segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Para além do campeonato, este é outro objectivo a ter em conta:

Alvalade XIXI

Ir a alvalade é sempre uma aventura, que acaba em comédia. Não só pelo estádio em si, mas, sobretudo, pelas pessoas que lá costumam estar.

Este ano, no entanto e dado o futebol de pirilau murcho da equipa do sportém, a comédia foi do melhor que vi na vida. A tal ponto que a minha mulher, que já está habituada a estas andanças, teve um ataque de riso de tal forma violento, que pensei não ver a segunda parte a bem da sua saúde. Coisas de família...

Quanto ao jogo, pouco há a dizer: os nossos jogadores geriram o resultado e as forças, perante a violência do adversário, bem visível na entrada assassina de Adrien a Saviola. Passámos também a saber que o braço é parte integrante do tronco de Polga - como o homem é mesmo um tronco, não fico muito admirado - e que os adeptos do sportém podem utilizar a instalação sonora do estádio a seu bel prazer.

O resultado, apesar da nossa patente superioridade, aceita-se.

Pos-derby

Os sportinguistas, na sua generalidade, de tão mal habituados que estavam, foram na conversa do Carvalhal e convenceram-se que mereciam ter ganho no sábado. Outros, poucos e bem mais lúcidos, sabem que o jogo foi fraco de parte a parte. E sabem, porque o grau de exigência deles ainda está ao nível de um Sporting grande que conheceram, que reclamar vitória num jogo equilibrado, só porque Quim fez a defesa da noite, não é sequer digno de um candidato à Europa.

Entretanto, entre os primeiros argumenta-se agora que foi Proença a decretar o empate por não ter visto um penalty de David Luiz. Não vou contestar porque não faço ideia do que falam. No estádio não dei por nada. Mas não me surpreende, pelo mesmo motivo que não me surpreendem os habituais números de assistência. Mais do que ver futebol, aquela gente gosta é de se sentar no sofá à espera do lance duvidoso que lhes permita a choradeira habitual.

Antes do derby Alvalade viveu a segunda Intifada em menos de um mês. Vermelhão apedrejado, tal como muitos carros particulares na 2ª circular. Nada de grave, portanto. Suponho que estariam apenas a "devolver" as pedras que os benfiquistas lhes arremessavam, que isto da arruaça é coisa de outras gentes. A lagartagem só reage.

Será que Jesualdo ontem esteve "atento"?

Se o que ontem se viu na SIC Notícias é a totalidade do registo das câmaras da pedreira, José Ramalho e Jorge Sousa têm que ser duramente castigados.

sábado, 28 de novembro de 2009

Peregrino em terra profana

Numa terra onde há cerca de três horas quase fui linchado por dizer alto e bom som que sou BENFIQUISTA,fica apenas o registo de um jogo inteligente em que a lesão de Sidnei complicou o forcing final.

Aquele batatal é bom para equipas de carvalhal. E funcionou.

P.S- Quim redimiu-se aos meus olhos.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Força!

Como era óbvio, o post anterior tinha o condão de se assistir a essa esquizofrenia colectiva que começa a tomar conta dos adeptos do Benfica, que, sempre que não ganha um jogo é por causa de um erro do árbitro ou do sistema.
E sendo assim, usam o sistema ou o árbitro para descarregar toda a frustração do resultado menos positivo.
Desta vez, calhou ao Proença. É certo que prejudicou o Benfica em muitos jogos, como todos os árbitros do nosso campeonato. Assim como, e esses são sempre os mais difíceis de recordar, favoreceu, como outros árbitros favoreceram o nosso clube em outros jogos também.
Entrar no período da "sportinguização", bradando aos céus pela nomeação de Vítor Pereira é um artefacto menor, se o clube e a sua comunicação, inexplicavelmente apelando à "verdade desportiva", não exercem essa pressão de denunciar o que está mal, esperando que a justiça actue.

Assim sendo, o que se deve pedir aos jogadores do Benfica para amanhã, é que sejam fortes. Fortes para terem a lucidez necessária de que há uma conjuntura montada para que o Benfica não ganhe amanhã. Fortes, para saberem responder a pressões do adversário. Fortes, para no campo, mostrarem que são superiores a essa gentalha queque que tem a mania que sabe o que é futebol, quando se podiam dedicar ao golfe. E fortes, fundamentalmente, para mostrarem ao tão famoso sistema que estamos cá para vencer contra tudo e contra todos.

Por isso, força, para que no Domingo, os sorrisos saiam à rua, com o sentimento do dever cumprido.

FORÇA BENFICA!

Sendo assim...

Quem é que deveria ser o árbitro do derby?

A vossa opinião conta!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Porque é que as putas os pariram? (e também já tenho o meu bilhete...):

Pedro Proença é um falso benfiquista. Melhor, é daquela cepa de benfiquistas - felizmente são poucos - que me enojam e que ajudaram o sistema a singrar.
Porquê?
Por ser benfiquista e por entender que tem de mostar que é isento, prejudica, sempre, o Benfica. Sempre!
É, certamente, um problema do foro clínico, que não deve ser debatido nesta sede. Mas é um problema.
E assim, como não podia deixar de ser, o grande prejudicado será, uma vez mais, o Benfica. Como sempre!
E o Sr. Vitor Pereira, conhecedor da situação como ninguém, não tem emenda. Para mais, no fim tem sempre justificação: "o homem até é do Benfica!"
Como diria o piazza, puta que os pariu

Já cá faltava o cabeça de gel...

Pedro Proença, mais uma vez, a conduzir um derby...
Será esta a definição de "jogar contra uma equipa a sério"?




Entretanto, o bilhete já cá canta. E ainda não é garantido que o derby esgote. Mais de metade do estádio continua reservado para venda exclusiva a sócios e, segundo indicação na bilheteira, com possibilidade de escolher cadeira em qualquer sector. E juntam-se agora as Superiores que, contrariamente ao anunciado (e no site até constava o preço), não estão disponíveis para o público em geral. Restam Laterais e Centrais, mas as primeiras, hoje de manhã, nem vê-las. A explicação oficial: os bilhetes estavam "atrasados". Às 9h previa-se que chegassem "em 15 minutos". Às 9h15 também, às 9h30 mantinha-se o prazo. Só não se percebeu muito bem de onde viriam os bilhetes, já que costumam ser impressos na hora. A minha Central vi eu sair da impressora...

Derby

Proença? PROENÇA? PROENÇA?

Eu já sabia que o Pereira era um crápula, nunca pensei que fosse apenas e só imbecil!

Mesmo assim, vai-lhes sair cara a afronta. Mais uma...mais uma...

A postos!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Mas não era a mesma coisa...

O "24 Horas", que agora pode ser considerado uma revista, se bem que nunca foi um jornal, nem nuca será uma revista, traz hoje à capa a história de Jorge Jesus, argumentando que o mesmo é sportinguista desde pequenino e que é amigo de Pinto da Costa.

À primeira vista, quem seja sportinguista desde pequenino e amigo de Pinto da Costa lembro-me de várias pessoas, pelo que isso não seria relevante para ser considerado notícia.

Quem anda dentro dos meandros do futebol, como é o caso dos escribas do Ndrangheta, já se sabia que Jesus era adepto do Sporting há muitos anos. E que também pode falar com Pinto da Costa, já que não é crime nenhum.

Agora, uma espécie de publicação fazer disso história e ocupar 4 folhas com tamanho significado roça o ridículo.

E roça o ridículo, porque não fizeram o mesmo com Jseualdo Ferreira (adepto do Benfica) e com Paulo Bento (adepto ferrenho do Benfica).

E não o fizeram porque o dono do jornal chama-se Joaquim Oliveira. O mesmo que ainda detém os contratos de direitos televisivos do futebol e gere áreas diferentes de negócio do Benfica, como por exemplo o site.

O que eu espero que esta direcção do Benfica faça é muito simples: impedir (que é mesmo este o termo, cagando-se para a questão da Lei de Imprensa) que algum jornalista do 24 Horas possa frequentar o que quer que seja da área do Estádio da Luz ou do Centro de Estágios do Seixal.

PAra além disso, um comunicado fica sempre bem, assumindo a notícia, mas dizendo que a mesma tem o intuito de desestabilizar a equipa em semana de jogo importante.

Já sabemos como funciona o sistema, mas se não disséssemos nada, não era a mesma coisa...

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Cautela e caldos de galinha...

Hoje, quando pensava que o meu povo ia descer à terra, deparo-me com uma armadilha do tamanho do mundo: estão convencidos que a derrota de ontem favorece a goleada em terras do visconde!
Nada de mais falso: lá, na gisgantesca casa de banho, tanto vale um, como valem cinco! O que interessa é ganhar.
Mas para o fazermos, precisamos de uma equipa disciplinada, com um meio campo compacto, que não tenha nas alas o inimigo da construção de jogo e da pressão para recuperação da posse de bola, de organização ofensiva e de discernimento na finalização.
Se trabalharmos bem, se nos concentrarmos e se entrarmos em campo com capacidade de trabalho e sem merdas burguesas, por certo ganharemos. Caso contrário, nem em sonhos...

Humildade

Existem, lá para os lados da Catedral, muitas pessoas que devem tomar um banho de humildade, e não estou apenas a falar de jogadores. Não quero individualizar exibições nem atitudes, mas ontem, existiram falhas preocupantes. Espero que a primeira coisa que o Rui Costa faça hoje é dar um valente berro a alguns meninos que pensam que já ganharam alguma coisa.

Ontem, no final do jogo, ouvi a seguinte conversa:
"Besta: Isto assim não dá!
Acompanhante da Besta: Tens razão.
B: Eu sempre disse que isto era bom demais para acreditar. Agora vai ser cair a pique… A seguir vamos levar uma cabazada a Alvalade.
AB: Temos que ter calma. Não dá para ganhar sempre.
B: Vem um gajo para aqui e eles…….merda.
AB: O Di Maria não jogou nadinha….
B: Não volto a cá por os pés este ano, podes ter a certeza.
……"

Eu espero que não voltes a Catedral! E não me estou a referir só a este ano. Irrita-me, que existam palermas que só são do Benfica quando se ganha por 8 a 1….

Um dos objectivos já foi, só espero que todos entendam que sem humildade, os outros vão pelo mesmo caminho.

Saudações Benfiquistas

P.S. - Detesto dizer que bem vos avisei… A colocação de um extremo rápido em cima de um dos nossos laterais, colocou grandes dificuldades ao nosso processo defensivo….

Ontem

Às dez da noite o estado de melancolia e tristeza era tal, que até o "Million Dollar Baby" parecia uma comédia ligeira...

Mais cedo escrevessemos...

Não foi por acaso que o Ndrangheta esta semana avisou para os perigos da euforia desmedida que se vinha a compôr e da vontade própria de ir espetar uma goleada aos viscondes de Alvalade.

Falou-se da euforia, do respeito e da confiança. E foi isso que faltou ontem na Luz para levar de vencida uma equipa como a do V.Guimarães.

Essencialmente respeito, porque a maneira altiva com que a equipa do Benfica encarou o jogo a isso se proporcionou. Falta de respeito pelo adversário, que depois de se ver em vantagem, segurou-a como pôde.

É inadmissível que faltando apenas dois jogadores ao onze-tipo da equipa, essa seja a desculpa esfarrapada para a noite de ontem.

Jesus esteve mal? De certa forma sim, já que deixou um Di Maria (com a cabeça em outro lado qualquer sem ser na Luz) em campo até ao fim, deixou um Ramires (que está há um ano a jogar quase consecutivamente) estoirado até ao fim e continuou a apostar em Keirrison, que apesar da boa vontade e da defesa de Nilson logo na primeira parte, poderia ter tido uma noite diferente.

Correu mal ontem? Correu, sim senhora e as duas últimas entradas sem sentido do "capitão" do Benfica teriam tido outro desfecho se Elmano Santos fosse um pouco mais "exigente". Ser capitão do Benfica exige muito mais do que correrias loucas sem sentido e do que agressões a adversários no final do jogo, porque o mesmo não está a correr bem.

Se tinha o texto preparado para quando o Benfica perdesse? Não, porque não fico à espera da derrota para escrever, mas o que se passou ontem é demasiado grave para passar impune.

É bom que tenham a semana toda para pensarem o que correu mal e o que deve ser feito para que a situação não se repita. Eu continuo a acreditar...

domingo, 22 de novembro de 2009

Estou profundamente desiludido - o jogo que não se pode perder!

Não pude ir ao jogo de hoje e, por isso, escrevo já: esta derrota veio no momento errado!

Além disso, jogámos muito pouco e Jorge Jesus esteve francamente mal na gestão do jogo! O que me preocupa: os jogos que aí vêm são decisivos.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Regresso

Depois de umas férias prolongadas, estou de volta, para vos chatear. Não vale a pena chorarem muito…

Aviso já que o post vai ser longo e como tal, ainda mais mal escrito que o costume. Se só gostam de post's " a la Manuel Machado" não continuem a ler. Já temos por aqui bons escribas em nº suficiente, o que faltam é cretinos como eu….

GLORIOSO
Em Março, disse a dois dos escribas aqui do blog, no último repasto de lampreia do ano, que o treinador do Benfica para esta época seria o JJ (todos disseram que eu era maluco…) e que eu era contra a troca porque achava que se devia acabar com a fogueira que "queimava" treinadores, uns atrás de outros, existente no nosso Clube. Penso que estava errado em parte! Errado porque o JJ é bem melhor que o Flores e certo porque alguns dos "queimados" eram bons profissionais a quem faltava matéria prima de qualidade, apesar de os adeptos entenderem que tinham planteis fabulosos. Sempre pensei que com os reforços certos (dos quais Ramires, Saviola e Javi são exemplos) o Flores poderia/devia fazer muito melhor, mas depois do empate a 2 com o Trofense em casa, telefonei ao inespugnabile e disse-lhe que era chegada a hora de o espanhol fazer as malas porque não havia nenhum jogador no balneário com ele….

Veio o JJ e as coisas mexeram. Começamos nos torneios de pré-época e logo se viu bastante mais que no ano anterior, depois vieram as provas a doer e é o que se tem visto. O Glorioso joga que se farta! Marca que se farta! Não desiste de procurar as vitórias! Pressiona, corre, entusiasma e enche-nos de orgulho!
Tudo isto não serve para, pelo menos para mim, esquecer o que está menos bem:
· Laterais - Estamos mal servidos de laterais e se um bom adversário colocar pressão (bons jogadores) nas duas laterais, vamos ter problemas e o barco vai começar a meter água;
· David Luiz - Não tenho qualquer dúvida que é bom, mas falta ganhar juízo. Aquelas correrias malucas, causam-me calafrios…;
· JJ - Temos que saber resguardar o treinador e a imagem do Benfica. É necessário acabar com as polémicas que envolvem o nosso treinador;
· Relatório de Contas - Valores negativos e de tão grande monta preocupam, ou pelo menos deviam preocupar, qualquer pessoa sensata e com dois dedos de testa…;

Rivalidades
O derby de Lisboa (esqueçam os pasteis) pode ser eterno, mas garanto-vos que importante, é todos percebermos que o alvo só pode ser o clube do Freixo e as suas gentes….
Se todos os Benfiquistas, fossem passar uma temporada ao Norte do país, entendiam o que estou a dizer… O ódio, a pressão e a intimidação são constantes. Esqueçam os lagartos, porque são eles próprios que vão acabar com o Sporting… Eu, vou ver o jogo da próxima jornada como se fosse uma visita a Braga ou à Madeira, mas não pensem que eu não me importo de perder em Braga…

Campeonato
A vantagem sobre o clube do Freixo é boa mas insuficiente e escassa. Que ninguém se esqueça que o Papa ainda tem o muito poder e que ainda vão estar muitos "túneis" à nossa espera.
Os lagartos já foram e vão ter muitas dificuldades em acabar a cima do 5º lugar.
O clube ajoelhado do momento, tem uma boa equipa mas falta-lhe um bom plantel e um bom grupo, o que acabará por se reflectir ao longo dos meses e do Inverno.
O Glorioso deve continuar a encarar os jogos como se de finais se tratassem. Todos os jogos! TODOS! Ao contrário de outros, não penso que é nos jogos entre grandes que se ganham campeonatos mas sim em não empatar em casa com as "Navais" e os "Trofenses" da nossa liga. Perder na WC do Campo Grande ou no campo da corrente de ar junto à ponte doo Freixo, não pode ser considerado muito negativo, numa prova de resistência como é um campeonato.

Liga Europa/Taça de Portugal/Taça da Liga
Não espero milagres, mas todos os funcionários do Glorioso, têm de perceber a grandeza do clube em que "trabalham", têm que estar sempre disponíveis para defender os interesses do Benfica e nunca virar a cara à luta. Estou convencido que o JJ não vai deixar que ninguém esqueça esta questão, mas também não espero que o Benfica ganhe tudo (era bom, era…). Os "meus" objectivos (para considerar uma época excelente são: ida ao Jamor, quartos na Liga Europa e passar a 2ª fase de grupos da Taça da Liga (o campeonato é para vencer!). Para que isto se concretize é necessário unir o balneário (penso que ainda existem alguns jogadores de "fora" do grupo) e fazer uma gestão de plantel flawless (pareço o cotonete :-) ). Se chegarmos a uma encruzilhada, que abdiquem de tudo para se ganhar a Liga Sagres.

Equipa da Quinas
Pelo menos ainda se deve manter assim durante uns anos, mas penso que é importante reflectir e definir critérios sobre quem lá deve (não é quem pode) jogar.
O Queiroz não presta! É mau treinador! É mau comandante de Homens e um arrogante da merda. Eu sei que o Homem não tem as mesmas opções que o brasuca tinha, mas também não é preciso inventar tanto… Portugal no Mundial com o Duda a lateral, o Pepe e o Tiago no meio campo, Ronaldo a avançado e com o Eduardo na baliza (parece um passarinho no jogo aéreo), não vai longe. Mas depois de saber quais os convocados para a grande prova vou ter novidades sobre esta matéria…

Vida Humana
Que descanses em paz Robert.
Já pensaram na luta que vai dentro de um Homem, quando a solução mais fácil é espetar um carro contra um comboio e acabar com a própria vida...

Saudações Benfiquistas

P.S. - Independentemente da qualidade do jogador e a ser verdade a proposta de 40.000.000€, eu ofereço-me para levar o Di Maria ao aeroporto, já hoje.

Dúvidas... muitas dúvidas...

Quase um mês para entregar as imagens...
O sistema da pedreira faz gravação directa para DVD?
Ou o DVD é uma cópia do registo original?
Se for cópia quem garante que está lá mesmo "tudo"?

Uma não notícia, num não jornal, escrita sem método.

Indepentemente do que se vier a verificar, é o único título em que penso quando leio este artigo.

Por incrível que vos pareça, este "tipo" de artigo prejudica muito mais do que 10 túneis de Braga.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Todos os Jogos

Concordo com o inespugnabile. E concordo com o Astutillo. O jogo com o Sporting é importante. O jogo com o Vitória é importante. O jogo com a Naval foi importante. O jogo com o Braga foi importante. O jogo com o Olhanense será importante. Ou seja, todos os jogos são importantes.

É um sofisma dizer que determinado jogo é importante para a carreira de um clube, porque os são todos. Todos, sem excepção. Se o Benfica tivesse a sorte que Sporting teve na Taça e tivesse que defrontar o Pescadores, esse jogo seria o mais importante dessa semana.

Porque todos os jogos são importantes e devem ser encarados como importantes. É nisso que a equipa se deve focar, ficando alheada do ambiente que se produz pelos adeptos, pela imprensa e até por alguns sectores do clube.

Obviamente que gostaria de ir distribuir uns olés a Alvalade e que o Benfica fizesse uma exibição memorável como a de há 15 anos, ou quando Camacho pegou na equipa e duas semanas depois, Zahovic e Tiago estrilhaçaram a lagartagem.

Obviamente que queria que o Benfica ganhasse todos os 30 jogos que efectua no campeonato, mas sei que não é possível, porque não é compatível com a exigência competitiva que existe.

Mas independentemente de ganhar todos os jogos ou não, gostava que houvesse atitude, querer e vontade de os ganhar e não entrar em campo com a nítida sensação de que como vamos ganhando, mais cedo ou mais tarde, o golo acabará por surgir. Não é essa atitude que peço. Peço a atitude que tem de marcar todos os jogos: o de querer vencer. Se não pudermos vencer, foi porque a outra equipa foi melhor. Tão simples como isso.

Em todos os jogos, é isso que peço. Porque todos os jogos são importantes.

Primeiro o(a) Vitória

Subscrevo o post do sobre a forma como alguns andam a desvalorizar o Sporting. Há dias dizia-me um amigo que o pior que podia acontecer era marcarmos cedo no Alvalidl, que temia o surgimento madrugador dos olés e do perigo disso influenciar os jogadores de ambas as equipas em nosso prejuízo. Às tantas até tem razão. E o pior é que este folclore que andamos a patrocinar tem-nos levado a esquecer que domingo há jogo. E como eu gosto muito da competição que disputamos nesse dia, até lá esqueço o Sporting. Primeiro a Taça! Até porque há uma célebre eliminatória recente que não esqueço.

E aproveito para deixar o repto: que domingo, na homenagem que se prevê a Robert Enke, se cumpra integralmente o minuto de silêncio. Com verdadeiro silêncio! Um silêncio igual ao que oferecemos a Feher, o silêncio que até permitia ouvir os motores dos carros que passavam na 2ª Circular. As palmas, que as guardem para o segundo 61.

Duas Notas:

- Cá está mais uma notícia que, não explicando tudo, explica muita coisa. Muita coisa...

- Para a semana há o eterno derbi. O eterno, embora os actuais dirigentes da lagartagem estejam a fazer tudo para que o seu clube não sobreviva muito mais tempo. Mas adiante, que de coisas terrenas não vive o etéreo.

Assim, proponho que os nossos amigos benfiquistas, quer participem em blogs, quer não participem, escrevam textos sobre a rivalidade existente e a natureza da mesma. Eu já aqui escrevi sobre o tema e aproveito, já, para publicar o que ficou plasmado num comentário de um anónimo, em 25 de Setembro de 2008:
"Nos 40 anos antes do 25 de abril o Sporting ganhou 14 campeonatos (35%). Nos 20 anos seguintes, ganhou 2 (10%). Será coincidência? Enquanto isso... Benfica ganhou antes do 25 de ABril, 20 campeonatos (50%) e nos 20 anos seguintes, ganhou 10 (50%). "
Porque será?

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Contingente português na Bósnia? - com uma pequena adenda no final!

Cá vamos:
a) durante grande parte da fase de apuramento não acreditei que Portugal fosse ao Mundial. Disse-o várias vezes, nos mais diversos círculos. Não só porque considero que esta selecção está uns furos abaixo da selecção de 2004 e 2006 - e também de 2000 e 2002 -, mas, sobretudo, porque entendo que Queirós não tem unhas para a guitarra que lhe deram.
Nada disto me impede de vos dizer outra coisa: sempre torci pela nossa selecção e sempre torcerei - sem laivos de nacionalismo!
b) estive pouco tempo na Bósnia. Muito pouco tempo... mas estive o tempo suficiente para perceber que há ali qualquer coisa de errado. Mesmo que não tenham interesse em perceber o problema das balcãs - o que admito -, percebam que a Bósnia é composta por duas entidas políticas diferenciadas: a Federação da Bósnia e Herzegovina e a ... República Sérvia - que nada tem a ver com a Sérvia propriamente dita. Muitas vezes aqui não se obtém boa informação, mas quanto a este assunto podem lá ir à vontade!
Como sei que ali, por diversas razões e com os mais variados responsáveis, se sofreu muito, muito mesmo, não compreendo como é que um dos poucos países que nada teve a ver com o que ali se passou e que enviou tropas - ou polícias - em auxílio da sua população, é tratado daquela forma!
c) o porco e chulo holandês, que vive à conta do petróleo usurpado ao povo russo e gerido por meia dúzia de mafiosos, que não teve vergonha na cara no Mundial de 2002 e festejou o apuramento da sua selecção até às meias finais, roubando todas as selecções que defrontaram, ficou à porta do Mundial da África do Sul, orientando uma das melhores selecções da Europa.
Não posso deixar de rasgar um sorriso...
NB - aquele beijo da morte que o papa deu a Queirós, no passado domingo, perdeu todo o efeito. Bem sei que a selecção era o sítio ideal para mandar o prof. basualdo passar uns anos, até que se reformasse. Mas terá de inventar outro espaço... pelo menos mais uns tempos!
PS - Entretanto os franceses eliminaram a Irlanda com um golo absolutamente ilegal! Absolutamente ilegal... Foda-se!
PS 2 - Como o chulo holandês tem por aqui grandes adeptos, recomendo este link, uma vez que não permitem a incorporação. Sim, sim, defendo que os treinadores, quando participam nestas coisas, também têm de ser chamados à demanda.

Vamos lá falar a sério...

Passeando pela blogosfera, lendo os jornais, conversando com amigos, sinto que não estamos a fazer a abordagem que devíamos ao jogo de dia 28 com o Sporting.

Já li relativizações de derrotas(ficam a 2 pontos, ficam a 8 pontos, etc. e tal), já li crónicas exaustivas a ridicularizar o actual momento que se vive no Sporting como se de algo eterno se tratasse. Meus caros, temos de ter pelos adversários aquilo que lhes exigimos: Respeito. Dirão os Benfiquistas: "Então não podemos gozar com os gajos? Era só o que faltava!"

Gozem, humilhem, ridicularizem à vontade, depois somem a isso uma certeza quase olímpica na vitória em Alvalade e garanto-vos que sairemos todos de lá com um grande melão.

Quero recordar que quando as pessoas são humilhadas, respondem. Respondem e às vezes superam-se. Toda esta bravata só contribui para um relaxamento dos níveis de agressividade e empenho que temos de demonstrar se queremos ganhar o jogo. E de um acréscimo por parte deles nestes níveis explanados.

O Sporting não tem uma equipa assim tão má, e é sabido que a visita do GLORIOSO é o ponto alto da época em que fazem tudo o que não fazem noutros relvados para ganhar.

Tendo a firme certeza que jogamos melhor e que somos melhor equipa, espero que TODOS não sucumbamos à tentação fácil de dar o jogo como ganho e o Sporting como "morto".

Costuma-se dizer que os jogadores são "impermeáveis"`aos humores das massas. Treta!
A vitória desenha-se no empenho e seriedade com que encaramos o jogo. A vitória materializa-se se soubermos respeitar quem tantas vezes não nos respeita. Sei que é difícil não ceder à tentação, mas não somos do Benfica porque é fácil. Somos do Benfica porque nos orientamos por valores que nada têm a ver com a sobranceria que vejo despontar por aí...

Vamos com calma e pé firme, OS CAMPEONATOS GANHAM-SE NESTES JOGOS!

FORÇA SPORT LISBOA E BENFICA!

Silêncio

O piazza, não percebendo o que é uma constipação associada a um violento ataque de rinite, acusou-me, hoje, de andar longe do blog.
Compreendo, mas penso que o ataque devia ter outro (s) destinatário (s)... Embora pouco tenha escrito nos últimos dias, há por aqui escribas que estão em silêncio há muito mais tempo!
Entretanto, o primeiro acto público do director-desportivo-do-sporting-nomeado-pela-juventude-leonina foi dar autógrafos a criancinhas...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Apesar de adoentado, ainda não parei de rir!

Ver Sá Pinto - que, segundo me dizem, tinha sido impedido por Paulo Bento de entrar na estrutura do futebol sportinguista - a mandar e Carvalhal a treinar pode originar uma das melhores comédias de sempre!

Isto é verdade(pela 1ª vez na história do pasquim)!

Ramires conta que foi agredido no túnel de acesso aos balneários do Estádio Axa, a 31 de Outubro, no fim da partida entre o Sporting de Braga e o Benfica. Os encarnados queixaram-se, após o jogo, que tanto ele com Cardozo tinham sido agredidos por um segurança. Em entrevista ontem a O JOGO, Ramires fala sobre este incidente e, no pólo oposto, do quanto está feliz na Luz. Diz mesmo que está a atravessar o melhor momento da sua vida.

Foi mesmo agredido no túnel no jogo com o Braga?

Sim.

O que aconteceu?

Eu estava a separar os meus companheiros à entrada do túnel, virado de costas, e veio um segurança por trás e fez-me uma gravata. Eu tentava libertar-me mas ele sufocava-me cada vez mais. Até que me largou, empurrou-me e agrediu-me. Não entendi, pois eu estava a tentar separar os colegas.

E não sabe quem foi?

Ainda fui atrás dele para lhe perguntar porque tinha feito aquilo, mas ele fugiu. Sei que foi um segurança mas, no meio de tanta confusão, não gravei o rosto dele.

Nunca mais se falou do assunto porquê? Não podemos deixar impunes esses vermes que cobardemente tentaram espancar os nossos jogadores!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Defeso

Esta parte do ano em que nada acontece é a maior estucha a que um gajo pode estar sujeito. Ainda há coisas que nos fazem rasgar um sorriso, mas não suficientes para preencher o vazio que é não ver o GLORIOSO jogar.

Para sacudir um pouco a modorra, vai uma questão: No caso de Di María sair em Janeiro por 40 M de €, quem se vai buscar?

Provocação: Não me venham com Quaresmas nem Reyes, por favor. Os critérios além da qualidade são a juventude e "fome". Toca a ir pesquisar!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

cá vai:

Isto é muito simples. Tudo muito simples. Demasiado, aliás, simples: Queirós não percebe nada disto. De um lado leva com Ronaldo, dou outro com Nani.

A questão que coloco é esta: Nani tem razão?

Não gosto muito de falar da lagartagem...

... mas parece que a escolha recairá em André Villas Boas!

Podendo ser uma boa opção, penso que o mercado português tem melhor...

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

A vida continua...

E Enke será relembrado na sua devida altura.

Vagueando pela net, encontramos entretanto o conceito do novo treinador do Sportém:

Dia negro


Depois de me telefonarem a confirmar a morte de um amigo - e que benfiquista, meus caros, que benfiquista... -, recebo a notícia da morte - a causa não é relevante! - daquele que, em condições ideiais, ainda seria o titular absoluto da baliza do Sport Lisboa e Benfica.


Guardo de Enke a garra com que, contra todas as evidências, se tornou titular indiscutível da baliza do nosso clube. Como todos sabemos, há tristezas que nos destroem. Enke, ao passar pela tristeza suprema, não terá resistido.


Ficará na nossa memória.


Requiescat in pace!


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Até sempre Robert Enke

Estou triste e estupefacto! Robert Enke faleceu hoje, vítima de um estranho vírus que o vinha perseguindo há uns meses. A um dia de felicidade como o de ontem, segue-se outro de tristeza. Foi-se mais um dos meus jogadores preferidos, um atleta azarado que já vira a sua filha partir com apenas dois anos de idade. Nem consigo imaginar o que passará pela cabeça da sua mulher.

Regressado a casa, os sites desmentem o SMS que recebi. Colhido por um comboio, o agente confirma o suicídio. Chocante...

É bom lembrar

Quanto mais não seja, porque até agora, foi o jogo mais dificíl. Como será o próximo e o próximo e os que hão-de vir...

duas notas

1 - É evidente que o Real Madrid tem razão em não querer que Ronaldo venha a Lisboa. Não podendo jogar, o que é que cá vem fazer? O ego de Queirós é grande, mas a carreira de Ronaldo não pode ser afectada.
2 - Carlos Queirós ficou chateado com Gilberto Madail por uma razão simples: como, em sua opinião, os adeptos do norte apoiam a selecção com mais entusiasmo, o jogo devia ser disputado no Freixo! Pela minha parte já lhe dei a resposta: os meus convites podem ser atribuídos a um tripeiro qualquer!

Big Six



Anos depois, demasiados anos depois temos um ENORME 6. PETIT que me desculpe (sempre foi dos meus favoritos), KATSOURANIS que me perdoe, AMARAL que tenha paciência. Obviamente falta um, mas desse não falo!

Para mim, o herdeiro do anterior ENORME 6 está encontrado: Javi.



Cá vai e apenas porque sou um gajo que guarda as coisas:

Esta vitória é dedicada a todos aqueles que se entretiveram a criticar a contratação de Javi Garcia!
Não é por nada; é por tudo!
PS - não sei se repararam, mas nos segundos que antecederam a marcação do livre, o estádio - sim, na Catedral há o estádio, que não é mais do que a soma de todas as vozes que ali se juntam - gritou Benfica, Benfica, Benfica!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Benfica, Vencer, Vencer

Hoje é um dia importante. O Benfica pode ficar a 5 pontos do FC Porto, o seu principal rival na conquista do Campeonato.

É necessáio uma equipa dentro e uma equipa fora do campo, para que Lucílio Baptista não tenha sequer qualquer hipótese de tentar repetir o que Vasco Santos quis fazer no último jogo do Benfica em casa.

Temos de mostrar quem manda na Luz e quem manda na Luz somos nós, os sócios e simpatizantes do Benfica, que este ano, têm estado em todo o lado a apoiá-lo como deve ser apoiado.

Por isso, mais logo, os gritos de apoio terão de ser muitos, para que a "onda" não pare...

Viva o Benfica!

Qual a palavra de ordem para hoje?

Ganhar, Ganhar, Ganhar... Nem que seja por meio golo a zero!

domingo, 8 de novembro de 2009

Acabadinho de chegar de terras de Sua Majestade...

... encontro o Porto a perder e o Sporting a empatar. Ou seja, ainda nem recuperei da extraordinária vitória de Goodison Park e já estou a pensar na necessária vitória sobre a Naval 1.º de Maio.
Quanto ao jogo de Inglaterra, só vos digo uma coisa: ver aqueles adeptos rendidos ao nosso futebol, ler todos os jornais no dia seguinte e aperceber-me da actual dimensão da nossa equipa, recordar a consideração que aqueles homens têm por Eusébio e aperceber-me que Di Maria é o homem do momento em Inglaterra, animou-me e recuperou alguma confiança que tinha perdido depois de Braga.
Há, no entanto, uma história que vos quero contar. Cá vai: depois do jogo fomos jantar ao único sítio que tem restaurantes abertos noite fora (China Town); na mesa ao lado estava um grupo de ingleses com quem conversámos e, entre eles, estava um homem nascido em 1960, que vira os jogos da selecção disputados em Goodison Park e é um devoto de Eusébio. Disse-nos apenas isto: o meu filho chama-se ... Eusébio, o melhor jogador que vi jogar!
Em breve virá a Portugal com o seu filho, que quer apresentar ao King! Soubesse eu isto e não precisaria de vir à Catedral, que Eusébio recebe-lo-ia em Liverpool. Não se perde tudo (bem pelo contrário!) e quando cá vier teremos um novo sócio (do Kit trato eu!)

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

50 golos oficiais!!!

Um dos meus objectivos na ida a Braga era festejar este golo. Ficou para os que tiveram oportunidade de se deslocar a Goodison Park. Décimo sexto jogo oficial da época, quinquajésimo golo oficial do Benfica, o décimo sexto de Óscar Cardozo. Os que esperavam que Braga significasse o início da derrocada podem voltar a sentar-se e esperar. Cuidado para não adormecerem.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Vídeo vigilância

Há imagens do que se passou dentro do túnel de Braga.

As imagens são geridas pela empresa de segurança 2045.

Seguranças da 2045 estão implicados nas agressões a TODA a equipa do Benfica.

Será que as ditas imagens alguma vez serão visionadas?

Há queixas-crime por parte do Benfica entregues na PSP, logo é RESPONSABILIDADE DO MINISTÉRIO PÚBLICO ter de certificar-se que material probatório não desaparece.

Gostava que tanto os leitores como os gestores de blogs maiores circulassem este post. A verdade dos factos e o Estado de Direito a isso obrigam. Quem vai assumir a responsabilidade pelo não apuramento cabal dos factos?

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Enquanto faço as malas e penso na viagem a Liverpool,

descubro esta decisão da Comissão de Disciplina da Liga de Clubes.

Lá que abram um inquérito, protelando para as calendas gregas, até nem impressiona muito! Mas não castigarem, já, Nei, Vandinho, Mossoró e Alan, dá vontade de rir - ou chorar a rir, o que é a mesma coisa! -!

Estão a brincar com quem?

Para quem quiser saber

O artista do lado direito da foto é o mesmo que anda a bradar aos céus que foi ameaçado de morte pelo Rui Costa e pelo Vieira.
O artista do lado direito da foto é o Director-Geral de uma SAD, sem se saber de onde vem, o que fez e o que faz para merecer tamanho cargo.
O artista do lado direito da foto não vai ter vida fácil a partir de agora.
É assim a vida na "Omertá"...



Adenda visual ao post do inespugnabile






Obrigado RA, e autor do vídeo!

P.s-Eliminei o meu post anterior, não tinha visto estas imagens, e à luz das mesmas parece-me um post idiota, as minhas desculpas aos leitores.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

De volta aos anos 80 - ou como o método Guarda Abel subiu ao Minho!

Não escrevi estas palavras mais cedo porque queria cruzar informações.
De facto, o que em primeira instância me relataram sobre os acontecimentos no túnel da pedreira era demasiado grave para escrever sem falar com mais duas ou três pessoas. Falei e aqui estou para vos dizer duas ou três coisas.
Cá vai!
Há cinco factos que me levaram de volta aos anos 80:
- ver as marionetas do sistema a falarem, durante a passada semana, sobre os jogos do Benfica, deturpando factos e inventando ocorrências - sem resposta por parte da nossa equipa de comunicação;
- a nomeação de um árbitro que prejudica o nosso clube em 99% dos jogos que apita - sem tomada de posição por parte da nossa direcção desportiva;
- ameaças aos adeptos nortenhos do Benfica que se deslocaram à pedreira para comprarem bilhete - sem que o gabinete de imprensa do Benfica divulgasse e repudiasse o que foi sendo transmitido durante a semana;
- a arbitragem vergonhosa de Jorge de Sousa durante a partida, caracterizável, essencialmente, por um golo anulado, duas grandes penalidades não assinaladas, quatro expulsões (pelo menos) perdoadas a jogadores do Braga - Mossoró, Alan, Nei e João Pereira - e a inenarrável expulsão de Cardozo, que fora vitíma de três agressões sucessivas;
- agressões gratuitas perpetradas por jogadores, dirigentes, funcionários e seguranças do Sporting de Braga a jogadores, dirigentes e funcionários do Sport Lisboa e Benfica - ESTE PONTO É FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO QUE A SEGURANÇA DO NOSSO CLUBE FOI IMPEDIDA DE PROTEGER OS NOSSOS JOGADORES DURANTE O EPISÓDIO DO TÚNEL, QUE DUROU MAIS DE CINCO MINUTOS, ONDE VALEU TUDO, ATÉ TENTAR ARRANCAR OLHOS!
Estes factos não são só graves: ao revelarem premeditação, ponderação, alto nível de organização da urdidura e actuação delinquente com intenção de agredir, enxovalhar, humilhar e prejudicar os profissionais do nosso clube, revelam que o futebol português é gerido por gente capaz de tudo em prossucação de objectivos obscuros, altamente organizada e que trabalha em rede!
Sei que os dirigentes do nosso clube - que mereceram um apoio quase unânime nas eleições do passado Verão - têm mantido um certo silêncio, em defesa do futebol. Mas esse silêncio não se coaduna com os dirigentes que ainda pululam no futebol português - Mister D, pulular talvez caracterize melhor estes meliantes do que os benfiquistas que por aqui passam! -.
Assim, meus caros, está na hora de arregaçarmos as mangas e lutarmos na defesa da verdade desportiva, o que só acontecerá de formos ao ringue!
NB - Sem saber como, passei a ser vitíma de ameaças directas e ofensas direccionadas. Melhor, posso ainda não saber como, mas calculo que em breve saberei. Espero que a minha participação neste blog não seja uma das razões, até porque quem me conhece sabe três coisas: não é fácil brincar comigo, gosto de ser acicatado e nasci para dar tudo, até a vida, por uma causa - o Sport Lisboa e Benfica!
PS - Não posso deixar de salientar a atitude do nosso capitão, que, ao contrário do que cheguei a comentar, não se acobardou e saiu em auxílio dos seus colegas, que estavam a passar por sérios apuros. Foi o primeiro, foi o do meio e parece que foi o último. Para o Nuno, um abraço!

domingo, 1 de novembro de 2009

Para recordar...

- Que o Benfica não é imbatível...

- Que efectivamente o árbitro prejudicou o Benfica num penalty e num golo...

- Que o Benfica, apesar de mostrar uma vontade de querer mudar o rumo do jogo, não o conseguiu por causa da exibição do Braga...

- Que o Braga, a jogar assim, é efectivamente candidato ao título, ou então que está a servir de "lebre" ao seu principal aliado...

- Que não podemos sempre culpar a arbitragem quando o Benfica faz um mau resultado...

- Que a derrota sirva para trazer muita gente de volta à Terra...

O polvo anda aí

Há uma semana foi a escolta a Luisão, seguida das curiosas declarações de Ruben Micael e Patacas (embora com um guião mal ensaiado). Agora isto. Quando não se tem total controlo sobre determinadas instâncias, outros tentáculos se fazem visíveis. Com a asquerosa e conivente colaboração do narrador da Sport TV!!

Isto é assim:

Depois de termos passado por Braga sem termos sido mortos, tal era a vontade daquela gente, vamos mesmo ser CAMPEÕES!
Domingos, Jorge de Sousa e todos aqueles que trabalharam para aquilo que se passou na pedreira, ganharam uma pequena batalha. Nós ganharemos a guerra!
Isto é tão certo como o meu nome não ser inespugnabile...