quarta-feira, 24 de março de 2010

Questões de Justiça

FACTOS:
- O Conselho de Justiça da Federação decidiu dar provimento ao recurso do FC Porto sobre a decisão do Conselho de Disciplina da Liga, face aos castigos sobre o que ocorreu no túnel da Luz
- Com o recente regime das instituições de utilidade desportiva, a disciplina e a arbitragem vão passar para a FPF

Existiriam ainda outros factos que valeria a pena relembrar, mas o principal é que não vale a pena andarmos a pugnar por uma verdade, seja ela qual for, quando a mesma é colocada em causa por quem não a deveria fazer.

Ou seja, temos uma competição de futebol organizada por uma Liga, que com os seus órgãos competentes, não terá competência para o fazer. Confuso? É o que temos do nosso futebolzinho jogado à beira-mar, com os vícios e virtudes que regem as instituições há cerca de 30 anos e que colocaram no pântano o que restava dele.

- Há jogadores que agridem elementos desportivos? São castigados e depois absolvidos!
- Há presidentes em que se confirma o princípio de corrupção? São castigados e depois absolvidos!

Tudo isto mostra o estado a que o país chegou. A justiça funciona a reboques de recursos e mais recursos, pendendo sempre para quem consiga oferecer mais a juízes, juristas e advogados, descambando assim numa espiral corrupta de que nem os melhores se conseguem libertar.

Por muito mais que o Benfica venha a fazer ( e já está a fazer muito), este campeonato nunca será lembrado pela equipa que trucidou adversários (Nacional, V.Setúbal, Académica, FC Porto, Sporting, Leixões, fosse em casa ou fosse fora), mas sim porque em Dezembro, houve alguém que agrediu alguém e foi suspenso.

Por muito mais que se queira, a podridão que envolve o futebol português não será abalada nem erradicada, sem ser à lei da bomba. Por muito revolucionário que seja, os Lourenços Pintos, os Pintos da Costa, os Adrianos Pintos e demais súbditos terão sempre à disposição, um sistema inteiro para serem servidos, a trocos de viagens e lugares vip em bancadas de estádios.

E terão porque somos um país pequeno e não estamos habituados a mudar. Por isso, a podridão, a corrupção, o compadrio, os favores continuam e perde-se a noção e a razão da justiça em cada dia que passa.

A redução do castigo dos jogadores do FC Porto e consequente demissão do Presidente da Liga são a mostra de que o sistema ainda existe e os tentáculos do polvo ainda se mexem, apesar das inúmeras feridas que lhe foram provocadas. Cada um dos tentáculos, é como se regenerasse, após um golpe bem dado. Cada um dos tentáculos renasce como se tivesse uma força superior a tudo e a todos.

A solução passará por cortar pela raíz o verdadeiro interesse destes verdadeiros parasitas. Se para isso for necessário, os adeptos do Benfica deixarão de ter a Sport TV, deixarão de acompanhar o clube nas deslocações fora, para não alimentar esses vícios podres, que por vários lados nos corroem. Se para isso for necessário, estarei aqui para tal. Espero que também estejam. Por uma questão de justiça...

1 comentário:

Natálio Santos disse...

Já que neste pais de merda os criminosos (corruptos) são sempre ilibados, então porque é que os benfiquistas não se unem fazendo valer a força dos nossos números (somos milhões) e invadimos a merda de federação portuguesa de futebol e partimos aquela merda toda incluindo a tromba dos corruptos que lá se passeiam impunemente...???Já chega desses filhos da puta gozarem com tudo e todos caralho...!!!