sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Força!

Como era óbvio, o post anterior tinha o condão de se assistir a essa esquizofrenia colectiva que começa a tomar conta dos adeptos do Benfica, que, sempre que não ganha um jogo é por causa de um erro do árbitro ou do sistema.
E sendo assim, usam o sistema ou o árbitro para descarregar toda a frustração do resultado menos positivo.
Desta vez, calhou ao Proença. É certo que prejudicou o Benfica em muitos jogos, como todos os árbitros do nosso campeonato. Assim como, e esses são sempre os mais difíceis de recordar, favoreceu, como outros árbitros favoreceram o nosso clube em outros jogos também.
Entrar no período da "sportinguização", bradando aos céus pela nomeação de Vítor Pereira é um artefacto menor, se o clube e a sua comunicação, inexplicavelmente apelando à "verdade desportiva", não exercem essa pressão de denunciar o que está mal, esperando que a justiça actue.

Assim sendo, o que se deve pedir aos jogadores do Benfica para amanhã, é que sejam fortes. Fortes para terem a lucidez necessária de que há uma conjuntura montada para que o Benfica não ganhe amanhã. Fortes, para saberem responder a pressões do adversário. Fortes, para no campo, mostrarem que são superiores a essa gentalha queque que tem a mania que sabe o que é futebol, quando se podiam dedicar ao golfe. E fortes, fundamentalmente, para mostrarem ao tão famoso sistema que estamos cá para vencer contra tudo e contra todos.

Por isso, força, para que no Domingo, os sorrisos saiam à rua, com o sentimento do dever cumprido.

FORÇA BENFICA!

7 comentários:

piazzanuova disse...

Entendo o alcance do teu post, mas essa limpeza que fazes do proença não tem perdão. Desafio-te a falares de um jogo em que tenhamos sido beneficiados por ele. Se assim sucedeu peço-te perdão a ti e meto a viola no saco.

Mas quer-me parecer que não é desta que ela vai deixar de tocar...

Abraço.

Mister D disse...

O que se passa não é identificar precisamente um jogo em que o Proença nos tenha "facilitado". Por norma, nem deveria facilitar nem ele nem ninguém, e como disse no post, os jogos em que somos favorecidos, tendem rapidamente a ser esquecidos.

Sendo assim, pergunto-te eu outra coisa: De todos os árbitros nacionais, qual o que não prejudicou o Benfica?

A retórica é esta. Em semana de derby, opta-se por falar do árbitro. O árbitro prejudicou o Benfica. E o Benfica mantém-se calado, dando argumentos ao sistema. Esse sim, é um dos problemas. Mal por mal, fazíamos nós a pressão, para saírmos por cima, favorecidos ou não...

LC disse...

Mas por que motivo achas que respondi com o nome do nosso ex-jogador Paulo Bento?

A liga tem 24 (acho eu) árbitros de 1ª liga, nenhum serve porque todos fazem merda aos pacotes.

A única resposta possível era dar uma JEBardada para a frente.

hehehehehe!!!!

Piazza, eu lembro-me do Proença apitar no Restelo e roubar um penalti ao Belem e de ter expulso o Zé Pedro anedoticamente no ano em que Fernando Snatos era o treinador do nosso Benfica.

Pede lá perdão ao "D" e mete a violinha no saco.

MUAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!

... disse...

mister d

a questao e esta: no deve e haver, dos actuais arbitros, qual tem um saldo aceitavel? ate pode ser ligeiramente contra nos, que eu aceito.

mas proença, duarte gomes, soares dias, olegario, jorge sousa, etc, ou seja, todos os que mamam da teta da internacionalizacao, nos roubaram a descarada, feitas as contas.

so os "desconhecidos" merecem o beneficio da duvida. mas esses nao sao nomeados e se nao fizerem fretes ao sistema nao sobem a internacional.

e por cada jogo da uefa, champions, amigaveis da arabia... sao alguns milhares de euros. isto sao subornos encapotados.

bailarino disse...

Confesso que não percebo este ponto de visto sobre as arbitragens. Aliás, não percebo este, nem nenhum.
O Benfica tem uma solução mais logo: ganhar. Não quero saber se é com a ajuda do árbitro, se é um com um grande jogo dos nossos jogadores, ou uma exibição miserável dos sapos. No final do jogo, o que vai contar são os 3 pontos e no final do campeonato o que vai contar é quem tem mais pontos e tudo o resto é esquecido (não foi assim no ultimo campeonato? roubadinhos como deve ser, mas como jogámos pouco na 2ª volta, é bem feito; boa lógica).

Voltando às arbitragens, é sempre um tema em que o clube sai mal na fotografia.
Se fala antes do jogo, está a fazer pressão e é inadmissivel, blabalbalab. Se por acaso perde o jogo, então é muito bem feito porque tentou presssionar o árbitro em vez de se preocupar em jogar à bola e ablablabal. Se ganha, foi só porque fez pressão sobre o árbitro e balbalabal.
Se não fala antes do jogo e é prejudicado, é bem feito porque devia ter falado antes e não depois e albalabla. Se por outro lado cai para o nosso lado, claro, andamos caladitos com os árbitros porque andamos a ser levados ao colo e balbalablabal.

Resumindo: ganhar. Com golos legais, ilegais, jogando bem ou jogando mal. Ganhar, ganhar e ganhar.Neste país, é o que interessa.

Abraços e mais logo seremos enormes.

PS - mas sim, acho que não falar sobre os árbitros (como se fez a época passada) vai ser má politica, porque vamos ser gamadinhos. A unica hipotese é ser tao superior que nem isso sirva para nos tirar pontos. Mas isso é muito complicado. Muito mesmo.

sigmund disse...

Qualquer um pode ter o seu ponto de vista, mas sejamos claros: isto nao é ponto de vista nenhum. É uma palermice pegada. Primeiro diz que lamentar a escolha do árbitro é "sportinguizaçao" e depois diz que o facto de a direcçao do benfica se manter calada é "dar argumentos ao sistema". Diz que o Proença, como qualquer outro árbitro, prejudicou "mas tb favoreceu o Benfica" para depois admitir que não se lembra de nenhum jogo em que tenha favorecido.

Enfim, há que admitir que isto é falar para não estar calado.

Mister D disse...

Meu caro Sigmund:

Mas ainda bem que estás cá para estudar a psicanálise...