segunda-feira, 30 de março de 2009

Valente

Queirós veio dizer uma coisa que lembra o melhor do melhor de Artur Jorge: não é vitíma nem culpado.

Em suma, não é nada. É uma res nullius!

Pensar que depois de Scolari - que, com todos os seus defeitos, era um vencedor -, tenho de levar com esta azémula, faz-me eriçar os pelos do peito.

Queirós, minha grande merda, volta para Inglaterra!

2 comentários:

RA disse...

O Queiroz meteu a Selecção a jogar à bola... coisa que já não se via desde... erm? 2000?

Que os jogadores sejam uns piços e não saibam acertar na baliza é outra conversa...

Captain Kid disse...

prefiro a equipa de 2004 à selecção actual. ou será que em 2004 ou 2006 não jogámos à bola?

com essa atitude nunca vamos chegar ao nível de selecções como a alemanha ou a itália.