terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Perguntas simples para as quais não há resposta

O Benfica colocou hoje à venda os bilhetes para os jogos contra o FC Porto e contra o Marítimo na Luz, a contar para o campeonato.

Vou-me só debruçar no jogo contra o FC Porto, porque é aquele que tem mais sentido (todos têm, como é óbvio) no seguinte contexto:

É preferível ter o Estádio da Luz sempre cheio em todos os jogos. Janeiro, é por norma, o mês em que o poder de compra das pessoas é o mais baixo em todo o ano, devido à regra consumista que existe no Natal e Fim de Ano. A primeira pergunta que se faz é:

- Na impossibilidade de ir aos dois jogos na Luz, em qual é que o apoio (traduzido em compra de lugares) deveria ser o maior? FC Porto ou Marítimo? Os dois jogos não deveriam ter os mesmos preços para os sócios e diferentes para o público em geral?

- Quem define a política de preços nos jogos do Benfica em casa? Quem define os preços para os sócios e para os não-sócios? Porque é que há discriminação em outros jogos para os sócios com Red Pass e para os que não têm Red Pass?

Pegue-se no seguinte exemplo. Com a possibilidade do pay-per-view e das opções que há em carteira, uma pessoa pode adquirir a Benfica TV por 9,90 € durante um mês, ver os dois jogos (FC Porto e Marítimo), e ao final do mês, cortar com o serviço. Quanto é que o Benfica ganha pela pessoa não ir ao estádio, preferir ficar em casa, apenas e só porque o bilhete é caro (porque é disto que se fala)?

A ideologia que está formatada no Benfica na ânsia da procura do lucro fácil dá nisto. A pergunta que se faz é se é preferível ter um estádio com 10.000 pessoas com bilhetes a 60 euros ou 60.000 pessoas com bilhetes a 10 euros. E esse pormenor faz toda a diferença. Ainda há quem não veja esta teoria de oportunidade e ainda há quem concorde com esta visão acéfala.


15 comentários:

Gandaia disse...

Mesmo a 10 euros não enche.

Já houve jogos com esse preço e a assistência era a mesma.

Mister D disse...

Gandaia,
É um jogo contra o FC Porto. A 10 euros, quase de certeza que enchia.
O problema está aí. E os argumentos também (mês de menor poder de compra, essencialmente).

MoJoDeath disse...

Pode-se adquirir a BTV num mês e, abdicar dela no mês a seguir? Não tem período de fidelização?

RUI (MBACANO) VIEITAS disse...

Quando se tem um presidente mentiroso é o que se pode esperar.

Quando no inicio da época foi confrontado com as promessas eleitorais de que ia baixar os preços dos bilhetes, disse que nao o podia fazer devido ao aumento do IVA.

Esqueceu-se foi que o IVA já tinha aumentado muito antes da eleições.

E além disso o IVA é percentual, logo não tem nada a ver. se no total de bilhetes vendidos num jogo recebermos 500.000€, pagamos o mesmo iva se essa receita vier da venda de 1, 100, 1000 ou 65.400 bilhetes.

Assim sendo e sabendo qe andamos com meia casa, e que se vender os bilhetes a metade do preço e encher a catedral recebe exactamente o mesmo dinheiro, ou até se vender a 60% do preço até recebe mais, porque é que esse senhor não tem interesse em que isso aconteça???

Pois...

luis disse...

Há resposta...

A Industria do Pontapé na bola tem a resposta.
Analisando os vários factores no tempo.
Mais logo, passando pelo ontem a olhar para o amanhã, vou reflectir com juros. E já volto, observar o Mar, as ondas , a espuma e imaginar aquilo tudo doutra cor e falar com as rochas que suportam os mexilhões...

-olha...«Lucky me»... O barco do «azar» de joão vale e azedo, fdx o Benfica ao pé da nortan de matos não tem terrenos...
- epah e lá ao fundo,olha, grande petroleiro cheio de passivo, fdx vê aquele mastro para chegar as nuvens da ilusão sad`ica...

...continua mais à noitinha, para observar pelo prisma dos mexilhões!!

Benfica Todos Tempos

Mister D disse...

MojoDeath,
O período de fidelização é ao operador de televisão, não ao canal pré-pago. O mínimo, neste caso, é 1 mês.

Gandaia disse...

Enchia porque só querem ver os jogos com o Porto e Sporting. Nos restantes estão lá os 30 mil do costume independentemente do preço dos bilhetes!

Mister D disse...

Gandaia, eu percebo o teu ponto e sei perfeitamente que estão lá os 30 mil (na esmagadora maioria dos jogos estou lá, portanto sei que é mesmo isso). O que aqui se passa é que esta gente que define os preços, como vê os jogos nos seus camarotes, está-se pouco cagando para o resto, desde que atinga os "objectivos".
E é isso que eu questiono. Num jogo importante como é o do FC Porto, não seria lógico que mantivessem os preços, para de alguma forma, encherem o estádio??

É esta lógica comercial, que de emoção nem sequer pensam nela, que eu critico e que ponho em causa na SAD do clube.

E outra coisa que também ela, é necessária saber e o clube já devia ter percebido ou pelo menos tentado perceber, é porque raio um estádio de 60 mil lugares, está na sua maioria sempre a metade da sua capacidade...

Pinheirinho disse...

Queriam Borlas não é??
Eu tenho Red pass e vou continuar a ter, estou lá faça chuva ou sol, seja fevereiro ou agosto, no total o meu cativo fica em 10 euros por jogo,logo, eu pago 10 euros por jogo e vocês???
Vocês ficam em casa à espera de borlas e jogos a 5 euros só para serem sabichões e o estádio às moscas, como com o arouca, paços, anderlech, olympiakos, psg.

luis disse...

@Pinheirinho, estas um simpson muito giro...convinha era olhares para a floresta.
Se quiseres ver a selva tens que ir à Alma do Ser Benfiquista.
O Sport Lisboa e Benfica é muito mais que desporto...agora vou ali e já volto, só por causa dos mexilhões. Fdx para as moscas que não largam o molho de cebolada. Isto é um jantar de me fazer chorar...

...empate,vitória,vitória,empate, vitória...11 pontos!!!

B T T

Mister D disse...

Pinheirinho,
Vieste à casa errada para esgrimires esses argumentos, se é que se pode chamar a isso argumento.
Todos nós vamos aos jogos da Luz, sem ser à borla. Tenho pena de duas coisas: que não saibas ler e que não saibas entender um texto.

luis disse...

... manhã, estamos com mais um novo Dia de Benfica. É impressão minha ou só com a maré vazia é que se apanham mexilhões. Bem se tiverem agarrados a uma corda de viveiro até com marés vivas podem subir a superfície. Para isso acontecer alguém tem que preparar e puxar a corda.
Nesta história o mexilhão como é bom de ver, é o adepto. Benfiquista em primeiro lugar( pelo menos já era um primeiro) , mas podia ser de outro clube de menor dimensão do nosso quintal, que é Portugal.
Comparar com a Liga inglesa poderia ser um disparate. Ali os adeptos vivem noutra cultura, bem mais às claras. São consumidos ao meio dia para a preparar a miudagem com alegria... Pois é, tiveram que desenvolver o espectáculo para os olhos de quem alimenta o negócio... Não é fácil comparar os níveis de vida dos adeptos das várias ligas mundiais com ou sem a Tv.
Entre o Povo de Portugal existirá sempre uns mais ricos, agarrados à corda sem tanta força das marés. E os mais pobres "pendurados" na rocha sofrendo na rebentação
Aqui o luis quer lá saber se A, B, ou C é mais rico que o Z. Cada um vive nas suas capacidades e marés...
Cada industria criou as suas próprias guerras, com regras... se observarmos bem a coisa, aqui,é consensual que o panorama televisivo inclina os campos de futebol à mais de 2 décadas. Assistências nem vê-las, por vezes há mais bombeiros e policias...e o grande problema o Benfica entrou nesta corrente.
O Sport Lisboa e Benfica tem que ter uma Politica virada para o seu principal activo, os sócios. Podem dizer alguns que a Btv vai alterar a maré...mas o imbecil do luis julga que a maré volta a encher e o mexilhão devia ter era hábitos de apoiar na Nova Catedral .
Se o espectáculo prometer qualidade e o Benfica está na maré de Vitória, isto até dará para tudo. O Povo fica cego e Vivas ao Benfica. Não sendo assim o cinto parece que aperta mais e o mexilhão dá numa de azia,azia para aqui, azia para acolá.
Vamos lá separar as águas, e principalmente olhando para o amanhã.
- Atrair os mais pequenos a viverem as emoções ao vivo. Com tv ou não, exigir Horas decentes para um jovem estudante. Aproveitar os jogos com médias de assistência mais baixas para promover, junto das mais variadas associações com ligações ao Povo Jovem deste nosso Portugal.
-Aliviar a algibeira da família Benfiquista, ocupando as cadeiras vazias. Enchendo de paixão novos corações. Sim, somos pobres, o Povo sempre foi pobre. Se havia orgulho que me enchia o coração era entre a Nação Benfiquista, não existir a divisão de classes. Havia o peão e a central mas o factor social era uma questão lateral... o essencial, Povo em Romaria, Benfica com alegria e simpatia.
(continua)...

luis disse...

continuação...
Lindo aqueles campos anexos cheios de excursões vindas de todo o País...a questão da deslocação dum Lampião,a distancia até ao Estádio da Luz, as horas para o regresso, os consumos ao redor de cada desafio...enfim, quando se "vai à frente" até nem será necessário promover muito. Mas para futuro a politica de captação mais virada para a televisão tem as suas facadas na tradição.
Na actualidade é dos maiores erros culturais da nossa Instituição, a falta de humanização perante o milionário passivo de uma sad sedenta de milhões comendo os mexilhões.
Os exemplos das contratações brutalizadas pelas comissões até ofendem determinadas situações.

E quando acabarem os mexilhões ???

Com as ondas dos bancos e televisões existem duas sádicas conclusões
-Agentes com os milhões...
-Instituição sempre aos trambolhões no meio de transacções e ilusões...

Nota: será que é preciso um oculista para ver que esta pré época a principal preocupação foi a Btv. A industria quer distribuir ...
E alguém escutou mais o 33º presimente após o despacho ministerial. É claro que veio o verde do dso (olibeirinha do bes) com a conversa e tal e o canal...


Como seria diferente um Lampião iluminado por Cultura e Elevação, um Glorioso Humilde, o Melhor de Portugal.
A Instituição de utilidade publica tem por obrigação servir o Povo. Sirvam-me um "Papa Francisco" para a nossa religião de nome Benfica!!!

Benfica Todos Tempos.

Astutillo Malgioglio disse...

Pinheirinho, a questão é que o próprio Red Pass está a preços que deveriam ser considerados excessivos no contexto social que atravessamos.

Como é natural, toda a política de bilheteira deve ser definida em função dos lugares anuais. Daí que estas coisas já deveriam estar definidas e anunciadas no início da época.
(e só não digo que poderíamos ter parte dos bilhetes à venda já em Julho porque, infelizmente, ainda há deficiências na organização do calendário por parte das entidades reponsáveis)

Com a Benfica TV a equação tem que ser muito mais cuidada, porque 12 meses de Benfica TV são mais baratos que 9 meses de bola no estádio com um Red Pass. E juntando o valor anual das quotas, a balança inclina-se ainda mais.
Felizmente há quem não desista da condição de associado e frequentador regular do estádio apesar das dificuldades, mas se calhar opta por só levar a(s) criança(s) de vez em quando, não faz o cônjuge sócio, etc. Por falar nisso, porque se acabou com o Red Pass familiar que existiu há 6 ou 7 anos?

luis disse...

Mais Vermelho...o Nosso latim Bem visível. As letrinhas podiam ter outro formato, é natal e os meus amigos desta tasca, não expõem a tabela dos preços dos treinadores. gosto muito do menino Jesus, está fora dos 10 primeiros. Eu não acredito...
Não acredito...
Não acredito e prontos, o prontos é importante por que não acredito.
Fazerem-me ver aquela tabela, epah não acredito...
-Décimo primeiro não deixa de ser primeiro, mas não acredito.
-Não acredito que o primeiro dos últimos das épocas passadas...fdx não acredito.

Que guerra é esta fdx, exporem uma tabela destas, fdx não acredito que até o manel tem razão. O josé fernando santos guerra,o luvas pretas saiu ao intervalo, esse tem razão:

«O Benfica nem parece português»

nota de sugestão: uns enfeites de natal com tiradas(vem de tiro)do 33º aí enquanto durar o reinado. poderá haver o problema do espaço, mas renovam-se por causa do pó e das teias... o formato pode ser o da lucinda;;)... é redonda faz lembrar uma bola...

Vou ali ao ontem... de B T T