terça-feira, 7 de maio de 2013

A Guerra

Era o que se temia. 
Se mesmo com os 4 pontos de avanço, o Benfica iria ter uma deslocação muito difícil (porque os aspersores e a luz não se apagam no Dragão), com 2, a guerra será muito pior e valerá de tudo para que os senhores que há 30 anos mandam no futebol português possam sair, mais uma vez, impolutos em tudo aquilo que se passar no relvado e até fora dele.
Ao Benfica, bastar-lhe-á ser ele próprio. Como tem sido nesta época. Coerente, forte e concentrado. Aquilo que se passou ontem na Luz foi um exemplo sem exemplo, não só porque o Estoril não é nenhuma Académica que passa fechada no seu meio-campo, mas como o 6º lugar que ocupa não é obra do acaso e a equipa de Marco Silva é daquelas que sabe o que é uma bola, ocupação de espaços e critério táctico para estar num campo de futebol.
Se entretanto, se passarem as mesmas situações no Estádio do Dragão que se passaram há uns anos atrás, o Benfica tem um único caminho a fazer: voltar para trás, para Lisboa, apresentar protesto junto das instâncias competentes, ir a Amesterdão fazer o seu joguinho e ficar à espera do que se decidir.
Vai haver de tudo: provocações, calhaus, bolas de golfe, intimidações, tudo. Tudo o que aquela gente que vive do ódio e para o ódio a Lisboa (que tem no Benfica o seu expoente máximo) gosta e que os tem alimentado enquanto aquele quadrúpede manda no clube, alimentando as massas desse ódio visceral e eterno, como se os problemas da região e do país estivessem no Estádio da Luz. O desrespeito que tem e o medo que impõe é tanto que nem os benfiquistas da cidade do Porto podem festejar num país livre as alegrias do seu clube sem que tenham de levar uma sapa de um grupo de criminosos que passa impune ao longo dos anos em Portugal.
Por isso, caro Benfica e cara "estrutura", a receita é simples:
- Não ter medo! O Benfica é grande demais para o FC Porto. O Benfica é um grande clube nacional e tem nas suas gentes a força, o brio, a glória, a perseverança dos maiores do Mundo. Não ter medo deles é meio caminho andado para se atingir o objectivo do jogo de sábado: vencer! Cabe ao motivador emocional que nos foi impingido no início da época que faça efectivamente o seu trabalho e que não sirva apenas para passar slides de Power Point em aulas abertas do treinador
- A mística! Esta semana, durante o dia, levava ao Seixal as seguintes pessoas: Neno, Paulo Madeira, Ricardo Gomes, Veloso, William, Valdo, Paneira, Thern, Paulo Sousa, Pacheco, Rui Águas, César Brito, Samuel, Silvino, Isaías e Magnusson. Levava também o Gaspar Ramos e já agora, o Carlos Valente. Para explicarem aos meninos que actualmente jogam no Benfica o que foi terem de se equipar nos corredores das antigas Antas, chegar ao campo e ganhar aquela guerra em Abril de 1991, ou seja, há mais de 22 anos.
- O apoio! Pedir às gentes bravas do Norte, que estão sempre presentes nos bons e nos maus momentos, que amam o Benfica por tudo e mais alguma coisa que se mobilizem e dêem o apoio que têm dado. Que se crie uma corrente de apoio à saída do autocarro do hotel onde irão estagiar, que façam ver aos jogadores do Benfica que não estão sozinhos nesta batalha e que estão para o que der e vier.
O resto? O resto é pensarem no objectivo primordial da época: o campeonato! Foi esse o objectivo que o treinador definiu no início, no meio e espero, que no final da época ainda o mantenha. É para esse objectivo que se tem lutado desde o início. E é para ele que quero que joguem até ao fim.
FORÇA BENFICA


3 comentários:

ricardo rosado disse...

Com 4 pontos de avanço jogava paulo lopes maxi Jardel roderick luisinho andre gomes Carlos martins(depois de ontem não deve jogar mais)urreta Miguel rosa aimar rodrigo. E assim dar descanso a alguns jogadores que estão exaustos. Agora temos de ir pra cima deles e mostrar que merecemos ser campeões.

E PLURIBUS UNUM disse...


Corajoso, não é aquele que nunca sentiu medo...
Corajoso é aquele, que numa batalha, sentindo medo, avança em nome de um Ideal, aquele que nunca desiste, que luta com determinação porque acredita nas suas causas, nos seus valores, na nobreza das justas convicções!! Nem sempre os justos vencem, mas só os nobres de carácter caiem de pé!!
Não, eu não tenho medo de perder, apenas não consigo viver ao lado de quem desiste!! Por isso sou BENFICA!! Também eu não me importo de morrer por Ti!! Tu vais ficar, és Eterno, Gloriosamente Eterno,és mais do que uma Religião, Deus me perdoe, os meus Pais e a minha filha também, mas viver sem Ti...eu não quero, porque não posso, porque não sei!! Aconteça o que acontecer, vou estar sempre, sempre contigo!! As alegrias e as tristezas que compartilhámos...não têm preço, não as trocava por nada!!
Não, não sou Benfiquista pelo ADN Glorioso de Vitórias que possuis, sou BENFIQUISTA, antes de saber o significado da palavra "Vitória", sou BENFIQUISTA, antes de mim, porque antes de mim, no início... era o "verbo" BENFICA!! ETERNAMENTE BENFICA

Benfica Until Under Water disse...

Malta, aconselho o visionamento deste vídeo de motivação contra os andrades:

http://www.youtube.com/watch?v=nIBbocSloYY

Este sábado ACREDITA BENFICA!

Abraços