domingo, 18 de agosto de 2013

Para que fique esclarecido

Nunca na vida me verão celebrar derrotas do Sport Lisboa e Benfica. Bem pelo contrário, fico fodido e bem fodido quando o meu Benfica perde um jogo, porque não vi na nossa equipa a vontade que era e é tão necessária quando defendemos a camisola do Benfica. É esse o lema, é essa a exigência, é essa a obrigação de quem joga pelo clube.

Para aqueles que passam a vida na nossa caixa de comentários a apelidar-nos de "abutres", "andrades", "anti-benfiquistas" e outros quejandos, podem ficar descansados.
E podem ficar descansados, porque nós apoiamos, Nós apoiamos os meninos no Estádio da Luz. Nós apoiamos (nem sempre, é verdade) os meninos fora do Estádio da Luz. Nós apoiamos os meninos no Seixal. E se eles nos retribuíssem um quarto do que nós apoiamos, nós ficávamos satisfeitos. O que eu queria ter visto no Funchal era um equipa aguerrida, com vontade de vencer e de exorcizar os fantasmas que pairam sobre a mesma.

Porque não é connosco a colocar o dedo na ferida que os meninos, que passam os estágios em hotéis de 5 estrelas, com os seus iPad's, iPhone's e iMais qualquer coisa, que se vão sentir melindrados por palavras mais feias que não sejam "gosto muito de você", ou "dame tu camiseta".

Os jogadores, o treinador, o Presidente e o resto da maralha que por lá anda na "estrutura" do futebol têm um bom remédio para o que aí vem: VENCER! É esse o lema, é essa a exigência, é essa a obrigação.

3 comentários:

GeracaoBenfica disse...

- na minha opinião, Jesus está a ser mais uma vitima de uma ausência integral de capacidade estratégica e de visão de gestão desportiva, colocando-se nos ombros do treinador a responsabilidade de resolver todos os problemas do futebol como que por "artes magicas". Só uma remodelação profunda da SAD, com a saida de DSO, Goncalves e Gabriel alterará o futuro do SLBenfica. Esta é a minha sugestão: José Veiga como CEO da SAD, numa função semelhante à de Antero no FCP

luis disse...

Quando a Instituição Sport Lisboa tiver um Rei forte na presidência, forte será as suas gentes. A liderança neste tempo não passa de propaganda. Desportivamente os números não enganam. Os maiores orçamentos não correspondem necessariamente ás melhores politicas.
Um falecido Benfiquista, daqueles que num determinado tempo, fez-se sócio vitalício com 4 ordenados mínimos ou médios da época, dizia-me:
"...tudo o que os tripeiros fazem nestas décadas já nos fizemos. A grande diferença é que rejeitam o que estava mal e aproveitaram o exemplo de sucesso da hegemonia Benfiquista.".
tinha o mesmo nome dum grande central da era dos Campeões Europeus, daqueles que à època já levava livros para estagio. Sua graça, Germano ... corta para canto oh GeraçãoBenfica, o soares oliveiras, veigas, paulos gonçalves,e mais uns quantos profissionais são aquilo que devíamos rejeitar só porque não sendo Benfiquistas, iam trabalhar para outra paroquia. Não vês nos tripas gente de outras cores a decidir os destinos desportivos.
Mas o exemplo de "alguém" que já foi de 2 clubes, faz-me uma saudade dos tempos dos Germanos(só Portugueses e nas decisões Benfiquistas Amadores ou Profissionais, ricos ou pobres...). Tornou-se caso único o grau de profissionalismo do actual presidente desportivo, será que pode ser transferido outra vez???
Acredito que o próximo presidente tripeiro, claro está com a aprovação do papa, será o sócio do nosso, tal de salvador. O antero sabe da poda dos tripas, mas a liderança meus amigos !!
Já cansa tanto tempo da mesma fruta, teias montadas para décadas de domínio...
Porque será que se fez da corrupção com fruta ou sem fruta uma guerra do pinto contra Benfica e do vieira contra o pinto??
Não acham que devia ser uma guerra de todos???
Porquê...digam-me porque não chamamos os outros responsáveis desportivos para a guerra pela ética desportiva??
Temos algum Líder na presidência nestes últimos 20 anos ??
Vendemos bem a Marca,mas a propaganda da marca não acompanha os êxitos desportivos e porque será?? 14 anos( sem contar os passados no mesmo cargo profissional em alverca)..., não chegaram para pagar o novo estádio, centro de estagio ,museus,etc,etc...como também não chegaram para abrir alternativas de pessoas simplesmente e em exclusivo do Sport Lisboa e Benfica.
O nosso maior pecado está na força das alternativas, entramos nas guerras da imagem politica e depois esquecem que o futebol, modalidade de maior expressão joga-se no campos da bola durante pelo menos hora e meia...Fazem tanta politica que esta temporada vou quebrar "aquela" promessa de não comentar com os jogos oficiais a decorrer.
Basta de treinadores para aqui ,jogadores para acolá, profissionais tipo arco-íris a falarem da Instituição que os Germanos ajudaram a criar.
O BENFICA sem LÍDER, ganha menos desportivamente. E por vezes ganha, é importante para a industria como ganhou com veiga... a velha raposa Trap é que fez bem,disse como era e muito obrigado... lembram-se??

Influência Arbitral disse...

Se querem saber quantos penaltis e expulsões o Pedro Proença já marcou a favor ao Porto ou Benfica e a sua influência na alteração da pontuação final, consultem o resumo de arbitragens por clubes nos últimos 5 anos no blog:
http://influenciaarbitral.blogspot.pt

o critério utilizado neste blog para determinar de uma forma objetiva a influência das decisões arbitrais relevantes (penalti ou expulsão) na repartição final dos pontos, classificou-se todos os pontos acrescentados diretamente por um último golo de penalti ou após uma expulsão, como pontos acrescentados com influência arbitral.
Nos últimos 5 anos o Porto já beneficiou de 12 decisões arbitrais favoráveis nos 13 jogos arbitrados pelo Pedro Proença, aproveitando para melhorar o seu desempenho desportivo em 7 pontos acrescentados através de um último golo de penalti ou após uma expulsão do adversário. Pelo contrário nos 11 jogos do Benfica que o Pedro Proença arbitrou nas últimas 5 épocas, em consequência de penaltis e expulsões contra o Benfica acabou por sofrer golos que o obrigaram diminuir o seu rendimento desportivo em (-3) pontos. Aliás com o Pedro Proença, o Benfica só tem 39% de aproveitamento dos pontos em disputa nesses 11 jogos, quando em média nos últimos 150 jogos arbitrados por todos os árbitros teve um aproveitamento de 76,4% dos pontos em disputa.

http://influenciaarbitral.blogspot.pt/search/label/Resumo%20de%20arbitragens%20por%20clube%20%285%20%C3%A9pocas%29