quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

A boa vontade nem sempre produz boas iniciativas

Falar a quente raramente dá bom resultado. Na ânsia de prosseguir as homenagens a Eusébio, Luís Filipe Vieira manifestou uma infeliz pretensão: encerrar a estátua numa redoma.

Inaugurada há 22 anos, a estátua serve o propósito de homenagear a vida de Eusébio. Encerrá-la com todas as ofertas dos últimos dias é o mesmo que demoli-la, é transformá-la numa homenagem ao luto dos portugueses. E isso parece-me manifestamente errado.

Durante 22 anos a estátua tem estado ali ao nosso alcance. Diariamente vimos crianças ao seu lado enquanto os pais as fotografavam, provavelmente as mesmas crianças que nos últimos dias vimos chorar. Há um simbolismo que se perde ao encerrá-la, uma desconfortável sensação de afastamento dos nossos ídolos que se instala.

Eusébio tem o seu espaço próprio no Museu Cosme Damião e não seria complicado reservar uma pequena área para expor todos as tarjas, cachecóis, camisolas, bonés e cartazes "oferecidos" ao King, imortalizando assim a homenagem de todos os portugueses que se deslocaram à Luz.

Há momentos em que recuar nas intenções é a melhor demonstração de bom senso. Não "matem" o Eusébio outra vez.

2 comentários:

Gandhy disse...

Fechar a estátua do King em vidro é estúpido e ridículo. O Rei e do povo, e o povo quer o Rei. Tirar fotos, tocar nele, estar a seu lado, como tem feito até aqui. Fechar a estátua como uma divindade, isso é que o Rei certamente não queria. Espero que LVF recue na opção.

luis disse...

"Eusébio tem o seu espaço próprio no Museu Cosme Damião e não seria complicado reservar uma pequena área para expor todos as tarjas, cachecóis, camisolas, bonés e cartazes "oferecidos" ao King, imortalizando assim a homenagem de todos os portugueses que se deslocaram à Luz."

Tapar a homenagem que foi feita em vida...um ano é muito tempo...está dito.

Benfica Todos Tempos!!!