sexta-feira, 28 de setembro de 2012

O Protesto

Foi o que se passou ontem, no Pavilhão nº2 da Luz.
Em final de noite, eu e o Astutillo vínhamos a dissecar o que se tinha passado e foi isso: um protesto.

Um protesto, por em 10 anos, não se ter invertido um sistema que nos mina.
Um protesto, por em 10 anos, se ter ignorado os sócios.
Um protesto, por em 10 anos, o passivo do clube e as manigâncias financeiras da SAD terem aumentado substancialmente.
Um protesto, por em 10 anos, se ver que a paciência, há muito tempo se esgotou.

Espero que Vieira e a sua corja de "yes-man" (bem presentes na sala ontem) tenham entendido que os que cantaram o hino são aqueles que realmente sentem o clube. Espero que Vieira tenha entendido que há coisas que não estão bem e que não se resolvem com erros de arbitragem. Espero que Vieira tenha entendido que os sócios do Benfica estão (ainda) bem vivos, mas sobretudo, atentos!

2 comentários:

frank disse...

é irrelevante o chumbo... estejam atentos ás votações... 95% dos votantes correponderam a apenas 57% dos direitos de voto... ou seja quase que apenas 5% de sócios conseguiam aprovar as contas.... e lembrem-se q qd houver eleições LFV tem quase garantido o voto dos chamados "velhos do Restelo"... que são apenas 10% dos sócios mas garantem quase 60% dos direitos de voto... a vitória está assegurada... o resto é conversa...

Edson Arantes do Nascimento disse...

É irrelevante como? Epá há pessoas que sinceramente.

Então os sócios (pouco me interessa a quantidade, são sócios do clube e chega) protestam e bem, fazem barulho e fazem ouvir a sua voz. Pedem a demissão do presidente alto e bom som. E o camarada vem me dizer que "é irrelevante"?

Por favor!

Eu até estou quase sempre em desacordo com os textos do Mister D-emagogia (não difere muito do LFV, na verdade) - mas aqui estou 100% de acordo. Cem por cento!

O LFV começou a cavar a sua sepultura com a alteração de estatutos que promoveu dois ou três meses antes das últimas eleições - e que limitou de forma escandalosa a participação de outras correntes de associados naquela situação.

Foi uma vergonha e a partir daqui ficou riscado para mim. Tacticismos pessoais é tudo aquilo que o Benfica não precisa. O Benfica não é, nunca foi, um projecto pessoal de A ou B.

Isto não invalida que eu possa ter elogios (alguns) para o LFV, independentemente de ser seu apoiante ou não. Também não esperem da minha parte um bota-abaixismo militante - porque é nojento. E cansa.