segunda-feira, 1 de julho de 2013

Coisas de se explicar aos absurdos

Se um sócio do Benfica tem desconto na compra da camisola, não pode ter na subscrição do canal do clube?

Se um sócio do Benfica tem desconto em tudo e mais alguma coisa feita com os acordos empresariais do clube, não pode ter mais um?

Se um sócio do Benfica tem desconto na aquisição de lugares no estádio, tem de pagar o mesmo que o António, que é lagarto e tem um café, poder fazer dinheiro com os adeptos do Benfica que vão beber uma mini e ver o Glorioso ao seu café?

O problema é que com o novo kit (aquele que ia atingir os 300 mil sócios, lembram-se?) a lógica de ser sócio do Benfica passou a ser um conflito de interesses entre a vertente económica e a vertente emocional de se pertencer a algo, neste caso, ao Sport Lisboa e Benfica.

Sou sócio do Benfica há mais de 20 anos. Faltam pouco mais de 2 para atingir o emblema de prata. Não me move ter desconto na Repsol, na Multiópticas ou em qualquer outro estabelecimento comercial. Move-me ajudar o meu clube e contribuir para o seu crescimento (participando em AG's, por exemplo) e desenvolvimento (dando ideias e conselhos). É para isso que serve um sócio do Benfica. Não é para usufruir de descontos...

1 comentário:

71460_5/8 disse...

Poder pode. Agora ser obrigatório é que é muito diferente!