lado, porque dali não se aprende nada, a não ser pintar muros...

Era bom que hoje, no tal treino de descompressão dos meninos, fosses homenzinho de chegar ao pé deles e dizer que estão no Benfica. O Benfica fez recentemente 105 anos. Não é um Newell's Old Boys, não é um Sevilla, não é um Rosário Central, um Vitória da Bahia ou uma merda qualquer parecida com esses clubes. É o Benfica. Que tem uma história, um palmarés, um nome a defender. É o maior clube de Portugal e por alguma razão, ontem, na Luz, com o 8º classificado da Liga, estavam 47 mil pessoas.

47 mil pessoas que vieram de vários pontos do país (bem sei que Portugal não tem o tamanho de Espanha) para verem o Benfica, que é o seu clube, a sua paixão. Que são capazes de o defender até à exaustão numa conversa de café, no local de trabalho, ou até entre amigos. E defendem-no mais do que certos meninos que lá andam pela nossa defesa.

Independentemente de tudo, ou de pensares o que é certo ou errado, ou de ter corrido bem ou mal, o Benfica TINHA de ganhar o jogo de ontem, já que sendo tu um dos gajos que mais tenta apostar na questão psicológica, se o Benfica ganhasse ontem, estava em primeiro, e olhando para a carreira da tripeiragem em casa, os meninos até eram bem capazes de escorregar hoje em casa. Agora, com o brilhante resultado que lhes deste, hoje são capazes de golear. Se tiveres uma caga do tamanho do Estádio que te tem acolhido esta época, pode ser que fiquem só a três pontos de ti e ainda haja esperança de sermos campeões.

Este testamento que está aqui a ser feito não tem como objectivo mandar-te embora, mas sim começares a ter os colhõezinhos no sítio e mostrares quem manda, efectivamente. Fazer ver aos meninos que vão para o campo que estão a depositar as esperanças da maioria do povo português para que o Benfica ganhe o campeonato. Aliás, tens um rapaz ao lado, que ainda o ano passado jogava e sabe bem o valor daquela camisola. Podes-lhe perguntar, que ele responde e diz o que é que isso realmente significa.

Mostrar aos Reyes, aos Di Maria, aos Balboa e aos outros, que o Benfica não é nenhuma montra de jogadores, nem nenhum entreposto, como era há uns anos atrás. Volto a frisar que é o maior clube português e que por isso, tem de estar habituado a ganhar.

Por isso, Quique Flores, começa a dar tino aos meninos, porque ainda faltam 7 jornadas para jogar e essas 7 jornadas são para ganhar e esperar que os outros escorreguem. Mas é para ganhar a sério e não estarmos empatados a zero em casa e tirar um avançado para meter outro.

Para teu bem e para nosso bem...

Desta vez não dá...

QUICARALHO!

sexta-feira, 13 de março de 2009

Jura, take II

«Fui então ter com o presidente a Espinho, onde se realizava o primeiro aniversário dos dragões daquela cidade, e ficou decidido que eu continuava treinador do FC Porto. Depois da festa, a caminho do parque de estacionamento subterrâneo, disse-me: “Juro pela saúde da minha filha que caso você fosse embora não era o Mourinho que o vinha substituir. Porque eu telefonei para a Grécia, para o Fernando Santos, a saber se ele queria ocupar o seu lugar.” É importante referir que esta conversa decorreu em Janeiro. Porque tanto no livro do José Mourinho como no do próprio Pinto da Costa, ambos confessam que o contrato foi celebrado no dia do aniversário do presidente do FC Porto, que é a 28 ou 29 de Dezembro. Basta consultar os livros. Ora, como é que o Pinto da Costa teve cara para me dizer, em Janeiro, que o Mourinho jamais me iria substituir? Ainda por cima jurando pela saúde da filha? Que homem e´ este?»

Aqui.

B.C.C

Tenham lá juizinho...

Uma coisa é discordar de Vieira(ainda estou para ler argumentos inteligentes acerca do modo em que se discorda da gestão do Presidente), outra é olhar com seriedade para a tragicomédia a que o Sérgio Silva Parte 2 se prontifica.

Só um B.C.C apoia B.C!

Francamente! Tenham dó!

Jura

Como cantou Rui Veloso: "Jura, que não foi só uma aventura..."

Jura por quem quiseres, biltre. És culpado como o pecado!

Jures lá por quem jurares.

P.S- Ganhar. Ganhar. Ganhar!

Amanhã:

Ganhar, ganhar, ganhar...

Amanhã:

Ganhar, ganhar, ganhar.

Amanhã:

Ganar, ganhar, ganhar!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Só para que não restem dúvidas:

Não só esse palhaço, chamado Bruno Carvalho, não é benfiquista, como, se for candidato a Presidente do Sport Lisboa e Benfica, qualquer votação acima dos 0% é elevada e inesperada.
Bem sei que sou um dos maiores apoiantes de Luís Filipe Vieira e que o nosso clube já era democrático antes da democracia. Sei isso tudo. Mas aceitar que esse palhaço possa, sequer, ser candidato, é uma afronta a todos os benfiquistas.
Posto isto, voltemos, por favor, a falar de assuntos relevantes.

Não sei bem que pensar...

O dito tem razão nalgumas coisas que diz sobre Vieira, mas eu raramente consigo ler um post dele até ao fim. Bruno Carvalho tem um defeito terrível: na ânsia de lhe ser dada razão, não hesita em manipular factos. Ou seja, espelha Vieira no que tem de pior. E se o facto de ser director e accionista do Porto Canal nada me diz, o constante elogio ao Papa irrita-me sobremaneira...

Já temos candidato

Bruno Carvalho, de seu nome!

Esperemos para ver...

Desde que não se meta na cabeça que o Director do Porto Canal é conotado com o FC Porto, está tudo bem. Senão, entramos no plano da irracionalidade...

É muito simples:

a passagem do porto aos quartos aumenta a possibilidade de sermos campeões.

Sobre isto, não tenho a mais pequena hesitação.

terça-feira, 10 de março de 2009

Agora rio eu!

Há uns anos passei uma semana a aturar bocas sobre cataclismos. Duas semanas depois, continuavam as bocas porque nem em casa ganhávamos. Miúdos e graúdos, todos afinavam pelo mesmo diapasão. E era aquele o Benfica do Hassan, do Marcelo, do Paulo Pereira, do Luis Gustavo, do Marinho, do Mauro Airez (e que mesmo assim limpou uma Taça de Portugal)... Agora chegou a hora deles. Duas semanas, dois recordes. Embrulha!!!

edit: Corrijo! São três os recordes, já que aos próprios junta o da competição.

7 a 1...

... com total de 12 a 1?

O que é que tinha acontecido se os alemães jogassem com a equipa principal?

Notícia Extraordinária

Desde dia 4 de Março que o JAS não nos insulta...

Pelo contrário, o meliante continua sem querer aprovar os nossos comentários...

Gracinha sem importância

Miguel Veloso fala na terceira pessoa. A última pessoa que ouvi falar na terceira pessoa foi o Mário Jardel, na segunda época no Sporting.

Será que existe alguma relação???

Conselheiros, rameiras e bichos do mato

No julgamento do Sr. Jorge passa de tudo: Conselheiros que sabiam da corrupção genética no futebol português, rameiras que ficam à porta para agredir testemunhas e bichos do mato.
São estes espectáculos que explicam o que é o futebol português. Não o actual, mas o de sempre e, segundo parece, o que se perpetua.
Para pior, o Sr. Duarte, que enquanto apitou mostrou, à saciedade, tudo aquilo que era capaz, teve o descaramento de dizer que foi a casa do Sr. Jorge para interceder pelo Pai, Sr. Azevedo Duarte, que enquanto árbitro também mostrou tudo aquilo que era capaz.
Ou seja, o material genético não engana...

segunda-feira, 9 de março de 2009

Este campeonato vai decidir-se nos jogos em casa...

... e para a semana há dois jogos que podem ser decisivos. Ainda para mais, tenho como assente que o jogo do porto vai ser muito, muito, muito complicado!
E há aqui uma coisa que vos digo: este sábado, ao almoço, avisei que o Porto dava três ou quatro!

Vitória na Figueira

A vitória na Figueira da Foz teve tanto de justa, como de difícil. Contra uma grande equipa, muito bem orientada, reagimos à adversidade.

Assim se constroem campeões!

domingo, 8 de março de 2009

Os avençados, ou de uma certa forma, a escumalha...

"O Conselho de Redacção da RTP repudiou hoje a forma "insultuosa" como o director de comunicação do FC Porto se dirigiu a um jornalista da estação de televisão após o jogo Leixões-FCP da 21.ª jornada da Liga portuguesa.

Em comunicado enviado à Agência Lusa, os membros do Conselho de Redacção (CR) "lamentam profundamente" a atitude do funcionário do FC Porto Rui Cerqueira e esperam que as estruturas da direcção de informação da RTP "exijam ao clube um pedido de desculpas" ao jornalista João Pedro Silva e à própria RTP.

O incidente em questão ocorreu durante a "flash interview" do jogo Leixões - FC Porto, que a RTP transmitiu em directo. Na entrevista, João Pedro Silva fez três questões ao treinador do FC Porto, Jesualdo Ferreira, a primeira sobre o jogo, a segunda antecipando o encontro de quarta-feira da Liga dos Campeões frente ao Atlético de Madrid e a terceira sobre a eventual renovação do técnico.

Após a entrevista rápida, o jornalista foi, de acordo com o comunicado, "insultado pelo aludido funcionário do FC Porto. Começou por acusá-lo de desrespeitar 'a instituição FCP' e de 'fazer perguntas encomendadas'". Na altura, o jornalista terá perguntado se "não podia fazer perguntas", salientando que as questões não eram "encomendadas".

Segundo o comunicado do CR, o director de comunicação do FCP terá dito então a João Pedro Silva: "és um filho da p..., um bardamerdas, és muito pequeno para mim". Tudo aconteceu na presença do produtor da RTP Manuel Queirós, do treinador do Leixões, José Mota, de dirigentes do Leixões e da repórter de imagem da RTP que estava a fazer a referida "flash interview". O comunicado foi assinado pelos membros eleitos do CR do Porto e do CR de Lisboa da RTP.

Contactado pela Agência Lusa, o director de comunicação do FC Porto, Rui Cerqueira, escusou-se a comentar os incidentes. A Agência Lusa falou também com o treinador do Leixões, José Mota, que afirmou não ter ouvido insultos, apenas "um tom de voz mais elevado". José Mota disse ainda que estava numa sala oposta à da "flash interview" quando se apercebeu que os "ânimos estavam exaltados", mas que numa primeira impressão não percebeu quem estava "com aquele tom de voz". "Percebi que houve confrontos entre pessoal do FC Porto e da televisão, mas entretanto segui o meu trajecto", disse José Mota.", no Record.

NOTA: Os sublinhados são meus!

sexta-feira, 6 de março de 2009

E esta, hein?

O famigerado Mortágua conhece uma tabela de preços de aquisição de árbitros.
O senhor conselheiro terá alguma vez denunciado o que sabia às autoridades competentes?
Temos juiz...

Tiago Pinto

À boa maneira de Gabriel Alves: "Tiago Pinto, jovem de 21 anos, metro e oitenta, 73 kilos de peso, lateral veloz, boa capacidade de cruzamento com o pé esquerdo, filho do lendário João Pinto."

Decerto que os meus consócios não desdenhariam ver Tiago na Luz. Há vários factores:

1º- É novo, e ao que dizem, bom.

2º- Jorge Ribeiro não tem margem de manobra na massa associativa, e pelos vistos na massa técnica também não.

3º- É filho de João Pinto.

Considero que o terceiro factor será até, o mais determinante dos factores.

A saída de João Pinto do Benfica é dos casos mais mal resolvidos da História do GLORIOSO. abrigado por um seguidismo cego, Vale e Azevedo conseguiu mandar embora o melhor jogador do Benfica nos últimos 15 anos. Houve protestos, sim senhor, de uma minoria que não era vassala do Careca. Infelizmente, demasiado minoritária para reverter esse CRIME.

A entrada de Tiago no Benfica seria um acto de redenção da Família Benfiquista para com João Pinto.
O facto de podermos de alguma maneira reconciliar e reunir a nossa história com a de João Pinto é algo que muitos Benfiquistas (este escriba incluído) desejariam.
O facto de termos um herdeiro futebolístico do Menino de Oiro catapultaria o Benfica para a dimensão familiar que tem feito escola nos mais diversos colossos europeus. Milan e Real à cabeça.

Obviamente que não está em causa o valor do Tiago Pinto como jogador. É bom, ponto final.
Mas o que suspeito que realmente se quer é ver regressar João Pinto à vida do Benfica. E justamente se suspira por tal. Na minha modesta opinião.

quinta-feira, 5 de março de 2009

palhaçada

Se o Presidente do nosso clube assumisse que um árbitro tinha passado por sua casa, para resolver um assunto pessoal, o que seria dito?

Testemunhas agredidas

Não vou parar de falar do assunto: nem em Palermo se via uma testemunha chave de um processo de corrupção agredida à porta de um tribunal. Nem em Palermo...
Num processo crime por corrupção, costuma-se dizer que se todos se calarem, a coisa fica melhor. Carolina, que pelos vistos vivia naquela casa, não se calou e foi a Tribunal dizer o que ouviu, ou o que diz que ouviu.
Independentemente de tudo o resto, merecia ter protecção policial. Se o Estado, aliás, não tivesse convicção na acusação, não acusava... penso eu!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Parabéns!

Quase, quase, a atingir a maioridade, o maior grupo organizado de adeptos do Sport Lisboa e Benfica, que, desde a sua fundação, acompanha o nosso clube em todos os jogos, sejam realizados em casa, ou fora, faz anos hoje.

Para todos, um abraço!





É assim:

Se o Benfica conseguir resisitir a estas nomeações assassina e, ainda assim, for campeão, estaremos perante a maior epopeia da nossa história!

Arbitragem

Querem que comente as nomeações?

terça-feira, 3 de março de 2009

Testemunhas agredidas à porta do Tribunal?

No país "do faz de conta", testemunhas são agredidas à porta do Tribunal.

Não é, evidentemente, por estratégia processual de intimidação... Deve ser por outro motivo qualquer...

20 anos depois, o que é que mudou no futebol português?

Ao amigo JAS que nos insulta...

Já sabemos de onde és...

Esperança e estados de alma

Ontem passei pelo Estádio da Luz e pareceu-me que o estado de alma dos adeptos do nosso clube está como não estava há muitos anos.
A Figueira da Foz, no domingo, será um porto de emoções fortes e de vitória. Seja essa a convicção dos nossos jogadores, mas que se concentrem. Ultrapassar uma equipa treinada por Ulisses Morais não é fácil... muito menos uma equipa que sabe, bem, o que é o futebol.

segunda-feira, 2 de março de 2009

9,350 Milhões de Euros de prejuízo

Só há uma maneira de o recuperar: Ser Campeão Nacional de Futebol esta época!!!

O Monstro Sagrado

Sábado, 28 de Fevereiro de 2009, o Sport Lisboa e Benfica comemora 105 anos de Gloriosa e Impoluta História.
Há vários prémios atribuídos, diversas homenagens sentidas. Mas há um prémio em particular...
Há um prémio atribuído a uma Individualidade que demonstra bem, mais do que bem, pura e simplesmente demonstra o que é ser Benfiquista.
Ser Benfiquista é reconhecer sempre que se é servo de Algo Maior, ser Benfiquista é pôr o Clube e o Colectivo acima de si, ser Benfiquista é ser MÁRIO COLUNA.
Paradoxal, não? Não! A imagem do Monstro Sagrado de joelhos, humilde e comovido com o reconhecimento, mas acima de tudo prostrado à Grandeza que ele também fez GRANDE, é mais uma vez um ensinamento do GRANDE CAPITÃO.
Camus escreveu um dia:"Apenas os Grandes Animais são senhores dos seus humores." O Sr. Mário Coluna é um desses... maior até.
Não se iludam, meus amigos, o Benfica suplanta as individualidades...
Mas estas estão lá...Entranhadas em NÓS, viajam quilómetros de Espaço e Tempo, atravessam a História, e, vestidos com o Manto da Lenda mostram-nos o que verdeiramente amamos. E como devemos amar.
OBRIGADO CAPITÃO!
VIVA O BENFICA! VIVA O BENFICA! VIVA O BENFICA!

Gala do Sport Lisboa e Benfica

Um clube que pode, na mesma ocasião, homenagear homens como Coluna, Eusébio e Manuel Bento, é enorme, enorme...

E depois veio o resto. Que foi tudo. Abraços e emoções fortes, lágrimas e sorrisos. Uma noite que, acima de tudo, foi de amor.

domingo, 1 de março de 2009

Domingo gordo!

Da gala, das emoções, das lágrimas e dos protagonistas, falarei amanhã. Por hoje e por agora, fico-me pelo extraordinário jogo de futebol que se disputou em Madrid, com uma vitória quase épica do Atlético frente a um decepcionante Barcelona.
E no fim, as câmaras focaram um grande abraço entre Presidentes.