quinta-feira, 31 de maio de 2012

A Ineficácia da Alternativa

"Os líderes que recorrem habitualmente à ameaça e à coacção para pretender conseguir os seus objectivos acabam por perder definitivamente a confiança dos subordinados. A visão de curto prazo, concentrar-se apenas na rendibilidade de curto prazo, leva à deterioração da qualidade do serviço e o envolvimento dos profissionais através de hábitos destrutivos como a falta de argumentação, a apatia, a resistência à mudança, quando não o confronto e a crise permanente."

in "Mourinho versus Guardiola - Dois métodos para um mesmo objectivo"

Política Desportiva

O Benfica, segundo o jornal do regime, prepara-se para contratar Michel (avançado) e Luisinho (defesa / médio), ambos do Paços de Ferreira.
Não havia nada de estranho nesta notícia se fossem efectivamente as posições onde o Benfica mais carece em termos de qualidade.

Se olharmos para o actual plantel do Benfica, sem contar com os emprestados, nota-se que faltam 1 defesa direito (para ser uma verdadeira alternativa a Maxi), 1 defesa esquerdo (já que Capdevila não conta para Jesus e Emerson e Luís Martins não oferecem a qualidade necessária), pelo menos 1 médio centro (Witsel, Matic e Aimar não chegam para 2 lugares) e 1 extremo direito (já que quisemos despachar Urreta, Enzo Pérez gozou connosco e Djaló foi contratado para ser feito "um grande jogador").

Olhando para o quadro de emprestados, é notório encontrar-se um defesa direito (Wass), dois defesas esquerdos (Shaffer e Carole), vários médios centros (Carlos Martins, David Simão e Miguel Rosa, por exemplo) e 2 extremos direitos (acima referidos).

As várias perguntas que se fazem e se deviam fazer eram:
- Os jogadores que estão emprestados têm condições para voltar à Luz? Se não têm condições, para quê o seu empréstimo e num caso mais extremo, a sua compra?
- A política de aquisições de jogadores para o Benfica segue algum critério, no que às suas características físicas e psicológicas diz respeito, mas também no modelo de jogo que o treinador da equipa principal pretende implementar na mesma?
- Existe uma propecção no clube que obedeça a determinado tipo de permissas onde estas características acima mencionadas estejam envolvidas?
- Qual é o papel da formação do Caixa Futebol Campus no que à integração no plantel principal diz respeito?
- Quais os critérios para a aquisição de jogadores profissionais para a equipa B do clube?

A estas perguntas, não há uma única resposta clara e concisa da parte de quem manda no futebol profissional do Benfica chame-se ele António Carraça, Rui Costa, Jorge Jesus ou Luís Filipe Vieira.
A estas perguntas, vamos sendo confrontados com as compras de Michel e Luisinho, ou Djaniny e Fidel, ou Barkroth e Lindelof, só para citar alguns.

A política desportiva da equipa de futebol do Benfica é assim que funciona. Ao sabor das comissões, dos empresários encartados e dos desvarios de um treinador que tem como objectivo "potenciar e rentabilizar", esquecendo-se do mais importante: ganhar!

Universidade de Verão

Silly Season #5

- O ex-mordomo do Papa resolveu fazer uma piadinha...

- Eu, sinceramente, espero que te fodas todo. Tipo assim:



Ele há cada filho-da-puta...

terça-feira, 29 de maio de 2012

O silêncio que é de ouro

O facto do Benfica ter sido campeão de basquetebol no Dragão Caixa abriu a "Caixa de Pandora" que estava fechada há algum tempo e que necessitava de uma vitória sobre o FC Porto para que de repente se soubesse que em Portugal, a verdade desportiva está aldrabada e que a fruta ainda manda e muito.

Comunicados atrás de comunicados, reacções atrás de reacções e o problema do Benfica (clube) ter falhado em mais uma época desportiva a ficar para trás. É esta a estratégia de quem governa, de quem manda, de quem usa e abusa do nome do Benfica para as suas negociatas próprias e de mais um quejando de bons rapazes que abanando a cabeça a cada palavra continuam a garantir o seu precioso séquito desprovido de qualquer espinha que se preze.

A somar a isso, contratamos uma "potencial" estrela holandesa por 9 milhões, salivamos por um jogador que cá esteve e que poderá vir, sem se questionar sequer outros negócios que houve com a mesma entidade empregadora e deixamos a "estrutura" trabalhar em paz, sem ser sequer chamada à razão.

As entrevistas já foram todas dadas, os comunicados já foram lidos e até aos blogs já lhes damos voz. E continuaremos assim, numa batalha perdida desde o início porque as nossas bases vão sendo deixadas ao acaso.



P.S. Nas últimas duas semanas, a blogoesfera andou numa lavagem de espírito, personalidade e querença digna de uma batalha da Idade Média. O que a mim mais me incomoda nisto é que é o nome do Benfica (clube centenário com valores, história e cultura únicos) a ser chafurdado na lama por gente que é incapaz de o saber representar. Chegarmos ao cúmulo de que só Vieira ou Veiga serem os "salvadores" do clube mostra que os valores do clube foram DEFINITIVAMENTE apagados da memória daqueles que se dizem "benfiquistas". O Benfica é, e será sempre, superior a qualquer empresário de construção civil ou a um ex-empresário de jogadores de futebol. O Benfica é maior do que este tipo de gentalha que vê na exposição pública os seus medíocres feitos. O Benfica terá de voltar a ser Benfica. E só o conseguirá quando as pessoas interiorizarem que o ADN do clube é literalmente diferente de outros ADN's que queiramos seguir...

Silly Season #4

Havia por aí um vídeo (- entretanto bloqueado -) intitulado "Linkin Park faz homenagem ao FC Porto Bicampeão!!!"... O vídeo retratava, em síntese, um jovem adepto da fruta a "botar" um cachecol no Chester Bennington. Ou seja, os rapazes não levaram o cachecol... Mas o mais engraçado desta "homenagem" é o facto de, no final da actuação, o Mike Shinoda perguntar ao Chester: "Chester, what you got there?" -, e este responder: "I have no idea...".

Homenagem, homenagem, é isto, ó andrades: Soulfly - Rock in Rio 2010 - cachecol do Benfica faz parte do equipamento (para os menos crentes, focar no minuto 5:10)!

Uns são, outros tentam...

Carlos Lisboa

O génio de Carlos Lisboa mantém-se intocável.

Carlos Lisboa sabe- provavelmente melhor que ninguém- o que é preciso para abanar o ânimo daquela corja até às suas fundações mais profundas. E fê-lo.

Leio com muita tristeza posts a criticar a atitude do treinador do Benfica. Leio com imensa alegria que a nação corrupta ficou bem ferida com aquela vitória. Ainda não pararam de falar da coisa, e para quem quis desvalorizar um título de basquete, contrapondo-o com o título de futebol, não está mal.

Carlos Lisboa representa o "velho Benfica", o Benfica que olhava os tripeiros nos olhos e os mandava para o caralho sem ter medo da reacção.

Carlos Lisboa sabe que antagonizando aquela corja e resistindo à reacção deles durante um curto período de tempo, o medo reverencial que têm ao Benfica vem logo todinho à tona.

Porque no fundo é isto, eles atacam porque sabem que a malta não responde. E se responde, já não reage ao contra-ataque.

Obrigado, Lisboa. Obrigado por teres ressuscitado aquelas tardes nos pavilhões onde se cantava"cheira bem, cheira a Lisboa", por teres ressuscitado as entradas à séria do Ângelo, Coluna, Artur, Mozer.

Por teres ressuscitado o jogador DE ÁGUIA AO PEITO, sem medo daqueles panufas que à mínima resposta contundente se cagam todos e se atrapalham num balbuciar bimbo, num retorno ao passado inferior, que pela força e corrupção tanto tentam esconder da História.

Obrigado, Carlos Lisboa, por teres devolvido o Benfica aos seus tempos de coragem, de fibra, de luta e de vitórias que vão muitíssimo para lá do jogo.

Há uma semana que somos o "Velho Benfica", vamos continuar!

Viva o Sport Lisboa e Benfica!!!

segunda-feira, 28 de maio de 2012

sábado, 26 de maio de 2012

Brutal!

Um gesto à Carlos Lisboa para o autor da segunda melhor frase do ano: "Burros são os que acham que a palavra 'coca-cola' tem quatro letras". Fiquei sem perceber se o referido autor prefere a "coca" ou a "cola"...

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Sugestão

Acho que a Taça devia ser entregue à equipa de basquetebol antes do jogo de hóquei.

Carrega BENFICA !!!


Um discurso no tempo certo?

Sobre o conteúdo, nada a dizer. As críticas são certeiras, faltou até, como referem o Cuore Rosso o inespugnabile, ir mais além. Mas sabendo que eles adoram este tipo de ambiente, sabendo que dentro de 15 dias se joga um importante Benfica - Porto em hóquei em patins, será esta estratégia a mais inteligente? As dificuldades são imensas, receio que abrir esta frente de batalha neste momento apenas sirva para as ampliar.

Preferia que o Presidente se tivesse preocupado apenas em transmitir a imagem de uma equipa à Benfica, profissional, humilde, lutadora. Recordar os problemas com lesões ao longo da época, a ausência do capitão, salientar o esforço do Doliboa nestes últimos jogos. Gostava que tivesse mostrado aos mais desatentos que esta modalidade se apresenta novamente ganhadora, que os tentasse recuperar para o pavilhão (para que os adeptos, onde me incluo, apareçam mais vezes ao longo da época, não apenas nos play-off). Relembrar que fomos ganhar a negra ao campo do rival, que após um longo jejum este é o terceiro campeonato em 4 anos e que o actual treinador é o mesmo que, enquanto atleta, conquistou 10 campeonatos em 11 possíveis. Se calhar Vieira fez isso, mas não estive lá e o que ecoa é diferente. E não sei se o Benfica lucra com isso. Os méritos desta equipa não são amplificados e é pena.

Para os incidentes bastaria um curto comunicado onde se referisse que os acontecimentos foram, afinal de contas, normais e que o nosso treinador já está habituado a receber troféus nos balneários daquela gente. Curto e simples. E a melhor resposta deixaríamos para dentro de 15 dias, criando um ambiente infernal no nosso pavilhão, empurrando a nossa equipa para um título que há tanto tempo nos foge e festejando com euforia mas dentro dos limites da civilidade.

Manifesto Anti-Papa

A devida vénia ao autor da frase do ano:

- "Um ladrão não deixa de ser ladrão por declamar poesia!"

Onde é que andavam?

Luís Filipe Vieira esteve bem. E com ele esteve bem que o fez estar bem. Mas é tarde.

Tenho para comigo que uma das maiores falhas deste época foi a estratégia de comunicação do Benfica - ou a falta dela - sendo que, ainda por cima, estará entregue a profissionais tidos como qualificados e pagos como tal. Apraz-me dizer "casa arrombada, trancas na porta". E não é de hoje.

Agora é que os árbitos roubaram?

Agora é que os tripeiros são indecentes a receber?

E em Braga? A violência que foi exercida e as tentativas de enxovalho que reparo mereceram? Zero. Pois não estavam em causas as excelentes relações entre presidentes... SE algum dia fosse mal tratado na casa de um amigo e este não fizesse nada, estava o assunto resolvido.

Espantará o final da nossa Gloriosa conquista - verdadeiramente gloriosa em face de toda a ambiência - quando o adjunto do galego desempregado (como é óbivo, irá a andar) é nem mais nem menos que o filho do apoiado presidente da F.P.F.? Convive-se com pais de pulhas? Acredita-se que houve mesmo uma zanga entre o porco-mor e Fernando Gomes e a sua cria trabalha na tripanagem?

O que é pior? Ingenuidade ou lascismo?

Infelizmente, sinto que é necessário encetar um novo combate no Benfica. Pessoalmente, queira uma revolução interna, uma auto-análise, que Vieira assumisse erros, que se retratasse em relação a Fernando Gomes e ao igualmente porco Vítor Pereira do apito. Mas não creio que tal sucederá.

Porém, tal como os comunistas fizeram em relação a Mário Soares, alisto-me desde já para combater por Vieira contra gentalha como Bagão Félix, aliados de Veiga, Jaime Antunes, António Tavares, António Figueiredo e outros que tais.

Entre dois males, deve sempre escolher-se o menor.

Se LFV sempre diz que o clube é dos sócios, está na hora de os ouvir que não a corja bajuladora que o rodeia e de quem se fez rodiar.

E o Rui Costa - treme-me a mão a escrever isto - ou bem que se define quanto ao seu estatuto no Benfica - até como benfiquista - ou será farinha do mesmo saco e, por este andar, para o ano distribui águas aos jogadores.

Em suma: Ganhar em hóquei; ganhar em futsal; entrar absolutamente vitorioso no campeonato (e a ladroagem vai ser incrível) e afastar espectros de instabilidade para o treinador e para a actual direcção que - assim se saiba renovar para melhor - deve continuar com a última oportunidade que terá.

E quem quiser estar fora disto, No Name´s incluídos, não estará a ser benfiquista.

Viva o Sport Lisboa e Benfica!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Parabéns ao Basquetebol!

"O Sport Lisboa e Benfica quer saudar efusivamente os novos campeões nacionais de basquetebol masculino. Mostraram ontem uma fibra só ao alcance dos grandes clubes que sabem honrar a sua História, os seus valores e a sua vontade ganhar que tornaram o Benfica imortal.
Mais uma vez, o querer, a raça e a ambição da equipa foram fundamentais para que, num antro claramente desfavorável e sempre cheio de ódio, o Benfica conquistasse o seu 23º título de campeão, reforçando o palmarés do clube, como sendo o que mais títulos tem na modalidade.
Quanto à entrega da taça de campeão no balneário, o Sport Lisboa e Benfica só tem a lamentar a atitude da Federação Portuguesa de Basquetebol, que conseguiu ser desautorizada de todas as formas e feitios.
O Sport Lisboa e Benfica agradece à secção de basquetebol mais uma alegria, a juntar a todas as outras, nestes últimos 4 anos."


O canal andrade teve medo...

CAMPEÕES!!!

Obrigações familiares impediram-me de assistir e sintonizar o canal andrade.
Agarrei-me ao relato via "sms" de um bom amigo do Restelo e do piazzanuova. Aqui fica o resumo:
- "Final 1 período: 17-19 vence o slb. Estes gajos deviam ser proibidos de jogar no seu pavilhão. Ou então porta fechada que era uma beleza." (bom amigo do Restelo)
- "Proibidos? O que é que se passa?"
- " Pá, o homem está na linha de lance livre e caem rolos de papel. Uma coisa são bracinhos no ar. Outra é perturtbar o jogo." (bom amigo do Restelo)
-"Ca gandas filhos da namorada do pinto da costa!"
- "Intervalo. 21-32 vantagem slb." (bom amigo do Restelo)
-"Fim 3 período 39-45. Com um bocadinho de inteligencia ganham isto." (bom amigo do Restelo)
- "Pois. Foi o que faltou no último domingo."
-" Pá, estou a ver a final do basket no porto canal. Os comentário, Nessuno. Os comentários...p.s-faltam 4.50, ganhamos p 1 pt" (piazzanuova)
-"Campeões!" (amigo velhinho)
-"CAMPEÕES!!!" (piazzanuova)
-"Final 53-56. São campeões, parabéns." (bom amigo do Restelo)
-"Tomaaaaa!" (Cuore Rosso)

SOMOS CAMPEÕES!!!

Um dia...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Como manda a tradição



Campeões na Invicta, Taça entregue no balneário!!

CAMPEÕES!!!

NO ANTRO QUE É A POCILGA DA CAIXA, LISBOA PERFUMOU A BIMBOLÂNDIA!

CHEIRA A CAMPEÕES! CHEIRA BEM, CHEIRA A LISBOA!!!

CAMPEÕES! CAMPEÕES! CAMPEÕES!

VIVA O SPORT LISBOA E BENFICA!!! VIVA!!!

Silly Season #3

"Se não tivesse a colaboração da minha administração, da direção e do departamento de futebol nas pessoas do Reinaldo Teles e do Antero Henrique, garanto-vos que não teríamos tantas vitórias".

ps: Se alguém precisava de uma validação das escutas, eis as palavras de Sua Santidade.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Silly Season #2

A minha "omenagem" aos viscondes (de domingo):

Silly season

A minha "omenagem" ao Alan:

Factos, nuvens, opiniões e palpites

Vieira vai ganhar- facto.

Sem oposição credível- facto.

Diz-se por aí que Veiga manobra um outro Movimento- nuvens.

Vieira fica, mas tem de mudar a SAD- opinião.

A guerra aberta na internet lembra a Grécia, mudar a todo o custo, sem olhar a consequências-opinião.

Ola John é agora Adeus John- palpite.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Porque no te callas???

Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do Benfica, revelou que esteve na Holanda a negociar um jogador. Tudo aponta para que se trate de Ola John.

Vamos recordar

Tendo em conta o que - ainda - por aí se escreve e comenta, começo a achar que alguns (muitos) não seguiram o campeonato 2011/2012.

Ora vamos lá recordar este esclarecedor apanhado:



Ora bem!

Diz que para ver o Glorioso na terra da minha Tia, Paço d'Arcos, vai para cima de 18 Euros...

PS1: Pelo menos, os bilhetes não estavam à venda na terra dos chocos fritos...

PS2: Afinal, parece que foi 'baile' da jovem que passou a informação. Diz que são 8 Euros.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Da normalidade

Apanhando a boleia do inespugnabile, aproveito, também, para esclarecer que não pertenço ao grupo de sócios (ditos normais), cujo lema, se bem percebi, passa por algo do género: "Vieira, não. Mas também não temos solução...".

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Mais guloseimas

O Papa vibrava! O público mandava o Lisboa para o caralho! E o Glorioso? O Glorioso encavava a fruta! Força rapazes!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Guloseimas...

Levar a sério as palavras do Papa, é como acreditar no Pai Natal.
Amanhã, eu também sei os números do euromilhões...

quinta-feira, 10 de maio de 2012

É isto! (2)


Entrevista à Revista Única, do Jornal Expresso, de 6 de Agosto de 2011

É isto!

"Isso faz parte da estratégia que foi arquitectada num almoço no Hotel Tivoli, antes de sair essa série de entrevistas, em que ficou combinado que o treinador Jorge Jesus daria uma entrevista para dizer aquilo que disseram por ele, tal como o director de comunicação daria outra entrevista e em que o responsável desportivo falaria na TV Benfica.
É óbvio que estratégias são estratégias, e esta foi a que foi seguida.
Espero que tenham almoçado bem, porque no Tivoli não se come nada mal, e portanto, faz parte da estratégia e eu acho que é importante para eles e é importante para o nosso sucesso, e por isso fiz o reconhecimento e o agradecimento ao jornal A Bola, que com as suas campanhas, é muito importante para que nós continuemos a ganhar."

Pinto da Costa, hoje à tarde.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Miguel Rosa

«Apresento-me no Benfica no início da época» - Miguel Rosa


Por muito, mas mesmo muito menos, veio Felipe Menezes para o Benfica e foi várias vezes titular. Até quando vai durar o suplício? Será que é por causa disto?

Para futura consulta

Os estatutos do Benfica versam desta seguinte forma:


CAPÍTULO VIII – FILIAIS, CASAS DO BENFICA E DELEGAÇÕES  
    
Artigo 74º  
Condições 
(...)
2. Os membros dos órgãos sociais das entidades supra referidas deverão, preferencialmente, ser sócios do SPORT LISBOA E BENFICA, sendo obrigatória esta qualidade com pelo menos um ano de associado para os membros que exerçam a presidência dos referidos órgãos.

SECÇÃO II - ASSEMBLEIA-GERAL
Artigo 51º
Constituição e atribuição de número de votos aos sócios

1. A Assembleia Geral é constituída pelos sócios efectivos e correspondentes com mais de um ano de filiação associativa cabendo-lhes, em todas as votações salvo expressa indicação estatutária, o seguinte número de votos:  
a) Sócios com mais de um ano de filiação associativa e até cinco anos – Um Voto;  
b) Sócios com mais de cinco anos de filiação associativa e até dez anos – Cinco Votos;  
c) Sócios com mais de dez anos de filiação associativa e até vinte e cinco anos – Vinte Votos;  


2. Aos sócios efectivos com mais de vinte cinco anos de filiação associativa são atribuídos Cinquenta Votos. 

3. O número de votos atribuídos aos sócios, nos termos dos números anteriores, releva também para efeitos de requerimentos, pedidos de convocação de assembleias-gerais, propositura de candidaturas e referendos.

Artigo 52º
Número de votos das Filiais, Casas do Benfica e Delegações

As Filiais, Casas do Benfica e Delegações a que se  refere o Capítulo VIII dos presentes Estatutos poderão tomar parte nas reuniões da Assembleia Geral, representadas por um delegado, devidamente credenciado, cabendo-lhes o seguinte número de votos:

a) Filiais e Delegações – Vinte Votos;
b) Casas do Benfica – Cinquenta Votos.

Ou seja, imaginemos que um dos muitos Presidentes de uma das Casas do Benfica é sócio há ano e meio do clube e é mandatado por essa mesma Casa para ser o delegado. Como sócio do Benfica tem direito a 1 voto, como Presidente (ou delegado) da Casa do Benfica tem direito a 50.

Fantástico, não é?



Das duas uma:...

...ou a Direcção não sabe reagir às críticas; ou a Direcção está-se a cagar para isto tudo (o que me parece bem mais preocupante). Bilhetes à venda no choco frito stadium?...

...se calhar são as duas...

terça-feira, 8 de maio de 2012

Incompreensível...

Não quero acreditar que isto seja verdade.

Por falar em maus hábitos...

...ainda no outro dia o fernando, o miguel e o joaquim estiveram a almoçar num conhecido restaurante lisboeta. O jorge...não o vi...

Maus hábitos

Preparem-se que este vai ser grande. Antes de mais, uma referência ao "Lá em Casa Mando Eu" e a um post que diz muito do sentimento que vai tomando conta de muita gente hoje em dia.
Sendo assim, vamos a isto.

Desde que formei com o inespugnabile o Ndrangheta em 2005, que mantive sempre a minha coerência e que um dos factores para a constituição do blog seria a minha crítica a Vieira e a tudo o que ele representa. Como é óbvio, nas poucas coisas que ele fez e que a mim me satisfizeram enquanto ele é Presidente do Benfica, não tive pejo em elogiar o trabalho ou a situação em causa.
Mas não me esqueço tão facilmente das coisas. Não me esqueço de como Vieira contribuiu para o declínio do Benfica, ao servir-se de clube satélite do FC Porto, permitindo que jogadores que tinham saído do Benfica, fossem parar às Antas com a maior das facilidades.

Vieira fala sempre do sistema, mas contribuiu para ele. Contribuiu como Presidente do Alverca, contribuiu com um contrato ruinoso de 10 anos com a Olivedesportos, porque precisava de dinheiro, como qualquer Beira-Mar ou Gil Vicente que se preze. Privou com as principais figuras do sistema. Apoiou recentemente a direcção da Liga e depois da Federação que tinham pessoas relacionadas com o processo "Apito Dourado", que visavam prejudicar o Benfica e nada fez. Ele sim, também é cúmplice.

Virão os mais defensores dizer que temos um Estádio novo, um Centro de Estágios e um complexo desportivo de fazer inveja aos nossos rivais. Sim senhor, a única parte nova que temos em relação ao passado é mesmo um Centro de Estágios para a formação de futebol, porque já tínhamos o mesmo parque desportivo. Ficámos com uma dívida maior para poder pagar este novo complexo desportivo, e mesmo assim, os resultados desportivos (aquilo que fazem um clube andar para a frente) não apareceram.

"Foi preciso tempo para recuperar o Benfica!" é a frase mais ouvida. Mas mesmo nesse tempo, conseguiu-se ganhar campeonatos, portanto, nós soubemos ganhar, soubemos fazer ganhar, o que falhou para não se manter o ritmo e a bitola? "O sistema!" é sempre a resposta, acompanhada agora dos árbitros.

Estamos a ficar com maus hábitos. Hábitos que não honram nem dignam a história de glória e vitórias de que foi feito o Benfica. Valores que se perdem com pessoas que não sentem o clube em posições privilegiadas de acesso à informação e à forma de funcionamento do clube. E achamos tudo normal, porque no fim de contas, são profissionais que estão a tomar conta de um clube mais virado para a actividade económica do que para a actividade desportiva.

E é aqui que o futuro sustentado do Benfica encontra o seu "muro". No basquetebol, dois títulos. No andebol, um título, despedimento imediato do treinador e a travessia no deserto nestes últimos 4 anos. No voleibol, dois anos seguidos a ser líder do campeonato e a baquear no último jogo do play-off. No futsal, dois anos sem ver o campeonato, mas com uma UEFA Futsal Cup. No hóquei, nem é preciso falar.

E com o passar dos anos, o argumento de sempre. A salvação do clube, a sua quase extinção e falência, mas no entanto, havia sempre 4 milhões de euros para se gastar num Balboa ou num Makukula para satisfazer caprichos de Presidentes, Treinadores e Dirigentes. 

Os hábitos de vitória vão-se esfumando e o critério de exigência do que é o Benfica não existe. As palavras dos mais velhos servem para denegrir. Quando alguém apresenta ideias, o discurso é de que há sempre alguém a trabalhar nisso e depois não se vê o resultado. As previsões dos "roubos" são sempre previsíveis, mas não se actua em conformidade. E com isto, os hábitos vão mudando.

E com os hábitos a mudar, é fácil de ver que o Benfica actual quer tentar vencer como o seu principal rival vence. Mas há aqui uma diferença muito grande. O ADN do Benfica não se coaduna com os valores evocados pelo clube do Freixo. E por isso, o Benfica não pode conseguir saber ganhar como os outros ganham, porque não faz parte do seu ADN, da sua essência. O Benfica ganhava porque era (e é) o maior clube de Portugal. Porque as suas equipas arranjavam força na massa humana que os acompanhava para todo o lado, como ainda hoje faz. E porque tinha na sua estrutura, pessoas que sentiam o clube, que faziam passar a mensagem do que era representar a equipa, da sua história, dos seus valores. Hoje, o Benfica serve essencialmente para trânsito e para o enchimento dos bolsos de uns quantos, que se pavoneiam por estúdios de televisão, pelos camarotes do Estádio e pelos microfones em punho que lhes põem à frente a pedido expresso.

Por isso, a minha espinha não dobra. O meu ADN está cá. Não é como muitos. Que vêem nas críticas o "falar mal" (característica tão portuguesa), que querem mostrar a quem manda (e que muito teimosamente, não ouve) que há outras alternativas, que há outras ideias, que há outros objectivos, bem diferentes com o mesmo sentido de vitória. 

Quando o Benfica colocar as pessoas certas no lugar certo, com as suas funções delineadas e com liberdade para actuar, acredito que será imparável em Portugal e que não haverá sistema que o derrube.
E basta também as pessoas perceberem que há ciclos para tudo e que ninguém é eterno. E que um dos valores do Benfica é a humildade, tão em falta nestes últimos tempos e que é um factor precioso para quem quer ver os seus erros e tenta corrigi-los.

Por isso, espanta-me ver uns quantos elementos do Benfica a quererem, eles próprios criar divisão. Impedir o livre arbitrio e liberdade de pensamento para um Benfica melhor. Tentar convencer-nos de que a causa é um efeito já expectável, mas que não conseguimos lidar com ela. E isso incomoda-me, porque esta gente não é do Benfica, mas sim de quem lhe paga. E assim, a espinha dobra...


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Nuno Peralvas, tu consegues!

Depois da semana passada, teres entrevistado Jorge Jesus.
Depois de esta semana, calhar o João Gabriel.
Para a semana, teremos Luís Filipe Vieira ou Rui Costa?

Quanto custa o branqueamento?

A evolução de JJ no Benfica










O Benfica alcançará esta época a pior percentagem de vitórias no consulado de Jorge Jesus. A cada época que passa o Benfica vence menos jogos e o mesmo se passa relativamente ao número de golos marcados, ainda que a quebra nesta época seja menos acentuada.

O registo defensivo melhorou bastante relativamente à época passada.

Esta será a época em que o Benfica de JJ regista maior número de empates.

Quem não se sente...

Aqui fica a minha sentida homenagem aos jovens que, no sábado, acharam genial entoar o cântico desta escumalha. Bom proveito.



 
Para a próxima, levem o equipamento azul e branco.

O star system da desresponsabilização

Só no Benfica é que o director-de-comunicação-que-o-deixou-de-o-ser-para-o-voltar-a-ser-depois-do-Benfica-se-tornar-cliente-da-sua-empresa-de-comunicação dá entrevistas e avalia uma época do futebol profissional. Eu diria que isto é papaguear mas, como todos sabemos, Vieira acabou com os papagaios há muito tempo...

João Gabriel, olhando à capa de um jornal em crescente descrédito e às citações que me deixam sem qualquer vontade de o adquirir, prossegue a famosa via da desresponsabilização. A maioria vai agarrar na colher e comer a sopa porque "querem ver que o homem não tem razão no que diz?". Fará uma pequena crítica porque "começámos a falar tarde". Continuemos então a pegar numa só parte para avaliar o todo: a culpa é sempre dos outros e cá em casa está tudo bem.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Perguntas que importa fazer (I) - A bem do Benfica

Quem é Pedro Guerra?
O que faz?
O que o torna tão especial na Benfica TV?
Que méritos é que se lhe conhecem como benfiquista?
Que qualidades tem para ser entrevistador?

Quem souber, que responda...

Das entrevistas

Jorge Jesus e António Carraça deram ontem entrevistas. Um ao jornal A Bola e outro à Benfica TV.
Estranho como as entrevistas de balanço de época são feitas antes da época acabar e antes dos objectivos estarem atingidos.

Nas duas entrevistas, pontos em comum:

- O Presidente anda a fazer um extraordinário trabalho, esteve sempre presente nos bons e nos maus momentos
Eu acho que aqui há uns certos equívocos. O Presidente não fez um extraordinário trabalho e não esteve presente nos bons e nos maus momentos. Só esteve presente nos bons.

- A culpa do Benfica não ser campeão é por causa dos árbitros e dos seus critérios
A culpa do Benfica não ser campeão é a de termos uma "estrutura" (como lhe chamou várias vezes na entrevista Carraça) que sabia o que aí vinha e nada fez para evitar o descalabro. A culpa do Benfica não ser campeão é a de que a humildade, o querer e a vontade de vencer não existiu em jogos em que estas vertentes eram necessárias e não foram aplicadas. A culpa do Benfica é fazer passar a ideia de que se não fossem os árbitros (esses malvados), o título tinha sido um passeio...

- A próxima época já está a ser preparada há muito tempo
Folgo em saber que os erros vão-se manter. A soberba vai-se manter. A arrogância típica de quem se acha o melhor treinador do Mundo e arredores vai-se manter. E a incompetência também. Mas desta vez, vem com relatórios apresentados à SAD e com a sensação de que o futebol é, hoje em dia, uma actividade económica. E sendo uma actividade económica há que fazer dinheiro com o mesmo, hipotecando assim o sucesso desportivo. E além disso, voltamos aos discursos de querermos ganhar a Champions, devido à mesma estrutura que conseguiu em dois anos, ser "comida" internamente da forma que foi.

No fundo, a "estrutura" que rege o futebol profissional do Benfica segue imparável, sem que ninguém os faça prestar contas convenientemente. E seguirá imparável na medida em que os que exigem, os que sofrem, os que contestam, ou são apelidados de "abutres", ou não são do Benfica ou são identificados e detidos num espaço público.
Também foi assim de 1928 a 1974. Depois, tudo mudou...

Curtas

. Viscondes "opados" pelos chineses. Sá Pinto Fole Evele!

. Leiria não vai à Catedral com os juniores. Podem vir com oito...

. Carraça diz que 40 ou 50 foram vaiados por 40.000 mil. Eu, que estava lá, ouvi mais de 40 ou 50 a vaiar um ou dois...

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Papas e Bolos - versão light

O Presidente andava desaparecido até ter aparecido ontem a falar, no seu gabinete à Odivelas TV. E falou a esse espectacular órgão de comunicação social para dizer, entre muitas coisas, que Susana Amador, a presidente da câmara de Odivelas ficará na história como a presidente que acabou com o Odivelas FC. Ou seja, tivemos um Presidente do Benfica a falar a um órgão de comunicação social local sobre um clube local, sobre a presidente da câmara desse local e sobre os pavilhões e demais obras (matéria onde o Presidente do Benfica é catedrático) desse mesmo clube local. 

Também falou sobre o Benfica (afinal, ele é Presidente do mesmo) para dizer que "quando chegou ao clube, o mesmo estava falido!" e que teve de olhar para o passado e cuidar do presente para pensar no futuro. Confuso? Não! Aliás, basta olhar para as contas da SAD para ver que o risco do clube voltar à falência está muito perto. Mas temos esse argumento espectacular de ter crédito junto da banca. Eu também acho! É crédito atrás de crédito até ao crédito final!

E acaba com a pérola, sobre a construção do museu, "uma promessa aos sócios", que será inaugurado em breve. É estranho que o local do novo museu tenha sido um stand de carros durante este tempo todo e só agora se consiga juntar as taças todas de um clube como o Benfica para se cumprir uma promessa aos sócios. Foram precisos 10 anos para um local no complexo da Luz ter um stand de automóveis e agora servir para albergar toda a história do clube. Brilhante, sr. Presidente, brilhante!

Ou seja, depois de mais uma época a todos os níveis extraordinária, fazendo com que os nossos rivais ficassem a 6 campeonatos dos nossos, o Presidente opta por falar no Odivelas, em falência do clube e no museu. Boa!

Mas a campanha de limpeza do "barulho" que houve desde domingo continuou nas páginas d'A Bola de hoje, em que o treinador do Benfica fez a sua habitual limpeza de charme, com o beneplácito do que era antes uma referência do jornalismo desportivo português e é agora uma rameira fina, habituada aos mais variados bordéis portugueses.

Não foi José Manuel Delgado o entrevistador, mas sim um Nuno Paralvas, que costuma acompanhar o clube, e se virmos bem as três primeiras perguntas, eu ia jurar que as mesmas tinham sido previamente combinadas, mas isso sou eu que vejo teorias da conspiração em todo o lado.

A análise virá a seguir, noutro post.

Para acabar o dia em bom, fala o António Carraça, à Benfica TV, às 19 horas. Certamente, orgulhoso do trabalho que fez esta época...

Silly season

Sim, eu sei que a silly season começou mais cedo e tal...Mas há coisas que eu gosto de deixar bem esclarecidas: Sr. Presidente, não, não e não.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

50 anos

Benfica 2012/2013

Duas notas: Vieira lê o Ndrangheta, Faria não. É pena.

On to the next one: Paulo Bento para Treinador do Benfica.

 Já sei que esta proposta me vai pôr as orelhas a arder. Há muita gente no Universo Benfiquista que nem pode ouvir falar do homem. Eu vou pelo currículo profissional:

- 4 vezes vice-campeão com equipas de putos e outros tantos merdosos. É que eram mesmo equipas bem abaixo das do Benfica à época.

- Defendeu com unhas e dentes o clube de então, afrontou o Sistema.

-Lança jogadores jovens e sabe fazer a ligação com as camadas jovens.

-É um treinador que não tolera vedetas nem calões(para mim isto é de um valor INESTIMÁVEL)

-Raramente perde jogos entre os grandes.

-É Benfiquista.

Agora é fartar, vilanagem!!!