terça-feira, 6 de outubro de 2009

Obrigado palhaços!

O presidente dos lagartos veio a terreiro criticar (pois, não sei bem se criticou, se brincou, ...) a criação do fundo de investimento em passes de jogadores do Glorioso.
Sucede, porém, que nos termos em que colocou a análise, acabou por fazer um elogio inesperado a quem, com saber e experiência, negociou o fundo.
Sei que elogios vindos daquelas bandas são presentes envenenados. Mas isso só sucederia se o elogio fosse pensado e não espontâneo...
Por outro lado, Bettencourt esqueceu-se do essencial: neste momento o seu clube não gera dinheiro para pagar os juros da dívida... assim sendo, com quem queria o meliante negociar?
De outro sítio do país surgiram, também, elogios inesperados: o sumo pontífice (SS) do futebol luso decidiu elogiar a prospecção do Glorioso, agradecendo a contratação de Falcao. Mas disse mais: elogiou o Braga, Jorge Costa e assumiu que o grande adversário do seu clube eram os minhotos. Também entendo assim: o grande rival, com quem, aliás, o porto se prepara para discutir o ... segundo lugar!
Por fim, deixo aqui os meus parabéns a quem se deslocou, no meio de tanta chuva, a Paços e pagou aqueles preços para ver a bola atrás da baliza. Para mais, não se calaram do primeiro ao último minuto, mostrando que a raça de campeão também se vê nas bancadas!

1 comentário:

/LL disse...

He he, é um circo!!! Eles que nos animem as tardes que nós agradecemos!
Cambada de cromos da panini!