domingo, 6 de novembro de 2011

Ai a intensidade, a intensidade

Este Benfica deixou de entusiasmar, definitivamente. Como colectivo que tem de ser, não o é, e se alguma figura que faça parte desse colectivo seja preponderante e não joga, nota-se a léguas.

Quando ontem, Jesus, no meio da sua soberba, veio dizer que quem fala na intensidade de jogo do Benfica não entende nada, fiquei mais descansado com o rumo que a equipa iria ter na Pedreira, no dia de hoje. Receio, medo de atacar e uma estratégia típica de um Felgueiras ou de um E.Amadora, que em nada se comparam ao que foi este Benfica de há dois anos atrás.

Os mais optimistas dirão que fomos a Braga e ao Porto e saímos de lá incólumes. É verdade. Saímos de lá com dois empates, que se apertássemos um bocadinho mais, mas mesmo um bocadinho, tínhamos saído de lá com duas vitórias.

E esta questão da intensidade mostra muita coisa. Jesus disse, na mesma Conferência de Imprensa, que nenhuma equipa do Benfica com ele jogará com intensidade alta durante os 90 minutos de jogo, porque o tipo de jogo do Benfica que o mesmo Jesus adopta rebenta com qualquer equipa do Benfica. O método de jogo do actual Benfica mostra a incoerência e teimosia táctica em que Jesus se meteu. Quis apostar no 4-3-3 porque viu que efectivamente é o melhor sistema táctico para este Benfica, mas engana-se nas funções que cada jogador deve ter em campo. O melhor exemplo de hoje é a colocação de Ruben Amorim num lugar onde nunca teve essa rotação. 

Para além disso, o Benfica em 4-3-3 modo Jesus mostra que linhas compactas não é da sua preocupação. Interessa-se mais pelos pormenores tácticos em bolas paradas do que em bolas corridas e isso vê-se. Defrontou um Sp.Braga que com dois jogadores diferentes daqueles que jogaram na quinta num terreno chuvoso e durante 90 minutos e mesmo assim, as oportunidades criadas foram escassas.

Enquanto nos formos preocupando com o acessório (como NÃO termos perdido no Dragão e em Braga), ou por estarmos em primeiro e não termos nada perdido, convém que se olhe para o principal, como por exemplo, Jesus não apostar em mais ninguém para o lugar de Aimar sem ser Witsel. Ou como no início de Novembro, metade da equipa do Benfica estar de rastos. Ou ainda, a teimosia em não apostar em jogadores mais experientes, que podem trazer alguma dose de tranquilidade à própria equipa em determinados momentos do jogo.

Para o fim, deixo o melhor. Imaginemos que a mão de Emerson é transformada na mão de Paulo Vinícius e que em vez de ser Alan a cruzar, é Ruben Amorim. Os adeptos benfiquistas considerariam penalty?

23 comentários:

Pedro disse...

Estás a falar naquele lance perto do fim? A bola não bate no braço do jogador do Braga.

Se o lance fosse idêntico ao do Emerson era penalty. Mas o Proença NUNCA marcaria.

Jose disse...

«Ou como no início de Novembro, metade da equipa do Benfica estar de rastos.»

Gostei desta. De facto as equipas dos nossos rivais estão aí frescas que nem uma alface.

Pedro disse...

À bom...os nossos rivais estão mal então está tudo bem. Nós até nem temos um plantel bem superior nem nada...coisa pouca...

Porra. Essa argumentação tira-me do sério...é isso e andarem a dizer q ganhámos um ponto...foda-se um empate em Braga é ganhar um ponto?? Só aceito essa argumentação no Dragão. Em mais campo nenhum. E no Dragão por toda uma série de situações q bem sabemos...

L. disse...

o importante para ti, é conseguir dizer mal e fazer bota abaixo aos teus ódiozinhos de estimação - por mais que nessa sanha prejudiques o benfica, criando ondas negativas.

a habitual tentação da glória de estar do lado dos velhos do restelo - dos que se demitem de estar com a equipa. dos que se alegram de ter sido profetas da desgraça. vivem assim o sentimento clubista.

mas quem é que é esse treinador milagroso, esse messias capaz de criar para ti uma temporada de vitórias fáceis em todos os jogos e sem sofrimento? NÃO EXISTE TAL COISA. NEM O MOURINHO O CONSEGUIRIA.

como é que o Benfica podia estar fresco, se teve que começar a época um mês mais cedo?

e é a teimosia disto, e a teimosia daquilo. tudo tretas. jesus é o treinador - felizmente!

depois é pegar com o que ele disse ou deixou de dizer, com as virgulazinhas do discurso. meu deus!

empatámos no dragão onde tínhamos perdido nos 2 últimos anos, empatámos em braga onde tínhamos perdido nos 2 últimos anos.

jesus está mais realista e os resultados provam-no. se calhar o que preferias era que a equipa estoirasse em definitivo daqui a um par de meses. eles vão recuperar fisicamente. agora é preparar a naval e o sporting, sabendo que até 20 de novembro o benfica completa 4 meses de temporada oficial sem perder um único jogo e com apenas 2 resultados claramente negativos. provavelmente desde hagan que não acontecia - e mesmo nesse ano se calhar antes de novembro perdemos algum jogo europeu...

mas deve haver que preferisse que o trappatoni tivesse metido a equipa a jogar ao ataque e sempre "cheia de intensidade"... e acabasse em 3º como o peseiro.

o importante para alguns é o acessório de arranjar maneira de dizer mal de uma temporada como esta, com a condicionante da pré-eliminatória e com um calendário duro na primeira volta: dragão, choupana, barreiros, braga.

viva o Benfica!

pedrosousa57 disse...

O problema não é físico. O problema é que o JJ foi do 80 para o 8. De duas épocas em que o Benfica corria desenfreadamente para a frente passou a uma equipa que só quer jogar em contra-ataque. Se repararem o Benfica literalmente dá a bola ao adversário quando a tem em seu poder (maior parte das vezes é mesmo intencional). Prefere que o adversário tenha a bola e depois de a ganhar tentar o contra-ataque. O problema é que nestas ultimas semanas os adversários ficam com a bola e atacam com muito cuidado. Já atacam posicionados para defender os contra-ataques do Benfica. Para além disso e principalmente na Luz vão trocando a bola enervando os adeptos e a equipa do Benfica. Isto leva a que apesar dos adversários criarem muito poucas oportunidades (a não ser que lhas dêm. Não é por acaso a quantidade de livres assinalados à entrada da área do Benfica e os pénaltis) nós também não criamos. Para além disso a equipa está a interiorizar este sistema. Em casa ainda pressiona nos primeiros minutos mas quando está a vencer volta logo a esta formula. Quanto ao Jesus em termos de montar a equipa em certos jogos e principalmente nas substituições durante o jogo tem sido miserável. Não caísse aquele golo do céu aos trambolhões e ele ficava em maus lençóis.

L. disse...

empatar em braga é ganhar um ponto e é perder dois. ambas as coisas. dizer que é um resultado negativo é pura sobranceria e arrogância. por 3essa ordem de ideias tínhamos que acabar o campeonato com 28 vitórias e 2 empates e menos que isso é mau. essa atitude é o contrário das fundações do Benfica. é a mania dos quinje a jero, a mania de que temos que ganhar porque sim, e que os jogadores têm que ser deuses e não têm momentos de forma, cansaço, erros e etc. que fazem parte do futebol.

quem exige uma espécie de época cristalina sem sofrer e sem perspectivas de falhar é o adepto mais fraco. o sofrimento faz parte. eu aguento. é preciso ter estaleca. e dar o apoio necessário.

quanto ao penalty do emerson - não é indiscutível, mas aceito - pela mesma lógica que considerei que o penalty contra o guimarães a nosso favor foi penalty. agora os mesmos azulados que disseram que esse penalty não existiu, é que mudaram de ideias e agora acham bem assinalado.

L. disse...

pedro sousa - o golo caiu aos trambolhões. sim. e o do braga caiu de onde? do volume de jogo do braga da primeira parte não foi com certeza.

as substituições do jesus? são más? bom, nem sempre se acerta. por exemplo no dragão deram-nos um ponto importante.

sejam humildes e reconheçam: o resultado não é negativo, mesmo que não seja o ideal.

o ano passado em vez de 24 pontos a jornada 10 tínhamos 18. e no ano do título em vez de 24 tínhamos 23.

e fizeram isso com uma pré-época condicionada, começada 1 mês mais cedo, o que mexe com todo o planeamento físico, com os picos de forma - e graças a um enorme esforço os jogadores chegam a esta altura com uma época globalmente bem positiva.

agora é só pensarem que é preferível alimentar a onda vermelha, em vez de onda de desmoralização, que para isso bastam os media, e abdicarem da tal alegria do "eu bem dizia".

força Benfica.

Mister D disse...

Meu caro L.,

È sempre um prazer discutir demagogia contigo, já que és dos poucos que consegues alimentar a parte humorística dos comentários no blog.

Portanto, nós somos os profetas da desgraça, os velhos do restelo e afins. Mas também vamos à Luz, ao contrário do que tu dizes. E vamos muitas vezes, acredita.

Quanto ao Jesus, remeto-te para o Bola 7 e convido-te a ler o artigo que fala sobre JJ. Só "papas" se quiseres... A minha experiência pessoal com o treinador do Benfica tem muito do que é revelado naquele post.

E agora, a justificação é porque começaram a preparação da época mais cedo. Não há cú para tamanha aberração. Então a época não é planeada? Não foi o nosso extraordinário treinador que teve 40 jogadores para treinar? Não teve tempo para escolher.

Foda-se! Este tipo de teorias que depois destabilizam os jogadores, coitadinhos, faz-me muita confusão.

Estão no Benfica! No Maior Clube de Portugal e um dos Maiores do Mundo. Têm de saber lidar com a crítica, seja ela positiva ou negativa. Não é dizer mal por dizer. Não é dizer bem por dizer.

Ninguém quer uma época cristalina. Queremos uma época condizente com a história do Benfica. Queremos uma época em que não tenhamos de sofrer, como sofremos há quatro jogos atrás, com equipas do calibre de um Olhanense ou Beira-Mar. E queremos atitude e HUMILDADE, que é coisa que falta ao tal timoneiro, que todos gostam muito...

Por isso, L., se não gostas, não comas. As simple as that...

Manuel disse...

Concordo totalmente com o L. E o Bola7 não é exemplo para ninguém. Que idade é que tem o tipo, 90 anos? Esse é que é um verdadeiro velho do Restelo. Ele já tem é idade para ter juízo.

Diz que não gosta do JJ, seja lá porque razão for, faz alarde disso como se fosse algo que o fizesse orgulhoso. Isso é que é demagogia do mais baixo e do mais rasca que há.

Demagogia é o que vocês fazem, sempre a bater no mesmo, a criticar quase sempre sem razão, como se isso ajudasse alguma coisa. Ajuda apenas o ego de gente egoísta que tem necessidade de mandar os outros abaixo para eles próprios poderem sobressair da mediocridade do seu dia a dia.

Toda a gente tem defeitos e comete erros e por isso não é difícil apontar erros a quem quer que seja. Até Deus comete erros, vejam lá!! A inveja é uma coisa muito feia!

E no fim, depois de chamarem sobranceiro e arrogante ao JJ ainda vêm com afirmações destas:

"Estão no Benfica! No Maior Clube de Portugal e um dos Maiores do Mundo. Têm de saber lidar com a crítica, seja ela positiva ou negativa."

Falem em ser-se arrogante!! E em falar basófia! Como se isso de ser o maior clube do mundo justificasse toda o disparate que alguns adeptos desmiolados atiram da boca para fora!

Um pouco de tino e de inteligência não prejudica ninguém. Especialmente se são adeptos do maior clube do mundo e arredores!

Mister D disse...

Acho impressionante como se brinca com o critério de exigência do Benfica actualmente, mas enfim.

Sou eu que penso assim, um gajo basófias, um velho do restelo, um profeta da desgraça e um vaidoso compulsivo.

Obrigado, Manuel, por me compreenderes...

Gandhy disse...

Faço outra pergunta. Se o Emerson fosse o Rolando ou vestisse de azul e branco aquilo era assinalado?

Manuel disse...

Mister D, como te compreendo... Nem imaginas. Mas não gosto.

Se fossem tão exigentes com vocês próprios como são com os outros, pessoas que nem sequer conhecem, provavelmente falavam de outra maneira.

Mister D disse...

Quem te disse a ti que não conheço o Jorge Jesus?
Tens algum dom adivinhatório quando teclas no computador?

Sinceramente, paciência é coisa que não me assiste para discutir com pessoas como tu...

Jota Pê disse...

Hoje fomos brindados com Witsel encostado à direita...

Que nos reserva JJ para o jogo do derby?

Filipe disse...

As coisas estão a correr bem, mas com o modelo de jogo do Benfica é apenas uma questão de tempo. A equipa cria muito poucas ocasiões de finalização (há apenas 8 equipas que rematam menos que o Benfica) e mesmo assim a defesa fica muitas vezes desprotegida.

Temos jogadores no ataque com uma eficácia incrível. Porque é que marcamos tão poucos golos? (o Sporting já nos ultrapassou.)

Irons disse...

Sempre que alguém começa a marcar golos, o JJ lembra-se de o por no banco, eu, sinceramente, já estou farto de ler L´s e Manueis!!! Fdx, vocês querem ganhar ou querem empatar na casa dos outros?!!? eu quero ganhar e de preferência fazer por ganhar, não é andar a arrastar o equipamento em campo! SÓ PEÇO QUE O JESUS NÃO INVENTE, não é pedir muito!! Ponha os jogadores no lugar certo!! PORRRA, já ando farto dos jogos de caca que o Benfica anda a fazer!! Não perdemos, menos mal, mas um dia, a jogar assim, nem ao mija na escadas ganhamos!! Que venha a NAVAL, MAN UTD e Sporteng, com humildade e atitude venceremos todos, principalmente sem inventar!

Alberto disse...

Já estava com saudades de ver o blog animado :)
Basta o Benfica jogar mal

Bcool973 disse...

Sabes Mister D, o seguidismo acéfalo é a razão que levou o Benfica ao fundo do poço na segunda metade da década de 90 e início da década de 2000. As pessoas não aprendem que os verdadeiros amigos, aqueles que se preocupam, apontam as falhas para que se possa melhorar em vez de se limitarem a bater palmadinhas nas costas e comiserar contra os outros malvados. Há um tempo para tudo, para a comiseração e para a crítica. Se após 4 exibições muito abaixo do exigível, esse pessoal continua a dizer que devemos apoiar a equipa, sendo que o apoiar para eles é dizer que sim acriticamente a tudo quanto é feito pelos profissionais pagos a peso de ouro na SL Benfica SAD, em vez de a criticar, então não sabem o que é apoiar. Eu quando vivi na região de Lisboa apoiava em todos os jogos em casa estando presente e gritando pela equipa, nunca assobiando. Isso sim é apoio. E apoiei nos dias mais sombrios e mesmo durante e após os resultados mais vergonhosos. Agora criticar é algo que me assite como indivíduo pensante se vejo que as coisas estão erradas, mais ainda como sócio do Benfica que quer ver o seu clube campeão numa base constante. Mas se calhar esta atitude é demasiado complexa para os seus cérebros unidimensionais.
A verdade é que a equipa não está solidária, seja porque não tem frescura física, mas não acredito nessa teoria, acredito sim que um ou outro jogador não está muito bem, tipo o maxi que não teve férias nem fez a pré-época, vindo duma época muito longa, acredito que o aimar mas não consiga aguentar os 90 minutos e acredito que alguns jogadores que mudaram de ligas menos exigentes também sintam algumas dificuldades, mas isso é algo que não devia ser evidente em todos os jogos. Acho que mais grave que a preparação é a incapacidade da equipa em dar linhas de passe que permitam aos jogadores libertarem as bolas nos momentos certos. Mais do que dizer que é um jogo deliberado, acho que é mais por incapacidade do Benfica manter a bola. Razões podem passar pela quebra física do Witsel que o afasta do Aimar e dos alas, mas mesmo atrás ou quando o Benfica recupera a bola e a envia ao Aimar nota-se o mesmo. A ser esse o problema, a solução passava pelo Matic. Outro problema é a falta de profundidade que o Emerson dá à equipa no flanco esquerdo, o que implica que um dos flancos do Benfica está sempre coxo e a sua falta de confiança no um contra um implica que dificilmente o Benfica consegue grandes desequilíbrios sobre a esquerda, meia-esquerda, a menos que haja talento individual, gaitán e rodrigo hoje. A quebra física do aimar agrava as coisas que ficam ainda piores com a sua saída, visto não existirem compensações, quer do avançado móvel, quer do witsel que não sobe tanto. Acho que nesta fase e temos muito tempo até à lagartada, penso que devemos centrar-nos em recuperar fisicamente alguns jogadores aimar e bruno césar e apostar mais noutros, estilo nolito e matic (que não a trinco) ou o amorim, mas nunca às alas. é óbvio que o maxi, o gaitan e o witsel precisam de algum descanso, mas indo às selecções isso é impossível.

Illuminati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Illuminati disse...

Continua a encher chouriços que malta gosta!

Mister D disse...

Bcool973, ainda bem que há alguém que consiga ver mais para além do óbvio.

sotilmae disse...

O Benfica até pode ser campeão, tendendo em conta a concorrência deste ano, mas sinceramente, de um bracarense, não será pelo que jogou em Braga, que foi mau de mais até para um adepto que se ri destas discussões.

Mau, mau de mais para ver. Com um Braga 'fraquinho' (bastava um Braga normal de Domingos e perdiam sem discussões) nunca vi um Benfica em Braga como este. Sem construir uma jogada de jeito (excepto a laivos individuais de Gaitan, na 1.ª parte), sem ideias, com jogadores em baixo de forma, a atrapalhar-se dentro do campo (culpa do treinador que preocupou-se em não perder, pois imagino que lhe faria muito mal ao ego perder 4 vezes seguidas em Braga).

Assim, para o Braga foi um resultado péssimo, atendendo à forma como correu o jogo e ao que o Benfica construiu. Não fosse o empate e Jesus estaria mesmo em maus lençois para justificar a equipa, as substituições e a produção...

Tudo o mais, ainda que não goste das trocas azedas de palavras (já chega; não dou para esse peditório), qualquer Benfiquista que tenha um discurso diferente do autor do post é contribuir para o regresso do Benfica dos anos 90. Mais do mesmo, os próprios a cavar a sepultura (onde já vi isto e não desgosto!).
Será que alguma vez vão aprender? Eu diria, espero que não. Pela quantidade, tenho esperança que não. Ainda assim verifico que há quem tenha visão e não seja seguidista (espero que lhes façam ouvidos de mercador...).

sotilmae disse...

PS. É triste ver num clube, que reconheço ser dos principais no nosso futebol, entrar com apenas um português, pagos a peso douro, com jogadores ditos craques,num tempo de crise como o que passamos. Para o triste espectáculo que deram, mais valia apostar em jogadores portugueses que sintam o futebol português e os seus clubes.

Digo isto não só pelo Benfica, pois os outros clubes fazem o mesmo (a diferença esta nos orçamentos!). E o Benfica se quer ser diferente (como se diz), teria responsabilidades na matéria... Assim, é mais um!

Começo a pensar que não vale a pena gastar os meus euritos em ver esta cambada toda a passar por cá, tipo entreposto, chupam na teta, querem lá saber dos adeptos (essência dos clubes). O mesmo se pode dizer em relação aos dirigentes... Só pensam na comissão, nas vantagens económicas, nos negócios e na exposição mediática.

Qualquer dia não há dinheiro para estes jogadores e depois vamos querer portugueses e não os vai haver... Os poucos que temos, vão todos emigrar.

Não sou contra emigrantes e bons jogadores; só não acredito que sejam todos craques e estejam cá porque são melhores que os que temos se apostassem neles.