quarta-feira, 4 de abril de 2012

Diz-me com quem andas

João Gobern foi dispensado dos seus serviços enquanto comentador do Zona Mista, na RTP Informação.
Antes de ter sido dispensado, o comentador tinha colocado o lugar em aberto, devido aos protestos de que tinha sido alvo depois de ter sido apanhado a festejar um golo do Benfica, no passado sábado.

Isto tem uma certa piada. Enquadremos as coisas. A RTP, através dessa "avestruz" que dá pelo nome de Miguel Relvas, será privatizada e um dos possíveis interessados dá pelo nome de Porto Media, a empresa gerida pelo FC Porto e que detém o Porto Canal. Canal esse que tem como Director um antigo pivot da TVI, que nunca escondeu a sua preferência clubística. No mesmo canal, o Director de Conteúdos também foi pivot e repórter da RTP. Terá sido contratado para o FC Porto pelas suas inegáveis e inimputáveis narrações que fazia quando acompanhava o FC Porto ao estrangeiro ou quando jogava cá.

E isto é bom que seja um sinal muito claro do que teremos para ver e para seguir. N'A Bola, Ricardo Araújo Pereira foi também ele dispensado das suas crónicas semanais porque melindrou o meliante do Miguel Sousa Tavares.

Com conhecimento próprio, é bom que saibamos que jornalistas como Hugo Gilberto, Manuel Fernandes Silva, Rui Martins, António José Leite, João Martins, jornalistas da RTP, são do mesmo clube de Rui Cerqueira e Júlio Magalhães, que por acaso também são do mesmo clube de Bruno Prata, o mesmo que partilhava o programa com João Gobern.

E convém que se diga que Nuno Santos, "lagarto inverterado", como Director de Informação do canal público pago por todos nós, agiu em conformidade com os protestos irados de alguém que não gostava dos comentários de Gobern e que não perdoaram o gesto próprio de um adepto de um clube. Que fique assente que da próxima vez que alguém, pago pelo dinheiro dos contribuintes, não satisfizer a opinião dos benfiquistas, a medida seja tomada de forma recíproca.

É sempre bom saber com o que se conta. E neste caso concreto, ele está bem à vista de todos.

2 comentários:

MS disse...

A RTP ja devia ter sido vendida ha muito. Em 2012 ainda se vive numa ideia castrista de servico publico, que ninguem sabe o que e e como tal nao existe.

Ha mulher, marido, filhos, amigos, cultura; so fica com a zona mista quem quer.

Bruno F. disse...

O bruno prata disse "Nós 60 pts, o benfica 59 e o Braga 58.

Não seria dispensável tambem ?