quinta-feira, 12 de maio de 2011

Já que se fala nos filhos-de-pinto-da-costa...

...reparo no primeiro parágrafo do auto de notícia enviado a alguns dos nossos. Escusado será dizer que a celebração havida no palácio da bolsa (diz que até o próprio Baco - Dionísio para os amigos - se escondeu...) contou com a presença do Emissário Fernando Gomes.
Pois bem, aqui fica parte da banda sonora das festividades:

16 comentários:

patriarca disse...

Então o fernando porco gomes, personalidade Mafiosa Corrupta que o Presidente L.F.V. APOIOU, faz parte Integrante do Clâ do Sistema Mafioso Corrupto, claro está, tinha que ter a sua presença assegurada e Subordinada ao SEU Chefe o Porco-mor.
Quando o Jacinto Paixão fala assim, então o que diria o Benfiquista PEDRO PROEÇA PORCO, entre outros, se quizesse falar ou fosse ameaçado.

GM disse...

Esse gajo carrega muito no bagaço...

Anacleto disse...

O GM e esse gajo a carregar no bagaco e tu a carregares merda no Glorioso, C'um crl deixa-te dessas MERDAS!
O m/cp nao possui essas merdas dos assentos nem outras merdas.

Constantino disse...

Perdoem-me a publicidade, mas o corruptos-academica de 2002/03 foi assim:

http://a-mao-de-vata.blogspot.com/2011/05/como-e-que-o-aldrabao-do-jacinto-tem.html

Só para os que acham que o jacinto escolheu "3 jogos ao acaso".

Abraço.

GM disse...

Oh Ana! Traz-me uma Sagres.

Anacleto disse...

Oh GM agora evocas a Ana para te defender da merda que arrotas? Poe-te manso crl!

GM disse...

Anda lá, deixa-te de mas que mas. Ca preguiçosa, esta gaja...

máfia disse...

PS: Olha, estou-te a telefonar pelo seguinte, pá, estou a pensar nomear o Jacinto Paixão para o Porto-Felgueiras. Não há inconveniente nenhum, pois não?


PC: âh?

PS: Jacinto Paicão... Porto Felgueiras! Não é nada de especial.

máfia disse...

Conversa entre Paulo Silva e António Araújo


7/2/2004


AA: Você estava... Foi jantar naquele dia não foi?

PS: Fui, fui


AA: Pois, sabem quem é que...estava lá o Jacinto, não estava?

PS: O... apareceu depois, sim senhor, com o Reinaldo e o Pinto da Costa


AA: Pronto. Eles... eu, está a perceber? fale ao Jacinto de mim

PS: Falo ao Jacinto, não! Já falámos eu e o Jacinto de si


AA: Já?

PS: Já


AA: eheheheheh

PS: ehehehehehe. No hotel, no hotel, na manhã seguinte a... a termos jantado com o, com o Reianldo Teles, o senhor Pinto da Costa e o Garrido e a esposa.

máfia disse...

José Chilrito:
«Se pudesse voltar atrás não dormia naquele quarto»

– Mas a acusação não se baseou só nas imagens, mas também nas escutas telefónicas e no que sucedeu depois do jogo, onde estão envolvidas prostitutas que estiveram nos vossos quartos.

máfia disse...

JC – Houve alguma coisa, mas eu não queria entrar por aí. Se fôssemos por aí, havia muito mais coisas... Por isso, volto a frisar que aqueles seis meses teriam sido suficientes, porque o castigo inicial não contou. Fomos afetados familiarmente, financeiramente... Lá está, a sensibilidade das pessoas também não foi muita. Acabaram com uma carreira de muitos anos dedicada à arbitragem.

R – Pelo que está a dizer a suspensão foi injusta?

JC – Para mim, sim. Sem margem para dúvidas.

R – Considera então que a equipa de Jacinto Paixão, da qual fazia parte, foi o bode expiatório de todo o processo?

JC – Sem dúvida. Se pudesse perguntar a muitas pessoas, a opinião será sempre essa.

R – Então num processo de corrupção, que envolveu entre outras coisas, o serviço de prostitutas, a corda só partiu para o vosso lado?

máfia disse...

R – Por que é que decidiu regressar à arbitragem esta época nos Distritais? Não seria mais fácil continuar de fora?

JC – Isto foi muito ponderado. Não tenho nada a esconder. Sou o mesmo de sempre. Ninguém me pediu nada e não dei nada a ninguém. Pode ser que assim as pessoas entendam. É a única forma de passar uma mensagem a algumas pessoas.

R – Quem são os destinatários da sua mensagem?

máfia disse...

Conversa entre Fernando Gomes e António Araújo



25/2/2004



AA: Estão aqui três deusas! Você não tem como arranjar esses três bilhetes, ó doutor?


FG: Ó Araújo! Eu só tenho hipótese de arranjar três bilhetes...


AA: Pagando, eu pago!!


FG: Ó pá... que é das tribunas de sócios, são 25 contos cada uma...


AA: Hiiii...!!!!


FG: Ó pá mas depois fazemos... é... é daquele assunto que falámos, não é?


AA: É, é...


FG: Ó pá depois quando meter a factura, a factura da, da, da... das outras despesas de, de... de restaurante, mete isso


AA: Está bem doutor.


FG: Percebe? É melhor assim


AA: Mas sabe porquê? Porque...


FG: Mas é melhor assim.


AA: Ãh??


FG: Mas faça assim: vá ao 14º andar...


AA: Hum...


FG: Ao 14º andar... fala com a Manuela Cunha


AA: Manuela Cunha... ???


FG: Manuela Cunha e eu dou-lhe a indicação que o... que o Araújo vai lá buscar isso às três horas ou às duas e meia


AA: OK, está bem.

máfia disse...

Conversa entre Pinto da Costa e António Araújo



24/1/2004





PC: Estou, senhor Araújo?


AA: Estou... eu já estou a chegar senhor presidente


PC: Depois o senhor já não pode falar com ele


AA: Não não, eu já... eu já... já falei o que tinha a falar


PC: Não sei se falou tudo...!


AA: Ahhh, pronto! Está bem está bem


PC: Tá, até já


AA: Até já até já

máfia disse...

24/1/2004


FC Porto-Estrela da Amadora, 2-0 (19.ª jornada)


Horas antes do início do jogo, o empresário de jogadores, António Araújo, pergunta a Pinto da Costa se pode mandar entregar fruta de dormir (prostitutas) para a equipa de arbitragem do jogo, liderada por Jacinto Paixão. O presidente do FC Porto concorda e diz que já foi mandada. Ambos combinam encontro no Estádio das Antas. António Araújo pede a Fernando Gomes, administrador do FC Porto, bilhetes para três "deusas".

máfia disse...

aqui..

http://geracaobenfica.blogspot.com/2010/10/trocar-o-essencial-pelo-acessorio.html


Ontem no Comunicado do SLBenfica liamos também que "o Apito Dourado ainda não acabou", dado estarem no Tribunal da Relação os recursos em apreciação. (JÁ ME ESCLARECERAM NÃO SER POSSIVEL NESTE CASO, MAS IMAGINE-SE UM PROCESO QUE) como é apanágio da justiça portuguesa, se um processo saltar até ao Supremo Tribunal Administrativo. Atentem nesta informação deixada nos comentário do GB: O STA é "presidido por Lúcio Barbosa, um grande amigo de Pinto da Costa e de Valentim Loureiro. Tanto que, em 2004, foi vice--presidente do FC Porto e até recebeu o Dragão de Ouro, em 2007. Além disso, sempre que o líder dos dragões precisa de testemunhas, Barbosa é quase sempre arrolado. Foi, por exemplo, o que sucedeu, em vários processos do ‘Apito’. Além do cargo que exerceu no FC Porto, o juiz também já foi presidente dos conselhos de Disciplina e de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, sempre indicado pela Associação de Futebol do Porto"