sexta-feira, 6 de maio de 2011

Compromisso e glosa fácil

Ontem quando cheguei a casa enviei um mail a um grupo de benfiquistas que muito prezo. Para que compreendam o que escreverei, cá vai o seu conteúdo:




"Meus bons e pacientes amigos,




Acabo de chegar de Braga e sinto-me absolutamente desfeito, como se estivesse, de novo, a enfrentar uma tempestade sem fim à vista.




Nestes momentos de profunda mágoa e sofrimento, é bom ter-vos como amigos: sei que nunca estou sozinho e que o Benfica, mais que uma nação, é um estado de alma, de uma alma infinita.




Sobretudo por isso e por saber que convosco partilhei os bons e os maus momentos, peço-vos que se lembrem que o Benfica somos nós...Não há dois clubes, o deles e o nosso! Há, como sempre houve, o Benfica, que tem sido tão fácil de derrubar e que, no seu gigantismo, acaba por ser tão frágil.




Desta forma, assim como vos disse, há uns dias, que teria dificuldade em comentar o que os jogadores faziam, digo-vos que o que me apetece fazer e dizer pode ser de tal forma lesivo, que nada farei! Nada farei, nada direi, nada escreverei...




Espero que compreendam o silêncio a que me remeto e que durará uns dias.




É por uma causa que considero justa e superior à minha liberdade de expressão!






Viva o Sport Lisboa e Benfica!"




Em face do que escrevi, a minha participação neste blog, considerando as alarvidades que já aqui vi escritas - por comentadores e bloggers - e que demonstram, na sua economia, o que é a decadência ética da nação benfiquista, suspendo a minha participação neste blog.




Esta suspensão durará o tempo que eu bem entender e tem uma consequência fácil: aqueles que estiveram à espera deste momento para se dedicarem a atirar pedras a um clube que está frágil, demasiado frágil, ficam a falar sozinhos. Os outros, os que sabem o que é o Benfica e que neste momento, em minha opinião, saliento, estão um pouco perdidos e não percebem a necessidade de nos fecharmos em casa, voltarão a ter a minha companhia quando perceberem o mal que estão a fazer ao nosso clube.




Nos dois piores momentos da minha vida - e os que me conhecem, sabem-no - encontrei no Benfica as forças necessárias para me manter, literalmente, vivo. Se assim foi, devo a minha vida ao Benfica - pelo menos assim o creio, embora os excelentes Médicos que me trataram tenham parte de responsabilidade...




Como poderia, assim, num momento em que o Benfica está a ser chacinado, quer por aqueles que lá estão, quer por aqueles que cobardemente se dedicarão a atacar uma instituição que está ferida - neste momento, meus caros, é o que estão a fazer... -, abandonar o meu Benfica?


Não abandonar, por ora, é guardar o prudente silêncio.




Até já.




Viva o Sport Lisboa e Benfica!




21 comentários:

pedro disse...

Tenho pena que assim seja, pois precisamos sempre de ler os seus comentários, mas compreendo porque neste momento não há animo para mais.

até breve
viva o benfica

Adri disse...

Se me permites, penso que não é altura para se estar calado, antes pelo contrário! De que outra forma podes combater os males que indicas?

Xenrik disse...

nunca mais chega agosto.......

Rui disse...

Compreendo bem este desabafo. O que fazer quando vemos a equipa chegar a este ponto? Como combater esta desolação, como contribuir para evitar que isto possa voltar a acontecer?
O mais preocupante nisto é não podermos pensar que isto são derrotas pontuais, que foi tudo bem feito. De qualquer modo penso que é necessário alguma contenção (e eu próprio falhei essa contenção num comentário aqui feito ontem), porque o falar a quente dificilmente pode resultar em coisas positivas.
A preocupação é grande, mas concordo que a reflexão tem de se sobrepor à ansia de atacar quem achamos que tem feito mal.

Saudações benfiquistas.

MR. disse...

Mesmo que a tua opinião seja diferente da minha (o que sinceramente não sei). Concordo na integra com o texto. Se os que estão lá dentro, principalmente nos relvados não demonstram a raça que já demonstraram, quem está nas bancadas e nos sofás está literalmente a ajudar a deitar abaixo o meu clube.

São atitudes e palavras que são facilmente atiradas para qualquer lado e que apenas alimentam um fogo que não é o do nosso inferno da Luz. Numa altura em que era preciso união, não há. E ninguém percebe que só isso fragiliza o clube. O Coentrão não chorou porque gostou de perder, muito menos porque tenha sido essa a mentalidade que lhe colocaram, não me parece.

Cada conflito interno, é uma almofada para aqueles que deixaram de ser nossos rivais para serem inimigos. Mas ainda há gente que não percebe isso. Tem todo o direito de estarem tristes e insatisfeitos como eu estou, ninguém vos dá o direito e insultarem e maltratarem seja quem for. É triste ver aquilo que os adeptos do meu clube são capazes.

De colocar centenas de milhares de pessoas numa avenida e milhões por esse mundo fora e nem o ano volvido estão dispostos colocar tudo a arder.

Tomara eu que tivessem metade desse espirito com os Governos deste país. O meu amor ao Benfica é tão grande como o que tenho pelo meu país e sou coerente nos dois casos. Mas isto sou eu.

Seismilhoesum disse...

Não o conheço mas reconheço a sua dor. Deve ser parecida à minha. Só que (e isto não é um "campeonato" de dores) eu moro no meio da batota! Moro numa zona (grande Porto) cheia de andrades, logo, na sua maioria, gentinha que não sabe estar na vida e usa as vitórias (roubadas ou não) para se sentirem importantes!
Estou no pior momento da minha vida benfiquista que, infelizmente, está a chegar perto dos 50!
Mas recuso-me a morrer! O Benfica é superior a toda esta gentalha, mesmo aquela que está dentro das nossas portas!
Então com o Benfica a perder, a poucos minutos do fim, há uns imbecis que atiram objectos ao jogador do Braga? E ele aproveitou logo para perder tempo, mesmo depois da "chuva" ter cessado!
O Benfica é (mesmo) demasiado grande e só a sua grandeza (todos nós) é que evita a sua completa queda! Mas temos que mudar de dirigentes e correr com (quase)todos aqueles que não são benfiquistas, dentro da nossa instituição, começando por AQUELE que é sócio "sem querer" com 25 anos dos corruptos!
Viva o Benfica! Cosme Damião, Borges Coutinho, iluminem-nos!

Pedro disse...

Nunca aceitarei o silêncio como opção quando se chega a um ponto destes. mas a decisão é tua.

Respeito-te imenso, pelo que aguardarei com expectativa o teu regresso.

Cosimo Damiano disse...

Meu caro,

Respeito a tua decisão. Sei que se o fazes é porque a tua consciência o exige.

Permite-me no entanto que estranhe e discorde da tua decisão.

O Benfica precisa da tua voz.

Cosimo Damiano disse...

... nem que seja para me mandar para o caralho!!!

Jorge disse...

Eu penso que é um sentimento geral, mas o Benfica é sempre o Benfica, e nós somos o Benfica.
O Glorioso precisa sempre de vozes que o defendam quando é atacado ou mesmo desvalorizado pelos seus próprios adeptos.

Nessuno Dorma disse...

Meu caro e bom Amigo,

fazes mal. Fazes muito mal.

Grande Abraço daquele que te acompanha e acompanhará sempre,
N.D.

pedro disse...

Não te conheço mas sigo este blog à muito tempo, gosto de saber a opinião de alguns que mesmo sem nunca os ter visto considero como minha família, tudo em nome deste grande amor a que chamamos benfica.
O benfica agora precisa da voz de todos os o que o amam daquela forma especial, de todos os que assumem até mais na hora da derrota.
Hoje para mim foi um dia difícil, porque não esperava estava com uma fé enorme de ver o benfica na segunda final desde que me lembro, até porque era o Braga...
Precisamos de todas as vozes, a tua é mais uma!

L. disse...

Cambada de idiotas anti-democráticos, anti-desportivos e sem humildade. é o que estes "movimentos" são.

as eleições são daqui a um ano e Vieira tem TOTAL LEGITIMIDADE DEMOCRÁTICA PARA CUMPRIR O MANDATO ATÉ AO FIM mesmo contra pirralhos que acham que temos que ganhar quinje a jero. porque sim.

o Benfica não tem nada nos estatutos a dizer que se perdermos há eleições. Felizmente. Mas depois aparecem estes totós e papagaios que não sabem nadinha do que falam nem do que é gerir um clube - e fazem movimentos sem propôr nada, sem ter ideias alternativas nenhumas.

Golpes de estado, isso é no clube verde do Lumiar. E estou mesmo a ver esta gente a assobiar o Benfica ao primeiro deslize na nova época, para vocês é mais importante ter cabeças a rolar para vos apaziguar a frustração que trabalhar para o bem do Benfica. E ainda por cima sofrem de amnésia.

Se vos falta a estaleca, mudem para o porto, que eles têm métodos muito eficazes para ganhar mais vezes.

L. disse...

a memória é um bem raro. quique, koeman, camacho, todos fizeram epocas piores que esta, mas de longe...

Capo Rosso disse...

Lá nos encontraremos no sítio do costume.

L, com esse discurso, cheira-me que também apoiaste o Damasio e o Vale.

Constantino disse...

Portanto a forma de calar as vozes discordantes dentro do SLB é fazer uma epoca horrivel?? Serei só eu a ver aqui um contra senso ou, se preferirem, um perigoso precedente que pode muito ser usado até à exaustao por uma direcção que não preza pela democracia?

csa disse...

o romeu esta irado com os andrades este ex dragão
ex sportinguista e ex benfiquista .

este ex arrasou os grunhos das antas e o seu corrupto presidente !
diz ele que o pinto tem pouca vergonha ..

Vermelhusco disse...

Tenho pena que te cales inespugnabile. O que o benfica precisa agora e de vozes como a tua para iluminar o caminho e demonstrar o que esta mal no nosso clube.

Se existe demagogia, populismo de alguns entao usando a tua racionalidade defende o Benfica usando o teu dom: a tua escrita.

Mister D disse...

L.,

Golpes de Estado foram a vergonha das últimas eleições daquele que tu dizes ser o teu clube. Não é só digno do clube do Lumiar.

A memória não é curta, não senhor. Quique, Koeman e Camacho (duas vezes) foram trazidos por uma pessoa que tu sabes muito bem quem é.

Curiosamente, fizeram épocas bem piores, é verdade, mas não deram ao Benfica as vergonhas que esta deu. Aliás, Koeman, até foi vencedor da Supertaça e chegou aos quartos-de-final da Champions League, eliminado Liverpool e Manchester United, caso não tenhas memória...

Vieira tem toda a legitimidade para continuar como Presidente. Foi eleito com 95% dos votos, no tal Golpe de Estado que só pareces ver no outro lado da 2ª Circular. E se este mandato é o o mandato desportivo, o Benfica terá de ganhar TUDO para o ano, para o próprio Presidente continuar a merecer essa legitimidade...

pedro disse...

Despedir treinador, eleições antecipadas tudo cheira a um filme já visto!
A época foi má, pois foi! principalmente para quem acalentava grandes expectativas, não sei se foi melhor ou pior do que outras anteriores, mas já várias vezes não ganhamos nada e não ficámos tão deprimidos, os dirigentes treinadores e jogadores tem de começar a pensar como alguns de nós os simples, que o benfica é grande que tem tradições e que tem de jogar sempre para ganhar o que é diferente de ganhar sempre. Agora o clube precisa de todos dos que dirigem dos que vão sempre ao estádio dos que jogam (principalmente dos bons) e dos que escrevem.
Amanhã quando for fazer a minha caminhada matinal vou levar a minha velha camisola do glorioso... só para chatear quem pensa que me derrotou. VIVA O BENFICA

GM disse...

Duma forma em geral, não concordo com as tuas opiniões e com as tuas perspectivas mas esta tua atitude é de uma pieguice que não lembra a muitos putos que conheço. Mas que puto mimado..já o havia percebido.

Mas lá está, "diz-me com quem andas dir-te-ei quem és". Também alguns desses teus amigos que referiste se fecham sobre si próprios quando se vêem sob críticas (que falta de maturidade e de sentido democrático...) se bem que não se escusam de continuarem a pavonear-se. Lá disso não abdicam eles..o que é curioso, curioso.

"decadência ética da nação benfiquista"??? Eh pah, toma tino, respeita os teus colegas de Blogue e os benfiquistas, e deixa-te de fitas.
"suspendo mas não abandono este blogue" que birrinha..isto realmente..mais valia teres ficado quieto. Escusavas de cair nesse ridículo. Deixa de ser infantil e cresce, rapaz.
Amanhã quero ver aqui um post teu com considerações sobre o que o LFV vai anunciar. Não te escondas, não te diminuas. Não sejas fraco!