sexta-feira, 3 de outubro de 2014

O Regresso

Muitas vezes, somos confrontados na vida com vários aspectos que nos moldam o dia-a-dia. Um desses aspectos é a falta de tempo, que associada à falta de vontade faz com que muitas vezes, a ausência de textos no Ndrangheta seja uma realidade.

Se a falta de tempo é decorrente da nossa própria gestão do mesmo, a falta de vontade passa muitas vezes pelo insulto fácil, pela ausência de discussão de ideias epela clara anuência que as discussões blogueiras se assumiram no universo benfiquista como pró-Vieira ou anti-Vieira, esquecendo-se porém que o que realmente importa é o Sport Lisboa e Benfica.

A Assembleia-Geral (AG) da passada semana foi um (mais um) recente episódio de que poucos, muito poucos, preferem passar horas nas redes sociais a discutir notícias de jornais do que se deslocarem à Luz para discutirem o clube, a sua essência, os seus valores e história, que a bem ou a mal, é personificada quer nas reuniões magnas, quer no apoio às diferentes equipas do clube, em qualquer parte do país ou do estrangeiro.

Após a AG, as discussões (no bom sentido) que houve sobre o que é ser o Benfica, o que ele representa, o que se pode mudar, as causas para determinadas situações do clube e as possíveis soluções fazem parte do que é a vivência benfiquista. Sempre com espírito crítico, na busca da melhor solução para ser cada vez melhor.

A vontade está cá para continuar a escrever sobre o Benfica, o espírito crítico também. Vamos a isto!

Viva o Benfica!

1 comentário:

Pedro disse...

Carreguem!!! :)