quinta-feira, 27 de maio de 2010

Calma rapazes

Compreendo que a forma como me expresso possa chocar alguns. Mas respirem fundo.

O respeito que tenho pelo guarda-redes campeão nacional é exactamente o mesmo que tenho pelo Luís Filipe ou pelo Simanic ou ainda pelo Paulo Almeida.
Respeito o senhor como homem e como profissional muito mais do que ele, por mais do que uma vez, respeitou os sócios e adeptos do Benfica.
Mas isso não me impede de o considerar um guarda-redes medíocre (sim, a palavra é essa) ao nível de um qualquer Eduardo.
Desejo muito mais para o Benfica. Tanto como guarda-redes como, e principalmente, quanto Homem.

Acho completamente absurdo propor-se uma homenagem ao Joaquim e, como provocação ao inespugnabile, prestei-lhe a minha.

Acho piada que jogadores referência do Benfica recente como João Pinto ou Nuno Gomes sejam tantas vezes maltratados por benfiquistas e que tanta celeuma cause um simples "vai pela sombra" dedicado ao Joaquim.

Para terminar, aproveito para esclarecer que vou continuar a referir-me nos termos que muito bem entender a qualquer situação ou indivíduo. Para o bem ou para o mal.

6 comentários:

NSC disse...

Não me lembro dele desrespeitar os adeptos do Benfica. Lembro-me sim de ser um bom profissional e ter sido assobiado por várias vezes por um grupo de gente que parece mais adepta do Moreira do que do Benfica.

Comparar o Quim (totalista campeão) ao Simanic (nem um minuto e por isso oficialmente não campeão) é, no mínimo, ter pouca memória. E de uma deselegância atroz. Não gostar do jogador é uma coisa, desrespeitá-lo é outra.

Também eu desejo melhores sócios e adeptos para o Benfica. Sobretudo como Homens.

P.S.: a utilização de um nick que alude ao Cosme Damião e o tipo de discurso que emprega neste post é uma ofensa à memória daquele Homem.

Aires Mamedes disse...

Acho piada quando falam em desrespeito, so porque nao se concorda com as ideias..

O JOGADOR Quim TRABALHOU para o Benfica que lhe PAGOU os salários a tempo e horas, logo nao fez mais que a sua obrigaçao defender as redes do clube que representa..

Agora verdade seja dita, é um GR mediocre sim!

Ja nao se fazem Preud´homme´s :(

abc

NSC disse...

Sim, o Quim, enquanto guarda-redes é medíocre. Tomando em consideração o nível «europeu» que se pretende para o Benfica.

Tal como o Simão, o Nuno Gomes ou o João Pinto o são/foi. Com a agravante do João Pinto ter estado quase a transferir-se para os lagartos no Verão Quente de 1993.

Mas isso não impede que sejam tratados com a dignidade que se exige por parte de adeptos do maior clube do mundo que o é não pelo seu orçamento, número de títulos e afins.
É-o pela qualidade, solidariedade e generosidade da sua massa associativa e adepta. E parece que isto se esquece às vezes.

Cosimo Damiano disse...

Caro NSC,

Comparei o Quim ao Simanic apenas quanto ao respeito que me merecem. Também é deselegante deturpar.
Quanto a tudo o resto estamos completamente de acordo excpeto num ponto.
Quim é medíocre comparado com Simão, Nuno Gomes ou João Pinto. Não só a nível europeu.

P.S: O nick alude ao fundador do Benfica. Presumo que tenha a lucidez de perceber que tal é tão só uma homenagem e nunca uma tentativa de usurpação de identidade,

NSC disse...

Quando mencionei que o Simão e o Nuno Gomes eram jogadores medíocres refiro-me aos de hoje. Um suplente pouco utilizado do Benfica e um dispensável do Atlético do Madrid não são propriamente craques. Já foram.

O Quim nunca foi craque, nem nunca reclamou sê-lo, mas sempre foi um profissional digno, honesto e competente, dentro das suas limitações. Não criou problemas, respeitou decisões, esperou pela sua hora. Não esqueçamos que desde que chegou ao Benfica teve 5 treinadores e foi sempre titular. E meteu no banco o Butt, esse que provavelmente será o titular alemão no mundial.

Fora do campo o Nuno é craque, como parece ser o Quim. Já do Simão não me esqueço da birra da braçadeira. E espero bem que não regresse, enquanto jogador, ao Benfica.

Obviamente que não presumo que queira tomar o lugar de Cosme Damião, até porque é uma figura ímpar do clube. A figura.
Apenas sublinhava que dele, certamente, nunca veríamos despedidas ou homenagens como a que fez ao Quim.

Cumprimentos.

Captain Kid disse...

amen, nsc.