quinta-feira, 31 de maio de 2012

Política Desportiva

O Benfica, segundo o jornal do regime, prepara-se para contratar Michel (avançado) e Luisinho (defesa / médio), ambos do Paços de Ferreira.
Não havia nada de estranho nesta notícia se fossem efectivamente as posições onde o Benfica mais carece em termos de qualidade.

Se olharmos para o actual plantel do Benfica, sem contar com os emprestados, nota-se que faltam 1 defesa direito (para ser uma verdadeira alternativa a Maxi), 1 defesa esquerdo (já que Capdevila não conta para Jesus e Emerson e Luís Martins não oferecem a qualidade necessária), pelo menos 1 médio centro (Witsel, Matic e Aimar não chegam para 2 lugares) e 1 extremo direito (já que quisemos despachar Urreta, Enzo Pérez gozou connosco e Djaló foi contratado para ser feito "um grande jogador").

Olhando para o quadro de emprestados, é notório encontrar-se um defesa direito (Wass), dois defesas esquerdos (Shaffer e Carole), vários médios centros (Carlos Martins, David Simão e Miguel Rosa, por exemplo) e 2 extremos direitos (acima referidos).

As várias perguntas que se fazem e se deviam fazer eram:
- Os jogadores que estão emprestados têm condições para voltar à Luz? Se não têm condições, para quê o seu empréstimo e num caso mais extremo, a sua compra?
- A política de aquisições de jogadores para o Benfica segue algum critério, no que às suas características físicas e psicológicas diz respeito, mas também no modelo de jogo que o treinador da equipa principal pretende implementar na mesma?
- Existe uma propecção no clube que obedeça a determinado tipo de permissas onde estas características acima mencionadas estejam envolvidas?
- Qual é o papel da formação do Caixa Futebol Campus no que à integração no plantel principal diz respeito?
- Quais os critérios para a aquisição de jogadores profissionais para a equipa B do clube?

A estas perguntas, não há uma única resposta clara e concisa da parte de quem manda no futebol profissional do Benfica chame-se ele António Carraça, Rui Costa, Jorge Jesus ou Luís Filipe Vieira.
A estas perguntas, vamos sendo confrontados com as compras de Michel e Luisinho, ou Djaniny e Fidel, ou Barkroth e Lindelof, só para citar alguns.

A política desportiva da equipa de futebol do Benfica é assim que funciona. Ao sabor das comissões, dos empresários encartados e dos desvarios de um treinador que tem como objectivo "potenciar e rentabilizar", esquecendo-se do mais importante: ganhar!

12 comentários:

piazzanuova disse...

Brilhante! E informativo, nem sabia que temos um jogador chamado Lindelof, vê lá. É de onde?

Mister D disse...

Sueco, 17 anos.
Chega esta época, para a equipa B.
Mais um...
No "Gordo Vai à Baliza", está lá a lista para te assustares...

Henrique disse...

Mister D, enganaste-te e colocaste pontos de interrogação no final de algumas frases.

Relativamente aos jogadores do Paços, parece-me que terá que ver com a não contratação de um treinador.

João Oiveira disse...

É triste, mas o Benfica para equilibrar o campeonato (em termos de esforço que os candidatos ao titulo fazem) tem de manter boas relações com alguns clubes e para isso tem de emprestar e contratar jogadores a essas equipas. Tudo para colocar um grau de dificuldade maior aos corruptos em certos jogos. Contra nós vê-se que não existem facilidades mas pelo menos damos alguns jogos mais complicados aos corruptos. Se não conseguir-mos ter algumas equipas do "nosso lado" vai chegar a uma altura que os únicos 2 jogos a sério do campeonato para os corruptos são contra nós.

Manuel disse...

O jornal do regime é o quê, O Benfica? Mas agora já falam à andrade?

luis disse...

Politicas meu caro Mister, politicas e mais politicas mas quem manda nao tenhas duvidas é o Presidente Luis Filipe, agora com matrimonio marcado com o J.mendes,o supra sumo dos empresários.Com esta "paneleirice" dos milhões aumentam o perímetro do stand.

E aquela ideia prós azulinhos dum pacote hulk-falcao ??? Vai ser record (em tempos de crise)!!!

Mister D disse...

Sim, Manuel! Nós somos andrades, não sabias? E como bons andrades que somos, no dia 14 vamos à AG do Benfica!

Tu também vais?

Mr Smith disse...

E dizem se Benfiquistas?

Com Benfiquistas como vocês quem precisa de portistas e sportinguistas???

E já agora podem dizer que vão a assembleias e aos jogos todos..bla...bla...a mim ninguem me dá lições de Benfiquismo...mas uma coisa é certa, apoio incondicionalmente o meu Clube, quer nas vitórias, quer ainda mais nas derrotas.

PS-Já agora, vais lá dia 14 a mando de quem?

Mister D disse...

Mr. Smith,

Vou a mando do Veiga, não sabias? É que como não gosto do Vieira e a única alternativa é outro sócio do FC Porto, escolho o Veiga...

Mr Smith disse...

Não me admirava, já agora e uma vez que este blog é um dos mais antigos sendo por isso uma referência obrigatória, era bom que clarificasses a tua posição e nos (pelo menos a mim) esclarecesses quem achas que devia assumir a liderança do SL Benfica.

Mister D disse...

Mr. Smith,

O que é clarificar a minha posição? É ficares satisfeito com a minha resposta? É eu dizer que apoio inequivocamente Vieira, quando nunca votei nele? É dizer que Veiga é a única solução para o Benfica porque ganhou um campeonato?

A minha posição será conhecida. Não precisas de vir para aqui pressionar o que quer que seja. A minha opção está tomada há muito tempo. E por isso, as minhas ideias serão aqui colocadas, como têm sido sempre, gostem ou não...

Mr Smith disse...

Pressionar? Não, antes pelo contrário. Até porque e se bem te lembras, uma das coisas pelas quais o Benfica é reconhecido, é pela sua democraticidade.

Longe de mim qualquer tipo de pressão, até porque sou um simples sócio. Só fico curioso, porque vejo a criticar o Vieira mas não vejo soluções alternativas.