sexta-feira, 5 de março de 2010

As Favas Contadas

Sempre fui apologista de que euforia a mais, dá asneira a mais.

Esta semana, os sorrisos emanam nas caras dos lisboetas. Uns porque ganharam ao campeão e porque querem ganhar ao futuro campeão e outros porque golearam contra ventos, marés e tempestades.

No entanto, para aqueles que golearam (e que me diz mais respeito) é bom que não abusemos da euforia. O Paços de Ferreira é o adversário que se avizinha e por isso, cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém. Nos últimos sete jogos, o Paços tem 4 vitórias (em Guimarães, em Vila do Conde e em casa frente a Setúbal e Académica) e 3 empates (no Dragão, em Olhão e em casa, frente ao Sporting). A última derrota foi em casa, frente ao Sp.Braga e por isso, o 6º lugar da classificação não é obra do acaso.

No próximo domingo, o pedido é o mesmo de sempre: jogar com cabeça, seguro e tranquilo, com garra suficiente e vontade de ganhar o jogo perante um adversário que não vai ser fácil, a menos que os jogadores do Benfica o tornem possível. Não vou poder estar no estádio, porque trabalho, mas aqueles que lá forem, que vão com o intuito de apoiar e não ficar à espera de uma goleada. Se ela surgir, encantados da vida, se não surgir, que seja ao menos, uma vitória merecida.

Viva o Benfica!

2 comentários:

JDF disse...

Nem só de lisboetas vive o Benfica... ou não era Benfica!

De resto, e para variar, até concordo é necessária cautela muita cautela... até porque eles andem aí.

CsA disse...

Cautela precisa-se visto que vamos apanhar um Paços motivado e um Soares Dias júnior sempre em boa forma. Portantos...