sábado, 30 de junho de 2012

Faltam 2 dias

Mas o Presidente do Benfica já começou a preparar o festival de humor que promete ser a próxima temporada. Ontem, em mais uma acção pública na angariação de mais 50 votos (com a "remodelação" da casa do Benfica de Peniche), o sr. Luís Filipe Vieira disse o seguinte: 

"Vamos arrancar para a nova época com humildade, mas também com confiança, sabendo que – independentemente do folclore dos jornais – vamos contar com um plantel de enorme qualidade e com muitas soluções. Um plantel que qualquer Clube na Europa se orgulharia de ter."

Cá está, falamos em humildade, mas ao mesmo tempo temos um plantel de enorme qualidade e que qualquer Clube na Europa se orgulharia de ter. 
Esquecemos o folclore dos jornais, mas damos entrevistas exclusivas aos mesmos que potenciam o folclore, deixando o próprio treinador do clube falar sobre jogadores que nem sequer pertencem a esse plantel de enorme qualidade.

"Um Clube como o Benfica sempre se construiu em função dos seus sócios, porque no fundo sempre foram eles que projectaram o Clube, que o fizeram crescer e, em alguns momentos, tiveram a coragem de o salvar! Esta é a verdadeira riqueza do Sport Lisboa e Benfica, as suas pessoas!"

É pena que a verdadeira riqueza que trabalha no Sport Lisboa e Benfica seja ocupada por pessoas que de sócios têm muito pouco ou nada. Que as principais decisões que são tomadas no Sport Lisboa e Benfica sejam feitas por pessoas a quem falta a grande essência do Benfica: o benfiquismo. E que essas mesmas decisões sejam tomadas quase sempre no sentido contrário ao que o benfiquismo deve ser ressarcido.

É bom ouvirmos um Presidente do Benfica falar assim dois dias antes de começar mais uma época desportiva da equipa de futebol profissional. Olhando para todas as últimas intervenções, sabemos qual tem sido o resultado final. 

quinta-feira, 28 de junho de 2012

terça-feira, 26 de junho de 2012

Redes para que vos quero

O Benfica anunciou hoje que Paulo Lopes vai regressar ao clube, depois de passagens por clubes tão extraordinários como Trofense e Feirense, por exemplo.

Com a saída de Eduardo, era mesmo necessário reforçar a posição de guarda-redes? E ainda por cima, com Paulo Lopes?

É que fazendo contas, o Benfica tem neste momento Artur, Mika, Júlio César, Oblak, Rafael Copetti, Bruno Varela e agora, Paulo Lopes. São 7 guarda-redes. SETE! 

Sabemos que Oblak irá para o Rio Ave e não sabemos para onde irá Júlio César e Copetti (se bem que nestes casos, a comissão já terá ido para outro lado qualquer). Sobram Bruno Varela e Mika, que em princípio irão para a equipa B.

A questão que aqui se prende é que continuamos a comprar para onde não nos faz falta. Argumentos não faltarão, se bem que se andamos a comprar para preencher listas da UEFA, como hoje tão bem ouvia, poderíamos ir buscar Pedro Hipólito, Jorge Cordeiro e Maniche, para termos em conta a questão da formação e a mesma equipa da qual Paulo Lopes fez parte.

Continuo a achar que Vieira tem razão: "Os jogadores são como os melões. Só depois de abertos é que vemos como são.". Mas mesmo assim, não serão melões a mais???

Silly Season #7

OPRÓBRIO!

Não há coincidências

António Oliveira esteve ontem num daqueles programas onde se grita mais do que se discute. E aproveitou para dizer aquilo que já anda a dizer há muito tempo. Que existe um sistema montado pela empresa do irmão (da qual ele já teve 50%) e que domina o futebol português. Sobre o assunto, várias perguntas me assaltam assim de repente:

- Se António Oliveira sabe deste sistema há vários anos, porque é que só agora é que resolveu denunciá-lo?
- Se António Oliveira não pode aparecer nos meios de comunicação social do irmão, porque é que insiste em aparecer nos outros que não lhe pertencem?
- Se António Oliveira sabe os nomes das pessoas do sistema, porque é que não os nomeia?
- Se António Oliveira sabe que o Benfica pode rasgar o contrato com a Olivedesportos, porque é que só agora é que o diz?
- Se António Oliveira não tem problemas nenhuns com ninguém, porque é que disparou em todos os sentidos ontem à noite?
- Se António Oliveira não tem tempo (segundo ele) nem interesse em ser Presidente de coisa alguma, porque é que ontem relembrou episódios anteriores de possíveis candidaturas à FPF ou à Liga?
- Se António Oliveira é assim tão "inocente", porque é que passa impune sobre tudo o que disse, em episódios em que o mesmo era envolvido?

Sejamos sérios! António Oliveira contribuiu para o que é hoje o sistema do futebol português. O tão famoso sistema que Luís Filipe Vieira teimou em apoiar duas vezes seguidas (uma para a Liga e outra para a Federação) e para o qual ainda não deu resposta aos sócios que o questionaram mais do que uma vez.

António Oliveira foi treinador do FC Porto e  foi Seleccionador Nacional por causa do sistema que agora se queixa. A isto chama-se "cuspir no prato onde se comeu". António Oliveira é tudo, menos inocente nas palavras que proferiu ontem e que já tinha proferido num programa da RTP Informação. E é por isso extraordinário que sempre que António Oliveira fala e revela alguns dos podres (mas que todos sabem) seja logo elevado à categoria de Salvador da Pátria.

Meus amigos, não é Salvador da Pátria nenhum. Não é Santo nenhum. E não é inocente. É tão criminoso e pertence tanto ao sistema como aqueles que ontem acusou sem pudores. Bem sei que não há coincidências, mas que existe por aí algures uma agenda escondida, disso não tenho dúvidas...

sexta-feira, 22 de junho de 2012

terça-feira, 19 de junho de 2012

Tiago Pinto, a barraca é tua desta vez!

Como disse anteriormente, o Tiago Pinto (entretanto identificou-se aqui no blog) foi um dos principais intervenientes na AG da passada quinta-feira. O seu blog vai já ali para o lado direito e o discurso que criou alguma urticária está aqui, devidamente identificado. 

"Exmo. Sr. Presidente da Assembleia,
Exmo. Sr. Presidente Luís Filipe Vieira,
Caros consócios,

Em primeiro lugar gostava de partilhar convosco a felicidade (e nervosismo) que hoje sinto ao falar perante vós. Nasci Benfica, morrerei Benfica e nesse dia se me recordarem como “um grande Benfiquista” dar-me-ei por feliz. Assim sendo, exercer este direito de falar numa AG do Benfica é um dos momentos mais marcantes da minha vida. Fiz 300 km para aqui estar, mas percorro esta distância tantas vezes que os 300 km de regresso não me assustam se ficar com a consciência tranquila de que neste momento difícil do Clube disse o que pensava.

Por isso aqui vai. Sr. Presidente começo por lhe sugerir uma homenagem a todos os Presidentes do Benfica, ao redor do Estádio, seria bonito termos estátuas ou bustos daqueles que foram os homens eleitos por nós e que lideraram esta enorme instituição. Até porque você fez por merecer esse estatuto de estatuável. Como o Sr. Presidente não se cansa de nos recordar foi consigo que construímos estas maravilhosas infraestruturas, foi por si que tivemos o caixa futebol campus, foi com a sua liderança que ganhamos credibilidade financeira e social, foi nos seus mandatos que revitalizamos a marca Benfica e, porque não dizê-lo, você também nos permitiu regressar aos títulos, no futebol e nas modalidades. Está aqui um sócio que votou sempre em si e sentiu, durante muito tempo, satisfação por isso.

Contudo, Sr. Presidente, ao contrário de outros grandes Presidentes, o Sr. não se questiona e interpreta mal as críticas daqueles que amam o Clube, como eu. O Sr. Presidente não se auto- avalia e já não procura no Benfiquismo a resolução para os problemas que surgem. Questiono-me se ainda está em condições para ser lider do meu Clube porque sinto que o Sr. traiu o Benfiquismo. Hoje gostava aqui que me provasse o contrário, respondendo às seguintes perguntas:

 1ª) Como posso eu acusar os árbitros de, mais uma vez, terem roubado e espoliado o Benfica no campeonato quando o Sr. Presidente esteve calado durante toda a temporada, não agiu de forma pró-activa e, pior do que isso, apoiou duplamente um homem da fruta para Presidente da Liga e da Federação Portuguesa de Futebol?

2ª) Como posso eu continuar a criticar clubes que usam as transferências de jogadores para pagar favores, para lavar dinheiro, para dar prendas a empresários quando o Benfica tem na sua folha salarial 70 jogadores profissionais de futebol? Como posso acreditar nas suas palavras de contenção económica quando vejo o Benfica pagar transferências e salários de jogadores que nunca irão vestir a camisola do Benfica? Como posso confiar na sua gestão desportiva quando você próprio, numa entrevista na RTP disse: “por vezes os jogadores são como os melões, só se sabe se são bons depois de abrir” ou “às vezes os processos de transferência são tão complexos que temos de comprar um mau para trazer um bom”?E mesmo com 70 jogadores ainda deixamos fugir Falcões, Danilos e outros para o inimigo...

3ª) Como posso eu continuar a orgulhar-me do Caixa Futebol Campus, do trabalho que lá se faz, de treinadores competentíssimos como Bruno Lage, dos jovens jogadores que vencem em Portugal e em torneios internacionais contra as melhores equipas do Mundo se depois os vejo – a todos – trocados por um qualquer jogador sul-americano sem qualidade? De que nos serve apostar e investir na formação se depois os nossos jogadores raramente chegam à equipa principal? É uma questão de política e não técnica como vocês querem fazer parecer. 

4ª) Como posso continuar a confiar em si quando me pejou esta direcção/administração de pessoas não Benfiquistas? Armou durante muito tempo o princípio do profissionalismo fazendo passar por incompetentes os Benfiquistas e o resultado está à vista: 2 campeonatos nacionais em 9 anos! Felizmente no Benfica somos muitos e bons e não faltam na praça Portuguesa Benfiquistas dedicados e que estariam na disposição de servir o Benfica colocando ao seu dispôr a sua competência. Mas o Sr. Presidente ignora os princípios do nosso Clube e foi preenchendo funções estruturantes do nosso Clube com pessoas que são de outros clubes e, nalguns casos, até já serviram outros clubes. E, já agora, já identificou o bufo? E o que lhe fez? 

5ª) Como posso defendê-lo a si, Sr. Presidente, quando nos anda a prometer há anos a desvinculação da olivesdesportos, potenciando assim uma nova etapa do futebol Português e nunca a concretiza? Mais, ainda se dá ao luxo de sentar ao lado de Eusébio uma pessoa que mais não tem feito do que roubar, no campo e na carteira, o Benfica? O mesmo se passa com Salvador, são amigos seus, não são amigos do Benfica. 

6ª) Como posso continuar a confiar na liderança de um Clube que apoia e trata bem uma claque como os No Name Boys quando precisa dela e depois proíbe a entrada de faixas e apelida-os de “abutres” ao serviço de outros interesses? Para que conste não faço parte da claque e nunca tive oportunidade de ver um jogo ao lado deles, mas repugna-me a forma como aquele grupo fiel e dedicado ao Clube foi tratado apenas por exercer o seu direito de protesto. Há ali gente que viu mais jogos ao vivo do Benfica que o próprio Presidente e, como tal, tem todo o direito de protestar e de gritar “O Benfica é nosso e há-de ser...” 

Felizmente Sr. Presidente continuo a defender o meu Benfica em todo o lado porque sei dinstiguir bem o Benfica daqueles que, temporariamente servem o Benfica. Você não é o Presidente do Benfica, é o Presidente em exercício do Benfica, esse lugar não é eterno e, ao contrário de outros clubes, aqui quem manda somos nós: os sócios! Como já referi, o Sr. Presidente deu-nos muita coisa, mas está a tirar-nos o essencial: o Benfiquismo! Não não somos nem queremos ser como os outros, nós somos Benfica! E o Sr. Presidente está no caminho errado e que, ainda por cima, nos traz derrotas...Já pensou, por um instante, que a sua principal bandeira é incoerente?! Ou seja, se o seu trabalho foi reconstruir o Benfica e dar-lhe solidez para depois poder chegar aos títulos, como explica que tenha ganho tantos títulos no 1ª mandato como nos dois restantes? 

Espero que catalize os seus esforços para uma reflexão profunda sobre o Benfica em vez de se preocupar com as opiniões divergentes que aparecem nos blogs (eu tenho um: chama-se benficadependente), na imprensa e na Benfica Tv. O Benfica já era uma democracia quando o país não o era e, como tal, não admito a ninguém que considere abutres Benfiquistas que têm opiniões diferentes. Abutres são todos os que não sendo Benfiquistas estão sempre prontos para nos atacar em momentos de debilidade, um exemplo desses é José Veiga a quem recuso chamar Benfiquista, mas também aí, Sr. Presidente, tenho algo para lhe dizer: foi você que o trouxe para aqui! Nessa altura, como em muitas outras, se tivesse ouvido os Benfiquistas nunca o traria... 

Termino admitindo que a minha relação com o Benfica não é saudável, é de total dependência. Futebol, modalidades, camadas jovens, história, como diz um grande amigo meu: “nem que seja uma corrida de caracóis, se tiver uma camisola do Benfica...tudo o resto é secundário...” Tudo é secundário em relação ao Benfica porque o Benfica é uma ideia, uma forma de viver. Não posso exigir que vocês, que lideram o Clube, sejam e vivam como eu, mas não posso aceitar que a matriz ideológica deste Clube se perca em detrimento de uma estabilidade que, ainda por cima, nem vitórias nos traz. Não posso aceitar de forma passiva que Nuno Gomes tenha sido empurrado do Clube, que Simão não regresse apesar de se oferecer todos os dias, que Rui Costa tenha perdido protagonismo e influência no futebol do Benfica porque são homens como estes que fazem o Benfiquismo e não os “profissionais” que o rodeiam. 

Fico, honestamente, à espera dos seus esclarecimentos e, entretanto, Viva o Benfica! "
 
 

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Curtas, mas mesmo curtas

- Decorreu na passada quinta-feira mais uma AG do SL Benfica. Vejo que o Benfica online (aquele que pulula pelos Twitter's e pelos Facebook's) é bem mais forte do que aquele que se desloca a Lisboa para assistir a uma Assembleia-Geral do seu clube. Viu-se de tudo, mas não vou contar. As notas que merecem destaque são duas: o discurso de um sócio do Norte, onde focou todos os pontos que queria ver resposta do Presidente e a intervenção do Presidente, que mais uma vez mostrou que classe é coisa que lhe falta (para além de outras coisas) para ser o representante máximo do clube

- No sábado, o hóquei voltou aos títulos e às alegrias dadas ao clube. O Cuore Rosso já elogiou quem devia elogiar. A Benfica TV também, e preferiu elogiar a direcção do clube. É normal que isso aconteça, quando o regime está institucionalizado. Mas a reter nisto tudo, está mais uma vez a fibra, a raça, o querer e a vontade de uma secção, que a par do basquetebol e do atletismo, mostra como se faz...

- Hoje, o futsal conseguiu levar a eliminatória do campeonato para a Luz. Sejam competentes e mostrem o que as outras modalidades mostraram e levarão de vencida a agremiação do Lumiar.

- Como A Bola já tinha sido utilizada logo após o campeonato findar e O Jogo é objecto proibido na Luz, Jorge Jesus deu uma entrevista ao Record, aquele jornal que faz o Benfica emitir comunicados todos os dias a desmentir jogadores. É sempre uma bela escolha, não fosse a entrevista no Barbas. Ao menos assim, fica sempre tudo em família....

domingo, 17 de junho de 2012

Sérgio Silva

14 anos depois volto, presencialmente, a ver o Glorioso ser campeão em hóquei em patins! Ganhou o Sport Lisboa e Benfica, ganhou a Direcção, ganhou a equipa e os jogadores e, sobretudo, ganhámos nós.

Custa-me ter que, neste momento, individualizar alguém mas, porque da mais inteira justiça, tenho que falar sobre o Sérgio Silva.

Não seu é do Benfica ou não. Sei que, como jogador e como homem, já nos tempos dos históricos duelos das grandes equipas do Óquei de Barcelos contra o Glorioso era um grande jogador e um grande homem.

No velhinho pavilhão da Luz, tantas vezes transformado em inferno (revisitado no último jogo contra os porcos) após o mais adveros e escaldante ambiente, o Sérgio Silva conseguia ser um senhor após, quase sempre, grandes exibições.

Muitos anos volvidos, veio a envergar o Manto Sagrado e - até pelo título conquistado - passa a ter o seu lugar na memória de todos os adeptos. Pelo menos, na minha e de todos quanto presenciaram o que eu presencei nos dois últimos jogos.

Aquilo que o Sérgio Silva epidermicamente fez é a materialização da nossa Mística! Perdoem-me todos os outrso valorosos bravos da vitória mas, porque para o anos ele não estará cá a defender o título, não consigo deixar de dizer que ele passa a ter lugar num curtíssimo elenco de jogadores de todas as modalidades - onde infelizmente o futebol é menos representativo - que me conseguem fazer representar em campo.

Fossem todos assim.

P.S.: Nas celebrações, ao ouvido de um amigo dele e mesmo sabendo que se vai embora, ainda disse que este é o primeiro de muitos.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Perguntas de Silly Season

30 milhões por Witsel é de recusar?

E se uma pequena parte dessa verba fosse entregue aos falidos do Lumiar pelo seu internacional holandês?

Ou então, gastando um pouquinho mais, por aquele miúdo que promete vir a ser craque?

terça-feira, 12 de junho de 2012

..."e pouca gente terá conseguido distinguir a baliza do Benfica, coberta de fumo, quando ao cair do pano, foi lá cobrado e falhado um penalty a favor do Porto"...


Alguém que faça chegar este vídeo ao filho da Breyner:
 

 
E, já agora, o Eterno e o Dia.

Desabafo

Merda para o Euro! Já não há posts inflamados, comentários insultuosos, juras de "sou muito mais Benfiquista do que tu"...isto está uma seca!

Vá lá que o Djaló mandou a Luce cantar para outro lado...o Benfica não precisa de (mais?) bimbos!

Pessoal, esta última é mesmo para fazermos a pré-época dos insultos. VAMOS LÁ PESSOAL!!!

quinta-feira, 7 de junho de 2012

É de hoje a uma semana!


ag.JPG

Convocatória condignamente usurpada ao meu amigo JG.

Os L.'s, os Manuéis e todos os outros desta vida que vem para aqui insultar porque uma pessoa pensa pela sua cabeça e não pelo que vem nos jornais, na Benfica TV ou no site do clube, têm uma boa hipótese para se dirigirem à Luz na próxima quinta-feira. Sempre poderemos ouvi-los também nas loias que emanam. Além disso, estarão no sítio certo para a troca de ideias sobre o que queremos para o Benfica, pode ser??

Ficarei à vossa espera!