segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

De todos, UM!

Olhamos para a classificação e vemos o adversário já longe. Não tão longe quanto desejaríamos, mas com uma diferença considerável.

Não é caso para encomendarmos as faixas, nem andarmos ao colo de ninguém, que não somos pequeninos para que nos dêem ajuda, mas sabe bem ver a azia de uns quantos que, toldados pela tradicional cegueira de quererem ver Lisboa a arder, zurzem como cães danados dos seus erros forçados.

Cabe ao Benfica, agora, saber gerir. E saber gerir implica estar preparado para, semana após semana, os adversários (porque são mais do que um os que nos odeiam) esmiuçarem cada lance dividido, cada queda na área, cada cotovelo na cara de outrém, cada movimento menos convencional que a Física certamente desconhece e que se torna numa berraria constante e difundida por aqueles que, também eles, não têm vergonha na cara.

Os cerca de 38 mil indivíduos (como se fosse um recorde mundial) que estiveram ontem em Alvalade, para assistir a dois golos de um defesa central norte-americano, na consequência de dois lances de bola parada, voltaram a sorrir, como que a pensar que desta vez é que vai ser. Entretanto, João Pereira está a tentar fazer tudo para voltar ao seu clube do coração. Eu sei que lhe custa estar a ver o seu Benfica à frente e ainda para mais, colocarem-no como capitão da equipa de circo, o faz parecer mais palhaço do que é, mas a vida é assim mesmo, caro João. Tu escolheste o teu caminho, não vale a pena agora chorar pelo "leite derramado".

No Marcolino de Castro (que raio de nome), onde a Liga quis que o Benfica jogasse, e onde se pudessem praticar os preços que se quiseram, uns adeptos do Benfica subiram a um telhado, mostraram a tarja de protesto e acenderam uma tocha. Crime! , disseram logo os sedentos agentes da PSP, que assim obrigaram os jovens a passar umas horas na esquadra da cidade, talvez aconchegando-os com uns tabefes, porque o Benfica tinha ganho e mantinha a distância para o actual campeão nacional. A PSP cumpriu o seu serviço, mas fosse mais lesta em determinadas situações parecidas, como por exemplo, quando se tenta ir ao Dragão ver um jogo de futebol e só se vê metade do mesmo, e teria algum crédito no que ao respeitar as leis diz respeito.

Assim sendo, estamos contentes. E com razão. Vamos ganhando (umas vezes bem à vontade, outras nem por isso) e vamos irritando quem nos dava, como dão sempre, "prazo de validade". 

E como vamos ganhando, os casos dissipam-se como os grãos da areia na água. Já não se ouve falar de Ruben Amorim, de Enzo, de Capdevila e afins, mas eles continuam lá. E até parece que estamos interessados em refugos do clube do Campo Grande. Dá para tudo!

Carrega Benfica! De todos, UM!

2 comentários:

Pedro disse...

Adorava que João Pereira voltasse ao SLB.

Escolheu o seu caminho, como assim? O rapaz renova com o Glorioso para depois ser emprestado e despachado para o Gil Vicente. A partir do momento em que rescindem com ele fez-se à vida e com muito trabalho ganhou lugar no Braga e no zbording. Pena tenho eu de não termos ficado com ele.

Qt ao resto, temos que segurar esta vantagem até recebermos os corruptos na Catedral. Vencer e ficarmos com 8 pts de avanço!!!!! CARREGA BENFICA!!!

dezazucr disse...

Concordo com o Pedro. João Pereira saiu do Benfica escorraçado pelo Koeman. Mesmo assim continua benfiquista, como comprovam alguns jogos seus contra o Benfica :)