sexta-feira, 6 de maio de 2011

linear

a quente diz-se e escreve-se muito, muito disparate. reservo-me, por isso para outro dia. gostava, apenas, de partilhar o meu profundo desgosto pela pior derrota a que assisti ao vivo.

14 comentários:

sotilmae disse...

Inespugnabile, nestes dias fui metendo o 'bedelho' no vosso blog. À parte um ou outro insulto que não relevo, achei a conversa "civilizada". Não te conheço. Dou os teus escritos por uma pessoa que pensa, na minha modesta opinião, como deve ser, com os pés no chão, criticando quem deve ser criticado, com paixão pelo teu clube. Não é o meu, como está bom de ver.

Sou de Braga e vivo o meu clube em todas as horas. Como podem perceber, hoje especialmente. Espero ardentemente que não seja a última festa desta época.
Acabei de vir da festa e irradio uma imensa alegria, uma felicidade difícil de explicar em palavras. Imagino que o contrário se passa; a tristeza que dói também não se explica, sente-se.

Os problemas do Benfica não me aquecem nem arrefecem; só quando se cruzam com os de Braga. O ano passado achei que trataram mal o Braga com a questão dos castigos, sobretudo a de Vandinho que ainda está por explicar. Adiante.

Estou feliz! Mas não tenho o hábito de desrespeitar a dor dos outros (mesmo quando já senti isso muitas vezes; e digo sinceramente, sobretudo, vindo de Benfiquistas). Aquilo que eu costumo chamar de uma dita "superioridade moral", que para tê-la não se apregoa, pratica-se.

Por isso, como conterrâneo de Braga e adepto do meu clube de coração desta cidade, dou por encerrada a minha passagem fugaz por este blog.

Viva o Braga; viva o Benfica.

PS. Éspero passar por aqui para festejar a vitória do Braga na Liga Europa. Sei que é difícil; mas para lá chegar também foi. E depois de estarmos lá, podemos esperar tudo. Eu vou estar lá (assim espero)!!
Vou realizar um sonho, o sonho a que todos temos direito. Vou ter esse privilégio; é por isso que o futebol é do povo e deve ser o povo a ditar os seus destinos e não uns quanto burgueses que se servem dele. Também os há em Braga; mas como vão dando umas alegrias a gente vai desculpando (o mesmo fizeram o ano passado aos vossos dirigentes, que agora tanto criticam).

Saudações desportivas. De um bracarense feliz, não com a vossa tristeza, mas com o trabalho, a humilde, a força de um grupo de jogadores, uma massa associativa que uniu-se em torno de um objectivo difícil mas não impossível. E o sonho continua!

Capo Rosso disse...

Caro Inespugnabile, como sabes partilho a tua dor. Mas, o que me dói mais é realizar que as bazófias do Vieira, do Jesus, e Cia. nos fizeram um alvo fácil.
As arbitragens (sem dúvida, vergonhosas no início), as bolas de golf e os sacos de pedras, não podem ser desculpa para tudo. A verdade é que não jogámos nada.
Eu sei que perdemos o Di e o Ramires (e, depois, o David Luiz). Mas, o que eu vi foi um grupo que deixou de o ser... Não fomos equipa.
E, para mim, é isso que temos de perceber: porque é que não o fomos. Eu tenho a minha opinião. Acho que devemos discuti-la fora da blogosfera. Aqui, nada se resolve v

Passaralho disse...

...'uma dita "superioridade moral", que para tê-la não se apregoa, pratica-se'...

Perdoa-me pegar na tua frase, mas...

Quero ver agora aquele senhor vice-presidente do SLB no programa da SIC.

É que uma das únicas vezes que lá passei, estava ele a gabar-se que ainda podia ganhar a Taça de Portugal e o porto já não, e a massacrar o queque do Lumiar com a história do ano do quase...
Como é que será agora?

Já agora, não se pode fazer nada para alterar a linha editorial da BenficaTV? E alguns comentários/comentadores?
É que aquela merda a maior parte das vezes dá-me vómitos, a mim.
E é o meu dinheiro que ali anda.
Se não fossem algumas transmissões, de amadoras e dos miúdos, que vejo sem ou quase sem som, acho que apagava o canal da grelha...

Cumprimentos,
Benfica Sempre!

Seismilhoesum disse...

Ao Sotilmae .....

Um clube com o o Braga, eliminar o Sevilha, o Celtic, o Liverpool, o Dynamo de Kiev e ... o Benfica .,..... fantástico!
MAASSSSS ... crescer não significa afrontar sem razão.
Escreve que não entendeu os castigos do ano passado .... pois eu não entendo como é que uma actitude do Di Maria, a muitos metros do banco do Braga pode dar origem a tais actitudes ..... mais a mais quando estavam a ganhar!
E foi o Benfica? Claro, na vossa mente só pode ter sido.
Então o Cardozo leva dois murros, de dois jogadores diferentes, que já nem deviam ter jogado por expulsão, a segunda parte, e o Braga é que foi prejudicado?????
E as fotografias deste ano? Também foi o Benfica, claro.

CsA disse...

Olhem ali para a cara de preocupados do Gaitan e Cardozo...

O Benfica já não tem IDENTIDADE !

(Já se percebe porque querem correr com o enorme COENTRÂO!)

Barrotes disse...

E dizias tu que o mestre da tactica estava a poupar a equipa.

csa disse...

A época passada o futebol de vocação ofensiva e a extraordinária capacidade do rolo compressor encarnado surpreendeu toda a gente tudo e todos ficaram de olhos em bico!
Mas em braga tinha de haver ratoeira tinham de fazer marosca para com o Benfica e dizer que a culpa e do Benfica pois foi o BENFICA QUE DISSE ao vandinho para levar cartão amarelo na luz e vermelho na pedreira [será que agora vai dizer ao filho o porque de andar sempre expulso para dizer a este grunho azul que sou e sempre foi mais de braga do que este miúdo, pois nasci em braga mesmo muito antes do mosquito ser do braga, mas nunca foi carneiro nem burro e nem fazem de mim alguma besta como algum parasita se quer fazer sentir [onde foi vender o mosquito os terrenos do braga, a quem foi vendida a bomba de gasolina onde foram vendidos os terrenos dos granjinhos ] que passou de ser sócio do scbraga a deixar de o ser!
Perguntem que fez ao scbraga o barroso hoje funcionário, este de braga se calha nem sabe quem e! Quem e o 'dito'hoje funcionário outrora corrido das antas e o que faz em braga, quem foi o ex falecido chico faria e que fez em braga, quem foi 'Jorge gomes' e que fez em braga quem foi 'rui águas' que fez em braga quem foi 'Humberto coelho que fez em braga, quem foi o Raul águas que fez em braga.
Quem foi o 'nelinho' e que fez em braga, quem foi carlos Manuel e fez em braga etc. etc.,

Mas dizer ou fazer ver a estes novos pára-quedistas funcionarios da pedreira e muita areia para as suas camionetas, são os novos-ricos cheios de gel e com os bolsos cheios de notas com tinta.

csa disse...

Aos acólitos desta seita virgem e ofendidos com os benfiquistas pois com os andrades não![pudera xularam o benfica em milhões e milhôes ] eles os andrades são da familia dos de braga, mas , mas olhem só isto e quem esta nas trafulhices quem são eles ,a quem alguns vermes bajulam no minho..


PORMENORES

DOIS MILHÕES E MEIO

A PJ apurou dois milhões e meio de depósitos bancários nas contas de Mesquita Machado, da sua mulher e dos seus filhos, durante os oito anos de investigação. Rendimentos declarados não ultrapassavam milhão e meio.

PRENDAS AVULTADAS

Há vários casos de depósitos em cheque nas contas de familiares de Mesquita Machado que partiram de empresários bracarenses. Dois deles, Domingos Névoa e António Salvador, afirmaram ser uma prenda de casamento.


foi arquivado o processo por não se saber quem e o corrupto nem o corruptor ..

simplesmente brilhante justiça esta no norte ....



Tudo o que se ouve falar e lê sobre eles é mentira, é falso, eles são realmente nobres ...

csa disse...

Mesquita Machado, presidente da Câmara de Braga há 32 anos, tem uma considerável fortuna pessoal e o seu ‘olho’ para o negócio parece ter passado para a família. Cláudia, Francisco e Ana Catarina, agora com 38, 35 e 31 anos, apresentam níveis de vida faustosos, bastante superiores ao rendimento que declaravam..

A análise exaustiva às suas contas foi feita pela Polícia Judiciária do Porto, após denúncia do vereador do PP em finais de 1999, que levou a que fossem passadas a pente-fino 10 anos da vida bancária do autarca. Nas 34 contas que o presidente da câmara, a mulher e os filhos titulavam foram depositados mais de dois milhões e meio de euros. De onde veio parte desse dinheiro é uma incógnita já que, todos somados, os rendimentos declarados pouco ultrapassaram o milhão e meio.

No entanto, até 1996, ano em que os filhos ainda não apresentavam declarações de rendimentos autonomamente, a família Mesquita Machado parecia viver de uma forma mais comedida. Mesquita auferiu rendimentos brutos, nesse ano, de 60 mil euros e a mulher apenas 7500.

Pedro e Cláudia, casados em 1997 (o genro é administrador-delegado de uma empresa multimunicipal) vieram dar um novo desafogo à família. Em 1998, declararam mais do que o pai e a mãe de Cláudia.

É, no entanto, Francisco – após a compra do café Astória e do negócio da loja comprada à Bragaparques e posteriormente arrendada à câmara – que catapulta a família Machado para outros voos. Logo no primeiro ano de rendimento, Francisco declara lucros de 300 mil euros.

As contas da família Machado mostram ainda vários depósitos em cheques, alguns de empreiteiros que trabalhavam no concelho. Inquiridos, todos os elementos da família deram explicações. Por exemplo, os dois cheques pré-datados de 10 mil euros entrados na conta de Cláudia e titulados por um dos donos da Bragaparques, Domingos Névoa, foram uma prenda de casamento; um cheque de cinco mil euros de Salvador, presidente do Braga, foi igualmente uma prenda de casamento; outros cheques serviam também para pagar dívidas que terceiros tinham contraído mas que aqueles não guardavam documentos porque avançaram com o dinheiro em momentos difíceis da vida dos amigos.

csa disse...

As explicações para as transferências são as mais variadas. Pedro Machado diz, por exemplo, que transferia dinheiro para a conta do pai porque aquele lhe ficara a dever. E quando o fluxo é inverso devia-se ao facto de os pais precisarem, eles próprios, de ajuda económica.

Outra particularidade: embora não apresentasse rendimentos muito elevados, Mesquita Machado e a família sempre revelaram grandes cuidados com as poupanças. Antes de os filhos serem autónomos, o presidente da câmara chegava mesmo a depositar 1/5 do que auferia em contas-poupança.

Mesmo assim um gosto especial é comum à família. São proprietários de boas viaturas (apenas Mesquita Machado não tem um único carro em seu nome) e donos de várias casas, em Braga e no Algarve. A PJ não conseguiu fazer o levantamento das embarcações, por falta de resposta das capitanias.

INVESTIGAÇÃO DUROU 8 ANOS

Há anos que a fortuna de Mesquita Machado é alvo das mais diversas especulações. No entanto, a investigação nasce de uma entrevista de Miguel Brito, então vereador do CDS/PP na autarquia bracarense.

Em Setembro de 2000, um jornal regional publicou as declarações do vereador demissionário, que assumia a pasta das Actividades Económicas. Directamente, disse que muitos funcionários camarários apresentavam sinais de riqueza incompatíveis com os salários que auferiam. As insinuações estendiam--se a Mesquita Machado e deram origem a uma investigação da Polícia Judiciária do Porto. Oito anos depois, em Novembro de 2008, após centenas de diligências e milhares de documentos reunidos, o procurador do Ministério Público de Braga arquivou o processo, por entender que 'não se consegue afirmar que foi este ou aquele quem corrompeu e determinar quem foi corrompido, ou sequer se terá havido corrupção'.


PRÉDIO EMBLEMÁTICO COM PREÇO DE SALDO

José Veloso é um empreiteiro bracarense que, a ver pelo exemplo do café Astória, não terá grande aptidão para o negócio. Proprietário, em 2000, do edifício onde se encontra instalado o histórico estabelecimento de Braga, Veloso decide vender o prédio a Francisco Miguel Machado, por 400 mil euros, quando o filho do presidente tinha apenas 27 anos.

sera que o empregado do mosquito ficou zangado por ser chamado de grunho azul....



PROPRIEDADES

ANA MARIA– Mora na rua de Bernardino Machado, 7. Outro prédio urbano em Braga.

CLÁUDIA (nascida em 1970) – Uma casa em Braga e uma em Quarteira.

FRANCISCO MIGUEL (nascido em 1973) – Duas casas em Braga e uma em Quarteira. Faz a primeira declaração de impostos em 1999 e declara 14 500 euros. No início do ano seguinte, compra o café Astória por 400 mil euros, para serem pagos em dez anos.

ANA CATARINA (nascida em 1977) – Compra por 450 mil euros a farmácia Coelho, na praça do Município, mais dois andares com lojas e águas-furtadas na mesma rua, entradas 65/66/67. Tem ainda em seu nome um escritório na rua Conselheiro Lobato, em Braga. Na compra da farmácia, Ana Catarina paga 150 mil euros a pronto.

csa disse...

mas não terminou a festa !..

LEVANTAMENTO DO PATRIMÓNIO FEITO PELA JUDICIÁRIA

CARROS: LEVANTAMENTO DO PATRIMÓNIO AUTOMÓVEL FEITO EM 2001.

CLÁUDIA

BMW 3-25 I Cabriolet – 1995

Mercedes Benz ML 270 CDI – 2000

FRANCISCO MIGUEL

BMW 346 L – 2000

Opel Corsa C Van – 2001

Mercedes Benz S320 – 1999

Carros em nome da Sociedade Agrícola da Quinta de Salgueiro de ANA MAARIA

Renault Clio – 1999

Mercedes Benz C250 – 1998

Fiat Tractor 50 66 – 1989

BMW 318 TDS – 1995



sera que a ferida esta aberta ou ainda vão dar sangue a legião...

Tenho muita pena mas quem não for do SPORT LISBOA E BENFICA faça o favor de dar a volta ao quarteirão e passe muito bem pois mentir e feio mas falsear a verdade ainda e muito pior ...
sendo assim este caso esta esclarecido e mais que esclarecido é com quem temos de contar de hoje parao futuro !nem mais um xavo para os da pedreira ,vão a banca das antas pode ser que o ex dr expregueira mendes lhes faça o favor de dar cheques em branco dos euros da banca que roubou aos milhoes e anda a passear nas ruas da invicta com os euros do povo sem nenhuma vergonha por parte das VIRGENS deste país ...

Viva o Benficaaaaaaaaaaaa sempre

j disse...

Túnel de Braga: o que eu vi (e o país) pelas imagens, foi o Cardozo levar 2 murros... e dois jogos de suspenção e nas imagens transmitidas pela SIC um ambiente de acalmia generalizada no interior do mesmo no acesso aos balneários posteriormente à confusão. Há imagens, não estou a inventar.

sotilmae disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sotilmae disse...

Disse que não escrevia mais aqui, mas para os detractores que não sabem fazer outra coisa (e para quem tiver pachorra de ler escritos de um ano atrás).

Só quero dizer o seguinte:
- Ney e Mossóro, para serem castigados, e bem, teriam que o ser na semana seguinte e não às portas do fecho do mercado em Janeiro.
- Vandinho em lado nenhum deste mundo merecia ser castigado. Quem disser o contrário está de má fé. Não há evidência nenhuma em lado nenhum e também foi castigado mesmo no fecho do mercado para destruir a dinâmico de uma equipa que se tornava numa ameaça.

Muito mais poderia ser dito, mas são adornos (do género, Cardozo foi castigado 2 jogos - certo! E o Moisés também não foi?). Não há imagens para os dois!
Para ver se percebem que há outras formas legítmias de ver os mesmos casos. A maioria das pessoas não fazem a maioria da razão. Fico por aqui...

1. Escritos anteriores ao jogo do Benfica

2. Sempre escaldante Braga-Guimarães

3. Mais futebol... com a época a acabar