quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Resumo do mês

Acabou a histeria colectiva que se assomou durante o mês de Janeiro e que teve sempre o Benfica como elemento principal. É normal que assim seja, já que ao contrário do que muitos pensam, o Benfica ainda é aquele que mais vende e mais dá ao país e à economia que gravita à volta do clube.

E como o Benfica é aquele que mais dá, resolveu ajudar Yannick Djaló, que se encontrava desempregado. Jorge Jesus disse ao Presidente que o tornava um "granda jogador", e que para além disso, era "português", o que ajudava nas contas para a UEFA e para a Champions. Sendo assim, o Presidente, como bom ouvidor, falou com o seu amigo de sempre Paulo Barbosa (certamente já esquecida esta questão) e resolveu contratar Djaló, a receber cerca de 55 mil euros/mês. Uma quantia simpática, para quem há bem pouco tempo, falava em contenção de custos para a equipa de futebol. Enfim...

De resto, o Benfica recusou ceder Capdevila (certamente a pensar na conquista da 4ª Taça da Liga consecutiva) a Espanha, assim como Nelson Oliveira (lá voltamos à questão dos portugueses outra vez).

Como provavelmente, nem o Málaga (por causa de Eliseu) ou o At. Madrid (por causa de Sílvio) não estiveram com muita vontade de ceder os jogadores, teve de se fazer um ajuste na equipa inscrita para a Champions, passando a ideia cá para fora de que os regulamentos são para se cumprir, mas só para alguns. Sendo assim, saíu Enzo Perez da lista e entra aquele que só serve para as Taças. Pode ser que alguma Luz ilumine o Salvador e veja que efectivamente, a opção que tomou durante a primeira parte da época no lado esquerdo da defesa seja diferente para melhor, o que não é difícil de entender e perceber.

Por falar em Salvador, certamente olhará para o Benfica e para o seu Presidente como um verdadeiro amigo. Eis senão quando precisava de alguém para o meio-campo do Braga e notou que Ruben Amorim estava com a porta completamente fechada no Benfica e decidiu falar com quem sabe. Saco de cimento aqui, saco de cimento acolá e o negócio ficou feito. Ruben Amorim pede desculpa, vai emprestado para tentar jogar e Jesus fica mais descansado, já que não terá ninguém para o chamar à Terra quando for preciso. Não sou tão radical como o Nessuno Dorna, mas como é óbvio, o que eu quero mais é que o Sp.Braga não ganhe nada, esteja lá o Ruben Amorim ou outro jogador qualquer.
Já quanto ao comportamento do jogador, o que se terá passado foi tratado, foi processado e houve pedido de desculpas. Do outro lado do Atlântico, não vi comportamento semelhante, vi o processo e vi a redenção. Certamente e claramente, dois comportamentos diferentes, duas atitudes diferentes perante situações graves que lesam a instituição de qualquer maneira.

Quanto ao resto, continuamos sem uma alternativa credível a Maxi Pereira. Saíu Amorim e ficou Almeida, que nunca na vida foi defesa-direito, até José Mota (esse extraordinário Zé do Boné) se lembrou que se calhar o miúdo tinha jeito para o lugar. Engano claro! Só não percebo é como é que o Benfica foi no engodo. Ou se calhar, percebo. Basta ver de onde veio André Almeida, mesmo não tendo a culpa de estar onde está.

Como disse o Presidente, estamos numa altura de contenção económica, e quem olhou para o Benfica viu isso mesmo durante o mês de Janeiro. Aliás, o reforço da futura equipa B dará certamente para mais duas equipas, o que é sempre extraordinário começar a pensar seriamente qual será o efeito do Caixa Futebol Campus neste contexto. Valerá a pena apostar tanto e falar tanto nos jovens portugueses, para depois irmos buscar espanhóis, suecos, brasileiros, paraguaios e afins?

Mas a principal notícia deste mês de Janeiro foi claramente aquilo que mais mexe com quem sente o Benfica e o que ele representa. Ainda não foi em Janeiro que o Benfica anunciou a renovação de contrato com Pablo Aimar. Tenho a esperança que seja no mês de aniversário do clube, que terá mais uma vez a sua Gala dirigida a todos aqueles que têm ajudado o Benfica, incluíndo o novo Presidente da Federação de Futebol e o patrão da Sport TV. Uma bofetada de luva branca (ou duas) seria nessa mesma Gala, com as pessoas atrás referidas presentes, o Presidente dizer que Aimar ia continuar vestido de águia ao peito e os jogos de futebol do Benfica em casa seriam transmitidos na Benfica TV! Isso é que era... Mas isso sou eu que costumo sonhar alto...

Finalmente, é este o plantel que o Benfica terá até final de Maio, que espero (secretamente e todos esperam no seu intímo) chegar a Munique, sem antes ter de dar 33 voltas no Marquês de Pombal. É com este que teremos de viver e é com este que teremos de apoiar. 

Viva o Benfica!

17 comentários:

Gandaia disse...

Engraçado, tivesse saído o Capdevila e o Nelson Oliveira, cá estariam para criticar porque se mandava embora o campeão mundial e outra estrela da formação ia recambiada.

Quanto ao Aimar a renovação, como qualquer outra renovação, não depende apenas do Benfica.

Era o Saviola que não renovava e já renovou.
Era o Maxi que não renovava, mas já renovou.

Há que ter calma.
E quanto ao plantel, a saída de Amorim é chata. Apenas isso. Foi o Amorim que se colocou nesta situação.

Nuno Bento disse...

Na minha modesta opinião, Munique (bem como os demais objectivos, mas nas suas devidas proporções) ficou em xeque com a não contratação de uma lateral esquerdo decente.
Todas as equipas que jogam contra o Benfica já se aperceberam onde está o elo mais fraco. Contra equipas mais fracas desenrasca, mas até o Diogo Cunha (do Feirense) fez dele "gato-sapato". Quando tiver pela frente extremos mais experientes na Champions, não há Javi ou Garay nas dobras que nos valha. É um a menos.

Para mim foi agoniante ver os dias passar e a nossa única lacuna fundamental não ser colmatada. Agora é com este baralho que vamos ter de ir a jogo. Que ele tenha toda a sorte do Mundo, é o que eu lhe desejo, porque com o seu talento... não vai lá.

Qui-GonJinn disse...

Gandaia, porque n comentas o texto? Será que vale tudo para defender o que n tem defesa? O homem escreveu alguma mentira? Contesta-o! Sim, é verdade! O que se anda a fazer no Caixa? Para se rechear a equipa B de estrangeiros! Respondam ao autor do post...

Germano3 disse...

"Ruben Amorim pede desculpa, vai emprestado para tentar jogar e Jesus fica mais descansado, já que não terá ninguém para o chamar à Terra quando for preciso".

O Amorim era o conselheiro espiritual do Jesus (passe a contradição)? Nesse caso mandamos o Raul José embora e contratamos o jovem rebelde para adjunto.

Já agora como é que o Amorim chama o Jesus à terra?

Seguramente que há erros, mas a forma como o meu amigo escreve faz crer que no mundo da bola tudo é previsível, fácil e só não é campeão quem não quer..

disse...

pelos vistos o enzo tb pediu desculpas....

Mister D disse...

Pois pediu, mas continua no plantel.

Já se viu vale mais a pena ficar 16 dias a mais na Argentina do que mandar o treinador para o caralho...

E bem podem vir com as teorias dos activos da SAD, que o tratamento é para ser igual....

Edson Arantes do Nascimento disse...

Só acho injusto dizer-se coisas que até são mentira (que o não-sei-quantos - ? - desmanchou o Emerson) mas "esquecer" de lembrar... que o mesmo jogador, o Emerson, sim, pois, salvou uma bola de golo quase certo. É uma memória selectiva realmente falha. E estava 1-2 para o Benfica com poucos minutos para jogar.

É como em Leiria, o homem faz a assistência para o primeiro golo, do Bruno César, e ninguém (repito: ninguém) faz qualquer referência. Já enjoa. Mete nojo.

O Emerson não é um atleta que me agrade, prefiro outro tipo de jogadores... mas aquilo que se escreve, sobretudo nos blogues assinados por benfiquistas, chega a rondar o cócó. Tudo o que é demais cheira mal.

Para além disso, e o Benfica já defrontou diversas equipas fortes, não me lembro de algum caso em que o rapaz tenha estado directamente relacionado com a perda de pontos.

Enfim, nada de novo no Terceiro Anel. Depois de ler este texto fiquei com a sensação que o Benfica ciranda pelo oitavo lugar do campeonato, que foi eliminado pelo Sheriff Tiraspol da Taça Uefa e que o Gondomar foi ganhar à Luz.

Será que sou eu que ando noutro mundo? Olha, se é isto, por favor não me acordem.

P.S. Curioso o facto de, em lado nenhum deste balanço de Janeiro, estar a informação-chave e relevante destes primeiros trinta dias de 2012. O Benfica segue em primeiro lugar do campeonato, sem derrotas e com cinco pontos de avanço em relação ao segundo classificado. Se trabalhasses na minha redacção: considera-te despedido. Por incompetência.

Mister D disse...

Meu caro Edson,

Pelo menos, e para já, quem manda nesta redacção ainda são os escribas deste blog.

Quanto ao resto, lavagens cerebrais dispenso. Emerson é mau, ponto final! É a minha opinião, como é a tua de o considerares espectacular com cortes em cima da linha e assistências para golo.

Se não soubessemos viver com a diversidade, como é que seria???

Cumprimentos!

Edson Arantes do Nascimento disse...

Tenho pena que não saibas ler "a diversidade". Eu escrevi isto: "O Emerson não é um atleta que me agrade, prefiro outro tipo de jogadores..."

Está ali em cima.

Parece-me que dei vários argumentos, que são válidos porque são debitados de boa-fé, e a tua resposta é desvirtuar aquilo que disse e avançar pela lenga-lenga da lavagem cerebral. É de facto muito fraquinho.

Nunca pensei que fosses tão incompetente.

Mister D disse...

Meu caro Edson, de diversidade também percebo algumas coisas. De argumentos também.
De incompetência, um dia depois mostro-te o que ela representa.

Não sei se reparaste, mas o tópico do post versa a questão do mercado de Janeiro e não a classificação da equipa, o ser invencível e ter o FC Porto a 5 pontos.

Na questão do Emerson, apenas emiti a minha opinião, e complementei-a no primeiro comentário que te fiz.

Quanto ao resto, para quem tinha um blog com alguma substância, estava à espera de mais, sinceramente...

Mister D disse...

E para complementar ainda o comentário anterior, vou só dar um exemplo de diversidade (basta olhar para o post que se está a comentar):

- Contratação de Djaló
- Recusa em emprestar Capdevilla e Nelson Oliveira
- Falhanço de algumas contratações que se deveria ter feito, tendo em conta as opções tomadas para o lado esquerdo da defesa
- Empréstimo de Ruben Amorim a Braga e respectiva relação entre clubes e presidentes
- Castigos de Amorim e Perez
- André Almeida
- Contenção económica vs. contratação de jogadores para a equipa B
- Renovação de Aimar e Direitos televisivos
- Desejo de Benfica Campeão

E com o que é que se implica? Com o Emerson, pois claro!

Viva a diversidade!!!

LC disse...

Djaló foi bem contratado
Recusa de emprestimos correctissima
Não falhou nenhuma contratação, fez-se o que era possível
Ruben Amorim foi bem emprestado, quanto mais guerras comprares mais te magoas.
Amorim é fraco, Perez uma incógnita
André Almeida é mau mas já era o Benfica quem lhe pagava ordenado
Já dei opinião, o plantel de juniores e os novos seniores não chegam.
Aimar vai renovar, direitos TV temos tempo.
O teu unico desejo é continuar a bater no ceguinho, vai lá tu contra ele e mostra as tuas credenciais.
Emerson? Não é craque mas também não é mau como o pintam.

Viva o Benfica.

PS: Para complementar todas as letras escritas anteriormente, é por mandares nesta redacção é que ainda escreves, és tipo o Serpa, a questão é que só escreves asneiras... só dei a minha opinião, ainda é possível, certo?

Mister D disse...

LC, como viste, o teu comentário não foi censurado.

Aliás, esta redacção é capaz de ser das muito poucas que não censura ninguém.

Sabes que o sentido da liberdade é esse mesmo.

O Serpa continua a vender jornais, não continua?

Abraços,

Cantanhede disse...

Anseio do dia em que Miste D, tome as rédeas do Glorioso...

Mister D disse...

Meu caro Cantanhede,
Para se ser Presidente do Benfica, tem de se ser sócio dos três grandes, não perceber nada de futebol e olhar para os amigos de uma forma especial, mesmo se eles quiserem o contrário.
São características que eu claramente não tenho.

Cumprimentos

Cantanhede disse...

Sim... Isso e valor, para convencer 97% de Benfiquistas a votar nele e levantar o clube do lodação onde estava.
E sobretudo, para o fim de tantos anos, dar a alegria a tantos Benfiquistas de irem ao Estádio e verem a sua equipa a jogar futebol!
Estas críticas são o reflexo de um Portuguesismo Bacoco, da crítica fácil, do escárnio de quem efectivamente faz alguma coisa, porque esses são sempre uns incompetentes! Bons são os que avaliam a gestão do clube, tendo por pano de fundo um pires de tremoços e uma inexcedível dose de basófia...
Peço desculpa, o Blog é seu, mas sinceramente não há pachorra que ature mais este bota abaixo sem sentido!
Com isto, desejo-lhe as maiores felicidades para a sua vida pessoal e para este blogue, mas encerro aqui as minhas visitas a este espaço!
Saudações Benfiquistas...
PS: Nunca colocando o seu Benfiquismo em dúvida, note-se!

MS disse...

Nao e verdade que 97% dos Benfiquistas tenham votado em LFV.

E mesmo que fosse verdade, nao permite concluir sobre o acerto da escolha; assim de repente, por exemplo, lembro-me de Vale e Azevedo, Damasio, Alberto Joao, Socrates ou Hitler.

LFV e o presidente do Benfica e tem todo o meu apoio para fazer um bom trabalho. Nao me parece justo e que pecam para por uma venda nos olhos e lamber-lhe o cu indiscriminadamente apenas por ter sido eleito. Ate porque, na minha opniao, o Benfica ainda fez e faz muito mais por ele do que o que ele ja fez e faz pelo Benfica.