quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Dinheiro, muito dinheiro...

Ficou célebre a denúncia de Acácio, ex-guarda-redes do Beira Mar, sobre o pagamento de luvas para ganharem ao Benfica, no início da década de 90...
... e o grande problema da denúncia não era o pagamento das luvas em si, mas o momento do pagamento: sempre na véspera dos jogos contra determinado clube.
Qual seria o clube, eis a pergunta?
Na polémica de hoje (qual será a de amanhã?) fica uma questão por resolver: imaginem que actuaram em nome do Braga, sem mandato; quem, na verdade, representariam?

2 comentários:

Manuel disse...

Para mim está claro quem está por detrás disto tudo: os andrades. São eles que têm espalhado e confusão e a corrupção por tudo o que é sítio. São eles que têm o dinheiro. O dinheiro das vendas de jogadores que desaparece como que por encanto. Tem de ir para algum sítio. A quantidade de pessoas que eles têm na lista de ordenados deve ser assustadora.

Who the fuck are they trying to fool?

O Braga foi apenas uma cortina de fumo. Além disso, está de acordo com o "modus vivendi" deles. Da sua maneira de actuar. Atiram as pedras e escondem as mãos.

E se pegarmos nas pontas, verificamos que a agressividade que jogadores de outros clubes apresentaram contra o Benfica não é usual. E apenas contra o Benfica. Comparem como fazem quando esses jogadores jogam contra os andrades. Não tem nada a ver.

Por outro lado, essa agressividade só faz bem aos jogadores o Benfica. Fá-los mais fortes, torna a equipa mais forte. A longo prazo estão, desse modo, a cavar a sua própria sepultura. Lol.

Tony disse...

Vamos lá pensar só um pouquinho:
Este sistema tem por master mind um génio - nâo só ele conseguiu ressuscitar algo extinto como conseguiu convertê-lo dragão mais parecido com um polvo gigante que se extende a todo o país.
Este capítulo da mala é mais uma obra prima - não só consegue atingir o objectivo de manter os corruptos na Liga dos milhões como torna a contabilidade dos ditos impossível. Como é que os andrades podem saber quanto dinheiro entrou nas malas e quanto entrou nas caixas dos bancos suiços?
Nestes negócios simplesmente não há facturas, não há IVA, não há forma de contabilizar, pois é...