quinta-feira, 15 de setembro de 2011

HOJE SOUBE-ME A POUCO....

Para mim, que cresci assim e continuo a ter adrenalina especial pelos jogos europeus - ainda mais com um antagonista como o MUFC - não posso deixar de me sentir algo desiludido.

Diz o pragmatismo que o empate é bom (e é - aceitava-o logo antes do jogo). Diz a prudência que mais vale segurar um pontinho do que ir à maluca para a frente e sofrer o segundo golo. Tudo correcto.

Mas há um sabor amargo neste empate. Com o Inferno da Luz ao seu nível - e, cá está, agiganta-se na Europa que é o seu palco - podíamos ter conseguido mais. Ou melhor, podíamos ter tentado mais. Este mal Jesus. Teve medo. As contas fazem-se no fim mas o que me interessava ver era os resumos e manchetes por essa Europa fora a clamarem que o Glorioso vergou o vice-campeão europeu.

Fiquei, porém, muito contente com a maturidade revelada pela equipa.

Ganhar os próximos 3 pontos é obrigatório para que o empate tenha real valor.

Cá estaremos!

4 comentários:

Vladimir Kaspov disse...

Exacto este empate só será bom se os próximos jogos derem em vitórias.

PS: Luisão simplesmente INCRÍVEL!!!

Pedro disse...

Não acho que Jesus tenha tido medo. Desta vez não concordo. Qd tira Amorim para meter Nolito vai à procura do golo, arrisca para vencer. E quase q tinha sorte.

João Duarte disse...

Quando tira Amorim para por nolito não está propriamente a arriscar...o Amorim não joga há mais de um ano, estava rebentado.

Arriscar teria sido meter o Rodrigo, tirando o Cardoso ou o Gaitan (preferia q tivesse saido o Gaitan). Podia a equipa meter bolas em profundidade para as costas da defesa do ManU... era apostar num joker.

No final foi um bocadinho à Felgueiras...mas pronto, 1 ponto é optimo.

paixaovermelha disse...

O JJ fez muito bem... todos nós sabemos o que acontece quando o Benfica pressiona no campo todo... a descompensação na defesa é enorme e não há velocidade para o trio que estava lá na frente.
Com Gaitan que só desce quando calha, arriscar a pressão no ataque e colocar mais avançados que não recuam era abrir o peito às balas e arriscar-se a rever os jogos com o Shalke e o Lyon o ano passado...
E como se viu o MU só precisou de 2 remates à baliza para fazer 1 golo. O Artur podia ter ido para a tribuna ver o jogo.

O Benfica fez 7 remates à baliza e sinceramente acho que preferia que tivesse estado o De Gea na baliza.

Tacticamente o JJ esteve muito bem ontem.