quinta-feira, 27 de junho de 2013

Da estratégia

- O Benfica precisar de um defesa direito que seja uma opção válida a Maxi Pereira há 3 anos e ainda não ter arranjado nenhum (poupem-me o André Almeida, se faz favor, a bem da sanidade mental). E qual é o problema disto? Nenhum, tendo em conta que Maxi Pereira há dois anos fez a Copa América e este ano acabou ontem a Taça das Confederações. Teremos certamente João Cancelo e André Almeida para fazer a pré-época, mas e depois?

- Hoje, depois de contratados os sérvios todos e mais um argentino e mais um português, os jornais descobriram que continua a faltar um defesa-esquerdo ao Benfica. É tudo uma questão de prioridades e lá está, de estratégia. Desde a saída de Coentrão, que inventamos e inventamos e se quisermos ir buscar a lista do post mais abaixo, vemos que na lista dos 103 jogadores estão Luisinho, Carole, Gianni Rodriguéz e Mvom, para não falar em Pedro Rebocho, dos juniores.

2 comentários:

pv disse...

Aceitam-se sugestões para um defesa esquerdo consensual, que seja titular no Benfica por um preço aceitável...

EK disse...

Acho que há gente sufuciente no Benfica, paga para isso, para descobrir um defesa esquerdo que seja consensual, pelo menos ao preço de alguns outros reforços.