sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Uma bela surpresa

Muito se vai falar de Lima amanhã. Prefiro sublinhar o crescimento de Enzo Perez nesta equipa. Jesus parece estar a ganhar esta aposta.

E agora Benfica?

O voto de protesto foi uma importante mensagem aos órgãos sociais do Sport Lisboa e Benfica, mas foi também um forte recado a uma alegada oposição que teima em não aparecer. Os sócios do Benfica querem alternativas e querem que o Clube seja discutido. Por isso o que ontem se viu foi também um apelo a alguém que, de forma credível e organizada, ajude os Benfiquistas nessa tarefa de valorização do Benfica.

Disse Luís Nazaré que a Direcção irá retirar as devidas ilações da votação. Tenho as minhas dúvidas. Ontem, mais uma vez, o Presidente do Sport Lisboa e Benfica a nada respondeu. Subiu ao palanque para se vitimizar, manipulou as palavras de um dos associados que interveio para de seguida convidar outro orador que exprimiu algumas dúvidas relativamente ao R&C a visitar o seu gabinete. Já não é a primeira vez que Vieira faz isto. Pergunto-me porque se desloca à AG se passa o tempo entretido ao telemóvel, a nada respondendo e convidando os sócios a marcar hora de visita ao gabinete presidencial. Passamos o ano inteiro a ouvir/ler que na AG é que se colocam as questões, que na AG é que o Presidente tem que nos responder, mas chegados à AG levamos com o habitual “tenho a porta do meu gabinete sempre aberta, terei todo o gosto em prestar-lhes os devidos esclarecimentos pessoalmente”. Para que serve então a AG, se o presidente se recusa a prestar contas aos presentes? É absolutamente ridículo...

Relativamente ao ambiente, acho que todos gostávamos que as assembleias fossem sempre pautadas por um clima de elevação. E há muito boa gente a precisar de umas aulas de cidadania e boas maneiras. Mas não façamos disto um drama porque não se viu nada de inédito na noite de ontem. E não venham novamente com o fantasma do burlão Azevedo. Outras AGs históricas foram invadidas por impropérios, cuspidelas e tentativas de “apertar” os órgãos sociais. E Luís Filipe Vieira saíu escoltado ou saíu acompanhado pelos mesmos de sempre? Chega de vitimização, até porque o que Vieira fez foi fugir dos sócios. E aqui convém referir a prestação de Luís Nazaré que em muito boa conta tenho mas que ontem não esteve bem. Compreendo a azia dos órgãos sociais, mas Luís Nazaré é o representante dos sócios do Sport Lisboa e Benfica. Não deve ter em consideração os fígados da Direcção, antes os anseios dos sócios. Encerrar a Assembleia logo que anunciados os resultados não é consentâneo com o historial do Clube. Muitos sócios optaram por não se inscrever no período de discussão do R&C por terem outros temas a abordar. Preferiram respeitar a ordem de trabalhos e foram silenciados. Não há outra forma de colocar esta questão: foram silenciados porque a Direcção estava amuada e sem poder de encaixe! Luís Nazaré bem pode argumentar com a hora. Se às 23h30 de uma quinta-feira está preocupado com quem tem de ir para a caminha, devolva as Reuniões Magnas às noites de sexta-feira. Os sócios mais distantes de certo irão agradecer.

PS- Rui Costa e Domingos Soares de Oliveira, onde estavam?

O Protesto

Foi o que se passou ontem, no Pavilhão nº2 da Luz.
Em final de noite, eu e o Astutillo vínhamos a dissecar o que se tinha passado e foi isso: um protesto.

Um protesto, por em 10 anos, não se ter invertido um sistema que nos mina.
Um protesto, por em 10 anos, se ter ignorado os sócios.
Um protesto, por em 10 anos, o passivo do clube e as manigâncias financeiras da SAD terem aumentado substancialmente.
Um protesto, por em 10 anos, se ver que a paciência, há muito tempo se esgotou.

Espero que Vieira e a sua corja de "yes-man" (bem presentes na sala ontem) tenham entendido que os que cantaram o hino são aqueles que realmente sentem o clube. Espero que Vieira tenha entendido que há coisas que não estão bem e que não se resolvem com erros de arbitragem. Espero que Vieira tenha entendido que os sócios do Benfica estão (ainda) bem vivos, mas sobretudo, atentos!

Chumbados...

É a segunda vez na história do Sport Lisboa e Benfica que um orçamento é chumbado.

A primeira, há uns quantos anos atrás, foi nos penosos tempos de Manuel Damásio que, entre um puro cubano e uma declaração de IRS de ordenado mínimo, viu os sócios manifestarem o seu descontentamento pelo estilo e rumo do Clube.

Anos depois, calha a LFV. Calha? Não! Os pressupostos de descontentamento são os mesmos, as razões um pouco diversas mas o chumbo inequívoco não é tanto por se concordar ou não com a previsão de receitas e despesas para o próximo ano mas sim com a política financeira, desportiva, com o estilo despótico e de salvador da pátria, com o alheamento ao sentir benfiquista ainda que tantas vezes se refiram os sócios como o combustível que anima a actuação de quem nos governa.

Há que pensar que as pessoas não são parvas e que não são anti ou pró só porque têm ideias diferentes. Daí que o Nessuno tenha toda a razão em se chocar com o critério editorial do jornal do clube tornar-se num manifesto Vieirista. Aliás, para isso já bem basta a Vieira Tv e o rico painel de 5 ou 6 lambe-cús residentes.

Isto para dizer que o Benfica não merecia ver o orçamento chumbado. Mas esta direcção mereceu-o. Se calhar Rui Gomes da Silva já sabia do chumbo.

Às horas que escrevo vejo na televisão um Primeiro-Ministro contestado, iluminado nas suas medidas, rodeado de seguranças, cego e surdo em relação àqueles que legitimaram o cargo que exerce. Noutra notícia, o Presidente do Glorioso é contestado e sai rodeado por seguranças. Descubram as diferenças...

Nunca votei em Vieira, nunca gostei da pessoa mas sou o primeiro a apoiá-lo se para as eleições aparecer algum paraquedista.

O ideial é que descesse à terra (é perto do terceiro anel, asseguro) e ouvisse os sócios. A próxima AG que estaturiamente será obrigatoriamente marcada vai ser fundamental para verificar se Vieira percebeu o puxão de orelhas ou se, ao invés, se prepara para levantar voo.

Viva o Benfica!

Depois do chumbo...

...alembrou-se-me a vergonha da última capa do jornal do Glorioso.

How do you like them apples?

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

E siga o circo

O inenarrável Rui Gomes da Silva abriu a boca e saíu mosca. Afinal o Benfica estava avisado. E estando avisado o Benfica, o Sr. Presidente, que até viria a adoecer de preocupação, decidiu que o melhor seria mandar umas bocas a uns gajos que lutam para se manter acima da linha de água.

Um profundo silêncio

domingo, 23 de setembro de 2012

Do azar...

Do azar de ter atirado duas bolas ao poste...
Do azar de ter apanhado o Xistra...
Do azar do Nolito ter ficado no banco...
Do azar de termos tido quase 40 minutos com mais um jogador...
Do azar de termos apoiado esta gente que manda no futebol em Portugal...
É tudo azar...

Paciência...

E depois...

...depois querem andar com os dentes todos na boca...

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

É preciso ter uma lata do caralho

Vieira diz que o Benfica tem que “vender e baixar a massa salarial”

Quem pensa que pode continuar a viver como até há alguns anos atrás está redondamente enganado, quem persistir nesse erro vai acabar mal. Vender, comprar menos e formar mais. Vender e baixar a massa salarial, mesmo que isso signifique sacrificar a nossa competitividade"

A sério, ainda conseguem apoiar este anormal?

Era uma questão de tempo.

Pelos vistos, deixámos de ter um jornal do Glorioso para o Glorioso.

Não usem o Firefox para abrir o site do Benfica

O mesmo não é compatível...







É mais um erro a apontar. Será que na Benfica Multimédia, o cargo de "website tester" existe?

ADENDA (15:57) : Convém referir que foi num Macintosh que este erro se sucedeu. Experimentei com o Google Chrome e já deu. Aos que até agora conseguiram abrir com Firefox, foi em ambiente Windows ou Mac?

Gestão de topo II

No seguimento da posta do Mister D:

Pior que olhar as contas da SAD é olhar as contas do Clube. Progressivamente esvaziado de património, o balanço entre activos e passivo coloca o Sport Lisboa e Benfica à porta dos 100 milhões negativos.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Gestão de topo

"Em 2010/2011, as remunerações atribuídas aos membros dos órgãos sociais da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD ascenderam ao valor global de 614.515 euros, dos quais 486.006 euros são referentes a remunerações fixas, 29.509 euros relativos a encargos sociais suportados pela entidade patronal e os restantes 99.000 euros a remunerações variáveis, sendo distribuídas como segue:
 
Remuneração (em euros):

. Domingos Cunha Mota Soares de Oliveira - 370.549
. Rui Manuel César Costa - 243.966
"

Extracto do Relatório e Contas da Sport Lisboa e Benfica, SAD do exercício 2010/2011.

O Benfica paga a um simpatizante do Sporting, um dos "profissionais" que estão ao serviço do clube, por mês, cerca de 26 500 euros.

26 500 euros para colocar a Sociedade Desportiva do Benfica em falência técnica.
26 500 euros para colocar a ter receitas como nunca teve, mas a ter despesas como nunca teve também.
26 500 euros para dizer que não é preciso vender jogadores, e depois vende em barda os melhores activos.
26 500 euros para isto.

Ainda continuam a apoiar?

P.S. O nome de Rui Costa também não é colocado por acaso. Exige-se mais de quem sempre quis servir o Benfica. Exige-se mais de quem tem qualidade para liderar o Benfica, supostamente onde está, no pelouro do futebol. Imponha-se! É o mínimo que se exige...

Suor.

Houve suor, suor e suor...

domingo, 16 de setembro de 2012

sábado, 15 de setembro de 2012

O argumento está aí e pronto para ser usado

Como se esperava, Luisão foi castigado com 2 meses pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Até aqui, nada de novo, já que até se estava à espera de mais.

Não vou voltar a bater na tecla de que o comportamento do jogador não foi o mais indicado para quem enverga a braçadeira de capitão do Sport Lisboa e Benfica.
Não vou voltar a bater na tecla daqueles que riram a bom rir com o teatro do árbitro alemão na altura e que agora querem vir clamar por justiça.
Não vou voltar a bater na tecla de que se deveria ter ido buscar um defesa central que colmatasse este "eventual castigo" (só na cabeça dos Manuéis e dos que minam os corredores da Luz), uma vez que nem Jardel nem Miguel Vítor têm a qualidade necessária para substituir o capitão, conforme se viu em épocas anteriores.

No que eu vou falar é que a Direcção do Benfica ficou com o alibi perfeito, para, a um mês das eleições, ter aquilo que faltava: a notícia que os leve à renovação do mandato.

Vamos explicar isto como deve ser...

O Benfica apoiou Fernando Gomes à presidência da FPF, através de Luís Filipe Vieira, que aconselhado por Domingos Soares Oliveira, optou pelo candidato da Liga, em detrimento de Seara. 
Depois de ter visto a cagada que fez, com o consequente prejuízo para o Benfica, Luis Filipe Vieira anda a ver de uma "situação" que lhe permita de uma vez por todas, cortar o apoio que deu a um ex-vice-presidente do FC Porto, para a presidência da instituição que manda no futebol em Portugal.

Já mais do que uma vez, o seu peão avançado, de nome Rui Gomes da Silva, naquela espécie de programa sobre futebol que dá à segunda-feira na SIC Notícias, falou de Tiago Craveiro. Tiago Craveiro, agora director-geral da FPF, tinha sido Sec. Geral da Liga e é um conhecido adepto do FC Porto. Rui Gomes da Silva, do alto da sua enorme sapiência digna de um primata, revoltou-se mais do que uma vez com a nomeação de Tiago Craveiro para a FPF. Curiosamente, não tinha feito o mesmo, quando Craveiro tinha ido para a Liga. Enfim, prioridades...

Ora bem. Voltando ao que nos interessa. Com este caso Luisão, a Direcção do Benfica tem uma chance de ouro para insinuar que a FPF não defende os interesses do clube que apoiou a actual direcção. 
Aproveitando a "azia" que as vendas de Javi Garcia e Witsel provocaram no clube, aliado a alguma contestação que existe, a Direcção do Benfica pode embalar e apresentar este argumento para cortar o apoio à FPF e assim ganhar a franja dos sócios, que vivem das mentiras, incongruências e incompetências que levaram o Benfica a ganhar, em 10 anos, 2 campeonatos.

Junta-se o Museu Cosme Damião, prometido desde 2003 e o Benfica fica com um património como nunca teve, excepto nos anos antes de Vale e Azevedo, onde só faltava o campo de treinos, mas que para compensar tinha 5 campos à volta do velhinho Estádio da Luz. E também tinha piscina, dois pavilhões, courts de ténis e um museu...

Luisão será sempre um caso win-win neste Benfica. O próprio comunicado que foi hoje colocado no site aponta para isso mesmo que está explicado aqui em cima.  Só não perceberá quem não quiser. Só não perceberá quem ainda pensa que no actual Benfica, ainda há quem goste do clube. Haver, há, mas são muito poucos e sem poder nenhum...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Nós só queremos o mal do Benfica

Luís Filipe Vieira disse, em Maio de 2011, o seguinte: "Fico feliz pelo Fisco e pela PJ visitarem o Benfica, temos boas salas para os receber. Não têm é o direito de nos por em causa, nem a mim nem aos Administradores da Benfica SAD. Não pagamos 'off-shores' e todos os contratos são auditados"

Hoje soube-se que o fundo Doyen Sports adquiriu 80% do passe de Ola John.

Convém lembrar várias coisas:
- Este mesmo fundo Doyen Sports esteve em polémica o ano passado em Espanha, por causa das suas ligações a clubes como At.Madrid, Sp.Gijón e Getafe
- A Doyen fica situada em Malta, curiosamente, um paraíso fiscal
- O seu principal rosto é um senhor chamado Claudio Tonolla, também membro de outras sociedades financeiras com base em Malta

Existe alguém que queira perguntar ao senhor que é Presidente do Benfica que raio de negócio é este? Ou agora o Fundo do BES já não serve?

terça-feira, 4 de setembro de 2012

A frase do dia

Lida em diferentes blogs e sites de apoio ao Benfica, depois da transferência de Witsel para o Zenit:
" Os jogadores passam, mas o clube fica e isso é que é o mais importante"

Só tenho pena que a mesma frase não se aplique a treinadores e presidentes...

Feitos o luto e as contas,...

...já só falta sair o Nolito.

sábado, 1 de setembro de 2012

Sr. Presidente

O seu principal compromisso a honrar é com o Benfica. E não com os "parceiros estratégicos".

Além disso, vender um activo por 2/3 da cláusula não honra nem o Clube, nem os "parceiros".

Uma última questão: Se a cláusula de rescisão do Lima foi cumprida, porquê enviar o Michel?

Entenda, Sr. Presidente, que quando fala de transparência, é bom não ter merda de pombo na vitrine...

...

E queixava-me eu do meio-campo que nos deixaram a 1 de Fevereiro deste ano...

Como escreveu esta madrugada um grande amigo "não comento nada porque não percebo nada"...

Mas parece que até para a B, onde faltam centrais, conseguiram mais um avançado...

Gestão Desportiva

A esta hora que escrevo, o Sport Lisboa e Benfica, SAD acabou de confirmar a venda de Javi Garcia ao Manchester City por 20 milhões de euros + 3 de objectivos.
Para um jogador que chegou à Luz por 7, na estrita visão mercantilista do negócio futebol, não deixa de haver um proveito financeiro para a SAD do Benfica.
O que se questiona neste negócio é o seu timing. Uma equipa que quer ser campeã nacional de futebol e que quer recuperar a hegemonia do futebol português não pode vender uma das suas figuras principais, no último dia de mercado, sem ter assegurado, pelo menos, uma alternativa.
Não pode vender um jogador sem acautelar devidamente os interesses financeiros, mas também desportivos da equipa. E não pode continuar a correr estes riscos, ano após ano, apesar dos discursos sobre aprendizagem de erros.
O Sport Lisboa e Benfica clube há muito que deixou de existir e a corja que comanda os destinos da SAD, influenciando directamente as decisões do clube, está a levar o clube paulatinamente ao seu objectivo final.
Deste lado, contarão sempre com a maior das repulsas sobre as acções que são tomadas, ano após ano, época após época, influenciando desta forma os destinos do Sport Lisboa e Benfica.
Senhor Luis Filipe Vieira, nós sabemos ao que veio. Sabemos para onde quer ir. E hoje, quando falar em Serpa, na inauguração de mais uma Casa (ou reformulação), não se esqueça de mandar mais umas bicadas no nosso rival. É que nem aí lhe consegue ganhar...