terça-feira, 6 de março de 2012

Acreditar

Primeiro veio o Zenit. Horário laboral e um streaming manhoso consultado a espaços. Depois o Vitória, noite de velório, 15 minutos de visualização durante um jantar rápido e o azar de nesse período “comer” com o golo vimaranense. Duas derrotas seguidas, inédito na corrente temporada, um sentimento de incompreensão agravado por não ter a real percepção do que se passara naqueles relvados.

Seguiu-se Coimbra, primeira parte desoladora a lembrar aquele período de futebol fraquinho entre o fim de Outubro e o fim de Novembro, uma segunda parte de bom nível a sublinhar a injustiça do resultado. A irritação com o lance de Aimar e a vontade de “espingardar” em todas as direcções. Mas fazia sentido lamentar o erro quando os nossos se mostraram incapazes de acertar com as redes adversárias?

Por fim a Luz, o nervosismo habitual, uma reacção tremenda e os erros do costume. De quem apita, de quem orienta os nossos atletas, dos nossos próprios atletas. O título mais difícil mas ainda ao alcance.

Há muitos erros para avaliar, espero que internamente já os estejam a corrigir. A minha avaliação final fica para o fim da época.

Agora é tempo de acreditar e eu acredito. Acredito no campeonato e acredito em mais uma eliminatória europeia. Pelo menos mais uma. Hoje vamos ganhar e daqui para a frente ganharemos sempre!! Pelo menos em território nacional ganharemos sempre. Esta é a minha fé. Até ao fim!

Carrega Benfica!!!



3 comentários:

João disse...

O pior são os "acarditanços".....

Força Benfica!!!

Filipe Araújo disse...

Gostei do seu post, e concordo na generalidade com ele! Espero que os nossos jogadores e JJ façam o seu trabalho!

Não é fácil, mas nós não lutamos por objetivos fáceis! Quem joga para ser campeão, tem que estar preparado para momentos menos bons. Este é o único momento de verdadeira crise este ano, e é nestes momentos que se vê quem é Homem!

Filipe Araújo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.