quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A comunicação social ao serviço de um sistema - um qualquer!

É evidente que Jorge Jesus, no final do jogo de alvalade, se limitou a dizer duas coisas evidentes: que o clube visitado tinha ficado afastado da luta pelo título e que o relvado não tinha condições para o futebol do nosso clube.
Logo aí, na verdade demonstrável, os jornalistas aproveitaram para meter a colher e chamar a atenção aos paineleiros do regime: Jorge Jesus fora indelicado.
Os paineleiros, como não podia deixar de ser, pegaram nos dados e lançaram uma campanha - mais uma, sublinho - dirigida ao nosso treinador, com um só objectivo: desestabilizar!
Ora Jorge Jesus já provou (há muitos anos, honra lhe seja feita!) que não é fácil. Bem pelo contrário, já provou que consegue alterar os dados e inverter a lenta marcha das setas. Dia 20 de Dezembro cá estaremos...
(a continuação deste texto é simples: o Braga, a mando de alguém, começou ontem uma campanha com o objectivo de pressionar os órgãos próprios a avançarem com um processo sumaríssimo a jogadores do nosso clube, evitando, assim, que no dia 20 joguem com os corruptos. É simples, mas não será eficaz.)

Sem comentários: