quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Primeiro o(a) Vitória

Subscrevo o post do sobre a forma como alguns andam a desvalorizar o Sporting. Há dias dizia-me um amigo que o pior que podia acontecer era marcarmos cedo no Alvalidl, que temia o surgimento madrugador dos olés e do perigo disso influenciar os jogadores de ambas as equipas em nosso prejuízo. Às tantas até tem razão. E o pior é que este folclore que andamos a patrocinar tem-nos levado a esquecer que domingo há jogo. E como eu gosto muito da competição que disputamos nesse dia, até lá esqueço o Sporting. Primeiro a Taça! Até porque há uma célebre eliminatória recente que não esqueço.

E aproveito para deixar o repto: que domingo, na homenagem que se prevê a Robert Enke, se cumpra integralmente o minuto de silêncio. Com verdadeiro silêncio! Um silêncio igual ao que oferecemos a Feher, o silêncio que até permitia ouvir os motores dos carros que passavam na 2ª Circular. As palmas, que as guardem para o segundo 61.

2 comentários:

piazzanuova disse...

O post não foi do inespugnabile ;)

Astutillo Malgioglio disse...

Distracção. ;)