quarta-feira, 26 de maio de 2010

Ao afirmar que não foi por acaso que Falcao foi parar ao porto, Jorge Jesus assumiu que teve negociações tão avançadas com os corruptos que chegou a indicar jogadores. Foi essa a minha leitura.



Sucede que parece que fui o único que assim interpretou. Podem dizer-me o que acham?

21 comentários:

Rita disse...

concordo em absoluto, foi essa a minha leitura das declarações do JJ ontem.

VHugo disse...

Eu continuo sem saber, mas acredito nessa opção!

Pedro disse...

É uma leitura interessante.

Eu na altura interpretei como uma boca, pelo porto andar sempre atrás dos jogadores que o benfica quer.

Éter disse...

No momento também pensei imediatamente nisso. E o Rui Moreira também deve ter pensado o mesmo, uma vez que se começou logo a rir.

nunomaf disse...

Estávamos 5 a ver a entrevista e todos pensámos o mesmo...

sigmund disse...

Não acredito nem um pouco, e por várias razões:

A primeira vez que vi o nome do Falcão associado a um clube português foi numa notícia do jornal o Jogo em Janeiro de 2008. E onde há fumo, há fogo, logo, é natural que já nessa altura estivessem interessados. Nós só demonstrámos interesse no Verão de 2009, ou seja, quase ano e meio mais tarde. Simplesmente, eles só decidiram avançar depois de verem o nosso nome associado.

A ideia dos corruptos passava por manter Jorge Jesus mais um ano em Braga, já que tinham acabado de renovar com Jesualdo após o empate em Manchester. Não faria sentido Jesus discutir contratações se Jesualdo se mantivesse em funções durante mais uma época.

O que Jesus quis dizer com isso, segundo a minha óptica, foi que toda a gente sabe pq é que os corruptos contrataram Falcão: porque, assim como em muitas outras ocasioes, procuraram desviar-nos um jogador a quem reconheciam potencial. Tão simples quanto isso.

Aquilo que tb deduzi da expressao de Jesus foi que um dos clubes que lhe endereçaram convite no final da época, já depois de ter sido campeão, foi precisamente o clube da fruta. Ele negou que fossem os corruptos, mas fê-lo de forma pouco convicta e com um sorriso intrigante. Seria porventura o maior golpe de teatro da História do futebol português. Roubavam-nos uma referência, enfraqueciam-nos desportivamente e ainda asseguravam um treinador de elite. Seria perfeito e bastaria pagar 2 anos de ordenado, ou seja, cerca de 1M de euros.

Mas, da mm forma que Jesus optou por nós há um ano atrás, voltou a fazê-lo e as razoes são evidentes: só nós temos expressão nacional e podemos assegurar-lhe a verdadeira consagração; as vitórias no clube da fruta são sempre alvo de grande desconfiança e associadas à corrupçao, o que lhe retiraria mérito; temos hoje como há um ano o melhor lote de jogadores do país.

Marco Paulo Ferreira disse...

Já eu entendi que com aquilo, o JESUS quis dizer que foi mais um dos jogadores que ele observou e que tinha debaixo de olho como potenciais contratações.

Querendo assim dizer que tinha e tem em mente vários jogadores com qualidade acima da média para integrar plantéis seus...

Gustavo disse...

Foi isso que eu entendi mal ele falou...

JNF disse...

Eu inicialmente nem percebi bem o que ele quis dizer com aquilo, mas essa leitura parece a mais correcta

Pinto disse...

Talvez tenha sido essa a ideia dele. Anda-se a gabar um pouco e não me admiro nada que os corruptos contratem o tal Huntalaar e depois se riam novamente de nós. Pela boca morre o peixe..., mas no Benfica ainda não se aprendeu que o segredo é a alma do negócio.

Passaralho disse...

Não estás sozinho nesse pensamento.

Permite-me acrescentar que acho que Jorge Jesus 'defende' demasiado os corruptos, como que tem cuidados em demasia para o meu gosto...

Que prevaleça sempre o profissionalismo e ambição que tem demonstrado ao serviço do Benfica, porque amor ao clube acho que nunca vai ter. Nem precisa, desde que não crave nenhuma faca nas costas.
Mas não gosto dessa faceta.

Resta-me continuar a apoiá-lo, como sempre apoiei, enquanto cá estiver.

Cumprimentos,
Benfica Sempre!

APLANE disse...

Estou contigo...
Tenho quase a certeza que foi o JJ que indicou o Falcao...

Quando o JJ diz: " e aqui acho que já disse quase tudo" e o Porko Moreira responde :" Pois disse" a RIR...

Agora ele que encontre um GK de valor para o Benfica, isso é que interessa...

Manuel disse...

O FoiComPutas não tem pedalada - vulgo, dinheiro - para o Huntelaar. Por aí não estou preocupado.

Mas vejam a lata do mafioso ao oferecer um contrato ao JJ apesar deste ter ainda um contrato válido com o Benfica. O LFV nunca permitira que ele fosse.

O gajo está mesmo desesperado. Já lhe faltam as ideias, e as únicas que actualmente ainda lhe restam são as de roubar os concorrentes.

Luis Rosario disse...

Não só foi isso, como podemos inferir que a mesma situação aconteceu com o Alvaro Pereira.

O adepto comum só vê mesmo a ponta do iceberg... E esta ligação FCP-JJ será concerteza desconfortável no futuro.

João Guerra disse...

Na minha óptica o que ele deu a entender, foi que o corrupto supremo tem uma habilidade negocial fora do comum, porque será??

Marji disse...

Pela primeira vez, não gostei da forma e do conteúdo da entrevista de Jorge Jesus. E sou obrigado a afirmar que este rol de entrevistas de defeso do treinador do Benfica têm sido extremamente negativas. E justifico a minha opinião:

1. Revelou, na minha óptica, demasiada arrogância (quanto ao presente e, principalmente, ao futuro), que não se adequa ao estilo de trabalho e de rigor que nos habituou ao longo da época;

2. Falou demais, em relação a futuros jogadores do Benfica - as expectativas em relação a Gáitan e Jara elevaram-se a um ponto que considero dispensável, nesta fase inicial; quanto a Huntelaar, é incompreensível, seja para atirar areia ao olhos de outros ou não, antecipar cenários, até porque, para um Benfica ambicioso não deverá haver impossíveis - e se a prioridade passa por Cardozo, não vejo o sentido de nomear alternativas (é tipo: "gosto de ti a trabalhar, mas não és indispensável pois tenho uma listinha de alternativas);

3. A relação com o FC Porto. Gostava de ver isso bem explicado. Aliás, gostava de perceber nas palavras de Jesus que aquilo é só respeito. Mas não. Parece-me uma relação mais profunda. Queria um treinador que, não sendo demasiado desonesto ao estilo de um Ruben Micael, pudesse afirmar com todas as letras: "não. O Benfica foi sempre a minha opção, ontem e hoje."

4. por último: se foi Jesus que aconselhou Falcao e A. Pereira, significa que trabalhou para o FC Porto como profissional do Sp. Braga? Antes de discutir as opções que lhe pudessem surgir. Prestou, então, um mau serviço à sua entidade empregadora - a da altura e aquela que viria a ser a sua futura.

nunomaf disse...

Epá, depois deste último comentário só tenho a dizer que nós somos mesmo parvos...

Contratamos um agente do inimigo...

Que nos fez campeões...

Somos mesmo ridículos... dasse!

Desejo sinceramente que o Glorioso volte a jogar rapidamente, sob pena de até la sermos capazes de "eliminar" mais um treinador campeão no Benfica... E apenas porque não somos capazes de sossegar a passarinha e aguentar 1 mês sem jogos do Glorioso...

epá comentem a vida dos rasteirinhos se quiserem... Ou a dos porcos...

Deixem o Jesus em paz que ele fez o Benfica voltar a ser o que era...

Sejam minimamente agradecidos e não contribuam para a papagaiada do costume.

TUDO PELO BENFICA! NADA CONTRA O BENFICA! VIVA O BENFICA PORRA!

Marji disse...

Nunomaf, longe de mim querer importunar o Benfica e os benfiquistas com as minhas preocupações de benfiquista. Não me adiantarei mais, já que as minhas criticas são bastante objectivas e, penso, não beliscam em nada o mérito que Jorge Jesus teve, de facto, desde que ingressou no nosso clube - até porque é o melhor treinador que já tive o prazer de ver representar o Benfica; tal como a equipa desta época foi a melhor que já vi jogar com o manto sagrado.
Agora, deixe dizer-lhe: no passado, o Benfica não concretizou a hegemonia no futebol português - devida e natural - apenas porque os feitos dentro do campo inebriaram responsáveis e adeptos, incapazes de acautelar o futuro. E muito passou pelo facto de que com o escudo nas camisolas já nada se discutir e, sobretudo, se endeusar tudo e todos. Os méritos são para saudar; as falhas para corrigir. E ninguém é infalível!

nunomaf disse...

Percebo e compreendo o que está a dizer. Mas neste caso não concordo nada consigo.

Não estamos a falar de inebriação. Estamos a falar de um caso de histeria colectiva.

Eu sei que a nossa história recente ficou marcada por episódios tristemente negativos. Também sei que alguns dos nossos dirigentes ou funcionários não são capazes de manter uma contenção verbal saudável e responsável, de forma a evitar amargos de boca desnecessários.

Agora ver tudo aquilo que viu na entrevista do JJ parece-me excessivo e simplesmente redutor.

O homem disse tudo o que disse com um objectivo.

Primeiro acabou com a polémica dos GR e cortou as pernas a alguma comunicação social que já se aprestava para fazer um festim à volta das renovações do Moreira e do Quim, depois enxovalhou intelectualmente aquelas aves raras que participam naquele vómito de programa e que durante uma época inteira se dedicaram a desprezar e a diminuir o nome do Benfica e do seu treinador, depois explicou tintim por tintim sem medos e receios, qual o tipo de jogador que prefere para determinadas posições e o porquê, explicou também o porquê de alguns serem treinadores de futebol e outros serem apenas curiosos que treinam equipas de futebol apesar de todos serem também profissionais, depois brincou com o homem do leme do programa tratando-o por tu e explicando com uma simplicidade atroz o porquê de termos sido campeões o ano passado, "limpinho" como ele gosta de dizer, finalmente revelou o seu gosto por um jogador que nunca foi sondado pelo Benfica e que a meu ver foi apenas um engano para os vampiros azuis, um "decoy" se quiser.

E finalmente demonstrou porque é que está no Benfica, assumindo claramente que para o ano também seremos campeões.

Peço desculpa se fui algo rude na minha resposta inicial, mas parece-me que estamos a "caçar gambozinos" como se diz aqui na minha terra.

Não pense de forma alguma que sou adepto de unanimismos.

Mas também não sou adepto da paranóia colectiva que se instalou na nossa gloriosaesfera devido a algo que não teve nem terá nada de estranho, dada a personalidade do JJ.

Lembre-se de como Mourinho saiu do Benfica e verá que às vezes são mesmo os treinadores que fazem uma equipa ser ou não mais poderosa e mais ganhadora.

Todas as contratações já feitas e também aquelas que se comentam em surdina pelos nossos cantinhos gloriosos, demonstram que este homem tem visão e soube atempadamente identificar quais os jogadores que poderiam ou poderão sair no final desta época.

Nada, mas mesmo nada, no comportamento da nossa esfera directiva e técnica prenuncia outra coisa que não seja mais uma época competente, avassaladora e cheia de glória.

Como dizia o público da Luz no apoio indefectível à equipa no jogo com o Hertha... "BENFICA ATÉ DEBAIXO DE ÁGUA"

Quando todos percebermos o que isto significa aí sim seremos inconvencíveis. E espero que com JJ ao leme, por muitos e bons anos.

nunomaf disse...

inconvencíveis LOL

Era para ter saído invencíveis...

Porcaria de verificador de ortografia do google!

Marji disse...

nunomaf, admito que possa ter razão. Abraço benfiquista.