terça-feira, 8 de setembro de 2009

Benfica e Avante

Bem sei que há-de ver leitores do Ndrangheta que não vão gostar do que vou escrever, mas este fim-de-semana estive na Festa do Avante! e a própria Festa tem muito a ver com o Benfica!
Porquê?

Porque a Festa é feita por quem trabalha nela, por quem se dedica à causa. É plural, diferente, porque sabe receber e sabe oferecer. E o Benfica, também foi assim e ainda é, nalguns aspectos, assim: plural, dedicado à causa.

Não é preciso relembrar tempos em que os sócios ajudaram a construir o estádio (tal como na Festa). Não é preciso relembrar que quem vem ao Estádio da Luz é bem recebido, ao contrário de outros locais. Não é preciso relembrar, que mesmo em tempos de crise, há sempre os que são dedicados à causa do clube e o querem levantar.

Não é preciso relembrar, que noutros tempos, as bandeiras vermelhas que brindavam o Benfica nas conquistas, levavam sempre a mensagem política adjacente. O clube do povo e o partido do povo andavam de mãos dadas e a ligação era por demais evidente, apesar de quererem sempre limpar essa ligação.

Viva o Benfica!

35 comentários:

Captain Kid disse...

Viva!

VeRMeLHoVZKy disse...

E não te esqueças que o primeiro hino do Benfica era o "Avante, Avante p'lo Benfica"

http://orgulhovermelho1904.blogspot.com/2007/11/avante-avante-plo-benfica.html

Só que um tal senhor que caiu de uma cadeira não gostou muito dele!

LC disse...

"tem muito a ver com o Benfica!"

TEM MUITO???? TEM TUDO MEU CARO Mister D.

JNF disse...

Hoje em dia não faz sentido conotar o Benfica com o PCP. Nenhum mesmo. Aliás, nunca fez. O Benfica, como clube plural que é, é de todos. Bandeiras vermelhas, mas camisolas rosa e, para o ano laranjas. Aliás, um dos grandes erros de Vilarinho foi aquele apoio explícito ao PSD no pós-Guterres. Ridículo misturar o Benfica com política.

piazzanuova disse...

De facto, a política foi quem mais se aproveitou do Benfica. E não o contrário, mas é de uma negligência histórica brutal negar o envolvimento que o PCP e o SLB tiveram, sobretudo nos anos 30, 40, 50 e 60.

LC disse...

"Hoje em dia não faz sentido conotar o Benfica com o PCP."

JNF, lê bem o post... ninguém está a conotar o Benfica à política, isso foste tu que o fizeste...

A conotação está na forma de estar na festa do avante, de ter o próprio povo a trabalhar para a causa, de ser uma festa plural onde não se recebe mal quem não é das nossas cores.

JNF disse...

Não é essa a questão, LC. A conotação está implícita no texto. "O clube do povo e o partido do povo andavam de mãos dadas e a ligação era por demais evidente, apesar de quererem sempre limpar essa ligação."

Os benfiquistas fizeram o seu papel nos anos 30, 40, 50 e 60, tal como diz, e bem, o piazzanuova, mas nos dias de hoje é importante saber separar o PCP do SLB.

piazzanuova disse...

Bem como do PS, PSD, BE, PP, PNR, MUD, MMS, PCTP MRPP, etc, etc, etc.

Nem a política resistirá ao apelo de se colar ao Benfica, nem o Benfica se fará rogado em poder usufruir desse hipotético ascendente.

Não é que goste ou o defenda, mas infelizmente nesta sociedade as coisas encorajam este género de situações.

Capo Rosso disse...

Não me lixem...

O Benfica é muito maior que isso tudo.

E no Benfica ninguém é morto por discordar do líder, não se apagam pessoas das fotografias, não se quer encher o Campo Pequeno de tripeiros (bem, esta pode não ser verdade).

Trabalho é Trabalho, Conhaque é Conhaque.

Benfica é Benfica... Politiquices, cada um com a sua.

Kaiser disse...

...a pedido de algumas famílias (poucas), aqui fica o meu contributo.

Eu sinceramente não percebo que raio de comparação/ligação (ou o que seja que lhe queiram chamar) se pretende fazer entre o Glorioso e a festa dos senhores da foice e do martelo.

O Glorioso é infinitamente maior tanto em grandeza, como em cultura democrática.

E por aqui me fico, sob pena de estragar o maravilhoso repasto que me acompanhou durante o período de almoço de hoje.

O MEU BENFICA NADA TEM QUE VER COM A FOICE E O MARTELO.

Kaiser disse...

Já agora, e por mera curiosidade (ou não), de quando data a composição do "Avante, avante p'lo Benfica"?

LC disse...

JNF,

andavam = passado

a conotação não foi de todo mal feita, "nos anos 30, 40, 50 e 60, tal como diz, e bem, o piazzanuova"

Tu é que fizeste uma ligação actual que não existiu em parte nenhuma do texto a não ser pela festa em si.

Eu não te estou a criticar, só estou a por um pouco de "água" porque entendi perfeitamente o post do "D"

LC disse...

"Já agora, e por mera curiosidade (ou não), de quando data a composição do "Avante, avante p'lo Benfica"?"

1929

LC disse...

kaiser, não precisas de agradecer, gosto muito de partilhar a cultura benfiquista... e também comunista.

Kaiser disse...

E o avante da foice e do martelo é de finais dos 60, certo?

É reclamar os devidos direitos de autor...

LC disse...

Mas para teres uma pequena ideia de como o Benfica era conotado com o comunismo.

Sabias que as bandeiras do Benfica eram usadas nas manifestações após a II Guerra Mundial?
É que as da URSS eram totalmente proibidas.

Sabes que a CS deixou de poder usar "vermelhos" como cognome do Benfica passando a usar o termo "encarnados"?
Imagina lá porquê?

Sabes que o melhor estádio do país só recebeu 1 jogo da selecção em 1971?
Imagina lá porquê?

No Benfica sempre existiu gente com todas as origens políticas/religiosas, nunca ninguém foi posto de parte, o Benfica é o MAIOR DO MUNDO por isso e tudo mais.

Só me fode é que levaram isto para a política quando o homem (Mr. D) apenas fez uma comparação lógica de uma festa anual em que qualquer um lá vai sem ser descriminado.

LC disse...

Sim, em 67 por um Português exilado em França

Kaiser disse...

Meu Caro,

isto: "O clube do povo e o partido do povo andavam de mãos dadas e a ligação era por demais evidente, apesar de quererem sempre limpar essa ligação" - nada tem que ver com a festarola anual...e é isto que está em causa, não as comparações que o antecedem.

Repara que ninguém está a interpretar nada, mas apenas e simplesmente a "ler" o que foi "escrito".

Xogo disse...

Sinceramente comparar uma festa que todos os anos se realiza ali para o Seixal com o Benfica é o mesmo que comparar o olho do cu com a feira de Borba (expressão popular Alentejana).

A única coincidência que encontro é o facto de o Caixa Futebol Campus também ser no Seixal.

Joao Nuno Silva disse...

Mister D
Nem sempre estou, mas desta vez eu não podia estar mais de acordo contigo.
Só quem nunca foi ao Avante é que não percebe.
Um Abraço

editor69 disse...

BAHHHHHH!

António Pista disse...

Que o Benfica é o clube do povo ninguém dúvida, tal como é o clube da liberdade e da democracia, como tal associarem-no a qualquer partido político, seja ele qual for, não tem qualquer lógica.

Mas fica a saudação para a capacidade de mobilização que a festa do Avante sempre consegue ter.

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Capo Rosso disse...

Para que fique claro:


O mais importante: o Glorioso...

Os maiores inimigos (por ordem decresecente):

1. pinto da bosta
2. rui santos
3. um tripeiro comuna
4. um tripeiro
5. um lagarto comuna (será que há?)
6. um lagarto
7. um comuna (que não seja do Benfica)
8. o resto...

Sabes quantos jogos fez a selecção no melhor estádio do país em 2004/2009?

Mete a política onde quiseres, só não a mistures com o que importa!

VIVA O BENFICA!

piazzanuova disse...

Então se não é misturável, porquê ser inimiga?

Capo Rosso disse...

Só o Benfica não é misturável... o resto são tudo coisas menores.

Kaiser disse...

Ó piazza, raio de raciocínio: se não é misturável, porquê ser amiga?

No Name Saint disse...

"Mas para teres uma pequena ideia de como o Benfica era conotado com o comunismo.

Sabias que as bandeiras do Benfica eram usadas nas manifestações após a II Guerra Mundial?
É que as da URSS eram totalmente proibidas.

Sabes que a CS deixou de poder usar "vermelhos" como cognome do Benfica passando a usar o termo "encarnados"?
Imagina lá porquê?

Sabes que o melhor estádio do país só recebeu 1 jogo da selecção em 1971?
Imagina lá porquê?"

Os primeiros dois exemplos nada dizem sobre qualquer ligação real entre o SLB e o PCP.
O primeiro diz que o Benfica tinha adeptos que simpatizavam com o comunismo e usavam bandeiras do clube em vez de bandeiras Soviéticas. Extrapolar daí parece-me complicado.

O segundo é apenas um caso de semântica. O Benfica nunca foi "vermelho" por causa do PCP nem vice-versa. A censura viu ali um termo de que não gostava, tal como não gostava dos termos usados num hino que, como alguém reparou e bem, antecede a conotação política da palavra Avante.

O terceiro não consigo explicar, mas não vejo qualquer prova que se deva a mais do que manhas clubísticas de gente influente. Posso estar enganado, mas não vejo quaisquer provas em sentido contrário.

Não me ofende a comparação com a festa do Avante, à qual nunca fui nem faço tenções de ir. A abnegação dos que constroem a festa é admirável, pese embora os seus objectivos políticos sejam lamentáveis. Agora, daí tentar estabelecer ligações institucionais entre o Benfica e o PCP... por favor.

É tentador, mas um enorme erro tentar definir o Benfica como o clube do povo (classe social) por oposição ao Sportém enquanto clube das elites. O Benfica sempre foi superior a essas palhaçadas.
O Benfica é o clube do Povo, com P grande, por ser o clube mais popular, onde cabem todos, sejam nobres, clero ou operários.

Quem dera a qualquer partido ou movimento ter do seu lado as massas que o Benfica tem.

ratogoleador disse...

É engraçado reparar que só ficou "indignado" ou no mínimo incomodado com este texto quem nunca foi à festa (e que festa).

Vão, sem problemas, ali ninguém vos questionará e aposto que ficarão surpreendidos e talvez então entendam o post, eu não sendo "comuna" já lá fui muitas vezes e continuarei a ir, é simplesmente das melhores festas do pais.

piazzanuova disse...

Kaiser, nem sempre o que é inmisturável é inimigo. Pode ser. Mas pode não ser. O que o Capo Rosso tentou definir e poateriormente explicitou é, penso eu, (e se pensar erradamente sei que ele me corrigirá) é que estamos perante uma superentidade(concordo em absoluto), e que não é passível de interacção com outras entidades(já acho mais difícil prová-lo).
Mas, o facto de termos duas órbitas distintas não as torna antagónicas por definição, simplesmente ocupam espaços diferentes.
Nem sempre o contraste ou oposição significam uma tentativa de aniquilação ou desejo do fim da contraparte, como acontece no choque entre esferas inimigas.

Kaiser disse...

Ó meu caro,

o teu problema é de base.
Para que a tua pergunta funcione terás que perguntar "se não é misturável, porquê ser amiga ou inimiga?". Ou seja, não te podes cingir, apenas, a parte do problema. O teu segundo texto esteve mais perto, mas muito parcial, ainda.

Caro ratogoleador,
eu quando vou ao Sudoeste também me sinto acolhido por todos e asseguro-lhe que ninguém me questiona.

piazzanuova disse...

Ok. Da maneira com construí o raciocínio ao eliminar a componente de inimizade, por analogia eliminei também a amizade.

O que está em causa é a real ou fictícia fusão entre o PC e o SLB, num determinado contexto histórico ela foi real, obviamente que não estou a afirmar que TODO o Benfica era comunista.

Afirmá-lo seria dos maiores disparates que alguma vez proferi(e já proferi bastatntes).

Mas houve de facto um meio de propagação ideológica a partir dos eventos e dentro de alguma estrtura do Benfica. Obviamnete que hoje o Benfica é um clube supra partidário, e qualquer colagem a alguma ideologia política soa mais a aproveitamento da classe política do que outra coisa qualquer.

Por isso digo e repito, o Benfica e o PCP têm na sua Hostória períodos de envolvimento, o que não significa de todo que se conote o Benfica ao PC, apesar de haver imensos militantes Benfiquistas e imensos Benfiquistas militantes.

Sem prejuízo do Comunismo ser ou não amigo/inimigo do Clube suprapartidário. Não se tocam estes âmbitos, nem para amizade, nem para o contrário.

LC disse...

Foda-se, que são burros como o caralho...

Não somos nós que conotamos o Benfica com o PCP ou com o Comunismo, era a censura (GOVERNO), logo a política.

Eu por vezes pergunto-me se realmente as pessoas sabem ler, se o sabem qual a dificuldade em entender seja o que for que está escrito.

Kaiser, não sei a que tipo de imperador se refere o teu nick, talvez seja da marca de cerveja ou mesmo do Guilherme, mas tenta ler e absorver o que está escrito sem fazer analogias erradas das minhas palavras por favor.

No Name Saint, que parte é que não percebeste quando depois vens falar da censura?
É que eram esses mesmo que conotavam o Benfica com o comunismo, porque quem fazia manifestações populares eram os comunistas, os "vermelhos" sempre foram os comunistas, enquanto o Benfica teve essa conotação a censura não deixou que nenhum jogo da Selecção se jogasse na Luz, foram 17 anos com um estádio de topo onde a maioria de jogadores eram do plantel do Benfica e nunca lá jogaram... achas que é coincidência? Eu acho que é ingenuidade de quem não viveu certos momentos neste país.

Kaiser disse...

Caro LC,

ou envias a parte do texto a que te referes ou então não vale a pena andar para aqui a chamar a malta toda de burra, só porque não concorda.

Passar bem.
Kaiser

PS: deixa lá o meu nome em paz, que em também deixo o teu.

LC disse...

LC=Luis Carlos

prazer

Capo Rosso disse...

Ok... não se zanguem!

Um dia vou a essa festa... Só não levo os meus filhos (ou então, vou depois do pequeno almoço).

Agora, a quantidade de gajos que já foram à festa e nunca foram à Catedral... Com esses é que se devem preocupar.