quarta-feira, 24 de março de 2010

O piazza tem razão!

Apesar da arbitragem e disciplina, por força de Lei, passarem em breve para a Federação - ou então Portugal nãó é um estado de direito -, as eleições na Liga não podem deixar de ser assunto de importância elevada.
Apesar de andar afastado do mundo, sei que o nosso clube está atento. A mais que provável eleição de Fernando Gomes esconderá o gato que o papa prepara: a reorganização dos campeonatos profissionais, no momento em que o Sul começa a ganhar peso.

3 comentários:

Rosmano disse...

A candidatura do Fernando Gomes e feita com um objectivo muito simples: forcar a negociacao dos direitos televisivos a ser colectiva entre todos os clubes da Liga.

Espero que o Benfica esteja a fazer algo para se preparar para combater isto.

E ca para mim deviamos negociar um novo contrato de trasmissoes televisivas no final desta epoca.

Abdul Abdulaah disse...

Tera essa passagem da arbitragem para a federacao ter alguma coisa a haver com a sua futura profissionalizacao? E ai os clubes se livrarem da conta?

Manuel disse...

Também penso que tem a ver com a renegociação dos contratos. Não querem que o Benfica fique com uma vantagem competitiva que merece, e que lhe é devida, ganhando bastante mais do que os outros.

Ontem havia na Bola um escrevinhador que reporta de Itália, que é andrade, a falar precisamente disso. Que devíamos fazer como em Itália. Renegociar em conjunto. Desta maneira o Benfica perde a sua vantagem competitiva, a de arrastar mais adeptos aos estádios. Enfim, Mafiosos!!