segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A economia a funcionar!

Aquela impressionante manifestação em Leiria marcou-me profundamente.
Em Leiria compareceram milhares de adeptos, vindos de todo o país. Eu, que vinha do norte - festas de Ponte de Lima... -, vi milhares de automóveis a cruzarem o minho e distrito de Aveiro. Mais tarde, a caminho de Lisboa e já com a vitória no papo, vi a quantidade de benfiquistas que se dirigiam para Lisboa e sul do país!
Por isso mesmo e muito mais, não compreendo porque é que o jogo não se disputou às 18.00. Provavelmente até por imposição do nosso clube, visto que jogámos na quinta-feira!

Para mais, depois de uma jornada europeia que implicou um certo desgaste competitivo, a vitória era tudo menos certa - como se viu em campo -.

Jorge Jesus bem o sabia e, no fim, agradeceu aos adeptos terem empurrado a equipa para a conquista.

O jogo não trouxe grandes novidades. O Leiria é uma quipa muito equilibrada, com um treinador perspicaz e que percebe de futebol. Ao encolher as linhas sem perder o ataque, Manuel Fernandes sabia que obrigava o Benfica a jogar com muita paciência. Foi o que aconteceu.

A dúvida que mantive até ver o lance na televisão deixou-me inquieto: no lance do penalti houve falta para livre directo?

Vendo a repetição, perdi as dúvidas: evidentemente que é penalti!

Sem comentários: