domingo, 17 de junho de 2012

Sérgio Silva

14 anos depois volto, presencialmente, a ver o Glorioso ser campeão em hóquei em patins! Ganhou o Sport Lisboa e Benfica, ganhou a Direcção, ganhou a equipa e os jogadores e, sobretudo, ganhámos nós.

Custa-me ter que, neste momento, individualizar alguém mas, porque da mais inteira justiça, tenho que falar sobre o Sérgio Silva.

Não seu é do Benfica ou não. Sei que, como jogador e como homem, já nos tempos dos históricos duelos das grandes equipas do Óquei de Barcelos contra o Glorioso era um grande jogador e um grande homem.

No velhinho pavilhão da Luz, tantas vezes transformado em inferno (revisitado no último jogo contra os porcos) após o mais adveros e escaldante ambiente, o Sérgio Silva conseguia ser um senhor após, quase sempre, grandes exibições.

Muitos anos volvidos, veio a envergar o Manto Sagrado e - até pelo título conquistado - passa a ter o seu lugar na memória de todos os adeptos. Pelo menos, na minha e de todos quanto presenciaram o que eu presencei nos dois últimos jogos.

Aquilo que o Sérgio Silva epidermicamente fez é a materialização da nossa Mística! Perdoem-me todos os outrso valorosos bravos da vitória mas, porque para o anos ele não estará cá a defender o título, não consigo deixar de dizer que ele passa a ter lugar num curtíssimo elenco de jogadores de todas as modalidades - onde infelizmente o futebol é menos representativo - que me conseguem fazer representar em campo.

Fossem todos assim.

P.S.: Nas celebrações, ao ouvido de um amigo dele e mesmo sabendo que se vai embora, ainda disse que este é o primeiro de muitos.

3 comentários:

Hugo disse...

Excelente atleta e que não arrisco, com ninguém, uma aposta com prognóstico para encerramento de carreira...

De qualquer forma, ele está nos anais da história do Maior e, com cereza, ele já poderá contar aos netos, com todo o orgulho, que jogou e ganhou um título pelo enorme Sport Lisboa e Benfica...

Quanto ao facto do, no futebol, poucos repreentarem o tal espírito, a denminada mística, parece-me que advém um pouco da pouca portugalidade dos intervenientes...

Não quero criticar este facto, até porque quero é que o Benfica ganhe mas, benfiqustas ou não, o atleta tuga sabe o que este clube representa...

E muitos, mesmo quando não são benfiquistas, quando cá chegam e conhecem a nossa realidade,passam a gostar e a sentir mais na pele aquilo que somos, aquilo que vivemos e aquilo que é o Benfica...

Esta é a minha opinião..

Hugo disse...

De qualquer forma, acho justo elevarmos também o trabalho dos seccionistas da modalidade...

Penso que foi um trabalho duro, mas sustentado, aquele que nos útlimos anos tem sido feito por estas pessoas e que, todos cremos, nos próximos anos se mantenha...

E o exemplo recente do futebol que esteja bem presente na Direcção!

Hoje desfrutar, amanhã recomeçar, com a certeza que o mais díficil está por fazer, garantir a hegemonia da modalidade, vencendo nos próximos anos!

POC disse...

Tenho a mesma opinião.
Enorme Sérgio Silva. Enorme.
Ficará connosco.