quarta-feira, 5 de maio de 2010

O que falta

A este Benfica falta pouco, mas ainda não tem tudo. O que é tudo? É saber resistir a ambientes de grande tensão exterior( freixo, braga), como fazer?

Preparando. Preparando e elucidando os nossos jogadores que não lidam com pessoas. Lidam animais, e os animais nasceram para serem lidados, com verónicas à mistura e a inevitável estocada final.

Há que perceber que toda aquela agressividade vem de um sítio escuro que tem um nome comum: MEDO.

É Medo o que aquela escumalha nutre lá no interior dos lençóis pútridos em que se deitam e sonham com o Glorioso. O que os condiciona não é o sonho, mas sim o maior dos pesadelos. Isto é típica patologia dos obssessivos cobardes. Não querem viver, vivem para que o outro morra.

É Medo o que aquela escumalha alimenta a cada pedra lançada, é Medo cobarde e assustado esperando que o Benfica não saiba lidar com o ladrar do cão, porque quando o souber...ACABOU A FESTA!

Nestes jogos temos de interiorizar de uma vez por todas que quem tem mais a perder são eles, porque são pequenos. Inferiorizados por uma mesquinhez saloia e miserabilista, borrados nas calças com a perspectiva de ficarem mais 20 anos sem nada ganhar, equalizando assim o currículo de títulos à sua dimensão humana que é NULA!

Saibamos interiorizar isto e garanto que dificilmente voltamos a perder nesses ambientes.

Viva o Benfica!

1 comentário:

Valco disse...

Concordo.

Estes corruptos estão bem uns para os outros. Vejam esta:
http://www.diariocoimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=7248&Itemid=135