segunda-feira, 3 de outubro de 2011

El Conejo

Muito se tem falado e discutido o verdadeiro papel de Javier Saviola no plantel do Benfica. Eu creio que não há discussão possível sobre o que quer que seja acerca do papel de "El Conejo" em Portugal e no Benfica.

Javier Saviola é o exemplo prático de que não há nenhuma equipa em Portugal com o estatuto e a história do Benfica que consiga convencer um jogador de classe mundial a actuar no nosso país. Foi assim com Mozer, Ricardo Gomes, Valdo, Claudio Caniggia, Karel Poborsky, Simão Sabrosa (na altura, no Barcelona), Pablo Aimar, Pierre Van Hooijdonk e outros.

Quando Javier Saviola chegou ao Benfica, eu não acreditei que fosse possível o meu clube do coração ter adquirido um jogador como ele e que eu admirava desde os tempos do River Plate, juntamente com Aimar. E quando veio "El Mago", aí então era a personificação perfeita do que é ver futebol de altíssimo nível no Estádio da Luz. Foi a isso que eu fui habituado, a esse nível de qualidade, tantas e tantas vezes incompreendidas pelo Terceiro Anel, expert em queimar jogadores.

Javier Saviola não tem jogado muito este ano, em virtude dos esquemas tácticos adoptados por Jesus, onde pretende ter maior solidez defensiva. Mas, mesmo assim, é sempre a primeira opção ou para substituir Cardozo ou para jogar ao lado dele e isso diz muito da sua qualidade.

Não se pode colocar sequer o papel de Saviola no Benfica. Nem para o que representa (a nível mundial) como pessoa e como jogador. Não se pode pôr em causa uma possível transferência só porque joga pouco e ganha muito. Não se pode desbaratar um jogador assim.

Se dúvidas houvesse (que já estavam a acontecer), "El Conejo" dissipou-as, uma vez mais. Dois golos, uma assistência e uma exibição de encher o olho. Mas o principal problema é sempre o mesmo: ou marca golos ou não presta. Isso é reduzir o futebol a uma essência que nem merece discussão. Saviola é isto e muito mais. O seu posicionamento, a sua tomada de decisão, quer ao nível do passe, da posse e do remate são superiores ao da maioria dos seus colegas. Mas nem por isso, se ouviu uma única palavra de descontentamento por falta de utilização. E isso mostra muito da sua personalidade.

Pelo que vale, pelo que já valeu e pelo que ainda vai valer a este Benfica, Javier Saviola é uma das suas pedras fundamentais.

10 comentários:

Ginha disse...

Bingo! Nem é preciso dizer mais nada...

Giovanni Falcone disse...

Concordo. Depois de tacuara, El conejo era a próxima vitima da imprensa para desestabilizar o balneário. Ninguém se deixe iludir com isto.
Abraço

Pedro disse...

Cada sócio e adepto que ligar para BTV deve começar por dizer que Aimar e Saviola são para renovar.

Existem benfiquistas que ainda não se aperceberam do privilégio que é ter Saviola e Aimar no SLB.

Cumps

Constantino disse...

Caro Mister D,

Ja no ano passado eu dizia: pela qualidade e inteligencia que o Saviola traz ao futebol do SLB, para mim ele nem precisa de tocar na bola para justificar a sua presença em campo. Só a titulo de curiosidade, a epoca horrivel que o Saviola esta a fazer resultou na sua influencia em 8 dos 19 golos do SLB (3 marcados, 2 penalties sofridos com o guimarães e 3 assistencias). Se um tipo que faz isto, precisa de um jogo com o paços para "renascer"....

PS - não sou ninguem para te corrigir e por isso peço desde já desculpa, mas... Preud'homme merece ser destacado individualmente como uma das estrelas internacionais e não ser incluido nos "outros". Sei que no seio benfiquista, considera-lo superior ao Bento é heresia, mas... perdoem-me, sou herege...

Abraço.

Mister D disse...

Caro Constantino,

Foi claramente um esquecimento que merecia um espancamento, mas sem muita malícia. Michel foi um dos grandes, sim senhor...Melhor, gigantes!

MAFARRICO disse...

Tá tudo dito, e muito bem.

BENFICA SEMPRE

Edson Arantes do Nascimento disse...

Perfeito. O texto e os comentários. Parabéns.

Otílio Hipólito disse...

subscrevo plenamente e vai ao encontro de algo que entendo ser fundamental para o Benfica ser ainda mais reconhecido internacionalmente e clube de atracção para jogadores quer nacionais, como internacionais... Que Jogador não gostaria de jogar ao lado de um Saviola ou Aimar? Ou jogarem no clube que imortalizou jogadores como os referidos e que se devem tornar embaixadores da Luz pela sua dimensão humana e futebolistica.

Assim entendo que as renovações com certos jogadores do plantel devem ser vistas como forma de dar uma dimensão superior ao clube, tal como acontece com Barcelona e Manchester United!

DeVante disse...

Há um Sr. que passou pelo Benfica e que quase não oiço falar dele...era defesa central e não cometia faltas...mas cortava tudo o que lhe passava pela frente...Carlos Gamarra...

L. disse...

ha 2 anos, 19 golos e 11 assistencias, o ano passado 13 golos e 2 assistencias e este ano ja 3 golos e 4 assistencias.

se sair, tambem aceito mas tem que vir alguem muito bom. mas so aceito se quem vier for muito bom, sem ganhar mais que ele, e 5 anos mais novo...