segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

O papel do Jorge

Dizem os jornais que os direitos económicos de André Gomes foram vendidos a Jorge Mendes, ou neste caso, à Gestifute.

Dizem os jornais, é certo. Ainda nada está confirmado pelo Benfica às instâncias competentes, mas também há muita coisa que o Benfica não comunica e só ficamos a saber nos relatórios de contas da SAD, de semestre em semestre.

A história de André Gomes não é nova. No único ano em que Nelson Oliveira teve algum papel atribuído no Benfica, a influência de Jorge Mendes foi feita com esse intuito. Disse o empresário a Luís Filipe Vieira que "ou o Jesus o mete a jogar ou eu compro-o e coloco-o onde eu quiser". A história é sobejamente conhecida. Jesus lá colocou o menino a jogar e Mendes não precisou de o comprar.

O que é surpreendente nisto é que Luís Filipe Vieira, o tal que não precisa de falar com empresários, o tal que proibia os empresários na Luz e que o tempo desses senhores ia acabar, afinal, e em mais uma prova da sua extraordinária coerência (extraordinária=que acontece raras vezes) fez o que tem feito: deturpa a palavra dada, e pior, fica refém de quem não queria (segundo ele) ficar.

Mas aqui aparece ainda o outro Jorge. Aquele que não lhe faz diferença se o jogador é português ou chinês, se é preto ou branco, ou se tem 27, 22 ou 35 anos. Aquele Jorge que vive a pensar o jogo 24 horas por dia, que raramente se engana e que tem a certeza de quase tudo. Esse mesmo Jorge, que olhando para o seu possível futuro, olha para o outro Jorge e faz aquilo a que é obrigado, mesmo contra a sua vontade.

Ninguém põe em causa o papel que hoje em dia, Jorge Mendes tem no mundo do futebol. Ninguém põe em causa que Mendes pode, de um dia para o outro, comprar qualquer jogador do Benfica, ou mesmo, como já fez em muitos casos, curiosamente a pedido do Presidente, interceder junto de outros clubes para comprarem jogadores do Benfica. O que aqui se põe em causa é que semana após semana, o Benfica vai dando as pérolas a porcos que, quer a comunicação social quer aproveitar, quer nós, benfiquistas dos sete costados, nos sentimos envergonhados de tamanha incompetência.

O que se põe em causa é a gestão danosa e a falta de estratégia desportiva e financeira que o clube atravessa sem uma ideia ou uma solução para sair de uma espiral de dívida que só tem tendência a agravar.

6 comentários:

luis disse...

"O que aqui se põe em causa é que semana após semana, o Benfica vai dando as pérolas a porcos que..."

Como o post tem " O papel do jorge " ;)

-não sei porque falta ai, o papa jorge nuno... que mexe nas pérolas à 35 anos e com confianças nas portas...os profissionais do exalvercaSad não preciraram de nascer 10 vezes ;)

Nota: Mister não é possível arranjar aquele bocadinho do documentário sic do super agente ?? Aquele pedido de sorriso de orelha a orelha para o casamento ??

Mesmo sabendo que naquele momento já tinham relações de amantes desde 2002/2003...exemplos podem ser o tiaguinho ou a "apólice de seguro" do Ricardo Rocha vindos do braguinha juntamente com o Nelson Oliveira ;)O meu caro Mister reflectiu e bem ,

"o tal que proibia os empresários na Luz e que o tempo desses senhores ia acabar"

- Aquela declaração vaidosa sem descaramento devia ser outra vez exposta aos mais desatentos ;)

Benfica Todos Tempos

Cantanhede disse...

Vender um jogador que não é titular, nem sequer 2.ª escolha, por 15 Milhões de Euros é gestão danosa? Mas anda tudo louco?

piazzanuova disse...

Quando se subavalia um activo e se aliena o dito activo sem o mínimo esforço para o rentabilizar, conseguindo com isso uma mais valia potencialmente superior, sim. É gestão danosa.

Cantanhede disse...

Reitero o que disse, um jogador que não é titular, nem para lá caminha, é vendido pelo mesmo preço do Cristiano Ronaldo é subavaliar um activo?

Ainda por cima, aprecio algumas qualidades do André Gomes, mas duvido que seja um fora de série, até porque a meu ver lhe falta muitíssima intensidade de jogo... Poderá ganhar ou não! A verdade é que ainda é uma incógnita e ser vendido por este valor é simplesmente um grande negócio!

Já agora, na tua opinião, quem saía do onze para jogar o André Gomes? Já que temos que o rentabilizar...

Saudações Benfiquistas!

pedro disse...

o problema não se põe para quem devia sair do onze para entrar o André Gomes, o problema e, por sinal já bastante antigo, era quem não devia ter entrado no clube para o André Gomes e outros que por aí andam possam jogar.

luis disse...

@pedro,e mais nada ;)

B T T