quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A lógica do negócio

José Eduardo Moniz (JEM) apareceu hoje, na RTP, a justificar o porquê de estar disponível para o Benfica e para Luís Filipe Vieira.

JEM disse na RTP que não concordava com o que se tinha passado na última Assembleia-Geral, mas eu que estive lá, não concordo que um futuro vice-presidente do Benfica (caso Vieira ganhe as eleições) diga o que não vê, porque JEM não pôs os pés na Luz e portanto, falou conforme lhe disseram para falar.

Para além disso, e depois de ter tido a sua família ameaçada quando ainda pensava em se candidatar à Presidência do seu clube do coração, quando abdicava de estudar para ver o Benfica europeu, o que aconteceu a Moniz nestes últimos 3 anos? O que falou sobre o Benfica? Que ideias é que teve para o Benfica neste tempo? Quem souber que responda.

JEM disse que o Benfica precisa de unidade e que não concorda com as pessoas que aparecem só por aparecer a dizer mal de tudo e de todos, e que, como na última AG (ai essa coluna, Zé Eduardo...), o Benfica não pode voltar a ser tomado por "oportunistas", evocando novamente o fantasma "Vale e Azevedo".

Frisou várias vezes que não era nenhum "yes-man", mas das palavras aos actos vai uma grande distância. Basta olhar para as declarações dele sobre a AG para saber quem é ou quem não é um "yes-man". As atitudes ficam para quem as pratica, como é óbvio.

Finalmente, e deixo este ponto para o fim, não existe nenhum objectivo pessoal de ser Presidente do Benfica, mas que tem uma missão e que quando a acabar, se retira. Pois bem, este sim, é o ponto fulcral e fundamental da presença de JEM hoje na RTP, amanhã na TVI e para a semana na SIC ou noutra TV qualquer.

Sabemos todos que JEM é vice-presidente da Ongoing, que curiosamente detém 50% das acções do Benfica Stars Fund. Também foi director-geral da RTP e da TVI, com a seguinte particularidade. Foi com JEM que a RTP fechou contratos de milhões com a Olivedesportos para a transmissão de jogos de futebol e foi na TVI, que a mesma ganhou, nos últimos anos, a possibilidade de transmitir os jogos em canal aberto. Que curioso, não acham? Sendo assim, qual será o papel de JEM na lista de Vieira, tendo se vindo a oferecer, no canal do Estado, tal e qual como "uma puta" (e desculpem-me a expressão, mas é o que me ocorre...)? 

Será pela unidade do clube? Será porque continuará a ser um "jornalista", como se apresentou? Será para acabar com as AG's às quais não vai? Será porque não é um "yes-man"? Será porque não é um oportunista? Ou será que já pagou os anos de quotas em atraso e quer receber os retroactivos de tão generosa atitude?

Aguardam-se as cenas dos próximos capítulos, mas sempre cientes de que este é mais um daqueles casos em que a espinha dobra como se não houvesse amanhã...

19 comentários:

Manuel disse...

Então agora o Moniz lá por não ter estado na AG do Petardo não pode ter opinião sobre o que se passou, atendendo aos relatos, que foram muitos, não só em blogues como na CS? E provavelmente muita gente que lá esteve lhe terá contado a pouca vergonha!
Pensam que as pessoas não perceberam o que se passou? Sim, porque o petardo até nem teve muita importância atendendo aos objectivos que estavam por detrás da tentativa de golpe de estado!

Eu também lá não estive, e ainda bem, mas sei muito bem o que se passou. E até sei quem andou a pagar as quotas a alguns sócios que foram que as não tinham em dia. Terá sido por caridade, dada a crise em que vivemos?

Significa então que APENAS quem lá esteve tem o direito de se pronunciar sobre o que se passou?

O vosso conceito de direito de cidadania e democracia é muito particular, apenas falam nela quando defende os vossos interesses.

A vossa azia é que não sabem viver em democracia, quando pensam que a democracia é um fim mas não é. A democracia é um MEIO para atingir outros fins, outros objectivos. É uma maneira de pensar, de viver em que a liberdade dos outros começa onde a nossa acaba, onde o respeito pelos outros começa onde nós estamos.



Astutillo Malgioglio disse...

Pelo menos não caíu no erro do Gobern que se pôs a apresentar supostos factos facilmente desmontáveis. Mas impressiona a quantidade de testemunhos de gente não presente. É isto o Benfica actual: ficar em casa e mandar postas de pescada sobre o que se desconhece. Importante é dar o amen.

Manuel disse...

Ficar em casa não impede ninguém de ter opinião. Eu sei o que se passa em todo o mundo a partir de casa. Provavelmente até sei melhor o que se passa do que as pessoas que estão a viver os acontecimentos locais.

Eu provavelmente até sei mais sobre coisas que aconteceram na AG e que aconteceram nos bastidores do que as pessoas que lá estiveram.
As pessoas não são estúpidas!



Mister D disse...

"As pessoas não são estúpidas!"

José Ramalhete disse...

Já agora o Manuel pode garantir que o petardo não foi orquestado por aqueles que estavam interessados em desacreditar a Assembleia?

Manuel disse...

O petardo foi mandado por alguém pago pelo LFV para desacreditar os contestatários. Isso é óbvio e só um cego não vê.

Mister D disse...

José Ramalhete,
Não questiones o Manuel. Ele sabe tudo. Até consegue saber mais em casa dele do que aqueles que estão no outro qualquer local.
Só pode ter poderes divinos, como o outro que está a ser julgado em Nova Iorque.

José Ramalhete disse...

Você não tem prova do contrário e a história não é virgem em embustes desse género.

Carlos Loureiro disse...

Apoiado Manuel. Concordo com tudo que dizes, tal como a maioria absolutíssima dos Benfiquistas. Este blog não pode ser de gente do Benfica, porque não se limitam a discordar e a dar opiniões, dizem o mesmo que os guilhermes Aguiar desta miserável e triste onda de anti-Benfiquismo.
Viva o Benfica.

Mister D disse...

Carlos Loureiro, Viva o Benfica!

Jota Pê disse...

já há quem diga que parte das funções de moniz será tratar dos direitos de TV.

os sócios estão a ser levados cá com uma pinta...

na ratice, vieira dá 10 a zero aos demais. mas nisto, só é enganado quem quer: os resultados (desportivos e não só) dos mandatos não mentem.

Jota Pê disse...

já agora, viva o Benfica!

Jota Pê disse...

é matar esses anti-benfiquistas todos!! não merecem o ar que respiram. vivó orelhas, que só quis salvar o clube das mãos desse facínora do vale e azevedo. logo esse malandro, que quis rasgar os contratos com o olibeiredo!

Pedro disse...

Engraçado os conceitos do avençado.
Se é para criticar a Direcção e Vieira temos que estar calados pq a democracia não nos dá o direito de falar mal mas para falar sobre algo que se desconhece, para dar voz ao "disse que disse" já se pode, é perfeitamente lógico e que disser mal não é democrático.

Estes avençados são iguaizinhos aos adeptos do clube corrupto. O discurso deles é igual. Mas, querem lá saber disso da mesma forma que lá querem saber do SLB. É preciso é que a avença não falhe.

Seria curioso recordar o que os avençados disseram, em tempos, de Moniz.. ☺☺

Manuel disse...

Avençado és tu Pedro que és pago pelo Veiga para escreveres nesse blogue. Olha que eu sei!

Tu é que escreves como um andrade, basta ler os teus comentários. Qualquer dia vou-me dar ao trabalho de os copiar e espetá-los nas tuas trombas para tua vergonha!

Vendido de merda!


José Ramalhete disse...

Mas o Moniz não é mais um amigo do Oliveira?
Já agora viva o Benfica e vivam todos os Benfiquistas que nunca festejaram as derrotas do Benfica.

v.maria disse...

Parece-me que mais importante do que esta troca de mimos habitual é relevar que, goste-se ou não, Moniz defendeu algo que para mim é importante: a união, o disponibilizar-se para servir o Benfica. Penso que não é dificil concordar quando diz que o confortável é ficar no sofá a tecer críticas, por mais sentido que elas façam. E mesmo com ideias diferentes o importante será agregar todos os contributos válidos para engrandecer o Benfica. É inegável que este senhor teve enorme mérito naquilo que a tvi é hoje em dia, pouco importa os conteúdos programáticos, o facto é que a retirou da quase falência para a liderança. Só para dizer que tem valor, não lhe estou a entregar os meus 50 votos. Gostaria que outros notáveis de maios ou menor "calibre" saissem também do sofá e viessem ajudar o Benfica.

Pedro disse...

"Moniz defendeu algo que para mim é importante: a união, o disponibilizar-se para servir o Benfica."

v.maria, era nisso que eu queria acreditar. Infelizmente Vieira não me deu uma única razão, ao longo destes 12 anos, para acreditar que faça algo tão altruísta, tão em prol do SLB como isto.

Parece q o avençado ainda não recebeu este mês tal a irritação e ordinarice como que escreve.

AK 47 disse...

Ó "Manel"... diz-me lá: O QUE È QUE EU JANTEI?
Sabes, nem todos comemos gelados com a testa, mas tu, deves sentir o gelado a escorrer-te pela testa e a tapar-te a vista, mesmo sem o teres espetado na testa.
Viva o Benfica! Pior que ganhar 2 campeonatos em 10...só se for 1 em dez...ou 0 em dez...ja que a saúde financeira é o que se vê!
Viva o Benfica!