domingo, 5 de dezembro de 2010

Uma questão de Formação

Ontem, perdi o amor ao quente de casa e preferi o amor frio do Centro de Estágios do Seixal, para ir ver os juniores contra o Nacional da Madeira. E depois do que vi, não restam muitas dúvidas. A formação em Portugal anda pelas horas da amargura e aqueles projectos todos que nos deram alegrias na década de 90 estão esfumados no tempo, no espaço e na acção.

Quando oiço falar em brasileiros de qualidade duvidosa para o plantel principal da equipa do Benfica, olho para a equipa de juniores e eles por lá também andam, pululando em várias posições, sem nenhum resultado prático, pelo menos, ontem. Curiosamente, ou não, o melhor jogador do Benfica é português, chama-se Ruben Pinto, é dos jogadores com maior potencial para estar no plantel principal do Benfica e curiosamente, é dos jogadores que não tem ainda contrato de profissional.

A equipa de juniores do Benfica é uma manta de retalhos, pelo que me foi dado a ver ontem. Não tem um sistema de jogo, há jogadores que não sabem recepcionar uma bola e há outros que sinceramente, não sei porque jogam na equipa principal de juniores, curiosamente o escalão imediatamente anterior aos séniores.

E olhando para a equipa de ontem, lembrei-me logo de outra, de há uns dois anos atrás, que com jogadores como Miguel Rosa, David Simão, Nelson Oliveira, Roderick Miranda, Leandro Pimenta e Yartey era capaz de bem melhor.

Ontem, apenas Ruben Pinto e a espaços, Diego Lopes tentaram remar contra a maré. Bakar é fraquíssimo, Daniel Martins sofrível, Rodrigo Cabeça nem consigo definir. Entrou depois Alípio, esse portento que estava no Real Madrid B e que nos primeiros cinco minutos em que esteve em campo, perdeu a bola várias vezes, uma delas originando um contra-ataque perigoso para o Nacional.

E isso leva-nos à questão de sempre: o que fazer com o Centro de Estágios e com o que sai de lá? Emprestá-los a clubes da segunda divisão e depois ir buscar jogadores da mesma idade para a equipa principal? Não fazer contratos com os jogadores oriundos da formação e dispensá-los, depois de termos estado a sustentá-los?

É que depois do jogo dos juniores de ontem, deu o Trofense-Belenenses e Miguel Rosa abriu o livro. Pouco depois, em Guimarães, Nelson Oliveira dava o empate ao Paços de Ferreira. E o nosso extraordinário Presidente, que recordo, disse uma vez que não percebia nada de futebol, anda pelo Brasil, a ver de jogadores para o plantel?

O Benfica tem jogadores que sentem a camisola e que serviam para este plantel actual. Jogadores da formação, que sabem o que é representar a camisola.
Jogadores, que na sua devida dimensão, servem para o Benfica.

Se é para ter uma equipa nos escalões de formação, para alimentar a mesma corja que se alimenta do plantel sénior, dispenso...

15 comentários:

JediVermelho disse...

É sempre a mesma coisa: a por em causa sua excelência, LFV! Que tudo sabe e tudo vê...

último! disse...

É natural que os jogadores rodem e muito poucos cheguem a primeira equipa, na minha opinião só um tem essa capacidade mas por agora faz bem em rodar no Paços, falo de Nelson Oliveira.

Sempre foi assim e dificilmente mudará um jogador com 19 anos passa a senior e raramente está completamente formado.

Tenho a certeza que Miguel Rosa e outros no Benfica actual seriam criticados pelos mesmos que agora pedem oportunidades, ainda lhes falta maturidade.

De qualquer maneira concordo com a formação e não é um jogo que ainda por cima correu mal que se deve tirar ilações.

Depois ter uma equipa cheia de jogadores da formação mas lutar pelo quarto ou quinto como fazem os lagartos não me parece boa opção mas isso sou eu que não entendo nada disso.

Pereirinhas e Yannicks elevados ao estatuto de estrelas só porque sairam da formação lagarta dispenso bem podem ficar com eles.

Mister D disse...

Meu caro ultimo!,

Ninguém falou que quer uma equipa só de formação. Para isso, temos o Barcelona que está num patamar que nunca iremos lá chegar. Nem nós, nem ninguém!

Não percebo como é difícil e só na formação em Portugal é que oiço este tipo de discurso: Sempre foi assim e dificilmente mudará um jogador com 19 anos passa a senior e raramente está completamente formado..

Jogadores como Filipe Bastos, Alan Kardec, Alípio, Rodrigo Cabeça, Filipe Menezes estão formados como jogadores? Em que é que são melhores que os que saem da formação do Benfica e que enumerei no post?

O problema é mesmo este: os putos portugueses não dão comissões! E como não dão comissões, não servem! Essa é que é a realidade, para além de os sócios do Benfica (pelo menos a maioria) querer que todos os miúdos que saem da Formação tenham de ser Rui Costas, Paulo Sousas e afins, coisa que efectivamente não são. Mas também não é por falta de qualidade que não se aposta mais neles.

Esse sim, é o verdadeiro problema. Qualidade existe. Exista mesmo uma estratégia, que é coisa que falta...

kavaidisto disse...

Concordo, ams o ruben pinto tem contrato profissional.

último! disse...

Concordo, nesse ponto tens razão, os exemplos que deste são legítimos e realmente estranhos o Camacho apostava na formação e levou muitos jogadores a equipa principal este treinador não o faz e tem algumas opções estranhas nesse aspecto embora tenha o mérito de nos ter feito bem mais fortes do que em anos anteriores (mesmo neste ano), com outros treinadores após uma derrota como no dragão perderíamos imensos pontos.

Acho que estamos mais fortes como equipa mas concordo contigo entre esses exemplos que deste porque não apostar nos nossos miúdos? Parece o basket em que todos os anos temos de mudar dois americanos só pelas comissões, o problema é que é assim com todos os clubes afinal quem é que perderia tempo e sossego sem ter recompensa? Só mesmo nós sócios mas ai teríamos o problema dos lagartos meteram um adepto a gerir e é com cada tiro no pé (não se esqueçam que o cabeça de alfinete faltava as aulas para ver treinos dos lagartos) e isso é sinónimo de erros de gestão, vê-se a bola como adepto e nunca funciona.

Abraços e obrigado pelo esclarecimento não estava a ver bem a questão.

HMF disse...

Caro MisterD

Impossível concordar mais com o que escreveste. Quem me dera mais benfiquistas pensassem assim e tirávamos de lá o comissionista Vieira.

Cumprimentos,
Helder Matos Fernandes

Mister D disse...

Meu caro kaivaidisto,

Podes ir a esta página? http://www.lpfp.pt/noticias/Pages/Listagemdeinscri%C3%A7oesdejogadores.aspx

Se não quiseres ir, tudo bem! Eu escrevo o que está lá escrito:

Ruben Rafael Melo Silva Pinto - Contrato Formação, Prorrogação

Bakar Mirtskhulava - Contrato Trabalho, Transferência Internacional

Percebes a diferença? Ruben Pinto ainda não tem contrato de profissional, mas sim de formação, o que é significativamente diferente...

Abraços,

kavaidisto disse...

Caro Mister D,

Sei a diferença entre os dois tipos de contratos, trabalho todos os meses com isso.

Garanto
que o Rúben Pinto (grande jogador, como é referido no post) está inscrito como profissional.

De resto, como disse, concordo em absoluto com o que está escrito no post.

A questão do Miguel Rosa, na minha opinião, é a mais dificil de explicar.

Neste momento, até penso que está um degrau acima do David Simão (também é um ano mais velho).

um abraço

ratogoleador disse...

Mas por aqui procura-se tudo o que está mal para correr com LFV, a ingratidão é mesmo muita, não há dirigente algum que não receba pelo seu trabalho uns são pagos em comissões outros em ordenado, sabiam que LFV não recebe ordenado, quantos o fazem?

Claro que há sempre coisas a criticar e a melhorar correr com o principal responsável pela nossa recuperação parece-me injusto mas quando vier alguém estragar o trabalho feito cá estaremos para vos agradecer, ninguém é eterno mas para avaliar a performance de um presidente é necessário analisar todo o seu trabalho e não apenas promenores a serem corrigidos e claramente esta direcção tem mais pontos a favor do que contra basta ser imparcial para o ver.

Abraços

Mister D disse...

ratogoleador,

Ser imparcial é o quê?
Verificar que o passivo do clube aumentou?
Verificar que em sete anos, ganhámos dois campeonatos?
Dar-lhe o crédito do Estádio e do Centro de Estágio, quando não foi ele que o construiu?
Contratar em barda ao Atlético de Madrid sem ter retorno?

O que é ser imparcial?

ratogoleador disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ratogoleador disse...

Imparcial é:

Verificar apenas que o passivo aumentou e não referir que os activos mais que duplicaram.

Afirmar que em sete anos ganhámos dois campeonatos e esquecer-se de referir que o clube antes passou por um deserto de 11 anos e estava completamente falido e nem crédito tinha, moral e financeiro. Esquecer que nos batiam a porta para pagar dividas todos os dias. Para não falar das modalidades que nada ganhavam e agora até títulos europeus nos dão e que nos enchem de orgulho. A formação que voltou aos títulos (falta apenas o de juniores roubado à pedrada).

Referir que o estádio e o centro de estágio foi construídos por outros apesar de ser ele o presidente na altura (esta realmente é muito rebuscada), LFV foi passar férias e quando voltou houve um malandro que construiu um estádio, virou as costas e pimba um centro de estágio (brilhante).

A do Atlético dou de barato mas quando achares um clube que acerte em todas as contratações fala comigo novamente, mesmo no Porto dou-te vinte jogadores falhados nos últimos 3 anos, alem disso o Benfica ainda está a ganhar com a venda do Simão, Salvio ainda vai muito a tempo o resto o futuro o provará.

Isto nem é criticar, pelo menos poderias ser um pouco mais cuidado, estes argumentos foram fraquitos, vá lá esforça-te mais, pareces um qualquer Bruno Carvalho, dizes mal por dizer e principalmente porque procuras o mal dentro da nossa casa provavelmente é melhor do que encarar a realidade, só não entendo porquê, provavelmente porque alguns jornalistas afirmam há anos que ele é o diabo em pessoa e trafica droga nos pneus, não é?

Querias o quê? Uma gestão minimalista como nos lagartos, sem investir, sem estratégia (alegando o azar dos postes para os sócios não verem a realidade e a bela de merda de equipa que têm), para evitar o aumento do passivo mas verificar que todos os dias esse aumenta porque a qualidade da equipa e treinadores são más, logo menos assistências, menos publicidade, menos lucros.

É esta a gestão que procuras? Ou és utópico e procuras uma gestão 100% eficaz em todas as aquisições, em todos os negócios, é que lamento informar-te mas isso não existe e estamos claramente melhores do que estávamos há 7 anos e só por maldade não o consegues ver.

A sério, as vezes não há paciência para tanta ingratidão, felizmente a maioria dos benfiquistas não pensa como tu. Sei que é bom haver critica mas se é essa que tens a fazer é triste muito triste

L. disse...

ya. ves um jogo e proferes sentencas acerca dos jogadores. uau.

portanto, vejo que o miguel rosa deve ser o zidane. isto porque fez um bom jogo na liga de honra. ja agora, a equipa onde ele e o numero dez titular so ontem saiu do ultimo lugar da liga de honra...

L. disse...

quanto ao ruben pinto: sabes quem é que negoceia por ele?

Mister D disse...

Meu caro L.,

Miguel Rosa o ano passado foi só o melhor jogador do Carregado. Continuo à espera de ouvir alguém dizer porque é que não presta ou porque é que tem de rodar, como muitos outros, que de tanto rodar, nunca chegam depois a calçar.

E já agora, o que é que perde para os outros, nomeadamente brasileiros?

E ainda dou outro caso fulgurante. Vitor Paneira, no tempo dele, foi resgatado na segunda divisão. Quem diz que na segunda divisão não há jogadores bons?