sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Domingos?

Este cabrão que fez uma carreira inteira a enganar, lembra-se duma tirada destas... Filho da puta uma vez, filho da puta sempre?

Sempre com o Benfica

- Nas críticas, nos elogios, nos dissabores, nas alegrias, nas vitórias e nas derrotas...

- Amanhã em Braga, na quinta-feira em Liverpool, na outra segunda na Luz

Ndrangheta está sempre presente. Presente com o Benfica, rumo à vitória!!!

Jogo de Braga

Amanhã, quando entrarmos em campo, na Pedreira, devemos encarar o jogo como se de uma final se tratasse.
Não por considerar o Braga como uma super equipa, ou como um candidato ao título - essa luta está resumida a dois.
Apenas porque entendo que as forças ocultas aparecerão no Estádio... e se são ocultas, são forças porque têm forças...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Logotipo Mundial 2018-2022

Um logotipo que mistura a bandeira espanhola com a nossa, a portuguesa, é, por certo, considerado uma afronta para uns e um bom princípio para outros.
Não me querendo situar na polémica que adivinho, apenas vos digo uma coisa - e apenas enquanto amante da arte: é uma bela obra!
Sou dos que consideram a jangada de pedra como uma unidade geográfica, com várias nações e povos, que nuca conseguirão viver em paz se o poder estiver concentrado em Madrid, ainda que Madrid descentralize. Como dizia Orlando Ribeiro, o geógrafo, a Hespanha é una, em todas as suas espanhas. Mas nunca será una sob o jugo centralista de Madrid.
Não é à toa que os movimentos nacionalistas, nomedamente o catalão, ganham força na alma dos povos. Depois de Juan Carlos veremos...

Alerta Geral!

O Piazza anda nervoso e ontem não parou de enviar sms reveladoras da sua angústia. Na sua opinião, o jogo de Braga é fundamental para a vitória a final.
Concordando, não posso deixar de aproveitar e lançar um alerta geral: a nossa excelente equipa também terá dias maus. Também, sublinho, passará por dificuldades e perderá pontos. Arrancará, por outro lado e como aconteceu em Guimarães e em Leiria, vitórias a ferros e sofrerá até ao limite do suportável.
Em todos esses momentos merecerá o nosso apoio e estaremos a seu lado. Tudo porque as contas se fazem no fim e quem ri por último, ri melhor...
PS - como um dos nossos mais fiéis leitores faz hoje anos, deixo-lhe aqui um abraço especial! Não só porque é meu amigo, mas, sobretudo, porque é um grande benfiquista! Podem, agora, perguntar: pá, foda-se, mas consideras que é mais importante ser do Benfica do que teu amigo? Pá, foda-se, considero!

Árvore das Patacas

E Ruben Micael é desmentido. Resta apenas acrescentar o que foi visível da bancada: não houve conversa nenhuma, antes uma escolta feita por Cléber e outros dois jogadores do Nacional ao nosso capitão, que manteve o seu passo em direcção ao balneário. Não deve ser preciso explicar o porquê de tantas referências ao terceiro classificado, onde Patacas não joga, nem sequer fez a formação.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Futebol proveta!

Para tentar ganhar o jogo, Paulo Bento lançou, nos últimos minutos do jogo de Guimarães, o primeiro bebé proveta português: Carlos Saleiro.
Nada mal para uma equipa que apresenta um futebol medíocre, sem método e com jogadores que não teriam lugar na divisão de honra, não fosse o seu treinador um visionário.
Desta feita, Paulo Bento quase que conseguia, não fosse Rui Miguel ter, em cima do apito final, marcado um golo que, afinal de contas, traduziu alguma justiça ao marcador - um empate a uma bola entre duas equipas que merecem, de momento, lutar para não descer, não é um resultado injusto.
Dizem-me, no entanto, que na primeira parte ficou por marcar um penálti a favor dos trauliteiros do Minho (só vi a segunda). Alguém confirma?

terça-feira, 27 de outubro de 2009

"Não há machado que corte a raíz ao pensamento"

Ontem, enquanto tentava adormecer ao som da música referida no título, lembrei-me dos defeitos de certa e determinada pequena e média burguesia portuguesa, que ao ver um popular chegar ao topo, se rói de inveja.
Sei, por ADN, aliás, quais os machados que tentaram cortar a raíz ao pensamento. Sei, também, quais os que tentaram cortar a raíz, nos últimos 30 anos, ao nosso Sport Lisboa e Benfica.
Por isso e por muito mais, não posso deixar de parafrasear o grito de um grande amigo, nos festejos do quarto golo de ontem: "este é o maior Benfica que eu vi jogar!"
Obrigado Benfica!


Um vintém é um vintém

Tem o dom da palavra o verborreico responsável da preparação técnico-táctica do Grupo Desportivo Nacional. Para si dirijo esta missiva que, obviamente carece de uma riqueza vocabular apenas ao alcancee dos argonautas da literatura.
Creio-o quezilento, meu caro Machado. Será porventura que as condicionantes estratoesféricas do éter futebolizado não lhe permitam uma aquilatação factual do estado da matéria?
Ou tratar-se-á de um mero processo de tranferência de angústia de um "indeterminado" círculo determinante e condicionante de toda a atmosfera, que o trazem num sobressalto que é perene analisar?

Perniciosa dúvida que me cerceia uma lucidez clarividente para aferir todos os seus quesitos biliares, mas que sem dúvida alguma abordagem terapêutica mais forte será capaz de mitigar. Atrevo-me a recomendar-lhe uma posologia que seja acima de cinco unidades e sempre inferior a sete da dita panaceia.

Quero afiançar-lhe, caro Machado, que ressoam em mim as suas celestiais e iluminadas palavras quando munido de uma verve inaudita expurga as pústulas emocionais que antecipam um som oriundo de um moderno aparelho portátil de comunicação, que decerto não trará consigo ideais conversativos quer de ânimo quer de bem aventurança.

"Um vintém é um vintém"...

Caro Machado, se a sua excelsa individualidade fosse passível de ser quantificada em moeda corrente, afianço-lhe que não renderia metade disso...

Cordial e atenciosamente observador das suas actuações no Concurso Nacional da Língua Portuguesa,

Piazzanuova.

A Besta

A besta leva 6 e consegue culpar o árbitro.
A besta só viu a sua equipa rematar uma vez durante 90 minutos com uma assistência perfeita do fiscal de linha e culpa o túnel.
A besta não diz que o Patacas deveria ter sido expulso na primeira parte.
A besta esquece os foras-de-jogo mal assinalados ao Benfica, um dos quais deu golo.
A besta fala uma língua que não existe.
A besta é, enfim, uma besta. Não lhe peçam mais.

Goleadas em série como aquelas a que temos vindo a assistir nem no tempo do Eusébio.
Custa a muita gente. Aguentem-se.

Aconteça o que acontecer em Braga este Benfica é uma delícia.

domingo, 25 de outubro de 2009

Mais de 6 milhões

Parece que há mais adeptos do que aqueles que nós estamos sempre à espera.

Fucile diz que não vê jogos do Benfica e isso já é bom. Pode ser que apanhe uma surpresa da próxima vez que tiver o Di Maria pela frente e o humilhe como deve ser...

Sua Santidade o Papa, gosta sempre de meter a colher em sopa alheia, e por isso, de vez em quando, lá vem ele falar sobre o ódio corrosivo que o mantém ainda vivo...

Como bom acólito que se preze, o Arcebispo de Braga já veio dizer ontem que as redes de telemóveis no Minho vão estar avariadas durante esta semana. Espero bem que não afecte muito a minha rede, porque assim posso sempre ligar no Sábado e dizer ao Cosimo Damiano: "Já está! Mais uma vitória no caminho do título!"

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Os mitos

Há quem diga que a Premier League é a melhor Liga do mundo e há quem diga que isso é um mito alimentado pelo marketing. Pouco me importa. A favor desta, da La Liga ou do Calcio, qualquer um conseguirá argumentos para elaborar a sua própria hierarquia. Pessoalmente vejo o campeonato inglês porque aprecio a sua espectacularidade. Como vejo o italiano por apreciar a vertente mais táctica do jogo. Há quem diga que Espanha mistura ambas as coisas na perfeição, mas eu prefiro ir às raízes.
Curioso, ou talvez não, é que hoje nasça outro mito, este sim um verdadeiro mito, ideal para quem quer menorizar este Benfica: o do Everton ser um clube de meio da tabela. E assim ficamos a saber que na melhor, ou segunda melhor, ou terceira melhor, Liga do mundo há 20 equipas participantes mas o meio da tabela inglês deve ficar ali entre a 5ª e a 6ª posição.
Eis o Everton das últimas cinco épocas:
2008-2009: 5º classificado
2007-2008: 5º classificado
2006-2007: 6º classificando
2005-2006: 11ºclassificado
2004-2005: 4º lugar

Europe’s most fearsome attack

Não é wishful thinking benfiquista. É mesmo opinião britânica.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Ainda Suazo

O inespugnabile lançou o isco e muitos comentaram. A minha ideia é simples: Suazo é um jogador de top! E para jogador de top que é, é caro para as posses do Benfica! Não é caro para um Inter, para uma Lazio, para um clube médio inglês, mas para o nosso campeonatozinho, é um jogador extremamente caro e para o Benfica também o é.

David Suazo foi aposta de Rui Costa para o ataque do Benfica da época passada. Vinha rotulado de grande jogador que é, mas teve azar com o começo da época, onde passou praticamente o jogo de Nápoles a levar tareia atrás de tareia, até à lesão que o afastou dos primeiros jogos do campeonato. As pequenas lesões que teve durante o resto da época também não o ajudaram, fazendo com que ainda antes de Abril, uma lesão de Polga o levasse para o estaleiro e para a operação para nunca mais voltar à Luz.

Mas, olhando para as apostas que Rui Costa tinha feito a época passada, notava-se nitidamente que o investimento feito em Aimar, Reyes e Suazo era para que os três pudessem jogar juntos, de preferência quase sempre, para que o rendimento fosse elevado.

Escudando-me nas estatísticas do Zero Zero, temos o seguinte raciocínio:

Aimar (nº de jogos totais da Liga) - 22
Suazo (nº de jogos totais na Liga) - 12
Reyes (nº de jogos totais na Liga) - 24

Aimar e Suazo (jogos juntos) - 1
Aimar e Reyes (jogos juntos) - 10
Suazo e Reyes (jogos juntos) - 3
Aimar, Suazo e Reyes (jogos juntos) - 7, a saber: V.Guimarães (fora, com vitória 2-1); E.Amadora (casa, com vitória 1-0); Marítimo (fora, com vitória 6-0); Sp.Braga (casa, com vitória 1-0); Belenenses (fora, com empate 0-0); FC Porto (fora, com empate 1-1) e Sporting (fora, com derrota 2-3).

É óbvio que Suazo poderia ter feito mais, mas também é óbvio e podem observar as estatísticas totais da época passada dele aqui, a sua presença em Lisboa foi marcada pelas lesões.

Assim como, não foi possível ver mais vezes os três jogadores juntos, estando talvez aí, um dos pormenores que fizeram a classificaçaõ do Benfica na época passada.

Agora, colocar em causa o seu valor no plantel deste ano do Benfica é brincar com coisas sérias. Obviamente que tinha lugar no plantel do Benfica deste ano!

4 notas - ao intervalo da Liga dos Campeões

1 - Ontem provou-se que os jogos de futebol não estão resolvidos à partida: quer o Rubin, quer o o Dinamo de Kiev aplicaram o futebol frio e metódico, colocando Barcelona e Inter em sentido;
2 - Em Portugal, uma país que tem uma comunidade religiosa incapaz de se calar perante um simples romance, há um sítio no norte que tem um Papa; esse Papa quando está calado é porque se está a mexer nos bastidores. Ora se as minhas fontes estiverem certas, em Dezembro vão rebentar alguns morteiros na Direcção da Liga...
3 - A UEFA prometeu que divulgará e denunciará o maior esquema de viciação de resultados da história do futebol. Estão envolvidos alguns clubes do norte da Europa e outros do Sul. Aqui, no Ndrangheta, ansiamos por essa divulgação...
4 - Jorge Jesus disse, hoje, o que devia dizer: o objectivo do Benfica é ser campeão! Paulo Bento, hoje, disse o mesmo. É simples, Jorge Jesus sabe o que é o Benfica e Paulo Bento pensa como um Benfiquista!

Dúvidas (1)

Quantos jogadores treinados por Mourinho e Rui Faria NÃO tiveram lesões graves e duradouras depois de deixarem de ser treinados por eles?

Será do "guaraná"?

terça-feira, 20 de outubro de 2009

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Recordações da Casa Amarela

- Na passada quarta-feira, deu na ESPN Classic um documentário realizado em 2005, por ocasião do título de campeão do Benfica. Chamava-se "Ser Benfiquista" e teve personalidades benfiquistas a falar do que é ser benfiquista, como o Máximo, José Nuno Martins, Manuel Vilarinho, António Manuel Ribeiro, entre outros, inclusivé muitos adeptos anónimos benfiquistas que personificavam o que era ser benfiquista. Em Torres Novas, nos primeiros 30 minutos e antes de Filipe Menezes ter tido um rasgo individual só ao alcance de jogadores de qualidade, a exibição do Benfica frente ao um frágil Monsanto não me agradava de sobremaneira, como se os jogadores tivessem sempre a certeza de que o resultado da vitória não fugiria. Era bom que alguns jogadores do plantel do Benfica tivessem visto o documentário. Não lhes ficava mal e viam bem o grau de exigência do clube onde dão uns pontapés na bola...

- Lembrei-me depois de uma situação. por duas vezes, David Luiz "disse" ao fiscal de linha que os jogadores do Monsanto estavam fora-de-jogo e o fiscal fez a vontade. Lembrei-me imediatamente da idiotice de Oliveira e Costa no Trio de Ataque quando disse que há uns anos Humberto Coelho levantava o braço e era fora-de-jogo. Era um fartar vilanagem, eram estas as palavras de "tudo menos sóbrio" Oliveira e Costa. Espero que, comparando as imagens, não se repitam as coisas: Nem David Luiz é, de perto ou de longe, igual a Humberto Coelho, enm era um fartar vilanagem naquele tempo em que o Benfica conseguiu ser SÓ a única equipa campeã sem derrotas no campeonato...

- Como exigente que sou, e recuperando as palavras do inespugnabile sobre Torres Novas e a sua gente, ainda existem uns mais exigentes do que eu. Como raramente o Benfica frequenta aquelas paragens, é normal que os sócios e simpatizantes do Benfica, inspirados por esta veia goleadora, queiram logo que aos dez minutos, o Benfica já tenha colocado três golos na baliza adversária. Como é óbvio, na bancada, existem sempre aqueles "artistas" que vendo o Benfica a não jogar grande coisa, pedem logo que a equipa adversária marque um golo para o Benfica acordar. " Era muita bem feito", dizem uns. "O Nuno Gomes realmente não joga nada", dizem outros. "Olha para aquilo, nem correm, nem nada", diziam ainda outros. É infalível, que, onde quer que estejamos, somos sempre brindados por aqueles que dizem "joga aqui neste, isso...agora passa para o outro...exacto...vai, vai..." e quando o jogador está a meio do meio-campo e enquadrado para a baliza, lá vem o tradicional "chuta, chuta!", como se fosse sempre aquilo que acontece...

- Lembrei-me também que muitas vezes existem os chamados psicólogos no futebol e os treinadores que sabem utilizar esse aspecto são sempre elogiados. O Benfica ganhava 4-0, e Jesus tira Weldon, para colocar Miguel Vítor a lateral-direito. Ruben Amorim sobe para médio direito e acaba o jogo nessa posição. Lembrei-me logo do BATE Borisov e da cena que o mesmo jogador fez no final do jogo, quando se ia recusando a ir cumprimentar os adeptos. Nada melhor do que apanhar um Monsanto para motivar o jogador. Nada disso foi referido, e é pena, porque teve um efeito psicológico importante no jogador...

- Nota final para a exibição do jogador que marcou o quinto golo de livre directo. Tirando as suas habilidades com o sexo feminino, não lhe reconheci ainda utilidade para vestir a camisola do Benfica. Tirando dois ou três cruzamentos acertados, é lento a atacar, é lento a defender, não tem objectividade a jogar, sendo útil na defesa esquerda, porque joga com o pé preferencial para esse lado. E nem marcando um golo de livre directo, o iliba de ter feito uma exibição fraquinha contra uma equipa da 2ª divisão B. Ou tem uma granda cunha ou então não sei. Quem souber, que o explique...

Ilusão?

Mais que uma onda de ilusão, em Torres Novas assisti a uma autêntica demonstração de benfiquismo.

Foi impressionante... Desde o almoço, ao jantar, passando pelo porco preto de Monsanto - onde eu não pude ir -, pudemos observar o Benfica em todas as esquinas, em todos os passeios.

Nós, os adeptos, estamos de parabéns!

domingo, 18 de outubro de 2009

Mea culpa...

Que o Nuno não serviria por muito mais tempo...

Que o Menezes seria apenas às vezes...

Que o Martins seria a chave...(espera lá, esta eu defendi!)

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Deus? Sim, Maradona!

NDRANGHETA em guerra aberta!

Enquanto alguns escribas deste blog se entretêm com charadas incompreensíveis, gostava de vos informar que o NDRANGHETA estará representado, no próximo sábado, na festa do futebol...

Contra o Monsanto, em Torres Novas, com início de festa ás onze da matina na Luz...

Será uma farra!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Até 2015?

David Luiz renovou contrato até 2015, com o Benfica.

Veremos se não será até 2010, por uma quantia, digamos, interessante.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

E porque gostamos de futebol

A fotografia que se segue, devido a esta pessoa, é só um dos melhores momentos de futebol, assinado por um dos melhores avançados que a História já escreveu.

Mindial 2010

Após uma campanha medíocre - em absoluto! -, o minímo que se pode exigir à selecção nacional, hoje, em Guimarães, é uma vitória robusta.
Depois, no play-off, que venha a mais fácil das selecções.
Quero ver Portugal na África do Sul!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Sub - 21

Quem foi o idiota que se lembrou de oferecer o cargo de seleccionador dos sub - 21 a Oceano?

Há uns tempos atrás...

Queixava-se Queiroz de um seleccionador que tinha utilizado Cristiano Ronaldo em más condições físicas.
Dizia então o "Professor": "Scolari é como aqueles que nos levam o carro emprestado e o devolvem com o depósito vazio."

Ó "Professor" e agora que sua excelência estampou o bólide do Real, o que acha que lhe deviam dizer a si?

Eu sei o que lhe diria, aliás, já o digo há muito tempo. Mas guardo-o para mim. E os leitores? Que diriam ao "Professor"?

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Grande contratação

Muitos portugueses optaram pela crítica fácil na hora do fracasso olímpico do Marco Fortes. Sem que até então tivessem visto uma única conferência de Imprensa do mesmo (o que ajudaria a perceber o homem), traçaram juízos de carácter errados e profundamente injustos. Entre estes, infelizmente, houve alguns benfiquistas que só souberam olhar a côr da camisola e contribuir para o espectáculo. Depois disso, Marco Fortes, que já fizera o suficiente para garantir o seu lugar de destaque na História do desporto nacional, continuou a subir. E agora aí está, prestes a bater recordes de águia ao peito. Dentro de três anos, salvo algum imprevisto, mais um benfiquista nas Olimpíadas.

Portugal

Apesar de Carlos Quierós ser um dos seres mais insuportáveis de que há memória, fico satisfeito com o mais do que provável apuramento para o play-off do Mundial de futebol de 2010.

E não compreendo quem não fica...

Quando um homem se deita feliz...

Não me deito verdadeiramente feliz por ter visto Rui Rio a ser levado pelo povo na Avenida dos Aliados.

Deito-me, isso sim, porque o povo de Lisboa se manifestou!

domingo, 11 de outubro de 2009

Natal Gordo? Ná! Saudosismo...

Aimar

A vitória que Maradona e Palermo celebraram em lágrimas é também uma vitória do Benfica. Há um ano Aimar era motivo de chacota junto dos nossos rivais, um velho de 28 anos, fisicamente acabado para o futebol. Hoje pôs fim a mais de dois anos de ausência da sua selecção e não defraudou as expectativas do seleccionador e dos hinchas. Fez até questão de o assinalar com uma assistência para o golo inaugural de Higuain. Rui Costa certamente terá sorrido naquele momento.

sábado, 10 de outubro de 2009

Benfica, até debaixo de água!

Passei a última semana numa pequena aldeia transmontana (tão pequena que nem um café tem), sem internet, sem rede de telemóvel, apenas com RTP e SIC mais um par de estações de rádio. Não seguia um jogo por esta última via desde uma saudosa eliminatória da Taça resolvida na ponta final, com Argel atirado lá para a frente para fazer confusão, e se por um lado guardo doces memórias das tardes desportivas que encantavam os meus domingos de infância, a memória da segunda metade da década de 90 criou em mim uma grande aversão a esta coisa da telefonia. Nessa altura era bem mais difícil relativizar aquelas alterações no tom do relato, que anunciavam perigo ainda o adversário saía da sua área. Mas com este Benfica pouco há que temer e aos 3 minutos tudo estava resolvido. (isto não é sobranceria, apenas a natural confiança do adepto de um Benfica que muito promete) E até deu para Carlos Martins fazer um remate que não acertou em nenhum adversário! (agora vou ver a gravação do jogo para confirmar a qualidade da exibição anunciada pelos locutores) O Benfica segue forte. Até debaixo de água!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Por falar em política

Qual a semelhança entre o FC Porto e a sondagem de Guilherme Aguiar para a Câmara de Matosinhos?

Estão ambos em 3º lugar!

Que por lá fiquem muitos e bons anos...

Menino? Homem!

A entrevista de David Luiz é um regresso ao passado Benfiquista em que a ambição e humildade eram a regra.

Este rapaz que veio para portugal aos 19 anos e logo revelou em campo uma maturidade e qualidade bem acima da média está a fazer-se um Homem à séria, da estirpe de Humberto e do Monstro Sagrado. Falta-lhe maturidade? Um pouco. Falta-lhe calma? Sempre. Mas o dito "nervo" é algo que qualquer competidor acima da média deve ter, e David tem-no...para dar e vender.

Deixa cair uma ambição que é de todos nós: ser campeão.Mas solta outra que, por tão difícil ser apenas a acalentamos em silêncio: Campeão Invicto.

Veremos... se GANHARMOS os jogos frente ao Nacional, Braga, Sporting e nojo, dificilmente as faixas irão para outro lado. Mas até outro lado David revela, e é bom que todos o interiorizem: nada está ganho e não é uma derrota para o Campeonato que pode pôr em causa a excelente época que até agora se desenrolou.

Já agora...quem é que se queixa de não ter eleições em Outubro?

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Elisa Ferreira e a benção papal!

Se no domingo Elisa Ferreira perder, será, também, uma derrota de todos aqueles que apostam na futebolização da política.
Eu, que sou um gajo de esquerda e nunca votaria no PPD ou em Rui Rio, tenho dificuldade em compreender como é que a Elisa Ferreira ainda não percebeu um dado adquirido: no Porto há mais benfiquistas que andrades. E esses benfiquistas, que, por circunstãncias dignas de um filme de mafiosos, andam açaimados durante todo o ano, têm nas autárquicas uma oportunidade de ouro para revelarem o que bem pensam...
Assim se compreende muito do que por lá se passa...
NOTA BEM - há uns anos, um dirigente portista gabou-se num círculo de amigos: os benfiquistas do Porto? Andam açaimados... mas não é para não morderem, é para nem sequer falarem!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

dá azar?

O destaque que os jornais dão à época do Benfica pode dar azar?
Sim e não. Não, primeiro, porque o bom início de época da nossa equipa não se deve à sorte, mas sim ao um trabalho sério, honesto e competente. Sim porque, acima de tudo, acicata os nossos inimigos... e eles, como bem sabemos, além de serem poderosos, são tenebrosos!
É evidente que SS está velho e senil. Mas mantém as marionetas activas e cheias de vontade de nos foderem.
Se compreendermos bem esta realidade e não embandeirarmos em arco, pode ser que esta época seja histórica. Se, como aconteceu no ano passado, nos desleixarmos e os deixarmos trabalhar à vontade, as pedras começarão a chover.
Por isso e porque o nosso próximo jogo em casa é com o Nacional - e as marionetas, no ano passado, começaram a trabalhar aí -, temos o dever de transmitir a todos a nossa preocupação com o deslumbramento. Tudo porque o perigo está ao virar da esquina...

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Palhaço, já percebi!

Como o fundo de investimento é fechado e, como se prova, a própria Benfica SAD adquiriu 15 % do mesmo, Bettencourt não pode investir!
Não podendo investir, não ganha - que, como é mais ou menos óbvio, será o que vai acontecer a quem lá meter dinheiro!
Não ganhandoi, ficou mal humurado e madou cá para fora aqueles dislates...

Obrigado palhaços!

O presidente dos lagartos veio a terreiro criticar (pois, não sei bem se criticou, se brincou, ...) a criação do fundo de investimento em passes de jogadores do Glorioso.
Sucede, porém, que nos termos em que colocou a análise, acabou por fazer um elogio inesperado a quem, com saber e experiência, negociou o fundo.
Sei que elogios vindos daquelas bandas são presentes envenenados. Mas isso só sucederia se o elogio fosse pensado e não espontâneo...
Por outro lado, Bettencourt esqueceu-se do essencial: neste momento o seu clube não gera dinheiro para pagar os juros da dívida... assim sendo, com quem queria o meliante negociar?
De outro sítio do país surgiram, também, elogios inesperados: o sumo pontífice (SS) do futebol luso decidiu elogiar a prospecção do Glorioso, agradecendo a contratação de Falcao. Mas disse mais: elogiou o Braga, Jorge Costa e assumiu que o grande adversário do seu clube eram os minhotos. Também entendo assim: o grande rival, com quem, aliás, o porto se prepara para discutir o ... segundo lugar!
Por fim, deixo aqui os meus parabéns a quem se deslocou, no meio de tanta chuva, a Paços e pagou aqueles preços para ver a bola atrás da baliza. Para mais, não se calaram do primeiro ao último minuto, mostrando que a raça de campeão também se vê nas bancadas!

Esforço e Gestão

Esforço, porque entrámos com uma força inolvidável e ganhámos em Paços de Ferreira com meia-hora de luxo.

Gestão, porque não podemos golear sempre.

Viva o Benfica!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

(e cá vai mais uma...)

Assim é que se ganham jogos quando as equipas estão cansadas: entrada forte, golos marcados cedos e controlo de jogo na segunda parte.
Ontem, na conferência de imprensa antes do jogo, Jorge Jesus já tinha dado a dica, afirmando que dificilmente a equipa aguentava, em ritmo elevado, os 90 minutos. Por isso foi importante aquela entrada impressionante, que se assemelha ao melhor que já foi feito esta temporada - e já foi feito muito!
Como vi o jogo ao lado do Piazza, deixo-lhe aqui um sorriso... Aimar, Di Maria e Maxi fazem, sempre, muita falta. Mas falta, falta, muita falta, fazem os que lá estão e que devem jogar com a força toda!

De volta

Depois das férias, algumas ideias do que por aqui se foi dizendo, lendo e ouvindo:

- Pinto da Costa diz que não há problemas em misturar clubes de futebol com política. É normal que um corrupto diga isso, já que beneficia da política para poder gerir um clube de futebol...

- Por falar em política e futebol, é negraçado ver como o Presidente do Benfica, sempre a título individual, muda de cor política como quem muda de camisa. Se para a conclusão da nova Catedral, o apoio a Santana foi notório (tanto que há uma placa alusiva na porta 1), o recente apoio a António Costa só se deve motivar por apoios clubísticos...

- No outro lado da Segunda Circular, o riso continua a ser o factor determinante para ilustrar o que tem sido este início de época. Que assim continuem por muito tempo...

- Quanto ao Fundo, farei a minha opinião mais tarde, porque convém não falar de cor...

- A exibição de Atenas é para recordar. Pelo que não se fez e não se mostrou, essencialmente. Serve sempre para analisar o que tem de ser mudado. E espero que seja já hoje...

- E quanto aos que desejavam o eclipse do Mister, eis que ele está de volta!

E agora, Benfiquistas????

"O fundo de investimento do Benfica é uma vergonha, em que se avaliam jogadores como o Javi García em 17 milhões de euros e juniores que ninguém conhece em 5 milhões. Com metade do orçamento ficámos quatro anos à frente do Benfica. Com muito menos dinheiro investido, com muitas menos condições, conseguimos sempre ficar à frente de uma equipa que investe muito no seu plantel, todos os anos. Temos metade do orçamento dos nossos rivais mas, continuamos de cara lavada e com a nossa dignidade intata", salientou JEB!!!!


Se quisesse fazer um post chamado : "Os idiotas", não podia ter feito melhor...

domingo, 4 de outubro de 2009

Quando Pedro Henriques apita os jogos do Porto, parece que as coisas são mais fáceis...

... e como sabemos, no ano passado deu uma grande ajuda no título obtido!

Com o mal dos outros posso eu bem...

No primeiro de três minutos de desconto, na segunda parte, Caicedo dobra Grimi, recuperando uma bola no seu meio campo defensivo.
Daí para a frente ouviram-se os assobios dos lagartos. Foram tantos assobios de tão poucos adeptos, que até em minha casa se ouviram.
Eu, que nada tenho a ver com isso, acho que os lagartos deviam dar-se por satisfeitos: com o Polga em campo, tinham perdido.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Ontem

Ontem já passou. Foi um mau jogo? Sim. Sobretudo na primeira parte. Houve azar? Sim. Sobretudo na bola ao poste, mas...foi ontem.

Vale a pena pensar no passado. Às vezes. Esta vez é uma delas, como já havia sido importante reflectir sobre Poltava.

Quando se joga fora de casa devem existir certos cuidados se o valor das equipas for similar, ontem não era, como não será na Bielorrússia, como será em Liverpool.

Ambição, Trabalho, Humildade e Confiança. São valores de Ontem, que têm urgentemente de ser recuperados hoje.

Segunda-feira, Paços de Ferreira verá uma história completamente diferente, estou certo! Tão certo como estou de ontem já ter passado.

Força Benfica!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Fundo de Investimento

É evidente que a criação de um fundo de investimento em passes de jogadores assenta em três premissas fundamentais:
a) qualidade dos jogadores avaliados no fundo;
b) confiança das instituições financeiras na administração da Sociedade que gere os passes;
c) perspectiva de alienação futura dos mesmos passes.
Assentes as premissas, saliento a capacidade que a SAD do Sport Lisboa e Benfica teve de se financiar sem hipotecar o futuro de médio e longo prazo.
Os mais incautos dir-me-ão que a génese do fundo é a alienação de passes - não no todo, para já, mas de parte -. E dizem bem, digo eu...
Só que esses mesmos incautos, por certo, esquecer-se-ão de um princípio fundamental de sustentabilidade financeira: quando o financiamento assenta em património próprio e em activos negociáveis, avaliado correctamente,o futuro não é hipotecado.
Outros, porém, que não geram receitas para pagarem o juro da dívida, teriam grandes dificuldades em pensarem, sequer, em operações semelhantes.

Atenas!

Ganhando em Atenas, damos um passo de gigante rumo à segunda fase da Liga Europa.

Só que o jogo vai ser complicado e a vitória é tudo menos certa. Por isso e porque pretendemos chegar a Hamburgo, convém ter calma e esperar o melhor resultado ... possível!