quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Rei morto,...

...Rei posto.

10 comentários:

Manuel disse...

É tudo o que um blogue que diz defender o Benfica tem a dizer sobre este assunto? Não vos interessa, não é?
Foge um poucochinho à linha editorial do blogue, não é?

Manuel disse...

É tudo o que um blogue que diz defender o Benfica tem a dizer sobre este assunto? Não vos interessa, não é?
Foge um poucochinho à linha editorial do blogue, não é?

piazzanuova disse...

Aqui aplica-se a presunção de inteligência do leitor. Obviamente o caro Manuel pertence a um regime de excepção.

Os factos não são suficientes? Sabe clicar no link? Mais, sabe ler um artigo e daí retirar conclusões próprias?

Por favor...hoje à noite estaremos na AG.

O Caro Manuel vai assistir? Ou vem daí mais um daqueles discursos, sou do Benfica, mas não tenho dinheiro para as quotas, e tal...

Não tenho por timbre insultar leitores.

Caro Manuel, está a tornar a postura num exercício de difícil execução.

Nessuno Dorma disse...

O Manuel, pelos vistos, não percebeu.

Desolé...

Ginha disse...

Como sou admistrador desta página posso ser eu a dizer...

Ó Manel! Vai mamar na 5ª pata do cavalo!!!

Ginha disse...

Obvio que queria dizer " como não sou administrador..."

Manuel disse...

Esta Ginha, já não é a 1ª vez, gosta de falar naquilo que conhece melhor. Que lhe faça bom proveito!

Manuel disse...

Piazzanupva, estou longe, muito longe. Se estivesse em Lisboa talvez fosse. Embora goste pouco de carneiros e de carneiradas. Que é o que vocês vão tentar fazer esta noite.

Eu percebi tudo, o que não percebi foi a vossa poupança nas palavras. Um dos meus maiores defeitos é perceber tudo muito rapidamente.

Eu até já percebi o que vai acontecer esta noite, imaginem lá. Mas tenho a sensação que amanhã ainda me vou rir com vocês.



piazzanuova disse...

Aaaaahhh...o velho argumento da distância, portanto...

Está arrumada a questão.

Ricardo Chaves disse...

Velho argumento da distancia? Fdx não serve não? Eu se fosse era para votar contra, mas os 150€ ou mais que ia gastar, fazem falta