quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Sobre a última semana Benfiquista

1- Saviola voltou!! Sou, tal como o Mister D, um fã de Aimar e Saviola desde que despontaram ao serviço do River Plate. Como ele, exultei com a chegada de ambos (mais com a contratação do Payaso, confesso). A única coisa que nos separava neste início de época era a confiança no jogador. Enquanto o Mister D continuava a acreditar na utilidade do argentino, eu, depois do que vi na época passada (onde, apesar de um início com muitos golos, se foi revelando um jogador trapalhão e descrente, sem explosão e capacidade de decisão, errando passes em catadupa, muito longe do que mostrara na época anterior) e na eminência do fim do contrato, com Rodrigo e Nelson à espreita, comecei a pensar que poderia chegar a hora de encostar o número 30. Aquela segunda parte no Dragão quase alterou a minha opinião, mas o jogo da Roménia reforçou a minha descrença. Em boa hora terá despertado El Conejo com o jogo brilhante de sábado. O Saviola de sábado é, sem sombra de dúvida, um titular absoluto do Benfica.

2- Odeio isto a que alguns chamam "semana das selecções". Ficamos 15 dias impedidos de ver o Benfica nos relvados e ainda temos que ser confrontados com a falta de inteligência dos seus profissionais. É certo que os Media empolam declarações, por vezes distorcem-nas, mas a verdade é que os nossos atletas insistem em pôr-se a jeito.

3- "Os Benfiquistas são quem pior faz ao Benfica" Uma frase habitual entre Benfiquistas, sempre que a discussão conduz a posições antagónicas sobre o Clube. Normalmente proferidas pelos defensores do pensamento único, pelos que não sabem identificar uma crítica construtiva, e que ontem foram, mais uma vez, traídos pelo seu Grande Líder. Hoje, de uma forma excepcional, vou concordar com a frase. Há Benfiquistas que por vezes fazem mal ao Benfica. O Presidente do Sport Lisboa e Benfica, com a posição assumida no caso das eleições federativas, está a fazer mal ao Clube. E está contra a esmagadora maioria dos sócios do Sport Lisboa e Benfica.

4- Ontem apanhei uma repetição do Trio d'Ataque no preciso momento em que foi anunciada a saída de António Pedro Vasconcelos. Estive, quando ainda seguia o programa, muitas vezes em desacordo com ele, mas sempre apreciei a sua convicção na defesa do Benfica. Respeito-o por isso e por ser alguém que defende uma série de valores Benfiquistas que se vão perdendo nesta luta constante com o Papa andrade e seus acólitos. Ontem, pelos motivos anunciados, a sua oposição à privatização da RTP, passei a respeitá-lo ainda mais. Podia ficar agarrado ao tacho e a receber uns euros valentes, mas, mais uma vez, seguiu as suas convicções pessoais. Vou continuar a desprezar os seus filmes (não gosto da obra), mas continuarei a respeitar o seu grande Benfiquismo.

5- O Benfica conquistou a Supertaça de Voleibol sem ceder um único set ao adversário. Um bom resultado, a demonstrar que a equipa não esqueceu a derrota no campeonato transacto e soube aprender com os seus erros.

1 comentário:

xirico disse...

Olha que há 2 ou 3 filmes bem bons.Num deles,há a cena de um pide que pede a identificação a uma das personagens e vai daí o homem puxa do cartão do Benfica e dá-o ao pide que imediatamente diz:"que viva o glorioso"