sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Quando a gravata aperta (ou um momento ontológico sublime)


Não é para frente, jovem...é para cima...

2 comentários:

L. disse...

pois e a sorte dele é que no momento mais difícil jogou contra o amigalhaço do nacional, com o filipe lopes e o luiz alberto e jogarem como jogam sempre contra o porto, a largar os avançados, e mesmo assim foram 2 golos offside.

contr ao paços teve sorte no 1-0.

e esta semana joga com outro amigalhaço, o daúto que era pago pelo porto para fazer relatórios... têm dúvidas que o andré pinto vai abrir as pernas para os avançados do porto?

nós, teremos que suar muito em braga. nos proximos 3 jogos 5 pontos sera pouco mas nao sera demasiado grave, tendo em conta que estamos num momento fisico muito baixo, devido ao inicio antecipado de epoca. mas seria muito importante manter a invencibilidade até manchester.

GM disse...

Muito bem, adjunto. Continua o bom trabalho.