segunda-feira, 27 de junho de 2011

É preciso escrever outra vez "cagalhão"?

Bem sei que é uma camisola do Benfica. Bem sei que já tivémos uma cor-de-rosa, uma amarelo torrado, uma cinzenta. Mas essas cores todas e mais esta não podiam ser o terceiro equipamento para o Marketing brincar?

O que é que custa ter uma camisola branca como equipamento alternativo? A força dos adeptos o ano passado fez o fundo azul sair da camisola deste ano. Está visto que no Benfica, é preciso os adeptos terem de dizer como se faz a quem supostamente gere. E isso é grave. Se é assim, teremos de fazer força para que o branco volte e depressa...

12 comentários:

luis disse...

...mas que "raios",aonde devia estar o escudo!!! levamos com o azulinho tmn, em ambos os equipamentos...?

joo disse...

desculpem mas é bonita, podia ser mais ainda se fosse branca mas é bonita

José Rodrigues disse...

também acho bonita. pra quem teve uma puta duma camisola cor-de-rosa esta é uma maravilha

Ginha disse...

Respeito o Mister D, pois acredito que todos nós preferissemos o branco, como alternativo, mas tenho que dizer que esta camisola esteticamente está um ASSOMBRO!

Pode nada ter a ver com o Benfica, mas está muito bem conseguida! Pena não ser o terceiro equipamento...

P.S - Chamar o que chamaste, a qualquer trapo que tenho o simbolo do Nosso Clube não me parece lá muito bem, mas isso sou eu...

Alberto disse...

O branco era mais bonito, mas esta camisola não é um cagalhão, até acho que o design está muito bom.

João disse...

Mister D,

100% contigo... estou-me cagando para o facto da camisola ser esteticamente bem concebida ou não.

Existe uma coisa que a maioria dos benfiquistas (incluindo LFV) parecem desconhecer e que se chama Estatutos do Sport Lisboa e Benfica.

O nosso simbolo (adulterado) numa camisola bege, preta, azul e verde (sim, o verde tb está lá) é um atentado à nossa história e aos estatutos do nosso clube.

A adidas (com a complacência da direcção) continua a tentar inventar o que já foi inventado há mais de 100 anos. Tenho para mim, que o Benfica irá pulverizar o record de vendas de camisolas quando regressar ao encarnado vivo, com o símbolo bordado no peito e o escudo no ombro. Por mim falo, que nunca comprei, e jamais comprarei, um equipamento oficial do Benfica conspurcado desta forma.

Pedro Alves Pereira disse...

O equipamento alternativo é um atentado ao verdadeiro manto sagrado, no entanto o ano passado conseguimos que o azul da TMN fosse retirada e porque nao este ano lutar para que o equipamento alternativo volte ao branquinho?! O pior vai ser o logo do patrocinador, mas seguem letras a preto a dizer MEO e temos o problema resolvido.
Estava camisol, mais parece um polo de FDS...

L. disse...

a camisola branca é a ideal, mas é preciso fingir que se é ingénuo para pensar que as coisas não são asism hoje, e que não é a adidas a decidir. o mundo funciona assim.

preferia o branco integral e o preto integral. sim. mas não concordo com a opinião do mister D.

feias? feias foram a cor de laranja, a azul escura da netC, ou a beje de ha tempos.

mas o design desta camisola e bem conseguido. o alternativo do ano paSSADO, repito, era muito, muito inferior, com aquela massa disforme azul escura no fundo alaranjado. esta é sóbria, pelo menos.

quanto ao azul tmn... é um apontamento feioso, la esta, ditado pelo patrocinador, o mundo funciona assim. mas pelo menos e menor e num sitio menos exposto que o ano passado na camisola principal...

quanto a pressao que os adeptos fizeram para que ele desaparecesse, acho muito positivo que isso tenha acontecido. foi um facto de uniao dos socios e adeptos. mas ai ja entramos em questoes de linguagem publicitaria e politica de comunicacao das marcas... e eu prefiro nao ir por aí.

L. disse...

resumindo:

o equipamento principal deste ano é muito melhor que o do ano passado.

o equipamento alternativo é melhor que o do ano passado, mesmo não sendo nada do que sonhamos.

Irons disse...

Por mim podia ter este Layout, mas em branco e com as letras da MEO em preto!

GM disse...

Nem no tasca lá do bairro, senhor. Nem na tasca lá do bairro..

pcm disse...

1. O "cagalhão" não vou comentar, porque dispensa comentários.
2. A camisola alternativa é melhor (pouco, mas melhor) que as últimas camisolas alternativas.
3. A camisola principal também é melhor (pouco, mas melhor) que as últimas camisolas principais.
4. Não sou fundamentalista, mas acho que devia existir sempre uma alternativa branca. Com a quantidade de competições, era possível ter uma alternativa interna e outra para a as comp. europeias, por exemplo (o que até já acontece).

Mas, para mim, o que é lamentável mesmo, é o emblema sobre aquele escudo branco, e a lógica (?) das estrelas que ninguém percebe (num ano são 3, no outro é uma, agora são 2). Sim, eu conheço as explicações, mas acho-as idiotas. A mensagem deveria ser clara, e não precisar de um livro de instruções. (Imaginem as discussões que as camisolas dos anos anteriores devem ter provocado entre adeptos estrangeiros: "então afinal estes tipos ganharam 3 TC?"; "juraria que o Benfica tinha duas TCE, mas afinal só tem uma", etc.)
Se querem estrelas junto ao emblema, é simples: duas estrelas nas camisolas usadas nas competições europeias. Se quiserem podem usar-se 3 estrelas grandes e 2 mais pequenas (dezenas e unidades) nas competições nacionais.

Em suma, todas as épocas as camisolas do Benfica me provocam aquele sentimento pessoano das "saudades do futuro" — "talvez para o ano..."
(Infelizmente acho que isto só lá ia com a Nike, que é quem as desenha melhor — inovando no respeito da história!)